Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

31
Jan18

277 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

Eu ia sendo atropelada no estacionamento do shopping por um ciclista que achou boa ideia circular no parque em sentido contrário. E eu só olhei para a minha esquerda, por onde era lógico circularem carros. Passei a olhar para os dois lados, mesmo sabendo que ali só há um sentido. Aprendo muito, eu.

 

Eu ia levando com um ciclista de frente numa rua de sentido único, porque ele resolveu circular de frente para os carros.

 

Eu ia levando com um ciclista numa curva, em que tive de me desviar para ele não acabar o dia com uma etiqueta pendurada do dedão.

 

Eu não deixei um middle-aged man in lycra (mamil) entrar na rotunda onde circulava, porque ele não tinha prioridade. E ele insultou-me.

 

Eu já mandei um mamil ir para a ciclovia, porque ele ia na “minha” estrada com a ciclovia ao lado. Vazia. Pois foi. E ele fez gestos que eu não entendi, mas desejei que acabasse a performance a apanhar os dentes do chão. Não sei se acabou, porque o perdi de vista.

 

Eu já vi um mamil a sair da estrada e passar para o passeio, porque caiu o encarnado e como toda a gente sabe os mamil não têm travões. Nada os trava.

 

E ontem eu ia a meio da passadeira com o meu filho de 6 anos pela mão, os carros tinham parado para nós passarmos e veio um grupo de 3 mamil e não pararam, nós ali no meio da passadeira e os senhores mamil a contornarem-nos sem parar, con-tor-na-ram-nos, mas não pararam, porque os mamil não têm travões. Na cabeça.

 

As pessoas quando vestem uma lycra esquecem-se dos princípios mais básicos de civismo, aquilo aperta-lhes a alma, o coração e/ou o cérebro, ou tem poderes mágicos de embrutecimento? Vou vestir uma lycra para ver qual é a sensação/resultado.

 

[aviso já que passam pelas malhas da minha indiferença, argumentos tão inválidos como ah nós os mamilis, vocês os dos carros maus, porque espantai-vos, há mamilis que são automobilistas, uma coisa não impede a outra e isto não é uma briga entre duas facções, é apenas uma mãe que não lhe apetece levar com uma bicicleta no pára-brisas. Não me a-pe-te-ce. E outros argumentos como, ah eu não sou assim e conduzo como um automobilista na estrada e comporto-me como um peão no passeio, precisam de comprovação factual, ver para crer, é que não os vejo, lamentavelmente não vejo, não assisto, não presencio excepções à regra]

 

[é verdade, o tema é recorrente, as situações, infelizmente, não param de acontecer]

 

 

#BirraDeSono

#ASério??!!

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D