Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

31
Mar20

273 - O vírus, as minhas unhas, a falta que o meu café em frente ao mar me faz, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

20º dia de quarentena

 

segunda dezena da quarentena . vinte dias . as cápsulas de café para reciclagem estão a acumular-se . espero não chegar aos 50 sacos de cápsulas

 

pintei as unhas com o encarnado de verão . ando a cometer loucuras . há um encarnado mais escuro, que é o de inverno e este mais aberto, que acho mais giro para as roupas de verão . cá coisas minhas, que agora com a quarentena vêm cá para fora sem pudor . é uma boa desculpa . eu acho . pintei-as com este encarnado e isso deu-me um bem estar cerebral tremendo . até imaginei o verão, nós todos na praia, a vida normal e tudo bem . 

 

a vantagem de ter largado o gel e o gelinho já há muitos anos é que me habituei a fazer a minha própria manicura . também arranjo quase sempre o meu cabelo . sou por assim dizer, auto-suficiente . consigo inclusivamente maquilhar-me e tomar banho, comer sozinha também . isso dá-me, assim como a qualquer mulher, uma enorme liberdade, que nestas alturas - a primeira e espero que única - dá para manter tudo nos trinques, sem depender de terceiros . deus me livre se  agora andava para aí a roçar os meus cabelos desgrenhados, com sorte apanhados num carrapito, nas caras dos meus homens . 

 

 

 

 

bem, isto para dizer que depois de passar a primeira semana, em que estava demasiado desorganizada , cheia de tarefas que me auto atribuí e isso e não consegui arranjar tempo para pintar as unhas, consegui organizar-me, também ajudou descartar metade das coisas que achava que iria conseguir fazer na casa - e que não são essenciais, pelo menos agora - e tenho feito um esforço para manter uma certa normalidade . arranjo o meu cabelo, pinto as unhas, perfumo-me todos os dias,  faço uns conjuntos com as roupas de andar por casa, mas como estas roupas nunca foram sinónimo de trapos velhos escafiados,  junto-lhes umas sabrinas ou ténis, pulseiras, anéis, enfim, o que me apetece no dia, e a coisa fica visualmente aceitável .

 

é verdade que há alturas em que penso para que faço eu isto, se estou aqui fechada . faço por mim, acima de tudo, e depois por eles . a situação já é demasiado deprimente para ainda me olhar ao espelho e não gostar do que vejo . já me basta o que se passa na minha cabeça e que não quero de todo que venha cá para fora . continuo a negar-me andar à luz do dia de pantufas . ainda não me entreguei às mãos de deus, portanto .

 

preciso do meu café ali à frente do mar, sempre no mesmo sítio

 

 

31
Mar20

06 - Me, my mirror and I


Mac

[para aumentar, clicar nas fotografias]

 

Mais uma leva de conjuntos que testei para usar quando sair daqui. Ocorreu-me também que quando pudermos sair de casa já está imenso calor, mas pronto, uma mulher tem de estar prevenida para todas as nuances climáticas. 

 

 

 

 

Se as camisolas e botins já forem de mais, paciência, não se usam, é sinal que ainda vamos poder aproveitar o bom tempo. 

 

 

30
Mar20

269 - A dona de casa perfeita(mente desesperada)


Mac

 

19º dia de quarentena - 2ª parte

 

entretanto estou naquela fase da quarentena em que faço coisas que se um dia me tivessem dito que iria fazer, não ia acreditar . sei que ainda não estou tatã, porque me apercebo que há coisas que não são normais, mas estou prestes a passar para o lado dos tolos . corro o risco de quando tudo isto acabar, arranjar rituais de limpeza com que não sonhava, agora dou-me conta que sempre me considerei uma pessoa limpíssima, mas era afinal uma porca e isto tortura-me . logo para começar a lavagem das mãos, andei estes anos todos a achar que era uma tolinha da lavagem das mãos exagerada e afinal nem as sabia lavar como deve ser . depois, a quantidade de coisas que entraram nesta casa, inclusivamente para o frigorífico, e que estavam em pleno estado de porcaria, uma porcaria invisível, mas que estava lá ao alcance de qualquer obcessiva . também estou a pagar porque um dia me ri de uma tia que lavava a carne que vinha do talho . na justificação dela cabiam coisas como achar que havia demasiados transportes, intervenientes, e a razão de maior peso era as carcaças serem pesadas e os homens terem de as arrastar pelo chão . achei aquele raciocínio tenebroso, até porque a carne passa por temperaturas elevadas para ser comida, mas pronto, ri-me . agora pesam-me nos ombros as gargalhadas que dei à frente da tia . noto que a vida se tem vingado em mim por todas as vezes que me ri de alguém e teima em colocar-me em situações idênticas . preocupa-me a quota de gargalhadas que já dei até à data, parece-me enorme . 

