Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

17
Out14

83 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

Ora vamos lá então falar um bocado sobre pintura de móveis. Logo para começar, nisto das tintas não vale a pena entrar em poupanças, pois geralmente o barato é sinónimo de má qualidade e a má qualidade tanto se pode mostrar no aspecto final, o que é muito aborrecido, como pode alargar o campo da mediocridade para os índices de COV, o que é extremamente aborrecido, para não dizer muito perigoso.

 

Como o que queremos é ficar com móveis giros e ter saudinha para os gozar, o melhor é alargarmos um bocadinho os cordões à bolsa e recolhermos informações antes da comprar. Normalmente nas grandes superfícies de bricolage, os encarregados da secção de tintas são confiáveis e prestam um bom serviço.

 

Depois para nos facilitar o trabalho, existem uma série de ferramentas ao alcance de qualquer amador, logo a começar pelas míni lixadoras, que nos poupam imenso tempo e esforço, sabendo que para termos um trabalho bonito, vamos ter que lixar o móvel todo e depois a cada camada de tinta, também convém lixar, para termos um acabamento espectacular, se calhar é uma ferramenta que vale muito a pena.

 

Também vale a pena comprar um míni rolo, que espalha melhor a tinta do que os pincéis, e também nos reduz significativamente o tempo de pintura. Existem vários tipos de rolos, o de esponja é o mais indicado para móveis. 

 

Em resumo, os materiais necessários,

 

. lixadora com lixa de grão fino para lixar entre camadas de tinta e lixa de grão mais grosso para retirar vernizes, ceras ou eventuais tintas que existam no móvel

. máscara (temos mesmo de usar para lixar)

. rolo com esponja (vale a pena comprar duas ou três esponjas, porque não são muito resistentes)

. pincel para retoques

. primário

. tinta (mate, meio brilho, ou com brilho, depende do aspecto que queremos. eu optei por mate)

. verniz (que também pode ser mate, meio brilho ou brilhante)

 

Procedimentos,

. Lixar todo o móvel para lhe retirar verniz, cera, ou tinta.

. Limpar bem todo o pó

. Passar uma demão de primário e deixar secar.

. Passar a segunda demão de primário e deixar secar.

. Dar a primeira camada de tinta.

. Deixar secar

. Lixar sem fazer pressão com a lixa de grão mais fino

. Limpar bem todo o pó

. Dar a segunda camada de tinta.

. Deixar secar

. Lixar sem fazer pressão com a lixa de grão mais fino

. Limpar bem todo o pó

. Dar a terceira camada de tinta

. Deixar secar

. Envernizar

 

Sim, é preciso uma bocado de pachorra, se a ideia for que os móveis fiquem giros. E evitar a todo o custo dar camadas grossas de tinta, normalmente resultam em pingos e grandes irregularidades.

 

 

 

 

Se quisermos dar um acabamento diferente aos móveis com relevos, podemos, e após o verniz secar, aplicar uma patina. Com o pincel, espalhamos bem o creme e fazemos com que penetre bem nos relevos e antes que seque, retiramos com um pano macio, ou papel de cozinha. No final, poderemos passar com um verniz, ou não, eu quase nunca passo, depende do efeito que quero. 

 

E já está.

 

[quando as fotos dos móveis estiverem prontas, mostro o que tenho andado a fazer]

16
Out14

01 - MAC MARIA A ESPALHAR GLAMOUR DESDE MIL NOVECENTOS E CARQUEJA


Mac

Uma pessoa vem viver para o campo à procura do seu estado zen, longe da barulheira dos aviões, buzinadelas dos carros e gente stressada e dá com ela em sucessivas carradas de nervos. O que sucede agora é o seguinte: montes de míni moscas na minha cozinha, montes delas, além das três espécies de formigas (*) que me atormentam a vida e as traças que me remetem para estados de loucura aparentemente passiva e controlada, passando por estados caóticos de gritaria, mata, mata, mata, limpa tudo, fecha todas as embalagens de comida, limpa todos os armários de loiças da cozinha, grita, grita, grita, limpa, inspecciona, tremores, histeria em geral. E já nem falo na temática da osga lá fora, da lagartixa, da caracoleta e demais nojos. Pois. Ora então, vinha eu à problemática da míni mosca, acho que são míni moscas, coisinhas que eclodiram derivadas de alguma varejeira, que teve tempo de desovar na fruta que para ali tenho, vá que elas têm a mania de se pregar nos vidros das janelas da cozinha e eu pessoa amistosa, tenho andado a dar-lhes sapatadas, isto foi assim desde antes de ontem, achei eu que assim as vencia. Não venci e borrei os vidros todos da cozinha. Elas são cada vez mais e eu sou só uma, vai daí fiz novamente a cena da garrafa e elas desataram a cair lá que nem moscas, ai que piadinha tão gira, pois foi, e eu agora estou tolhida dos nervos, já não tenho os vidros sujos, que entretanto foram limpos, vejo poucas mosquinhas no ar, mas tenho um aquário de moscas mortas na cozinha. Apetecem-me motores de aviões. 

