Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

10
Dez19

117 - é natal, é natal, lai lai lai, larailailai, é natal, é natal, lai lai lai, larailailai


Mac

 

 

Todos os anos por esta altura começam aqui em casa os jantares de Natal com os amigos. Além de adorar estes jantares, também me servem como ensaios para a decoração da mesa da consoada. 

 

 

 

 

 

 

Confesso que gosto imenso da parte da decoração da coisa, bem mais do que a confecção das comidas. Gosto muito de ter dois ou três elementos novidade, que junto a outros já usados em anos anteriores, ou que até nem são típicos de Natal e fazem parte da decoração da casa durante todo o ano, como é o caso dos búzios e das redomas que usei desta vez. 

 

 

 

 

 

 

 

Como aos meus olhos o branco é sempre a primeira opção em tudo e tudo, usei as velas da BE2ADORN como ideia central e fiz o arranjo directamente na mesa, sem uma base. 

 

 

 

 

 

Combinei outros elementos, como búzios e estrelas, juntei uns ramos de abeto e de outra verdura que aparece muito nesta altura do ano, mas que não sei o nome, chamam-lhe falso azevinho, mas parecido com o azevinho só tem meia-dúzia de bagas encarnadas. Não interessa, tem umas folhas lindíssimas e resulta muito bem sozinho ou misturado com outras verduras. Para lhe dar um brilho extra, usei uma iluminação led a pilhas, que escondi entre os ramos para não se ver os fios.

 

 

 

 

 

 

E no sábado passado foi assim.

 

 

 

 

 

|| outras mesa de Natal de outros anos, aqui ||

 

 

• Instagram maria.antonia.velez

 

04
Dez19

116 - É Natal, é Natal, lai lai lai, larailailai, é Natal, é Natal, lai lai lai, larailailai


Mac

 

 

Passei pelo mercado e trouxe o que normalmente se traz nesta altura do ano, ramos de eucalipto, abeto e ramos do que mais calhou, flor do algodão e bagas mil.

 

 

 

 

Depois fui buscar pinhas, ramos secos e ramos de oliveira ao jardim e comecei por fazer uma cama para o meu Menino, com ramos secos e ramos de oliveira. 

 

 

 

 

 

E hoje vai ser isto, decorar a casa para o Natal e para os jantares que aí vêm. Espera-se que daqui saia alguma coisa de jeito. Se sair, mostro, se não sair, fecho-me em copas, claro está. 

 

 

  • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

 

23
Dez18

115 - É Natal, é Natal, lai lai lai, larailailai, é Natal, é Natal, lai lai lai, larailailai


Mac

IMG_3152 (1).JPG

 

 

Este ano em vez de deixar para o dia 24, adiantei-me e fiz o centro para a mesa da Consoada e o arranjo para a mesa de apoio um pouco mais cedo, e cheguei à conclusão que não vale a pena deixa-los para dia 24, porque são feitos com ramagens que quase não precisam de água, logo levam imenso tempo a secar e mantêm-se impecáveis durante bastante tempo.

 

 

IMG_3178 (1).JPG

 

 

Não fugi à regra do que é normal em qualquer casa e na minha também, mantive os ramos de abeto, as bagas, as velas e as pinhas, só alterei a ordem dos factores e em vez de pinhas naturais usei as que pintei, em vez das bagas habituais usei também umas que parecem de algodão, porque já não havia bagas suficientes para o que queria.

 

 

IMG_3196 (1).JPG

 

 

E este ano em vez de fazer o arranjo directamente em cima da mesa, usei uma travessa, assim é mais fácil de o tirar sempre que for preciso.

 

 

IMG_3206.JPG

 

IMG_3220.JPG

 

 

Para a mesa de apoio, fiz um arranjo bem simples só com ramos de bagas e as tais que parecem algodão, mas que não sei o nome. Para esta mesa prefiro arranjos simples e nada de grandes confusões decorativas, afinal é ali que vão estar as comidas à espera de ser servidas e as loiças de reforço, além das bebidas.

 

 

IMG_3116.JPG

 

IMG_3142.JPG

 

 

  • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

23
Nov18

110 - É Natal, é Natal, lai lai lai, larailailai, é Natal, é Natal, lai lai lai, larailailai


Mac

IMG_0369-001.JPG

 

 

 

Para quem gosta muito do Natal (como eu), o Natal é feito de muitos pormenores, que depois resultam na decoração da mesa e da casa, nos embrulhos dos presentes e onde calhar. Tudo conta, desde as coroas para pendurar na porta de casa, aos arranjos para a entrada, aos castiçais e pontos de luz, as receitas para os almoços e jantares, as bolachas, os doces, as toalhas, as fitas, a Árvore e tudo, tudo, tudo. 

