Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

27
Nov18

112 - É Natal, é Natal, lai lai lai, larailailai, é Natal, é Natal, lai lai lai, larailailai


Mac

IMG_010867-002.JPG

 

 

E agora fica uma ideia para aproveitar as laranjas com cravinho e as pinhas brancas para a decoração de uma mesa a pensar na época de Natal.

 

 

IMG_020893.JPG

 

 

No centro da mesa pus umas ramagens que trouxe do mercado e pus em dois copos para velas as flores e um raminho com laranjas miniatura que fui buscar ao meu jardim, depois distribuí as laranjas com cravinho, as pinhas brancas e umas rodelas de laranja secas, que fiz aqui em casa (depois conto).

 

 

IMG_030899.JPG

 

IMG_040911-001.JPG

 

 

Para completar o conjunto e dar mais cor à mesa, pus em cima dos guardanapos um ramo de folhas, uma laranja miniatura e uma rodela de laranja seca.

 

 

IMG_050907.JPG

 

IMG_060871-001.JPG

 

IMG_070891-001.JPG

 

IMG_080878-001.JPG

 

IMG_090912-001.JPG

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

13
Nov18

17 - Às vezes gosto do Outono [mas morro de saudades do Verão todos os dias]


Mac

IMG_9534.JPG

 

 

IMG_9544.JPG

 

 

 

Para o jantar deste domingo de S. Martinho,  resolvi decorar a mesa com um centro com uvas e alcachofras. Não é a primeira vez que faço esta combinação e gosto sempre do resultado, esta ficou diferente da outra que mostrei aqui, porque variei no tipo de uvas, o que dá logo outro aspecto ao arranjo. O outro ficou com um ar mais fresco de Primavera, este ficou mais de Outono com tons mais escuros.

 

 

 

IMG_9531.JPG

 

 

IMG_9521 (1).JPG

 

 

 

Usei uma terrina antiga e enchi-a com uvas verdadeiras e falsas, alcachofras, folhas de pano, abóboras falsas e parte das castanhas que não assei.

 

 

 

IMG_9537.JPG

 

 

IMG_9553.JPG

 

 

 

Depois foi só pôr a mesa com um serviço branco, uns copos bordeaux para realçar o bordeaux das uvas e espalhar velas. Desta vez usei dois caminhos de mesa porque queria que os copos das velas  ficassem mais realçados sobre a madeira da mesa.

 

 

 

IMG_9568.JPG

 

 

IMG_9575.JPG

 

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

16
Out18

05 - Eu gosto é de flores, faça chuva ou faça sol


Mac

IMG_7803-001.JPG

 

 

 

Às vezes gosto de sair da minha zona de conforto no reino dos arranjos de flores e tento fazer coisas diferentes com o que tenho à mão. Não sou uma especialista, não tive qualquer formação na área, portanto faço quase sempre aquilo que é seguro, sem grandes aventuras, tenho por isso uma tendência absurda para comprar flores para fazer os arranjos e raramente aproveito o que está à mão e basta colher.

 

 

 

IMG_7764.JPG

 

 

 

Desta vez resolvi fazer uns arranjos para alegrar a mesa de jantar de domingo. O dia estava cinzento, houve temporal durante a noite e ainda na semana passada tínhamos dias de céu azul, portanto precisava de qualquer coisa que nos alegrasse o começo do Outono a sério.  

 

 

 

IMG_7775.JPG

 

 

 

Fiz como faço sempre, disponho todas as flores e ramagens em grupos em cima da mesa, junto os suportes que cálculo que vou usar, ponho um saco de plástico grande para ir deitando fora o que não quero e assim lá me sai qualquer coisa.  Se vou fazer um conjunto, disponho as jarras como quero que fiquem, assim vou calculando a disposição das flores em função do conjunto. Para mim resulta melhor fazer assim do que fazer arranjos separados, se os faço separados, o conjunto não resulta. Também me acontece muitas vezes começar com um conjunto de suportes que depois de pôr as flores, não resultam em conjunto, outras vezes preciso de outro que não estava no início, enfim, o mais giro nisto, é nunca saber como um arranjo vai acabar, apesar de ter uma ideia inicial, nem que seja muito vaga.

