Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

30
Dez20

120 - Já fui feliz aqui [e não tarda nada volto a ser]


Mac

IMG_3602.JPG

 

IMG_3593.JPG

 

 

não é que seja um desconsolo ir a sintra e ver o café paris fechado, desolado, abandonado . tudo vazio, lojas com avisos de um destes dias voltamos, por agora estamos ali ou em lado nenhum . outras nem isso . fechadas, sem aviso, nem promessas . 

 

 

2020-12-25 Natal.jpg

 

 

não é que seja um desconsolo fazer roupa velha de propósito, já o fiz nos anos que ninguém quis o bacalhau incluído no menu da consoada . não é que seja um desconsolo inventar programas mil e fazer de uma ida para ver as iluminações do centro o ponto alto, porque não há idas ao parque, ao circo, ao teatro,  nem há aldeia natal, nem renas, nem casinhas de gengibre, pai natal e duendes, nem musicais . não é que seja um desconsolo ver filmes em casa, é a nova versão dos programas de natal, com pipocas, mantas e até preparação solene para a coisa . descobri que nós é que fazemos das coisas o ponto alto das nossas vidas e afinal um filme em casa, é um programão . a roupa velha feita de propósito também . e as luzes do centro são o ponto alto das férias de natal .

 

 

IMG_3618.JPG

 

IMG_3652.JPG

 

IMG_3629.JPG

 

IMG_3645.JPG

 

IMG_20201227_124726.jpg

 

IMG_3664.JPG

 

não é que seja um desconsolo, mas já sendo, já se punha fim a este ano, ao vírus a isto tudo . comecemos pelo ano, acabe-se com ele então . adeuzinho, não vais deixar saudades . até nunca . 

 

agora vamos lá ver o que fazemos de 2021

 

28
Dez20

119 - Já fui feliz aqui [e serei sempre]


Mac

IMG_3521.JPG

 

 

Para o almoço de Natal continuámos só os quatro e pus a mesa novamente com a toalha de tartan, a bonecada toda e muito encarnado. 

 

 

IMG_3565.JPG

 

IMG_3560.JPG

 

IMG_3578.JPG

 

 

O centro de Natal foi o mesmo da véspera, mas acrescentei-lhe rodelas de laranja secas.

 

 

IMG_3574.JPG

 

IMG_3585.JPG

 

 

Este ano fui buscar as peças que usava nos anos 90 e 00 por nada e por tudo, começou por mero acaso com o regresso do tartan às mesas e acabou com as saudades de outros Natais e com os laços verdes do primeiro Natal do mais velho, mas a verdade é que foi muito bom, é muito bom ter histórias guardadas em objectos e de uma certa forma eternizá-las em bocados de felicidade.

 

 

IMG_3569.JPG

 

21
Dez20

117 - Já fui feliz aqui


Mac

IMG_2886.JPG

 

Para um outro jantar, usei novamente a toalha de tartan e os mesmos copos, mudei as velas do centro de Natal com ramos de abeto e usei outro serviço, marcadores e decorações.

 

IMG_2892.JPG

 

IMG_2866.JPG

 

Também gosto de ver o serviço que há vinte e tal anos usava com esta toalha, com estes marcadores e quase tudo o que voltei a pôr agora, desde os guardanapos, argolas, e uma colecção de miniaturas de chá de Natal que pus junto aos copos, mas muito honestamente, agora gosto mais de ver a outra opção, acho que tem mais a ver, gosto mais de pôr este serviço com toalhas brancas.

 

IMG_2889.JPG

 

IMG_2855.JPG

 

IMG_2901.JPG

 

IMG_2893.JPG

 

IMG_2894.JPG

 

IMG_2903.JPG

 

Também a usei para a mesa do pequeno-almoço com outro serviço e gostei 

 

IMG_3018.JPG

 

IMG_3020.JPG

IMG_3017.JPG

 

IMG_3021.JPG

 

14
Dez20

116 - Já fui feliz aqui


Mac

IMG_2979.JPG

 

Este Natal o tartan regressou em força às mesas e eu fui repescar uma toalha que já tem uns anos largos, que arranjei a duras penas quando há uns anos vi uma mesa Ralph Lauren que adorei de paixão. Na época arranjava-se quase tudo a duras penas e no caso destas toalhas, nem sequer as havia já feitas por cá e as que havia eram estupidamente caras, acabei por comprar o tecido a metro e fazer a toalha. Na época não comprei o padrão encarnado, porque tinha um kilt exactamente com esse padrão e não me apetecia andar vestida de toalha, se fosse agora já não e importava, além de já não ter esse kilt, agora importo-me com coisas mais elevadas. 

Adiante.

 

IMG_2955.JPG

 

Fui buscar a toalha e pus a mesa para os jantares deste fim-de-semana.

