Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

06
Mai20

02 - O tricot, as minhas camisolas e eu


Mac

E como o prometido é devido, (finalmente) aqui está a explicação de como se faz a camisola branca, com os fios que usei, agulhas e tudo, tudo, tudo.

 

 

Tamanho: Visto 38 dos pés à cabeça, mas estas camisolas dão para imensos tamanhos porque são grandes e a ideia é que fiquem largas.

Fio: 9 novelos de DMC Knitty 10 em branco

Agulhas nº 10

O corpo é todo em liga, excepto os punhos e cós em ponto elástico (1 m liga+ 1 meia). As mangas são em ponto de borboto.

Frente: Montam-se 45 malhas. Começa-se com ponto elástico para fazer o cós e fazem-se 8 voltas. A seguir à 8ª volta tecem-se 71 voltas em liga até aos ombros. Na 72ª volta reduz-se de cada lado 7 malhas para os ombros e  8 no meio para o decote. Tece-se a 73 sem reduzir e na 74 reduz-se 6 de cada lado dos ombros e 4 de cada lado do decote. Tece-se a 75 sem reduzir nada e na 76 reduz 2 malhas de cada lado do decote.

Costas: Montam-se 45 malhas. Igual à frente, mas o decote só é feito na penúltima volta, em que se rematam 18 malhas no meio.

 

 

(para aumentar, clique na imagem)

 

Mangas: Montam-se 25 malhas. Começa-se com ponto elástico para fazer o cós e fazem-se 7 voltas. Na primeira volta após o cós, acrescentam-se 7 malhas intercaladas (de 3 em 3, acrescenta-se 1) e tece-se do avesso 1 malha de liga + 2 m meia + 1 liga + 2 meia até terminar a volta. Na volta seguinte começam os borbotos. Para os borbotos acrescenta-se no ponto de meia 5 malhas que se vão fazer em liga do lado direito do trabalho, tecem-se cinco voltas e fecha-se os borbotos. Os seguintes são desencontrados destes.

 

 

 

Fazem-se 7 filas de borbotos e depois tecem-se 10 voltas em liga.

Montagem e gola: Cose-se os ombros das costas com os da frente e com s agulhas circulares apanham-se as malhas para a gola. Tecem-se 12 voltas em malha elástica.

Unem-se os lados do trabalho e deixa-se um espaço par as mangas. Cosem-se as mangas e depois unem-se ao corpo.

 

 

 

 

05
Mai20

01 - O tricot, as minhas camisolas e eu


Mac

IMG_4550.JPG

 

Acabei o casaco azul que andei a fazer nas últimas semanas e como me têm pedido sempre as indicações para fazer, ficam já aqui aqui todas as indicações de como fazer um casaco destes com capuz e as lãs que usei, número de agulhas, tudo.

 

E não está esquecido, depois de muitos pedidos e uma enorme falha minha, finalmente estou a preparar um post com as indicações da camisola branca e dentro de dias ponho-o aqui no blog. Confesso que não tenho facilidade nenhuma em explicar como faço estes tricots, mas tentei que ficasse acessível. 

 

260.jpg

 

261.jpg

 

IMG_4549-001.JPG

 

Tamanho: Visto 38 dos pés à cabeça, mas estas camisolas dão para imensos tamanhos porque são grandes e a ideia é que fiquem largas.

Fio: 20 novelos de Eskimó azul escuro

Agulhas nº9

Fiz todo o trabalho em liga, excepto os punhos e cós em ponto elástico (1 m liga+ 1 meia).

Costas: 58 malhas. Começa-se com ponto elástico para fazer o cós e fazem-se 9 voltas. A seguir à 10ª volta tecem-se 94 voltas em liga até aos ombros. Para fazer os ombros reduz-se de cada lado 5 malhas na 95ª volta. Tece-se a 96 sem reduzir e na 97 reduz-se 12 de cada lado. Fazem-se mais 3 voltas com as malhas que ainda ficaram, é aqui que se vai pegar o capuz.