 

 

E desta vez ficou assim,

 

 IMG_7812-001.JPG

 

 

IMG_7803-001 (1).JPG

 

  

IMG_7825-001.JPG

 

 

 Acima de tudo, adorei fazer todo o processo, desde a colheita aos arranjos.

 

 

 

  • Instagram @maria.antonia.velez

 

02
Out18

03 - Eu gosto é de flores, faça chuva ou faça sol


Mac

IMG_7114-002.JPG 

 

 

 

 Durante o tempo quente quase nunca faço arranjos de flores para a casa e para a mesa das refeições, porque não estamos tanto em casa, as flores não aguentam tanto como no tempo mais fresco, fazemos muita vida lá fora e estou mais voltada para outras coisas, mas chegando a esta altura do ano, independentemente da temperatura, regressa a vontade de ir ao mercado buscar flores, escolher, pensar na decoração da mesa e encher as jarras e fazer um ou outro arranjo para a mesa.  

 

 

 

IMG_7110.JPG

 

 

 

Desta vez não ia com uma ideia muito precisa, queria flores em rosa e um enchimento de folhas miudinhas ou flores, mas que não fossem escuras. Como só havia folhagens em verde muito escuro e flores miudinhas, trouxe estas para fazer a vez de enchimento e estas rosas porque adorei o tom.

 

 

 

IMG_7078-001.JPG

 

 

IMG_7090-001.JPG

 

 

 

E pus assim a mesa para o almoço de domingo, ainda lá fora porque o dia estava óptimo, mas com as abóboras a dar um ar de Outono.

 

 

 

IMG_7098-001.JPG

 

 

IMG_7128.JPG

 

 

 

Como gostei muito de resultado, mantive o mesmo motivo para o jantar de domingo, mas dentro de casa. 

 

 

 

IMG_7142.JPG

 

 

 

Para esta refeição já tinham ficado preparados dois lombinhos (na foto só está um) assados em leite (fica ainda melhor que o lombo, porque a carne é melhor), que deu para duas refeições e foi só aquecer, uma das vezes acompanhados com um arroz branco e salada de tomate e pepino, e desta com batatas fritas (numa colher de sopa de azeite na Actifry) e salada de alface e abacate. 

 

 

 

IMG_7149.JPG

 

 

IMG_7136.JPG

 

 

IMG_7147.JPG

 

 

 

   • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

17
Abr18

75 - Eu gosto é da Primavera


Mac

 

 

 

 

 

 

Na semana passada quando passei no mercado, fiquei com vontade de trazer Gerberas de todas as cores, mas como ia com outra ideia, adiei uma semana e ainda bem, porque desta vez também havia Ranunculos laranja e eu adoro a mistura destas flores. Assim trouxe Gerberas amarelas, laranja e em 2 tons de rosa e os Ranunculos laranja.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este é o tipo de arranjos de flores que imagino sempre para almoços lá fora no jardim em dias bons de céu azul, mas como o dia estava cinzento trouxe para casa a vida que estou desejando recomeçar com o bom tempo 

 

 

 

 

 

 

 Depois foi só pôr a mesa para o almoço de Domingo. Misturei três serviços de pratos e usei uns marcadores com flores. Para o jantar, mantive a mesma mesa e acrescentei copos e mini taças de vidro com velas .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Para o almoço fiz um caldo de arroz (água que sobra da cozedura do arroz branco + 1 caldo de galinha) e experimentei fazer o peito de peru em leite (mesma receita da carne de porco assada em leite, mas com a carne de peru) e ficou muito bom. 

 

 

 

 

 

 

E foi assim, trouxe a Primavera para casa, apesar da chuva lá fora.

 

 

 

 

 

 

 

»»» • «««

 

. Taças azul claro, marcadores com flores e copos para velas .. Zara Home

. Pratos brancos com relevos .. Cerâmicas da Linha

. Pratos brancos, jarras de vidro e velas .. IKEA

. Copos e guardanapos .. Area

. Flores .. Mercado da Vila de Cascais

 

02
Abr18

24 - A Páscoa, as amêndoas, os ovos e os coelhos, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

 

Apesar do almoço de domingo de Páscoa não ser na minha casa, pus uma mesa de Páscoa para o jantar.