 

IMG_2913.JPG

 

Depois foi só pôr-lhe em cima dois serviços com cores que acho que ficam bem e usar e abusar de lanternas e velas, basicamente em encarnado.

Também fui buscar umas velas da quadra, uns bonecos de neve e Pais Natal, que têm aí uns 30 anos, também da época em que não havia grande coisa por cá e até estas insignificâncias eram preciosas, de tal maneira que nunca as acendi, passava lá pela cabeça de alguém acender velas destas nos anos 90. E agora ao fim destes anos todos, também já não passa,  passaram a estatuetas e ai de quem lhes chegue lume aos pavios.

 

IMG_2944.JPG

 

IMG_2941.JPG

 

IMG_2959.JPG

 

Para o centro, o costume, ramos de abeto, pinhas e azevinho falso.

 

IMG_2954.JPG

 

IMG_2966.JPG

 

Como argolas para os guardanapos usei uma corda encarnada que também já tem uma data de anos.

 

IMG_2967.JPG

 

IMG_2932.JPG

 

IMG_2970.JPG

 

Em resumo, nada nesta mesa é novo e vale sempre a pena guardar coisas que achamos que já estão fora de moda, até na decoração a moda é cíclica e ao que parece este ano os anos 90 estão de regresso às mesas de Natal. Se calhar o branco nas mesas dos últimos Natais seria demasiado triste e monótono para 2020, se calhar precisamos do nosso Natal tradicional e colorido de volta.

 

IMG_2927.JPG

 

 

05
Set20

115 - Já fui feliz aqui [e serei sempre] , mas devia ser sempre Setembro


Mac

IMG_9599.JPG

 

 

às vezes tenho a sensação de que eu e mais meia dúzia de pessoas estamos na praia só à espera do pôr do sol . ou aproveitamos, já que lá estamos, mais por aí . muito por aí . o ar de sala de espera ninguém nos tira . está bem, estamos quase desnudos e nada chateados . de resto é igual .

 

 

IMG_9684.JPG

 

IMG_9706.JPG

 

 

e quando está quase, quase a chegar, saímos da praia, vamos lá para cima e  quase juramos que o ouvimos a arrefecer no mar . depois jantamos por ali, brindamos a esta vida tão boa e vamos para casa

 

 

IMG_9715.JPG

 

IMG_20200904_195620.jpg

 

 

o mesmo ritual todos os anos, há tantos anos .

 

devia ser sempre setembro

 

 

IMG_20200904_200015.jpg

 

IMG_20200904_200143.jpg

 

(o fim da tarde foi sempre, e sempre será, a minha altura preferida na praia)

 

 

24
Abr20

282 - A mãe, a dona-de-casa e a confinada perfeita(mente desesperadas)


Mac

 

44º dia ou a porra da 6ª semana de quarentena, confinamento, distanciamento social e vida de eremita

 

(eu sabia que ia sair diferente disto, mas tão fina nunca imaginei)

 

(se vocês lerem os meus posts ao som do imitation of life , isto fica muito bom, garanto . eu facilito-vos a vida, cliquem ali no link . ali, por amor da santa . eu tudo, eu tudo, já não posso mais)

 

entraram-me de manhã pelo jardim 4 estrelícias augusta, daquelas que ficam gigantes, 3 cycas e meia-dúzia de chorinas . passei a manhã a cavar, mas ficou tudo tão lindo, assim a dar ares de verão . fiquei com uma cor, estava da cor dos vampiros . e vi que as tulipas negras deram o ar da sua graça, já tinha perdido a esperança,  de todas as vezes que as plantei nunca deram em nada . aqui há tempos o meu marido trouxe mais uma série de bolbos de amesterdão e eu fui enterra-los no pior sítio do jardim, naquela de não os deixar a falecer nos sacos, mas com a certeza que não tenho nenhum sítio bom para os plantar, e agora fiquei deveras feliz, enganei-me redondamente,  parece que o sítio é óptimo e pela primeira vez tenho túlipas .  

 

 

 

ontem fiz aquele prato de pão com fiambre e queijo para o jantar . este prato é um marco na minha vida, vem do tempo em que eu não sabia cozinhar, nem tinha intenções de aprender, mas fazia isto para os pequenos-almoços tardios de domingo, num tempo em que ainda não tinha filhos, era novíssima e o brunch ainda não se chamava brunch . também só sabia fazer isto, mas era o meu ponto alto (e único) na cozinha . depois nasceu o mais velho e aprendi a cozinhar . nunca mais tinha feito a travessa de pão com queijo e fiambre, ontem lembrei-me de fazer para o jantar, os miúdos nunca tinham comido e eu achei que iam detestar . adoraram . às vezes os meus filhos surpreendem-me .

