Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

05
Set13

19 - JÁ NÃO S'AGUENTA


Mac

Começo já por dizer, a propósito do tema do dia, a amamentação, que não fui amamentada, mãe querida não foi amamentada, amamentei pouco filho grande, mas amamentei bastante filho pequenino, porque me apeteceu. É isso, apeteceu-me. Só isso. 

 

As minhas avós não amamentaram, porque no meio delas não se amamentava, havia amas de leite para o fazerem, simples. A minha mãe não me amamentou, porque não estava para aí virada, porque tinha mais o que fazer do que ter uma criança pendurada dela, eu. Olha o crime! Ainda por cima é médica. E psiquiatra. Eu quase não amamentei filho grande, porque achei uma chatice. Amamentei bastante filho pequenino, porque quis saber como era e até gostei, quer dizer, não gostava à meia-noite, porque já estava podre de cansaço e também nunca gostei das que tinha de dar a meio da noite, porque lá está, queria era dormir.  

 

Às vezes eu acho que a vida actualmente é uma chatice, toda a gente se mete em tudo, tudo se fala, tudo se comenta, tudo se opina. Que maçada de gente. Sejam quais forem as razões, sociais, estéticas, motivacionais, porque sim ou porque não, são tão válidas como as que as que querem amamentar apresentam. Que chatice de gente.

 

Já ando aqui na bloga vai para uns anos e sempre que alguma mulher se lembra de escrever que não quer amamentar, ou não gosta, ou não consegue, sai detrás das pedrinhas o batalhão das mamocas taliban e pronto, fica armado o circo. O mais engraçado é que nunca vi as que não querem amamentar a saltar em cima das amamentadoras fundamentalistas e desatar a cultivar a coisa. 

 

Vamos lá ver uma coisinha, cada mulher é que sabe e decide o que quer fazer com as suas mamocas, as outras não têm rigorosamente nada a ver com isso. Mas pronto, isto sou eu que provenho de uma família de mulheres desnaturadas.

 

 

Ah e tal e os benefícios e o coiso, eh pah, não chateiem. Nem me vou alongar, que isso todas sabemos, mas não amamentar, não é querer mal aos filhos, afinal há outras opções, por acaso muito boas. É que uma mulher que não quer amamentar, não atira o filho para a fome, apenas não lhe dá aquilo que produz. Qual é o problema da seita das amamentadoras? Quaaaaaaaaaal? Analisem-se, boa?

 

 

____________________________________________

Ah e antes que me venham para aqui que eu sou contra e o coiso, não sou. Só sou a favor é da liberdade de escolha, seja ela qual for, desde que não se atente contra a vida das pessoas e não amamentar não é crime, assim como amamentar também não é crime e ambas as opções são válidas. Está bem?

04
Set13

02 - PORRRRRQUÊEEEEEEE? [EM ESTRANGEIRO, UAI?]


Mac

  

 
 

[desconfio que os que ali estão, não arranjaram uma desculpa, mas pronto, algo me diz que a estão a magicar devagarinho]

 

 

[Marc é vocêeeeeeeeeeeee?]

 

 

Sometimes I feel I've got to
Run away I've got to
Get away
From the pain that you drive into the heart of me
The love we share
Seems to go nowhere
And I've lost my light
For I toss and turn I can't sleep at nigh

Tainted love, tainted love
Ooooooooooooooooooooooooooo
lailailai
04
Set13

140 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

Esta cabeça de bebé, que cheira a bebé e tantos beijos leva. Gosto dos cabelos dos meus filhos. Gosto deles todinhos.

 

[está na altura de cortar os caracóis. filho pequenino porta-se tão mal no cabeleireiro, mas tão mal, credo. ele esperneia, grita, bate. saio de lá toda partida. eita coisinha pequenina cheia de força]  

 

 

[não encontrei sapatos de jeito, também não procurei e não há nada que queira mesmo. quero cá eu bem saber de sapatos. quer dizer, até quero, mas não é hoje. já tintas é uma dificuldade para escolher. ele não é um simples branco, há muitos brancos para muitos fins, com muitos efeitos. mudei de interesses. olha eu a ralar-me. há coisas piores]

04
Set13

63 - A MINHA BARRIGA, CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

Dormi até às 8.47, estou uma maluca, quer dizer, não sei bem se foi até às 8.47, mas foi a esta hora que consegui olhar para o despertador, sem desfocar os números, antes, a coisa estava em nublosa e eu não vi que horas eram, talvez umas 8.37. Sim, levo cerca de dez minutos a voltar à vida. Não interessa, o que interessa é que os meus filhos belíssimos, me deixaram dorrrrrmir, até tenho uma ligeira dor de cabeça parva de excesso de sono. Não sei se isto é bom, para já, sinto-me eléctrica. Quando durmo bem, fico demasiado energética, o que não é bom. Isso e ser assaltada por ideias atrás de ideias. Também não é bom. Cansa-me. Quer dizer, o que me cansa é que tenho as ideias e tenho que as concretizar e concretizo-as. O problema é o excesso. Não sei se me expliquei bem, não faz mal.

 

O que interessa é que fui epifanada por coisas fantásticas para a sala de brinquedos, para a Make it Wonderful e para mim. Acho que vou comprar sapatos, a ver se me acalmo. Isso e tinta branca para pintar tooooooooodos os móveis da sala de brinquedos. E lixa. Bom, vou-me aos sapatos. Fui.