 

Disclaimer: Sou uma pessoa que sofre muito com tudo quanto sejam insectos e rastejantes, incluindo pessoas rastejantes.

 

[ a quem possa interessar o nojo da cena da garrafa, fazemos assim, cortarmos uma garrafa de plástico um pouco acima do meio, depois pomos-lhe vinagre e molhamos o gargalo em água e depois açúcar, viramos ao contrário a metade de cima que tem o gargalo e encaixamos no resto da garrafa, e zás, é vê-las a ir ao açúcar e a ficar presas na garrafa]

 

(*) Aprendi ali na Izzie, que as formigas que aparecem nas casas de banho, andam atrás das larvas de traças, portanto se calhar, afinal não são mal vindas.

15
Out14

18 - OS FILHOS, AS FESTAS, O NIRVANA E EU


Mac

 

 

 

 

E por aqui continuo a imprimir cenas, a recortar e a colar. Agora as caixas para pipocas e cones para gomas. Depois mais não sei quê e tenho que me despachar para ficar livre para os doces em geral e o bolo de gomas em particular, adoro fazer bolos de gomas, confesso, e confesso também que só vou fazer os doces na véspera, claro está, mas pronto, há sempre imponderáveis, comigo há seeeempre, agora, por exemplo, faltou-me um tinteiro, e também porque nestas coisas dos preparativos das festas infantis, gosto de planear, adoro planear, depois fico deserta para começar, começo, e a meio estou para o farta e já só lhe desejo o fim, juro para mim e para quem me quiser ouvir, que da próxima não faço nada e que contrato este e aquele, mas depois esqueço-me e repito. Agora estou no meio da tarefa, que é como quem diz, na fase em que estou farta. É sempre assim.

14
Out14

17 - OS FILHOS, AS FESTAS, O NIRVANA E EU


Mac

 

 

 

 

 

 

 

E o banner para a festa dos três anos do meu filho mais novo, está pronto.

 

É fácil, fácil. Contrariamente ao passado ano de aniversários nesta casa, em que fiz tudo de raiz, este ano aproveitei algumas coisas já feitas e só lhes dei uns toques. Como já tinha dito, a base do banner está no Fazendo a Nossa Festa, depois juntei-lhe as letras dos cubos de madeira (do Imaginarium) para escrever o nome, que digitalizei, uns bonecos, dei um toque nas cores e tinha tudo pronto. Depois foi só imprimir (usei papel de 250 g que comprei na FNAC), recortar, fazer a dobra para passar o fio, pôr o fio, colar a dobra e já está.

 

Agora vou-me aos convites, caixas para pipocas, cones para doces e argolas para guardanapos.

 

[para quem faz muitos trabalhos em papel, vale a pena investir numa guilhotina, pois minimiza o tempo de corte (a direito) com x-acto]

[a placa de esferovite já tem muitos anos e foi feita no Sempre em Festa do Castil (acho que já não existe), mas a Show Party (perto da Qta da Marinha) também as faz)

13
Out14

16 - OS FILHOS, AS FESTAS, O NIRVANA E EU


Mac

 

 

 

Comecei os freebies para a festa do filho pequenino. Aproveito esquemas já feitos e disponíveis na net, trabalho desenhos e construo isto e aquilo. Agora estou no banner com o nome. A base está aqui, no Fazendo a Festa, assim como um mundo de temas para festas infantis e todos os freebies possíveis e imaginários (obrigada pessoa querida que me indicou o caminho da luz), desde convites, marcadores de lugares, bandeiras, bandas para palhinhas, caixas para pipocas, para bolinhos, enfim, um mundo, e que é só imprimir. Pois. Mas no meu caso, acabo sempre por dar um toque aqui e ali, modificar cores, acrescentar aquele boneco, tirar o outro, aumentar, diminuir e tal.

13
Out14

17 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA


Mac

 

 

 

 

 

 

 

O fim-de-semana foi de dois dias, como parece que são todos os fins-de-semana, mas a mim rendeu-me aí três dias a despachar tarefas e coisas, o que é muito bom, eu acho. Fui tratar dos agasalhos, canadianas e coletes de penas dos filhos para este Inverno. Depois, decidido o tema, que afinal não será o Cavaleiro Mike, mas o Toy Story e as cores, encarnado, azul escuro, azul claro e branco, comprei tudo quanto era comprável para a festa dos três anos do mais novo, desde pratos, vela, copos, lanternas e mais não sei quê, também tratei das prendas, roupa e tal. Depois pendurei duas prateleira na cozinha, quer dizer, o meu marido pendurou, porque à custa de um antibiótico que ando a tomar, senti-me meia coisa, não interessa, então pendurámos as prateleiras, porque as que lá estavam eram pequenas para aqueles frascos e eu por acaso andava desconfiada que além de pequenas, também eram frágeis e um destes dias, acordava com um muesli de massas, vidros, café e açúcar, que não me parece lá muito aproveitável. Adiante. Acabei de pintar a cómoda e comecei a planear os freebies que não havia à venda, mas que quero a completar a decoração da festa. E no domingo calcei as primeiras botas da Estação e senti-me deprimida, quer dizer, já calcei galochas para ir jardinar, mas isso não conta. E foi isto, o fim-de-semana alapada ao sofá a ver séries não se deu e eu até precisava de uma coisa mais calma. Isso e de ser uma pessoa mais sossegada. Um destes dias.