 

a seguir ao almoço fui com o zé de carro até ao guincho . o miúdo não saía há 46 dias e foi mesmo só dar a volta, nem saímos do carro . foi bom, ele pôs as minhas músicas e vimos o mar, em andamento, mas vimos . ali estava ele num daqueles dias de muito vento, cheio de carneirinhos . soube-nos pela vida . esta certeza que a praia a que chamamos de nossa continua ali à nossa espera, para um dia voltarmos onde fomos sempre muito felizes, sossega-nos . correu tão bem que até achei que me ia pedir para sair à noite, ou uma viagem, ou qualquer coisa . depois lembrei-me que agora isso não se usa . se calhar o meu filho só cresceu .

 

isto não ficou deveras melhor? eu achei . o nosso passeio também

 

»»» • «««

 

já agora a receita do pão com queijo e fiambre no forno,

 

Unte um prato de forno com margarina e polvilhe com farinha. Coloque uma camada de pão de forma barrado com manteiga, em cima ponha uma camada de fiambre e uma de queijo e novamente o pão de forma. Vá pondo camadas até encher o prato, e termine com pão. Numa taça misture dois ovos com 1/2 l de leite e tempere com sal e pimenta. Deite sobre o pão e leve ao forno a 170º C até ficar tostado.

 

26
Mar20

30 - Por Estes Dias


Mac

 

15º dia de quarentena

 

quando tenho muitas saudades do alentejo e não consigo lá ir, faço uma açorda . hoje tinha muitas e muitas saudades, esta é a época em que nunca lhe falho . também é a época do alentejo em flor, depois volta tudo ao castanho a perder de vista . agora deve estar verde o meu alentejo . não tinha pão para açorda . há o pão bom para a açorda, aquele e só aquele, açorda com carcaças é uma papa de pão com água, nem os coentros a salvam . açorda é com aquele pão de lá, o da corcunda já seco . não tinha, então fiz um gaspacho, não é bem o mesmo, até porque o gaspacho é para os dias de 40º C à sombra, quando o sol estala tanto que as bochechas da cara até esticam e os olhos nos brilham com o ondular do horizonte . fiz gaspacho e mesmo sem os 40º C, soube-me pela vida . quase vi sobreiros . 

 

 

 

 

 

 

décimo quinto dia de quarentena já é uma coisa valente, se calhar já tinha direito a uma depressão . tenho ganas de comprar coisas . hoje só chegou um frasco com 100 comprimidos de vitamina c . se calhar comprar perfumes não é mal pensado, ao preço a que está o álcool, um perfume é melhor opção, ao menos cheira bem e quase de certeza que também desinfecta . apetecia-me mesmo era roupa de primavera, mas agora não me parece necessária . estou à espera de umas capas para as almofadas da sala . não tenciono morrer, portanto pareceu-me boa ideia dar um ar à sala agora para a primavera, principalmente porque agora é bastante mais usada .

 

 

 

 

enfeitei-me com pulseiras e enchi os dedos de anéis . como não me achei uma pessoa deprimida, para comemorar fui limpar o pó à casa . deu-me mais trabalho andar para ali com panos e sprays de coiso de abelha real e sândalo, mas senti-me fina . as unhas também estavam em ordem . é outra coisa limpar o pó com as unhas arranjadas e anéis nos dedos, e o tilintar das pulseiras dá um up à coisa .

 

e ainda fiz com o pedro uns monstros com o cartão central dos rolos de papel higiénico, foi a nossa homenagem às pessoas que açambarcaram papel higiénico . talvez reencarnem como papel higiénico .  

 

 

25
Out19

138 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

no meu jardim pousam muitas aves, no outro dia pousou uma ave rara, eu pelo menos achei-a rara . é como no blog . tenho cada vez menos tempo para isto tudo, a vida está mesmo a engolir-me e tem sido uma luta enorme conseguir vir aqui, quase uma teimosia, como se isto fosse uma parte da minha identidade que não quero largar, gosto mesmo muito deste blog, mas há dois anos para cá que entre a falta de tempo, alguma preguiça e uma vida a abarrotar, não me sobra muito tempo . às vezes gostava mesmo de saber o que faço às 24 horas do dia que nunca me chegam para fazer tudo . tenho de me reorganizar . ou deixar ir . entretanto a criança pequena fez anos e dois bolos já lá vão, um para a escola, outro para casa para o dia propriamente dito, e vem agora o terceiro para a festa com os amigos . as minhas laranjeiras estão em flor e cheiram tão bem, o tricot é o meu grande aliado e estou a adorar este outono .