Frente (lado direito): Montam-se 29 malhas. Começa-se com ponto elástico para fazer o cós e fazem-se 9 voltas. A seguir à 10ª volta tecem-se 94 voltas em liga até aos ombros. Para fazer o ombros reduz-se do lado direiro do trabalho 5 malhas na 95ª volta. Tece-se a 96 sem reduzir e na 97 reduz-se 12. Agora começa metade do capuz. Tece-se a 98ª volta e na 99ª aumenta-se 12. Fazem-se 48 voltas. Agora reduz-se ligeiramente para que o bico do capuz fique redondo (também do lado do ombro): Na 49ª reduz uma. Na 50ª nada. Na 51ª reduz 1 malha. Na 52ª nada. Na 53ª reduz uma malha, na 54ª nada. Na 55ª reduz 1 malha, na 56ª nada. Remata o capuz (metade).

Frente (lado esquerdo): Montam-se 29 malhas. Começa-se com ponto elástico para fazer o cós e fazem-se 9 voltas. A seguir à 10ª volta tecem-se 94 voltas em liga até aos ombros. Para fazer o ombros reduz-se do lado esquerdo do trabalho 5 malhas na 95ª volta. Continua igual ao outro, mas as reduções são todas feitas do lado esquerdo, assim como a metade do capuz.

Mangas: Montam-se 28 malhas. Começa-se com ponto elástico para fazer o cós e fazem-se 9 voltas. Na primeira volta de liga, aumentam-se malhas intercaladas até ficar com 50 na agulha. Tecem-se 67 voltas em liga.

 

Casaco azul malha.jpg

 

Montagem: Começa-se por unir os ombros das costas aos ombros de cada lado da frente. Depois cosem-se os lados e deixa-se espaço para as mangas. Une-se o topo e a parte de trás do capuz, em seguida cose-se a base do capuz ao topo das costas (parte em que tecemos mais 3 voltas já no final). Finalmente cose-se ambas as mangas e unem-se ao casaco.

 

27
Mar20

148 - Andei na net [e por casa] e trouxe para aqui (*)


Mac

 

esta semana trago do online meias anti derrapantes para a criança pequena da casa, que já que vai andar mais por casa, que ande confortável . para a mãe da criança exercitar os braços e mais não sei quê ,uns halteres , e do sítio do costume, que continua mesmo nesta situação com um serviço de entregas espectacular, uns fios para tricot em bordeaux com mistura de merino, que também exercita muito os braços e os pulsos . e agora na mesa de cabeceira, o sapiens - história breve da humanidade de yuval noah harari

 

 

 

 

entretanto,

 

gostei (e vou querer para esta primavera) das camisas farfalhudas, da combinação de cores improváveis e das calças mega amplas 

 

 

(*) post escrito ao abrigo da minha liberdade de opção,
opinião, experiência, aquisição e isso

 

 

20
Nov19

130 - Vesti, gostei e nos últimos dias foi assim


Mac

 

 

Estreei o casaco que fiz em tricot e confesso que tenho algum orgulho nele, foi o primeiro casaco que fiz com capuz e tive alguns percalços. Já com o casaco todo montado, cheguei à conclusão que estava demasiado curto e o capuz pequeno, então descosi tudo, desmanchei parte, tricotei mais voltas e refiz o capuz. Depois achei que as mangas estavam desproporcionadas e refiz as mangas. Valeu a pena, porque acabou por ficar exactamente como queria e assim o próximo no mesmo género, mas em camel, já sai à primeira (espero). 

 

 

 

 

 

Usei lã de merino com alpaca e valeu imenso a pena o investimento, é super leve e bem quente.