 

[para quem quiser saber, o DIY dos corações de ardósia, está aqui]

10
Out14

49 - É SEXTA-FEIRA, LAILAILAI [E SE NÃO FOSSE EU A ANUNCIAR A BOA-NOVA, AINDA NINGUÉM TINHA DADO POR ISSO]


Mac

 

 

E como nem só de pinturas de mobiliário e paredes vive uma mulher, pintei as nails de Outono, que é como quem diz de bordeaux, desta feita, o Málaga Wine da OPI, com um tom ligeiramente mais rosado do que habitualmente uso, que são uns bordeaux para o castanho bem escuros. Temos verniz, gosto imenso dele. 

 

[não sei se pintar as unhas é uma coisa esperta da minha parte, enquanto andar nestes trabalhos com lixas e tal, mas pronto]

10
Out14

690 - LAI LAI LAI


Mac

Esta minha mania de que sou pitoresca, ainda me vai levar à desgraça. Ah e tal quero os móveis escuros, taciturnos, antiquados e o coiso, em branco, quero branco aqui e ali e na vida, quero alegria, vistas largas e coisas zen. Pois. Ainda vou na primeira cómoda, ainda nem às gavetas cheguei e já estou farta. Farta. Entretanto fui dar com sodona com um pano na mão bastante contemplativa a olhar para as flores, ali paradinha, e eu achei por bem estender-lhe um simpático convite para se juntar à minha pessoa afável, nesta coisa do bricolage, ela disse que sim, mas saiu mais cedo. Disse que tinha não sei o quê ao lume em casa. Está bem. Entretanto também, uma das minhas amigas telefonou e eu convidei-a para um café desinteressado a terminar numas pinturas, mas ela lembrou-se que tinha não sei o quê para fazer. Ontem o meu filho mais velho, depois de chegar da escola e fazer os TPC, encontrava-se aborrecido, ofereci-lhe um tempo de convívio com a mãe, enquanto pincelaríamos a cómoda, mas ele desaborreceu-se e disse que tinha que fazer uns desenhos para EV. 

 

Agora lembrei-me que comecei esta cena, mas tenho de preparar a festa do terceiro aniversário do filho pequenino, só que tenho as mobílias perfiladas na garagem, ou seja, faltam-me mobílias se quiser fazer a festa em casa, se resolver fazer lá fora, tenho o espaço ao lado da garagem, portanto, onde habitualmente se fazem as festas das crianças, numa bagunça. Portanto, agora é despachar pinturas, rezar para que o tempo ajude as tintas a secar, voltar a pôr nos sítios, preparar a festa do filho mais novo e fazer figas para que esteja bom tempo, é que aquele espaço é o ideal para festas com pequenada. 

 

Portanto estou sozinha nisto. E tolhida dos nervos. Exaurida também.

 

[ah é verdade, é que depois comecei a olhar à minha volta e além da cómodas, das duas grandes mesas de cabeceira e do louceiro, dei com mais umas coisas cheias de potencial para levar com tinta branca em cima]

09
Out14

82 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 [para aumentar, clicar nas imagens]

 

 

Normalmente temos em casa n materiais que podem ser aproveitados, dando-lhes utilizações e fins diversos. Quanto a mim, tenho a mania de guardar as caixas dos ambientadores, dos posters que compro e o que mais me aparece. Sempre as achei ideais para guardar os desenhos dos filhos. Também tenho a mania de guardar os sacos das lojas, que se desmancharmos e usarmos o lado inverso ao do logótipo, normalmente servem perfeitamente para forrar diversas coisas, como cadernos, caixas, etc.

 

Precisava de umas caixas para as agulhas, que eram as mal amadas por aqui. Já as tive numa gaveta, completamente soltas, depois passei-as para um estojo e também estiveram num copo, como se de lápis se tratassem. Mas ontem quando estava a forrar mais umas caixas para guardar os desenhos dos filhos, lembrei-me que eram ideais para as agulhas de croché e tricô e assim foi.

 

É fácil, fácil.

 

. Cortamos o tubo à medida do que ali queremos guardar.

. Forramos com um papel ao nosso gosto.

. Colamos uma etiqueta com o conteúdo e, se nos apetecer, enfeitamos. Eu resolvi usar lacre, mas em vez do tradicional, que se parte, optei pelo silicone cor de lacre para pistola, que tem quase o mesmo aspecto e é mais resistente.

. E já está.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D