Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

30
Jan12

06 - CO'A BRECA, JÁ É SEGUNDA-FEIRA OUTRA VEZ


Mac

 

 

 

 

 

 

Do fim-de-semana, um sábado a aproveitar o resto do resto dos saldos e não só. Água de colónia de bebés, que queria para o meu bebé. E para mim um verniz verdunco, eu que dizia que musgo nas unhas jamais, pois, mas este é um verde azulado, vá petróleo, ou lá o que é; uma saia em renda castanha da Zara, que como já não havia o M, veio o L, mas tão baratinha, sete euros e não sei quantos trocos, que se não der para vestir, é verdade, não a provei, dá para panos para os vidros; umas camisolas muito em conta, que ainda não escorri para que servem exactamente, e na Oysho uns pijamas e pantufas. Camisas para o Mac Man e mais roupa para as crianças, parece que têm a mania estranha de crescer, crescer, crescer. A terminar com esta que vos escreve, a reabastecer no bar da FNAC com um folhado de salsicha e um malvado de um pastel de Vouzela, seguida de uma paragem em casa dos avós, Mac Baby a alimentar mais o pequeno corpinho e a mãe, eu, a abastecer com umas Bolinhas de Berlim, mais uns pastelinhos e o coiso. 

 

E o melhor de tudo, o meu pequeno Buda a portar-se que nem um senhor, quase sempre a dormir e a sorrir para o mundo, quando acordado, nada a ver, claro está, com o facto meramente irrelevante de ter sido substancialmente alimentado antes de sair de casa, é que levar bebés muito pequenos para a rua com o perigo de lhes dar a fominha a meio do processo, e se eles são uns relógios, para ter o povo todo a fulminar-nos com olhares malvados, nós atacadas dos nervos e o coiso, pois que não vale a pena, isso e levar sempre uma chupeta extra e o amigo Aero-Om, ah e a fralda mudada, e mais umas tantas de prevenção, e com tudo calculado, há sérias probabilidades de correr tudo bem, quer dizer, às vezes, mesmo com tudo pensado e executado, arma-se a put@ e lá vamos nós a bater em retirada, que é como quem diz, a regressar a casa, sem ter feito nada do que nos tínhamos proposto, enfim, nada que qualquer mãe não saiba e já tenha experimentado. 

 

Pronto, a coisa corre bem se pensarmos nos bebés e em nós como automóveis, faz isto e aquilo, pára e reabastece, mais isto e aqueloutro, reabastece, avança mais um bocado e tunga, abastece.

 

Gosto destes raides aquisitivos.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D