03
Set13

514 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Diz o verdadeiro almanaque, Borda D'Água, reportório útil a toda a gente, contendo todos os dados astronómicos e religiosos e muitas indicações úteis de interesse geral, que Setembro é o mês para ir preparando o composto e semear amores-perfeitos, begónias, cravos, gipsófilas, margaridas, malmequeres, miosótis e papoilas. Plantar também bolbos de jacintos, tulipas e narcisos.

 

Plantarei.

03
Set13

47 - A DONA DE CASA FELIZ E PRAZENTEIRA QUE HÁ EM MIM


Mac

Como já disse, mudei grávida para esta casa, portanto distribuí a casa pela lógica de uma grávida, ou seja, queria era despachar todas as arrumações antes do bebé nascer e ocupar-me daquilo que realmente me interessava, o bebé, o berço, as coisas do bebé, a mala da maternidade e isso. Depois de filho pequenino nascer, mudei o computador para a sala, porque não me apetecia ter um recém-nascido no escritório que montei num anexo do jardim. Teve as suas vantagens de isolamento e isso tudo, mas deixou de as ter com um recém-nascido em casa, era lá eu capaz de me enfiar no escritório e deixar o bebé em casa. Aquilo que idealizei para sala de brinquedos, acabou por ficar parada no tempo e um espaço sem qualquer utilização, porque o bebé ainda não brincava e o mais velho fazia as suas actividades na sala ao pé de nós.

 

Acabei por ter a sala cheia de brinquedos, consolas, livros e tudo quanto se lembram, já nem falo no estado lamentável dos sofás, enfim. Não me incomoda, mas já agora, separam-se as áreas que é melhor para todos separar, juntam-se aquelas que fazem parte da vida em família e há mais espaço para todos, espaço adulto, espaço pré-adolescente, espaço infantil e espaço de família.

 

Agora a vida mudou. Decidimos que filho pequenino só vai para o colégio daqui a um ano, aos três anos, mas precisa de espaço e actividades próprias para a idade e se é para ficar em casa, então ficará melhor e com mais atenção do que em qualquer colégio. O mais velho gosta de fazer os trabalhos de casa na mesa da cozinha, mas tem quase sempre amigos com ele, gostam das playstations e isso, mas não os quero no quarto, ou a esbordoar na sala. 

 

Eu volto para o escritório, que ficará dentro de casa, porque a lavandaria é que vai para o anexo, fico com o atelier das pinturas, costuras e afins ao lado e a seguir a sala de brinquedos, com áreas para ambos. A sala volta a ficar decente, acho eu, e acabamos por estar todos juntos, mas com espaços distintos. 

 

 

Vai dar algum trabalho, mas vai ser muito bom. Gosto tanto destes projectos.

03
Set13

46 - A DONA DE CASA FELIZ E PRAZENTEIRA QUE HÁ EM MIM


Mac

 

 

 

 

 

 

Isto de mudar mobílias de um lado para o outro tem as suas consequências. Agora quero passar o escritório para onde está a lavandaria e a lavandaria para onde está o escritório. A lavandaria fica melhor perto da cozinha e o escritório perto da sala dos brinquedos. Também quero abrir uma janela onde não existe nada e fazer umas coisas na sala dos brinquedos. Estou cheia de ideias, o problema é decidir. Não sei se acabo pela ideia inicial de uma parede em ardósia, se a forro com mapas. Também prefiro temas de bandeiras para as almofadas e tapetes. Enfim, quero uma coisa alegre e que substitua os fins de tarde no jardim quando chove. 

 

Sim, Setembro é sempre o mês de renovação, seja lá onde ela for.

03
Set13

513 - LAI LAI LAI


Mac

Em Julho faleciam-me na piscina formigas voadoras. Em Agosto, vespas e varejeiras. Agora em Setembro são traças a boiar. O gato dá-me patadas nas hibiscus. Gato feio. Depois acha que as flores caídas são caça e anda para ali a exercitar os seus instintos felinos. O filho pequenino imita o gato e também dá com a mãozinha gordinha nas belas hibiscus. Depois acha que são bolas e anda para ali a chuta-las. Eu apanho insectos e flores.

 

 

A minha vida é muito interessante. Eu acho. 

02
Set13

18 - JÁ NÃO S'AGUENTA


Mac

Enerva-me um poucochinho esta cena alegre, ou coisa que o valha, do regresso às aulas. É que de cada vez que me aparece uma publicidade, seja ela em papel, televisor (amo a palavra), telefonia (amo a palavra), ou coisa que o valha, põem-se-me cifrões (eu sou antiga) nos olhos, assim por debaixo das pestanas e tudo. Sabem os alegres quanto custa aos pais o alegre regresso às aulas, hein? Claro que sabem. Pois sim, é eles a cantar e a pular e eu a engordar com os nérves. Só em manuais escolares já vamos em duzentos e tal euros e ainda falta todo o material de desenho, lápis, canetas, cadernos, fardas de ginástica, roupas e tal. Ah este ano também há mochila nova, que a dos outros anos faleceu. O estojo aguenta-se, que sorte! 

 

Continuo a achar que isto seria uma coisa supimpa a adoptar, mas ninguém me liga. Ninguém.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D