 

Este ano inspirei-me nas cores das flores da época, assim é facílimo conseguir uma mesa com ares de campo, primavera e bastante suave e luminosa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Usei uma toalha branca de renda e com uma base branca tudo é mais fácil, depois usei serviço azul claro que misturei com um outro branco e com taças com passarinhos avulsas, assim como os copos que são do mesmo serviço, mas de cores diferentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E fiz umas argolas para os guardanapos (enrolei os caules de arame) com umas peónias de pano que comprei no supermercado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Depois foi só preencher a mesa com objectos alusivos à época, como coelhos e galinhas.

 

 

 

  

 

 

 

 

 

Também usei os cake stands de cupcakes para as amêndoas, assim como um prato de porcelana com um coelho.

 

 

 

 

 

 

E foi um jantar muito agradável.

 

 

 {mais mesas de Páscoa aqui}

 

 

»»» • «««

 

. Serviço de pratos azul claro .. Zara Home

. Pratos brancos .. Cerâmicas da Linha

. Taças com passarinhos, prato com coelho, galinhas e peónias de pano .. Kasa

. Cake stands e coelhos .. Docinho de Açúcar

. Velas .. IKEA

. Flores .. Mercado da Vila de Cascais

 

 

27
Mar18

08 - Por estes dias


Mac

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fomos ver a penúltima sessão do musical aladino do filipe la féria . adorámos, foi fabuloso . já temos primavera no jardim e as minhas chorinas estão lindas . cá dentro também há primavera e velas super cheirosas . sou muito pelas velas brancas, acho até que só variei para creme, pois foi, não estava em mim, mas agora para esta primavera fui para estes tons rosa e lilás e estou a gostar imenso . fiz uns arranjos com hortênsias de pano e ramos de eucalipto que sequei, e gostei, apesar de gostar mais de flores naturais e frescas .  entretanto começaram as férias da páscoa dos miúdos, o mais velho resolveu arranjar um part time para estes 15 dias e ontem o mais novo arranjou uma escarlatina . é primavera, estamos quase na páscoa e o verão está aí a bater à porta, isso é que é .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

27
Dez17

193 - O Natal, as nossas refeições, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

Este ano só tive de pensar no jantar de dia 24 e depois no de dia 25, que foi basicamente de restos. O almoço de dia 25 não foi aqui em casa e não tive de tratar de nada. Para a consoada regressei aos encarnados, deixei as simplicidades escandinavas para os escandinavos e voltei a pôr uma mesa à portuguesa com encarnados, dourados e bordeaux.

 

 

 

 

 

 

  

Fiz um centro para a mesa no mesmo género de um outro que já tinha feito para um jantar aqui em casa, mas um pouco maior.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

e pus em cada prato um ramo, também parecido com um outro que já tinha feito.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este ano para a ceia fiz o peru, um rosbife e o bacalhau cozido, que depois deu a Roupa Velha para o jantar de dia 25. Os doces andaram no habitual em qualquer casa, por isso só deixo as receitas do meu doce preferido, os Formigos que é aquele doce que fez sempre parte dos meus Natais no Porto em casa da minha avó.

 

 

-  Formigos -

. 250 g de açúcar mascavado

. 8 fatias de pão de forma

. leite

. 8 gemas

. 150 g de amêndoas

. 100 g de corintos

. 2 cálices de vinho do Porto

. canela

 

 

Leve o açúcar ao lume com 1/3 do seu peso de água e deixe ferver até obter ponto de pasta (28º baumé ou 101º C). Parta as fatias de pão em bocados, embeba-as em leite e escorra. Junte o açúcar e leve ao lume mais 5 mn. Adicione 100 g de amêndoas raladas e os corintos e deixe levantar fervura. retire do calor e junte as gemas desfeitas no vinho do Porto. Leve rapidamente a lume brando só para engrossar um pouco. Se ficar muito doce e espesso, junte um pouco de água a ferver. Deite os Formigos numa travessa ou taça e polvilhe com canela. Espalhe por cima as restantes amêndoas em falhas e corintos .

