Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

28
Jun12

46 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

 

 

Aos oito meses, bebé mais amado, descobriu as potencialidades giras, em todas as variantes possíveis, de uma boquinha pequenina cheia de sopa, papa, ou creme de frutas, em suma, de boca cheia. Temos brrrrrrrrrrrrr, em que a comida é projectada aleatoriamente, não havendo um alvo específico, mas calhando, pode ser a mãe, esta portanto. Temos os dedinhos gordinhos na boca, em quase todas as colheradas, que depois se espreme com alma e afinco. E temos sons guturais, com igual projecção de géneros alimentares. Também viramos a cara e dançamos. Muito bom.

 

Tão bom, que agora só se alimenta ser pequenino de avental. Para ele, babetes mais que muitos e papel de cozinha também. E muito jogo de cintura mãe.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D