Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

05
Nov13

147 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

Ando a renovar as inscrições de filho pequenino nas escolas que achamos serem as melhores para ele, mas este ano a coisa implica visita guiada às salas, inspecção das casas de banho, conhecer a futura educadora e auxiliar, ver ginásios, salas de música, os recreios, cozinha, cantina e isso. Em algumas escolas é preciso começar o namoro bem cedo, portanto, andamos nisto há dois anos para nos mostrarmos bastante interessados. Também contam coisas tão importantes como os irmãos que já lá andam, colégios em que os pais andaram e cenas no género. Falta-me a pachorra para algumas feiras de vaidades. E aprecio bastante a coisa que nos tentam impingir que a lista de espera vai daqui até ao Chiado, mas como estamos ao abrigo da excepção lailailai, até podemos fazer já a matrícula, porque haverá uma enchente e depois já não podem garantir nada. Pois. Ah e tal e então a sala dos dois anos está com quantas crianças? Dezasseis. E a capacidade máxima? São vinte e cinco. Ah ok.

 

 

[e dá-se-me um nó na garganta de pensar que o meu bebé vai estar longe de mim daqui a um ano. não queeero. se pudesse aderia aquela cena hippie chic cafona de ensinar eu os filhos (vacinados, claro está) e apresenta-los só para prestarem provas. não é que seja galinha. nada disso. mas pronto, eles precisam de socializar e essas coisas] 

04
Nov13

548 - LAI LAI LAI


Mac

Também resolvi tratar de várias coisas, mas adianto já que não consegui. Resolvi também que em vez de ir ao shopping, me apetecia andar por Cascais. Gosto de Cascais e deste ar de sempre em férias que tem no ar, seja Verão ou Inverno. Maneiras que fui à ourivesaria para apertar um anel e pôr pilha num relógio, mas estava fechada. Ah o coiso, não faz mal, vou ali às lãs para fazer duas mantas lindas para os meus filhos lindos, olha está fechada. Não faz mal, vou ali à do Centro que também tem óptimas lãs. Olha, está fechada, não faz mal, pois sim, o comércio tradicional sufocado e prejudicado pelos Centros Comerciais e o coiso. Nem estou nada a ver porquê. Nada mesmo.

 

Só umas perguntas, quando se queixam que o negócio anda mal e isso, é só por hábito, não é? Sei lá, fazer coisas, como alargar os horários de abertura aos fins-de-semana, num sítio onde passam milhares de potenciais clientes, não faz sequer parte do leque de eventuais soluções para resolver o problema, pois não? É que assim de repente, eu acho que afinal o negócio não pode estar assim tão mal.

04
Nov13

14 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA


Mac

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Começou oficialmente o Outono nesta casa. Chegou a lenha para os dias mais frios que aí vêm; assei as castanhas que me sabem pela vida; dei por encerrada a decoração do quarto de brinquedos, com as últimas almofadas e um tapete que faltava comprar, agora segue-se o escritório; fui buscar os bolbos de Jacintos e plantei-os; e iniciei a época das botas. Também fiz aquilo que faço durante o resto do ano, almocei na Guia com o mar pela frente e pintei mais uns vasos. Foi um bom fim-de-semana, como são e se querem os fins-de-semana.

 

 

[para quem quiser saber muito sobre Jacintos e todas as flores, o Bolotas Guardadas explica tudo]

01
Nov13

08 - MAC MARIA HERMENGARDA A ILUMINAR CÉREBROS DESDE MIL NOVECENTOS E CARQUEJA


Mac

 

 

 

 

 

[imagens via Pinterest]

 

 

 

Hoje é dia 1 de Novembro. Portanto é Novembro. O início de Novembro. O décimo primeiro mês do ano. Falta pouco para o Natal, que é já em Dezembro. Todos os anos em Dezembro. E Novembro precede Dezembro. Todos os anos. Já foi feriado, mas roubaram-no. Feios. E que jeito que ele me dava este ano, que estou para aqui em cólicas para comprar umas coisas e fiquei sem carro. 