 

 

 

IMG_0310.JPG

 

 

 

Este ano comecei por pintar de branco umas pinhas, que vão ter algumas funções e destinos, depois mostro, estas por agora foram fazer companhia aos búzios que estão neste frasco

 

 

 

IMG_0368-001.JPG

 

 

 

Que continuem então os mil e um trabalhos para tornar o Natal ainda mais bonito.

 

 

 

IMG_0380-001.JPG

 

 

 

 

»»» • «««

 

 

 

IMG_0316-001.JPG

 

 

 

E já agora deixo uma dica para quem quiser pintar pinhas. Se optarmos por tinta em spray, que detesto, não há problema, as pinhas não fecham, mas se for com pincel e como a tinta fica húmida durante algum tempo, as pinhas fecham. Mas se formos pondo as pinhas em cima de um radiador, o ar quente seca a tinta mais depressa e não as deixa fechar. Atenção para não deixar as pinhas em cima do radiador sem estar por perto. 

 

 

 

 

  • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

22
Dez17

149 - Croché, colagens, tricô, filet, bricolage e coisas assim


Mac

 

 

 

 

À semelhança do que fiz no ano passado, decorei uma das coroas que tenho na cozinha todo o ano, com folhagens e bagas, para lhe dar um ar de Natal. Gosto imenso destas coroas de ramos assim simples, sem nada, e são ideais para decorar porque é facílimo prender as folhagens entre os ramos da coroa, ou caso seja necessário, prende-las com arame.

 

 

 

 

 

 


 

 

 

Materiais:

. coroa de ramos secos .. Horto do Campo Grande

. ramos de eucalipto, azevinho, gilbardeira e abeto .. jardins, hortos, floristas

. laranjas secas e nozes .. floristas, hortos

. arame verde de jardineiro

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa e a gilbardeira pica bastante)

 

 

 

 

 

 

 

Como não queria que este ano a coroa ficasse com um ar muito certinho, fui distribuindo os ramos de abeto, eucalipto e gilbardeira, sem simetria, depois pus o azevinho (3 ramos) bem espaçado um do outro, distribuí as nozes e pus uma laranja seca.

 

 

 

 

 

  

Quando acabar o Natal, é só tirar as ramagens e a coroa regressa à cozinha novamente simples e como gosto de a ver durante todo o ano.

 

 

 

 

 

 

15
Dez16

138 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

E para terminar o assunto arranjos de Natal, acho eu, aqui ficam as coroas que fiz. Só usei plantas naturais, porque apesar de não durarem muito, ainda menos de um ano para o outro, são as que dão melhores resultados, tanto em termos de cores, como cheiro, que é impossível conseguir com ramagens de plástico ou pano.

 

 

 

 

 

 

Duas coroas só com uma fila de eucalipto e super fáceis de executar.  

 

 

Materiais:

. 2 ramagens de eucalipto grandes (para uma coroa) . Mercado da Vila de Cascais

. arame galvanizado . Leroy Merlin

. arame verde de jardineiro . Leroy Merlin

. alicate para cortar arame, alicate e tesoura para jardinagem . Leroy Merlin

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa) 

 

 

 

 

  Damos a forma ao arame, com a ajuda de qualquer objecto cilíndrico, que tenha as dimensões pretendidas (basta colocar o arame à volta e fecha-lo com um alicate) . Depois de termos a nossa base de arame já moldada, enrolamos o primeiro ramo de eucalipto, começando pela ponta do ramo (a parte mais frágil e mais fácil de enrolar no arame), que prendemos ao círculo de arame com um pouco de arame verde. Quando já tivermos coberto metade do diâmetro do círculo de arame, cortamos o excesso de ramagem e prendemos ao círculo com um pouco de arame verde. Fazemos o mesmo com a segunda ramagem, de forma a cobrir os resto do círculo de arame.

 

E já está.

 

 

 

 

 

 

   »»» • «««

 

 

 

 

 

 

Tenho esta coroa de ramos secos há muitos anos e resolvi decora-la com uns ramos agora para o Natal. Quando acabar o Natal, tiro as decorações e regressa à cozinha, simples como é.