 

(os Formigos também podem ser feitos com Pão de Ló)

 

 

 

 

 

 

E da Roupa Velha que é de longe o meu prato preferido de Natal

 

. Restos do bacalhau, couve e batatas da ceia

. Azeite

. Alhos picados (calculo dois dentes por dose individual)

. Sal

 

Corte a couve, desfie o bacalhau e corte as batatas em cubos, Numa frigideira (ou wok) ponha bastante azeite e o alho picado. Deixe fritar um pouco, junte o bacalhau, a batata e as couves. Envolva bem e deixe-o no azeite até ficar quente. Rectifique o sal. Retire do lume, passe para uma taça ou travessa e sirva.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para o jantar de dia 25 alterei o centro de mesa, tirei as frutas verdadeiras e falsas, as velas e as pinhas, deixei as ramagens e as bagas encarnadas e só acrescentei velas redondas e em estrela.

 

 

 

 

 

 

 

 

22
Dez17

149 - Croché, colagens, tricô, filet, bricolage e coisas assim


Mac

 

 

 

 

À semelhança do que fiz no ano passado, decorei uma das coroas que tenho na cozinha todo o ano, com folhagens e bagas, para lhe dar um ar de Natal. Gosto imenso destas coroas de ramos assim simples, sem nada, e são ideais para decorar porque é facílimo prender as folhagens entre os ramos da coroa, ou caso seja necessário, prende-las com arame.

 

 

 

 

 

 


 

 

 

Materiais:

. coroa de ramos secos .. Horto do Campo Grande

. ramos de eucalipto, azevinho, gilbardeira e abeto .. jardins, hortos, floristas

. laranjas secas e nozes .. floristas, hortos

. arame verde de jardineiro

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa e a gilbardeira pica bastante)

 

 

 

 

 

 

 

Como não queria que este ano a coroa ficasse com um ar muito certinho, fui distribuindo os ramos de abeto, eucalipto e gilbardeira, sem simetria, depois pus o azevinho (3 ramos) bem espaçado um do outro, distribuí as nozes e pus uma laranja seca.

 

 

 

 

 

  

Quando acabar o Natal, é só tirar as ramagens e a coroa regressa à cozinha novamente simples e como gosto de a ver durante todo o ano.

 

 

 

 

 

 

25
Set17

02 - Eu gosto é de flores, lai lai lai


Mac

 

 

 

 

Aqui há dias disse que andava com vontade de fazer um arranjo com alcachofras e uvas e como neste domingo os avós vieram cá almoçar, aproveitei a ocasião e fiz o arranjo.

 

Gosto cada vez mais de misturar legumes, frutas e flores. É uma combinação que aos meus olhos resulta e varia um pouco do habitual.

 

 

 

 

 

 

 

 

Já agora deixo alguns truques que facilitam muito a execução de arranjos, tornam a tarefa mais rápida e resultam muito bem.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para este tipo de arranjos uso sempre espuma de florista. Há dois tipos, a que se molha e a que fica seca. A seca é apropriada para arranjos de flores secas, que vão durar meses, ou até anos. Já a esponja que leva água é indicada para usar em suportes largos, para suster as flores naturais, que logicamente precisam de água para viver.

 

Dependendo do diâmetro do suporte que escolhi para fazer um arranjo, coloco uma ou mais esponjas. Geralmente é necessária uma esponja e a segunda serve para preencher.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para que as esponjas preencham a totalidade do recipiente e depois com o peso das flores não saiam do suporte, ponho uma esponja no meio e faço pressão com a outra, de forma a preencher os espaços vazios e como as esponjas são fáceis de cortar, o próprio rebordo da taça corta a esponja à medida.

 

 

 

 

 

 

 

 

Finalmente com uma faca, acerto a superfície, de modo a que não fique mais alta do que a taça e antes de começar o arranjo, ensopo as esponjas com água. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os caules das flores são facílimos de espetar nestas esponjas, mas os caules bem largos, como os das alcachofras não, assim corto a maior parte deste tipo de caule e espeto-lhe um palito de espetada de fruta. Para prender as uvas também usei destes palitos cortados a meio que espetei na esponja e entre duas hastes dos cachos.

 

 

 

 

 

 

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D