 

 

 

 

 

 

 

Também tenho andado numa de saias e muito numa de saias de pregas ou plissadas, seja com o que for, seja como for, desde camisas, sweats, camisolões, sapatos, ténis ou botas e botins, 

 

 

 

 

 

e guardo as de  pele e polipele para os dias de chuva, são mega práticas e impermeáveis, melhor só as versões em calças

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 • Instagram maria.antonia.velez

 

 

15
Nov19

141 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

esta semana trouxe os pijamas giros e confortáveis da woman'secret, acabei o casaco que estava a fazer em tricot e comecei uma camisola, e usei roupas confortáveis para andar por casa, e como sexta-feira é o dia da mercearia da asneira, vieram da tiger as bolachas de gengibre e os caramelos que os miúdos adoram, e os chocolates que a mãe deles adora. 

 

 

também andei pelas lojas, 

e gostei desta saia, destas calças, desta camisola, desta mala e deste cinto,

 

 

entretanto,

gostei do vestido branco com ténis, das culottes em castanho com sapatos e das calças cinzentas com a camisola creme, da capa castanha, do conjunto rosa e das três ou quatro maneiras para usar os lenços

 

 

 

também adorei o

monte da palmeira

 

 

e para o fim-de-semana

 quero camisolas quentinhas, pantufas e a minha tarte de maçã, e ver a exposição de harry potter também

 

 

 • Instagram maria.antonia.velez

 

 

15
Out19

152 - Tricot e coisas assim


Mac

 

 

E como o prometido é devido, aqui está o post com (quase) todas as lojas online e físicas que têm os melhores e mais bonitos fios para tricot e todos os acessórios também. Aviso já que algumas lojas são um perigo de tentação, não só para tricot, mas para todos os trabalhos com fios e tecidos. Mas hoje é de tricot que venho falar.

 

O tricot é um belíssimo passatempo, é giro, dá resultados rápidos e é muito zen, enquanto uma pessoa está para ali a passar malhas de uma agulha para a outra, organiza também a sua vida interior, mas como também a ideia é obter resultados que nos deixem felizes, aconselho vivamente a trabalhar com bons fios. A diferença é enorme e os resultados são completamente diferentes. Comecei por fazer umas experiências com fios mais baratos e depois então passei para fios de merino e alpaca, no meu caso porque eram os fios que me garantiam o tipo de trabalho que queria, a ideia era fazer uns casacões e uns camisolões com agulhas 8, 10 e 12 e notei uma diferença enorme, vale mesmo a pena um investimento um pouco maior, porque é altamente compensador.

 

E como investiguei muito, fui reunindo uma série de lojas que nos garantem fios das melhores marcas, como Rowan, Rosários 4, Phildar, DMC ou Drops Design, e ainda todos os tipos de agulhas e acessórios para executar um bom trabalho. 

 

 

 

 

Logo a começar com a The Craft Company que é seguramente a loja mais bonita de Cascais e arredores, juro, tenho sempre vontade de trazer tudo, até o que não preciso. Quanto a fios para tricot e como não podia deixar de ser, podemos encontrar a maior parte das marcas que referi e uma enorme variedade de fios, até para agulhas 20. A The Craft Company tem loja física em Cascais, página no Facebook e Instagram, onde dá para ter uma ideia de tudo quanto lá há, mas o melhor é mesmo ir à loja, vale mesmo a pena. 

 

  

 

Outra loja física em Lisboa na zona de Benfica com imensa variedade também, é a DotQuilts, que irá ter uma loja online, mas para já temos a página de Facebook e o Instagram para termos uma ideia dos produtos. Também com uma enorme variedade de fios e marcas como Schachenmayr, Erika Knight, Cool Wool, Rosários 4, ou Rowan.

 

À semelhança das anteriores também temos a Ovelha Negra com loja física no Porto que além da marca própria, tem uma enorme variedade de fios e marcas como Miltons, Bergère de France ou Wool and de Gang.

