Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

21
Ago12

73 - TPM, CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

Eu gosto das minhas TPMs. Quer dizer, gosto de algumas, vá aí umas três a quatro por ano. Gosto daquelas em que baixa em mim a drama queen e armo uma tragédia dantesca por dá cá aquela palha. Gosto daquela coisa hormonal de não me sentir amada por ninguém, sozinha, vítima e infeliz. E gorda. Velha também. A melhor de todas, a que me dá a grande desculpa para me consolar da minha solidão trágica, em que me afogo em chocolates, gomas, batatas fritas e tudo quanto me serve de consolo. Kleenex também. E se os Kleenex cheirarem a alfazema, fico irritada. Gosto daquela coisa de chorar baba e ranho porque o Mac Man me disse bom dia com um olhar de valdevinos. Mas em Kleenexs brancos. Ou porque não reparou que eu emagreci 100 gr. Tudo coisas muito importantes que fazem a verdadeira identidade do amor. Também serve a morte do pai do Simba. Mas se ficar com os olhos umas batatas, fico para me devorar. E faço compras muito lógicas. Nada a ver que passados uns dias vá tudo de regresso aos destinos, para voltar com o que realmente é necessário. 

 

Também gosto daquelas em que baixa em mim o carroceiro. Tudo está mal. Todas as mulheres, incluindo a minha pessoa, passam a seres dados a fricotes para quem não há pachorra. Estas nem as explico. E ai de quem se atreva a lembrar-me das TPMs drama queen.

 

 

E depois também não gosto delas. Não gosto de saber que existe em mim um lado cor-de-rosa. E um outro bas-fond. Aí três ou quatro vezes por ano, o que dá aí cerca nove a doze dias em trezentos e sessenta e cinco. Coisa pouca, mas estão lá e disso eu não gosto. Nos outros 353, estou eu, sem fricotes cor-de-rosa, nem camiões TIR.

 

 

Pronto, gosto e não gosto. Não gosto quando estou nelas, mas também posso gostar. Não gosto quando penso nelas e estou longe, mas também posso gostar. Tenho humores. E tenho dias. Mais por aí.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D