 

posto isto, estou à vontade . recebi uma encomenda da mercearia, fiz os meus 500 passos de cuidados e desinfecções, e já no final, enchi o borrifador das plantas com álcool e borrifei as compras todas antes de entrarem para os armários e frigorífico . também desinfectei os ovos . depois ocorreu-me que a casca é porosa e se calhar não foi boa ideia . fiquei altamente dividida entre ovos com covid-19 ou ovos com álcool . prefiro o álcool . estou tomada por uma febre de desinfecção . pronto, já disse .

 

há bocado tive uma reunião de pais com a directora do colégio . maquilhei-me  com o corrector . tudo começou porque pus um pouco a mais nas olheiras, sem ter posto base, porque apesar de estar a dormir muito bem, tenho olheiras . adiante . comecei a espalhar o que tinha posto e a ver-me mais nova, para aí 1 mês, mas ó minhas amigas, na minha idade tudo conta, então peguei no stick e pus no nariz, entusiasmei-me e não sei como já tinha corrector em toda a cara . tive de o espalhar, lá está, não ia desperdiçar um momento com menos um mês na minha vida . gostei do resultado e acho que resulta muito bem na webcam, que como toda a gente sabe, não favorece ninguém .  

 

depois disto tudo passar, tenho a certeza que serei uma outra pessoa . não sei é se serei a pessoa com que sonhei em criança, mas pronto

 

 

30
Mar20

272 - O vírus, a primavera, a falta que as pessoas me fazem, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

No sábado fomos jantar fora (da cozinha), como nos últimos tempos temos feito as refeições na cozinha, a coisa teve um certo toque da normalidade dos fins-de-semana, apesar de nos faltarem os amigos e a família por ali.  

 

 

 

 

 

Como não tinha flores frescas e lindas (e sinto imenso a falta delas, tenho de resolver isto) para pôr em jarras, pus o que tinha à mão, cortei uns ramos de oliveira que pus em jarras pequenas, e espalhados pela mesa também. 

 

 

 

 

E estivémos muito bem.

 

 

 

 

 

 

30
Mar20

31 - Por Estes Dias


Mac

 

19º dia de quarentena

 

chove . hoje apetece-me ficar em casa . é confortável estar em casa em dias assim . os 4 caroços de abacate não há meio de criarem raízes . virei dois ao contrário . há dois que estão a ser afogados . 

 

diz-se par aí que em algumas pessoas um dos sintomas é perda de paladar e olfacto . não sei se é fake new, não fui apurar . ontem fiz umas broas de laranja por causa disso . precisava imenso de saber se está tudo em ordem . está .  

 

 

 

 

está-se tão bem em casa, para que vão as pessoas passar a tarde para a ponte 25 de abril? 

 

 

IMG_2852.JPG

 

 

sou capaz de começar a gostar disto . mas as pessoas fazem-me falta

 

28
Mar20

271 - O vírus, a pascoa, a primavera, o verão, o outono, o natal, a passagem de ano, a depilação, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

17º dia de quarentena

 

levantei-me, fiz 45 mn de ginástica, tomei banho e maquilhei-me . maquilhei-me para ficar em casa . já tomei melhores decisões  . parece que o pico desta porcaria vai ser no final de maio . pensaram no mesmo que eu? . abençoo o dia em que fiz depilação definitiva . não corro o risco de sair daqui como uma mulher das cavernas . almocei vestida para sair . se calhar nota-se algum desespero nas minhas atitudes, mas tentei disfarçar . eles não notaram nada, nem perceberam que eu estava vestida para sair . a seguir ao almoço fomos tomar café ao jardim . estava vento e reparei que uma das laranjeiras está muito seca, sem razão aparente para isso . fui podá-la de saltos altos . piquei-me e tive vontade de chorar, mas não chorei por causa da maquilhagem, tenciono aguenta-la até ao jantar . depois fiquei a pensar quando foi a última vez que chorei . hoje jantamos na sala e vou acender velas . não tenho de cozinhar, porque ontem fiz um bacalhau com natas e hoje é só pôr no forno . lembrei-me que não tinha ovos e amêndoas para os miúdos, família e amigos para esta pascoa . mas depois consegui arranjar uma maneira de os miúdos terem ovos de pascoa . para o resto das minhas pessoas não vale a pena, não os posso entregar .  