 

 

 

esta semana chegou também o seche vite, o top coat que não largo nem à lei da bala, e que já me cansei de falar dele aqui no blog . depois de deixar a amazon eua, a amazon uk, que me cobrava portes assassinos, ter passado pela amazon fr com uma óptima experiência, desta vez encomendei-o pela amazon espanha e temos trato . foi rápido e sem portes . já agora, este frasco grande dura-me 2 anos e eu pinto as unhas de 5 em 5 dias, mais ou menos, durante todo o ano, portanto compensa imenso e é fantástico . as unhas ficam bem bonitas e com ar degelinho . também dei abrigo a umas botas de cano alto, que me ficam justas às pernas, sem ficar para ali a bailar, o que é uma raridade . e ainda a umas sweats da stradivarius .

 

 

entretanto,

 

estou numa de saias de pregas ou plissadas . mas também gostei da saia com folhos com a sweat, do vestido branco de malha (há na zara) com o blazer e de quase tudo com ténis ou botins . 

 

 

 •Instagram mariaantoniavelez

 

 

11
Out19

137 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

 

esta semana baixei um tom na base, porque o bronze se está a esfumar e apesar de raramente me maquilhar quando estou bronzeada, há dias em que a coisa se dá, e quando se dá preciso da minha base que me dá a cobertura de que gosto, não demasiado pastosa, leve ao ponto de não a sentir - não suporto bases que têm uma existência para além da minha pele - sem brilhos e com uma duração bem simpática, ora como a minha pele não tem o mesmo tom ao longo do ano e ficar com a cara diferente do corpo não é a minha praia, ainda menos ficar com uma linha na transição da cara para o pescoço, preciso de três tons, para quando estou alva no inverno, para assim-assim e para quando já estou bem bronzeada . faltava-me o tom da fase assim-assim, portanto a actual.

 

 

 

 

e também o corrector no mesmo tom . por acaso há dias em que quando estou a pôr o corrector tenho vontade de o espalhar na cara toda . confesso, já o fiz . não falo sobre os resultados, dependem do humor da dona da cara besuntada com corrector .

(tudo na perfume's club)

 

 

 

 

os meus chocolates preferidos da casa pereira, que daqui a uns meses vão ficar só na minha memória, assim como ficou o chiado que já não existe . a casa pereira vai fechar no final do ano e com ela perde-se mais um bocado do chiado da minha infância .

 

 

 

 

e como estou numa de tricot nas horas vagas, agora outro casacão, desta vez em merino do park dos tecidos

(estou a preparar um post com as moradas e lojas online onde há tudo, mesmo tudo, para fazer todos os tipos de tricot)

 

 

 

entretanto

 

gostei de tons terra nas roupas, porque este ano me apetece imenso que venha o outono . sou uma pessoa do verão, é verdade, mas só gosto de calor na época dele, outubro com calor não me diz nada, não me aquece a alma, nem a pele, antes pelo contrário, preocupa-me . então venha o outono frio, chuvoso e tudo quanto precisamos para que a natureza se renove no ciclo que queremos eterno . adoro estes tons da terra, estes das folhas no outono e gostei muito das camisolas em camel, da saia de camurça com botas, dos botins com atacadores e dos blazers em xadrez e espinha .

 

 

(a função de aumentar imagens regressou, basta clicar na imagem que querem ver maior)

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

 

12
Jul19

135 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

2018-04-12 trouxe (1).jpg

 

 

esta semana acabei a clutch em crochet com ráfia que andava a fazer, fiz um tie-dye com lixívia em dois vestidos, porque tinha de experimentar, e chegaram as minhas espadrilles da castañer, que são daquelas coisas que uso há que séculos, bom, não tanto assim, desde os 17 anos, quando achei boa ideia usar saltos altos . na época trazia-as de espanha em todas as cores por meia dúzia (mesmo) de escudos, junto com os frascos de colónia fá, creme de cenoura para (fritar) acelerar o bronzeado, rímel pinaud, caramelos e pipas, eram tempos bem giros

 

 

entretanto,

2018-04-12 gostei_01.jpg

2018-04-12 gostei_02.jpg

gostei das cestas, dos vestidos fluidos, sandálias e alpercatas com tudo e tudo, é verão e isso basta

 

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

»»» • «««

 

• para a clutch em crochet basta seguirem um esquema de crochet para bolsas, é facílimo, e em vez de linha, usar ráfia (vende-se nas drogarias), só usei ponto baixo. 

2019-07-12 tie-dye.jpg

 

• para o tie-dye com lixívia seguimos um daqueles processos que já falei aqui, mas em vez de tintas, usamos lixívia (usei lixívia espessa e não misturei com água). usei um vestido antracite e um outro amarelo que estavam no ir, portanto se a coisa resultasse num desastre, também não se perdia nada. depois de aplicar e logo que vi que os tecidos estavam a perder a cor, passei bem por água sem tirar os elásticos, quando me pareceu que já não tinham muita lixívia lavei os vestidos na máquina, um de cada vez.

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D