Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

19
Fev14

26 - AI CORRORI, OS MEUS OLHOS, OS MEUS OLHOS!!! [EM ESTRANGEIRO, AI CORRORI, MAI AIES, MAI AIES] [EM MUITO ESTRANGEIRO, AI CORRORI, OS MEUZÓLHOS, OS MEUZÓLHOS]


Mac

 

 

 

Ainda não percebi lá muito bem esta moda dos anéis a escorregar pelos dedos, mas estou preparada para a perceber, diga-se. Não percebo como é que se fazem as coisas triviais da vida, sem perder anéis, por exemplo, estar a mexer uma sopa, sem deixar cair para lá um anel . Também não estou a ver como se pega nisto e naquilo sem magoar os dedos, isso e como se faz uma festa a um filho, sem lhe arranhar a cara. Ou se lhe dá banho, sem o lesionar? E como se corta um legume? Só dúvidas, esta minha vida é só dúvidas.

 

Mas pronto, eu também nunca percebi a moda dos piercings na língua e no umbigo e sei lá mais onde, portanto também estou preparada para não perceber esta moda dos anéis.

 

Afinal parece-me que estou preparada para perceber e para não perceber. É-me indiferente. 

 

 

[a verdade é que eu acho isto completamente mitra, aliás muitos anéis sempre me cheirou a mitrisse, se não a mitrisse, a coisa de gente que não se lava, é que eu não estou a ver como se lavam as mãos como deve ser com tanto anel ali enfiado, mas está bem]

19
Fev14

623 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Vou ao meu momento fofocas/moda/chá/torta, que prezo muito. É um momento que me instituí a meio da manhã, tem sempre chá, mas nem sempre moda, fofocas e torta, a bem da minha sanidade mental e física, mas que quando junta tudo, me sabe pela vida.

 

 

[dei uma folheadela e para aqui pode vir a colecção completa da Ralph Lauren e umas malocas Versace em azulinho, lilás e rosinha. coisa pouca, portanto]

 

 

 

19
Fev14

622 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

E à terceira torta, ou quarta, já não sei, temos A torta, desta feita com recheio de doce de framboesas, é que nesta cena da tentativa e erro com as tortas, a família já deita alperces pelos olhos. É uma grande conquista minha, caso não saibam, grande mesmo, que me aventurei para lá do Bolo de Iogurte, o único que não se me implode.

 

Já agora, forneço a receita, que é a da Bimby, mas com outras doses, as que aos meus olhos são as ideais e que dão a boa torta,

 

. 5 ovos

. 1 chávena e meia de açúcar

. 1 chávena de farinha

. 1 colher de sopa de fermento para bolos

. compota a gosto

 

 

Pré-aquecer o forno a 180º. Forrar um tabuleiro grande com papel vegetal (para segurar o papel vegetal ao tabuleiro, pôr um bocadinho de manteiga no tabuleiro). Colocar a borboleta, os ovos e o açúcar e programar 2 mn, 37º, v3. Voltar a programar 2 mn, v3 para obtermos um creme fofo. Deitar a farinha e o fermento e 15 s, v3. Deitar a massa no tabuleiro e levar ao forno por 15 mn. Desenformar ainda quente para cima de um pano polvilhado com açúcar, espalhar a compota e enrolar com a ajuda do pano. Deixar arrefecer embrulhada no pano.

18
Fev14

16 - SERÕES (E MADRUGADAS) DA PROVÍNCIA


Mac

 

 

 

As minhas Hunter estão a falecer. Por acaso acho-as fracotas para a febre féchione que lhes graça, mas está bem. As minhas foram sujeitas a diversas provas e intempéries, chuva, neve, dejectos de cavalo, terra acabada de adubar, terra à espera de adubo e o coiso, durante três anos. Se calhar foi isso, as Hunter são botas para chuva na cidade, mais do que isto não se aguentam. Isto de féchionar no campo não está com nada. Acho que vou voltar às Aigle, isso ou umas quaisquer de um qualquer hipermercado, mas que me durem mais do que três anos, ou não querendo durar mais do que três anos, ao menos sejam baratas, acho que não é pedir muito. 

 

 

[estão cheias daquelas coisas cinzento mais claro e parece que o plástico está para rachar]

18
Fev14

621 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Tenho feito muitos pães, muitas misturas, muitas experiências e isso. Já experimentei farinha de trigo 65, 55, de milho com e sem várias misturas entre sementes de sésamo dourado, linhaça, papoila e girassol, farinhas já preparadas, mistura de farinhas já preparadas, em partes iguais e em partes desiguais, e mais fermento e menos fermento. Acho que já cumpri todas as combinações entre as n variáveis possíveis.

 

Hoje fiz o que para já me parece a mistura ideal, há outros, mas este ficou muito bom, a saber:

 

- 250 gr de farinha já preparada "pão caseiro"

- 250 gr de farinha já preparada "sementes"

- 1 c sopa de óleo de girassol

- 1 c chá de fermento de padeiro

- sementes linhaça, papoila e girassol para cobrir pão

 

Deitar 300 ml de água e 1 c chá de fermento na Bimby, 37º, v1, 1 mn. Deitar o óleo e as farinhas, v espiga, 2,5 mn. Tirar a massa e dispor numa forma de bolo inglês. Salpicar com um pouco de água e espalhar as sementes de linhaça, papoila e girassol. Deixar levedar durante 1 hora. Levar a forno a 180º C durante 25 mn.

18
Fev14

620 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Estou a gostar cada vez mais de vernizes muito escuros. Principalmente no Inverno.

 

 

[este diz que é cor de café preto, seja lá o que isso signifique, mas pronto, aos meus olhos, o café é castanho, mas se diz que é café preto, então é preto, acho eu de que]

17
Fev14

619 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

E porque hoje é o Dia Mundial do Gato (na minha casa é todos os dias, mas está bem), quem é o gato lindo que dorme à janela, se lava e instala em cima da roupa que a dona vai vestir, exige festas, foge de casa e volta com o rabo entre as pernas, me entra na banheira e rouba comida, quem é? A minha bolinha de pêlo mais linda.

17
Fev14

16 - A BIMBY, O NIRVANA E EU


Mac

E depois as pessoas perguntam-me assim, olha lá, por que é que não fazes as sopas na bimbe? E eu respondo, olha lá, é por isto,

 

 

 

 

 

[falta-me a paciência para fazer sopa a sopa muito devagarinho em míni panelinhas de dois litros ou lá qual é a capacidade do copo da bimby. fazer sopas não é cozinhar, é outra coisa qualquer que não sei bem o que é, portanto se é para fazer, faço logo a quantidade necessária que cobre as necessidades semanais da família, mas não tenho mesmo paciência para esperar que a bimby me coza uma sopa, depois triture, depois outra e triture e depois outra e triture. assim o fogão coze tudo e no fim eu chego lá com a varinha mágica e zás, vai uma, depois outra e depois outra. acho que é mais rápido]

 

 

[sim, a bimby é um espectáculo, é sim, mas é para outras coisas, tudo, ou quase tudo, excepto para as sopas na minha casa. no dia em que me fizerem uma com três panelas gigantes, prometo, também lá faço as sopas todas]

17
Fev14

618 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

Ainda do fim-de-semana. Passei a míni laranjeira para a cozinha. Não sei é se consigo que ali fique por muito tempo, porque ela estava lá fora habituada ao sol, água da chuva e isso, é bem provável que não goste de estar cá dentro, a ver, vamos.

 

E agora também me apetecia muito ter uma oliveira. O problema das oliveiras é que para gente alérgica aos pólenes e essas cenas, são do pior que há. Vou pensar.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D