 

 

[também há castanhas, S. Martinho, folhas de árvores no chão e faz frio. na loucura chove. podemos comprar lenha e queima-la para nos aquecermos. comer muitos scones, beber chá e amaldiçoar o peso. fazer dietas e rebolar no Natal]

01
Nov13

01 - A MINHA CARRINHA, O NIRVANA E EU


Mac

Ontem ia eu de carro com os meus rebentos lindos, cantando alegremente canções infantis - se queremos música no carro, temos de a cantar, a cena das músicas avariou da última vez que a bateria descarregou, porque não ouvi os apitos de que tinha os médios ligados, fui à minha vida e foi-se-me a bateria e o rádio mesmo depois da bateria carregada, nunca mais voltou à vida, adiante - então se queremos música, cantamo-la. O meu marido acha que o melhor é instalar-lhe uma cena moderna para o iPod como ele tem no carro dele, mas eu acho que cantar é coisa gira para fazer com os filhos, de maneira que andamos assim. Adiante. Íamos nós a cantar, quando se me apresenta uma rampa super inclinada e o carro vai e morre-me ali. Por acaso acho que tive bastante sorte em ter sido ali, deu para voltarmos a pé para casa e ainda parei na mercearia e trouxe laranjas e uvas.

 

Depois de ACP chamado, marido também e isso, sentenciaram-me que não tinha gasolina. O meu marido quis saber quando foi a última vez que pus gasolina no carro, mas eu muito honestamente não me lembro. Por acaso houve um dia, aqui há tempos em que fui também sair com os meus filhos lindos e sei que tive intenção de por gasolina, mas quando íamos para lá, pensei ai não me apetece estar a sair do carro, ir pagar, sacar da mangueira e isso, então ponho no regresso. No regresso já me encontrava cansada e pensei ponho amanhã. Acho que não pus. Eu nunca sei muito bem quanta gasolina tenho no carro, porque aquela cena da bóia do depósito, ou lá o que é, prendeu, acho que foi uma vez que andei a fazer todo o terreno para ver umas cenas no Alentejo e nunca me calhou mandar arranjar, ponho o contador de quilómetros a zero, quando vou encher e calculo que aos x quilómetros é boa ideia voltar a encher, mas saber ao certo quanta gasolina tem o carro, não sei.

 

Então eles lá lhe puseram gasolina e depois acharam que era melhor que o carro fosse para a oficina para que lhe façam uma geral, ou lá o que é. Depois veio o meu marido e diz-me assim ah e tal olha que a carrinha já está velha, é melhor começares a pensar que vais ter outro carro. Vou eu e digo-lhe, nem pensar, lá por estar velha, não quer dizer que não seja muito boa, além do mais é a primeira avaria que tem, aliás nem é bem uma avaria, de todas as outras vezes que deu problemas foi só falta de bateria, tem sido um carro espectacular, além do mais é alemão, foi feito para durar e lá agora porque já tem muitos anos, deita-se fora? Vais ver que ainda dura mais uns quatro anos. Vai ele estás em negação, o carro não te vai durar para sempre, está velho e precisas de um carro novo.

 

Esta insensibilidade dos homens em relação aos carros deixa-me pasma. Como também me pasma a arrumação em que os têm. O carro do meu marido parece sempre acabado de sair do stand, a não ser quando andamos lá todos, aí fica logo com melhor aspecto. Também me espanta o amor que lhes têm enquanto são novos e a facilidade com que trocam um carro com três anos. Um carro com três anos ainda é um bebé, como é que é possível que já não lhes sirva? A minha carrinha transporta-me os filhos, os tarecos e a vida. Está sempre muito desarrumada, é verdade, mas muito asseadinha. A minha carrinha faz parte da casa e da família, os meus filhos brincam lá, ali têm brinquedos e livros, e comem bolachas. A minha carrinha tem uma vida e espaços muito bem pensados, os guarda-chuvas no chão lá atrás, os lenços de papel na bolsa da minha porta, as contas de supermercado e tal no tablier, as moedas no cinzeiro, o meu perfume na consola ao pé do travão de mão e os toalhetes com álcool para as mãos também. A minha carrinha está feita a mim e eu a ela, e cheira a bebé.

 

Agora estou à espera que me venham dizer os mil e um defeitos dela. Falem para aí, não ouço nada, lailailai, o ar não é só teu.

 

 

[as coisas entram-me na vida. tenho muita dificuldade em dizer adeus] 

Pág. 7/7

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D