 

ponto baixo do dia : o pico é no final de maio

ponto alto : fiz depilação definitiva

 

 

27
Mar20

268 - A dona de casa perfeita(mente desesperada)


Mac

 

16º dia de quarentena

 

 

esta casa tem vida própria, produz pó, cotão e gente comilona . eles, eu não . para terem uma ideia eu acabo de limpar o pó e aspirar e tenho de cozinhar . ontem, por exemplo, fiz um bolo de iogurte e o adolescente comeu-o todo . tenho agora outro no forno e acabou-se, vão ficar gordos . não vão, eles foram abençoados com um metabolismo que queima tudo, aquilo abrem as bocas, comem, comem, comem e nem barrigas grandes têm . eu não, eu sou a que engorda e faz exercício na quarentena . e cozinha . estou farta de cozinhar, estou farta de limpar o pó e de aspirar, não faço mais nada . lembram-se de me ouvir dizer que gosto imeeeeeeeeeeeeeeeenso de cozinhar? pois, esqueci-me foi de dizer que sim, gosto, mas só quando me apetece . e agora já não me apetece . 

 

e vai entrar o fim-de-semana e nem sequer posso ir jantar fora, nem almoçar . nada . nem entregas de refeições quero aqui, vai que vêm com bónus de bicho maldito, não arrisco . estou a ficar doente dos nervos, estou a avisar e eles não ligam . se eu começar a encomendar coisas da zara, é por causa disto, estou agastada, cansada de cozinhar e de limpar o pó, preciso de coisas bonitas para ter ânimo para cozinhar, saltos altos, vestidos e isso, por exemplo . se calhar um dia vou ter saudades destes dias, tenho uma mania horrível de dourar a vida . já sei para que escrevo este diário, é para não me esquecer . isto não é tudo dourado, ouviste? estás inclusivamente farta das mãos a cheirar a cebola . 

 

diz que no domingo muda a hora, neste momento eu tenho de confirmar com o telemóvel em que dia estou, acham mesmo que me interessa? quer dizer, até interessa, é mais uma hora em que tenho de cozinhar, limpar o pó e aspirar

 

começam hoje as férias da pascoa . tenho planeadas uma série de coisas giras com o pedro, aqui em casa, claro, havia de ser onde?  preciso de acreditar que se for lá para fora, este sol já bronzeia, estou de um branco péssimo

 

 

27
Mar20

148 - Andei na net [e por casa] e trouxe para aqui (*)


Mac

 

esta semana trago do online meias anti derrapantes para a criança pequena da casa, que já que vai andar mais por casa, que ande confortável . para a mãe da criança exercitar os braços e mais não sei quê ,uns halteres , e do sítio do costume, que continua mesmo nesta situação com um serviço de entregas espectacular, uns fios para tricot em bordeaux com mistura de merino, que também exercita muito os braços e os pulsos . e agora na mesa de cabeceira, o sapiens - história breve da humanidade de yuval noah harari

 

 

 

 

entretanto,

 

gostei (e vou querer para esta primavera) das camisas farfalhudas, da combinação de cores improváveis e das calças mega amplas 

 

 

(*) post escrito ao abrigo da minha liberdade de opção,
opinião, experiência, aquisição e isso

 

 

26
Mar20

30 - Por Estes Dias


Mac

 

15º dia de quarentena

 

quando tenho muitas saudades do alentejo e não consigo lá ir, faço uma açorda . hoje tinha muitas e muitas saudades, esta é a época em que nunca lhe falho . também é a época do alentejo em flor, depois volta tudo ao castanho a perder de vista . agora deve estar verde o meu alentejo . não tinha pão para açorda . há o pão bom para a açorda, aquele e só aquele, açorda com carcaças é uma papa de pão com água, nem os coentros a salvam . açorda é com aquele pão de lá, o da corcunda já seco . não tinha, então fiz um gaspacho, não é bem o mesmo, até porque o gaspacho é para os dias de 40º C à sombra, quando o sol estala tanto que as bochechas da cara até esticam e os olhos nos brilham com o ondular do horizonte . fiz gaspacho e mesmo sem os 40º C, soube-me pela vida . quase vi sobreiros . 