 

Materiais:

. coroa de ramos secos . Horto do Campo Grande

. 4 ramos pequenos de eucalipto

. 8 ramos pequenos de oliveira . jardins, hortos, floristas

. 6 ramos de gilbardeira . jardins, hortos, floristas

. arame verde de jardineiro 

. fita de tecido . retrosarias

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa) 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para cada ramo, juntamos 4 raminhos de oliveira, 

 

 

 

 

 

 

e depois sobrepomos 2 ramos de eucalipto e 3 de gilbardeira. Atamos com arame verde e fechamos. Ficamos à coroa de ramos com mais um pouco de arame. Fazemos o segundo ramo e fixamos à coroa. Atamos uma fita, para tapar as terminações dos ramos.

 

E já está.

 

 

 

 

 

 

»»» • «««

 

 

 

 

 

 

 

Por fim, juntei os restos numa cesta da lenha e deixei-a assim mesmo a decorar aquele canto.

 

 

Tenho a casa com um óptimo cheiro a Natal.

 

 

»»» Ideias para coroas, aqui «««

 

 

13
Dez16

101 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

 

Gosto de ver qualquer suporte nos arranjos de Natal, tanto os alusivos à época, como outros. Aos meus olhos ambos resultam muito bem, porque as folhagens escolhidas têm muito a ver com a época, assim acho que tudo funciona muito bem.  

 

 

 

 

 

 

Neste caso usei um trenó que tem por dentro um suporte com rede próprio para fazer arranjos, mas se não tivesse, usaria a tal esponja de florista. Usei ramos de pinheiro e cedro para fazer o "leque" e à frente pus 3 ramos de oliveira, 2 pinhas do lado esquerdo e à direita um ramo de cotoneaster (também conhecida como o azevinho sem picos).

 

 

 

 

 

 

»»» • «««

 

. ramos de pinheiro, cedro, oliveira, cotoneaster e pinhas . jardins ou floristas

. esponjas de florista . Mercado da Vila de Cascais

 

 

18
Dez15

93 - JÁ FUI FELIZ AQUI


Mac

 

 

 

Um dia contei aos meus filhos, que na minha infância tínhamos pinheiros naturais, para fazer a Árvore de Natal. Contei-lhes como era bom o cheiro que ficava na casa e como os Natais tinham cheiros inesquecíveis. Não lhes contei que ficava tudo cheio de agulhas, até porque isso era uma coisa que eu ouvia aos adultos, na minha época de pinheiro natural, essa não era uma preocupação minha, como não eram nenhumas. Também não contei, que para transportar o pinheiro, tínhamos de lhe segurar com umas folhas de jornal, para não ficarmos com as mãos cheias de resina. Assim como não contei que para o transportar, os meus pais tinham de nos pagar cinco escudos. Não contei, porque a memória apaga o que não interessa, ou deixa, mas sempre muito relativizado, por isso é que é fácil ser feliz no passado. Feliz e boa pessoa.

 

E os meus filhos que não sabem o que é um pinheiro natural, todo decorado dentro de casa, passaram a querer um pinheiro natural para o Natal. Um porque é adolescente e tudo quanto é como é, não está bem, o outro porque vai atrás do irmão e se o irmão diz não, ele também diz. E porque é que não temos um pinheiro natural e a mãe prometeu e vá láaaaaaaa, maiiiiiiiii. E eu expliquei-lhes que a maior parte dos pinheiros naturais eram feiíssimos, porque eram ramos de pinheiros muito grandes, e que não se pode ter um pinheiro inteiro para Árvore de Natal e ai o abate indiscriminado e as florestas e tudo. Mas os meus filhos, que nem são de teimosias, desde o dia em que imaginaram um Natal vintage, agora querem um Natal vintage, porque o Natal que conhecem já não lhes serve, um porque é adolescente, o outro porque está na primeira infância, que é uma coisa parecida com a adolescência, mas em bom.

 

Então combinámos que para termos um pinheiro natural para um Natal, vamos criar um desde pequeno, que mantemos num vaso, e um dia quando ele já tiver a dimensão que a decoração exige, pegamos no vaso e no pinheiro e decoramos. E um dia, quando o pinheiro já só puder estar na terra sem vaso, é para lá que vai, mas será sempre o nosso pinheiro de Natal, mesmo quando já não entrar em casa.

 

E é assim que vamos criar o nosso pinheiro. Gosto muito da possibilidade deste pinheiro.

 

[agora vê lá se faleces e me desiludes os filhos]

 

 

 _______________  - ♥ - _______________ 

 

. Decorações miniatura em madeira - Zara Home

. Letras - antigo Vassoureiro

. Coroa e pinheiro - Horto do Campo Grande

. Ardósia - Area

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D