 

 

 

 

 

 

Como se vê há muito boas lojas com uma oferta bastante elevada e posso afirmar que muitas vezes o problema é conseguir decidir, acontece-me muito começar um trabalho já com os olhos em outro e tanto faço compras em lojas físicas, como a The Craft Company, Tricots Brancal, Park dos Tecidos, como vou directamente às lojas online das marcas, o caso da DMC, como já fiz compras online em lojas multi-marcas, caso da LindenTea, porque já sabia o que queria e não havia como errar, assim como tenho outras na minha lista que têm produtos que me interessam, mas ainda não experimentei (Clube de TricotArco-Íris a MetroNew Chic) e tenho a certeza que muitas outras estão por descobrir.

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

11
Out19

137 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

 

esta semana baixei um tom na base, porque o bronze se está a esfumar e apesar de raramente me maquilhar quando estou bronzeada, há dias em que a coisa se dá, e quando se dá preciso da minha base que me dá a cobertura de que gosto, não demasiado pastosa, leve ao ponto de não a sentir - não suporto bases que têm uma existência para além da minha pele - sem brilhos e com uma duração bem simpática, ora como a minha pele não tem o mesmo tom ao longo do ano e ficar com a cara diferente do corpo não é a minha praia, ainda menos ficar com uma linha na transição da cara para o pescoço, preciso de três tons, para quando estou alva no inverno, para assim-assim e para quando já estou bem bronzeada . faltava-me o tom da fase assim-assim, portanto a actual.

 

 

 

 

e também o corrector no mesmo tom . por acaso há dias em que quando estou a pôr o corrector tenho vontade de o espalhar na cara toda . confesso, já o fiz . não falo sobre os resultados, dependem do humor da dona da cara besuntada com corrector .

(tudo na perfume's club)

 

 

 

 

os meus chocolates preferidos da casa pereira, que daqui a uns meses vão ficar só na minha memória, assim como ficou o chiado que já não existe . a casa pereira vai fechar no final do ano e com ela perde-se mais um bocado do chiado da minha infância .

 

 

 

 

e como estou numa de tricot nas horas vagas, agora outro casacão, desta vez em merino do park dos tecidos

(estou a preparar um post com as moradas e lojas online onde há tudo, mesmo tudo, para fazer todos os tipos de tricot)

 

 

 

entretanto

 

gostei de tons terra nas roupas, porque este ano me apetece imenso que venha o outono . sou uma pessoa do verão, é verdade, mas só gosto de calor na época dele, outubro com calor não me diz nada, não me aquece a alma, nem a pele, antes pelo contrário, preocupa-me . então venha o outono frio, chuvoso e tudo quanto precisamos para que a natureza se renove no ciclo que queremos eterno . adoro estes tons da terra, estes das folhas no outono e gostei muito das camisolas em camel, da saia de camurça com botas, dos botins com atacadores e dos blazers em xadrez e espinha .

 

 

(a função de aumentar imagens regressou, basta clicar na imagem que querem ver maior)

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

 

09
Dez14

89 - JÁ FUI FELIZ AQUI


Mac

 

 

 

 

 

 

E finalmente acabei a manta de crochet para o filho mais novo, portanto acabei as mantas a tempo de serem usadas neste Inverno. Agora vou fazer qualquer coisa em tricot. Apetece-me. Vou fazer um casaco de andar em casa para o filho pequenino. Tenho saudades do tricot. Acho que tenho uma relação afectiva com ele. Aprendi com avó querida e tirei dúvidas naquele livro de mãe querida. Lembro-me dos Natais com a lareira acesa e aqueles enormes cestos cheios de lãs, conversas de tricot e sons de agulhas. Na época não achava qualquer utilidade em aprender a fazer tricot, achava até que era coisa daquelas gerações. Também só sabia fazer cachecóis em ponto de liga, mas está bem. E ontem lá fui eu tirar dúvidas, achei que já não me lembrava, lembrava sim. Lembro-me de tudo. E também mudei de geração, eu.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D