 

 

 

 

 

 

décimo quinto dia de quarentena já é uma coisa valente, se calhar já tinha direito a uma depressão . tenho ganas de comprar coisas . hoje só chegou um frasco com 100 comprimidos de vitamina c . se calhar comprar perfumes não é mal pensado, ao preço a que está o álcool, um perfume é melhor opção, ao menos cheira bem e quase de certeza que também desinfecta . apetecia-me mesmo era roupa de primavera, mas agora não me parece necessária . estou à espera de umas capas para as almofadas da sala . não tenciono morrer, portanto pareceu-me boa ideia dar um ar à sala agora para a primavera, principalmente porque agora é bastante mais usada .

 

 

 

 

enfeitei-me com pulseiras e enchi os dedos de anéis . como não me achei uma pessoa deprimida, para comemorar fui limpar o pó à casa . deu-me mais trabalho andar para ali com panos e sprays de coiso de abelha real e sândalo, mas senti-me fina . as unhas também estavam em ordem . é outra coisa limpar o pó com as unhas arranjadas e anéis nos dedos, e o tilintar das pulseiras dá um up à coisa .

 

e ainda fiz com o pedro uns monstros com o cartão central dos rolos de papel higiénico, foi a nossa homenagem às pessoas que açambarcaram papel higiénico . talvez reencarnem como papel higiénico .  

 

 

25
Mar20

270 - O vírus, os meus vizinhos, a birra de sono, o ferro, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

14º dia de quarentena

 

não passo a ferro, instituí que só podem usar a roupa que sai impecável da secadora e que assim não precisa de ferro . se usarem uma roupa que precisa de ferro, prontifiquei-me a dar aulas teóricas, em que eu explico como funciona e o aluno executa à minha frente . incentivo com alegria a autonomia nos homens desta casa . por outro lado, esta casa deve estar a desfazer-se e produz pó como se não houvesse amanhã . gasto-me a limpar o pó, mas não me parece que esteja mais magra . estive dois dias sem fazer ginástica . hoje experimentei roupa e fotografei . eu sou a excepção à imposição da roupa que não carece de ferro, posso vestir o que quiser, porque sou mulher . senti que a roupa estava um tudo nada para o encolhido  . há bocado chegaram os halteres novos e aproveitei uma aula com halteres até me sentir desfalecer das pernas

 

esta quarentena continua bastante suportável . também ajuda ter uma vizinhança inanimada, ninguém vai à janela cantar, nem tocar, nem coisa nenhuma . quase que juro que foi tudo para as quintas respirar o pólen das oliveiras e espirrar imenso, tal é o silêncio e a falta de vida que há aqui . agradeço à vida, porque acho aquelas manifestações giríssimas, adorei a que foi feita ao nosso sns, mas depois disso, tudo o resto é um bocadinho demais e eu não desejo ouvir cantar sem ter um botão de desligar . ou fazer ginástica à janela . ou estender roupa . não desejo . 

 

por acaso dou graças à tecnologia/evolução/ciência/qualquer coisa, por estarmos a viver isto tudo com internet, tv por cabo, telefones xpto, comida congelada, compras online, refeições/medicamentos/perfumes e atacadores entregues em casa . não quero imaginar o que seria há 20 anos praticamente com um telefone fixo e um telemóvel do paleolítico . se calhar era muito aborrecido . se calhar, digo eu armada em boa, como se não me lembrasse como foi quando o mais velho tinha 1 ano e ficámos com ele doente durante uma semana no algarve sem poder fazer praia . juro, comparado, esta quarentena é para meninos, ficar em casa com as condições que quase todos temos agora, não é nada do outro mundo .

 

e para quem tem miúdos pequenos os dias passam muito bem, só a fazer trabalhos da escola vai logo a manhã inteira, já passei a ginástica para a tarde por causa disso e a foi melhor assim, depois tomo um duche e fico muito mais zen o resto do dia . também desisti de fazer tricot durante o dia, ou achar que tenho tempo para n actividades, não tenho, entre os miúdos, a casa e a minha pessoa, que dá algum trabalho, não me sobra tempo livre .

 

amanhã vou pintar as unhas dos pés

 

Pág. 1/5

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D