Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

29
Mar12

03 - A DONA DE CASA FELIZ E PRAZENTEIRA QUE HÁ EM MIM


Mac

 

 

 

 

 

Gosto de ervas aromáticas na culinária, maneiras que resolvi dar uma volta a esta receita, que é muito boa e o coiso, faz vista quando temos gente extra para jantar e tal, e resolvi experimentar na wok, em vez de ir ao forno. Fica ainda melhor, é o que vos digo. Ah e eliminei os pimentos e desta vez lembrei-me das beringelas, não muito apreciadas para além da minha pessoa fofa, mas que cozinhadas desta maneira, marcharam muito benzinho. Ah, outra vez, e em vez de manjerona, que não tinha, pus alecrim.

 

. 3 tomates

. 1 pepino

. 1 courgette

. 1 beringela 

. Azeite

. Margarina

. Ervas aromáticas secas (manjerona, manjericão e tomilho)

. Sal

 

 

Cortamos todos os legumes em rodelas e temperamos com as ervas aromáticas e sal. Pomos um pouco de azeite e margarina na wok e quando a margarina derreter, deitamos os legumes. Tapamos e de vez em quando, damos-lhes umas voltas, quando estiverem cozinhados, já está. Para variar, não sei os tempos, porque faço tudo a olho, mas pronto, assim que parecer que já não estão crus, tunga, já está.

 

 

Em bonecos,

 

 

 

 

 

29
Mar12

39 - A DEMANDA DA CASA IDEAL


Mac

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ando cá a pesquisar ideias para acabar em beleza o quarto das minhas crianças. Já falta pouco, as cortinas, uma ou outra peça e essencialmente quero que fique muito fácil de limpar e amplo para eles se movimentarem. Gosto de espaços que acompanhem o crescimento das crianças, que de pequeninas, rapidamente passam a adolescentes e depois não querem faixas com ursos e pinturas fofas nas paredes, mobílias cosy e pinturas rupestres no tecto, pronto tem que ser fácil de adaptar, sem grandes despesas e remodelações totais. Como os brinquedos eram o ponto negro da facilidade na limpeza, esses já estão à espera na sala que será o quarto de brinquedos. Agora preciso de ideias giras para espaços assim. Segurança acima de tudo, poucos móveis e tudo quanto é tomadas, cantos e tal, protegidos da curiosidade infantil e movimentos. Não tanto pelo Mac Kid que já passou essa fase, mas pelo bebé que depressa entrará nela.

28
Mar12

1, 2, 3, MAC A TWITTAR


Mac

 

A minha vizinha alemã bronzeia-se na varanda, mas tem no jardim e no mesmo enfiamento, as espreguiçadeiras. Estes estrangeiros são mesmo estranhos. Desconfio que é para ficar mais perto do sol. Qualquer dia, vou lá indagar no meu avançado huno, e aproveito e explico-lhe o que são biquínis do séc. XXI. Entretanto, acho que me vou esparramar no telhado.

28
Mar12

03 - AS MINHAS HORMONAS, CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

O que eu gostava mesmo nesta altura da vida era ter um tempo só com o meu homem, vulgo, o meu marido giro. Quero cá eu bem saber de saias de renda, calças amarelas e mint jeans. E nem precisava de umas férias em parte alguma do globo, quer dizer, até precisava, mas isso, para já, parece a loucura do início do séc. XXI. Gostava de um jantar sem telefones ligados directamente a outro adulto. Uma ida ao cinema. Andar para aí a dançar. Ou ficarmos numa esplanada com o mar pela frente. Também ia muito benzinho um dia a praiar, sem marmitas às costas, baldes e ancinhos. Como era dantes, só nós e as toalhas, e os fatos de banho, claro está, que não somos dados a modernices. E depois ali ficarmos entre caipirinhas, banhos e a pele a tostar. Sem telefones, mãe quero ir ao mar, mãe estou aborrecido, mãe quero batatas fritas, mãe, mãe, mãe.

 

Não estou cansada dos meus filhos, isso não, mas que às vezes os acho espaçosos, lá isso acho. E os amigos e família são uns queridos. Oferecem-se para babysittings de todas as formas e feitios. Queridos que só eles. Eu sei que até poderia ser, se não fosse uma mãe estranha e primitiva.

 

Só que não é o mesmo. Até poderia deixar as crianças, mas os telefones iam estar lá. E isso corta tudo. Daqui a uns anos. Ou daqui a uma mãe. 

 

 

Ah e o coiso tu vê lá se o teu marido não arranja uma que não lhe empate a vida com filhos. E olha que o que mais há para aí é mulheres disponíveis. Ah tu investe num tempo para vocês. Ai e o belzebu. Ai e o bicho papão. E as bichas paponas. Olha, ó ave rara, eu não nasci ontem.

28
Mar12

09 - A FECHIONE BONITA E HOSPITALEIRA QUE HABITA O MEU CRÂNIO


Mac

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E a gracinha que estou a achar a saiinhas em rendinha, hein? Tenho uma em castanho, mas agora quero mais e se não encontrar o que cá me vai nos apetites, fabrico, quer dizer, manufacturo, eu não, que não me prendaram nas costuras, só nos tricôs, crochés e o coiso. Adiante. Já me estou a ver a refundir as toalhas e napperons de avó querida em coisas deveras fechione e úteis. Trata-se apenas de reciclagem. Reciclagem.

28
Mar12

27 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

 

 

 

E ontem à hora de deitar de bebé rechonchudo, às nove da noite, bebé já no seu fofo berço, descobriu as maravilhas de se virar de lado. A mãe tão orgulhosa. Míni festa privada. Palminhas. Risinhos. Gritinhos. Bebé tomado de alegrias. Vai que nova conquista é coisa para experimentar e TREINAR. Mãe ali a acompanhar o adormecimento que se quer. E o treino. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente.  Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. Bebé de lado. Bebé de frente. 

 

Mãe mudou fralda. Mãe cantou. Ouviu-se caixa de música. Destapou-o. Tapou-o. Leitinho. Ah era fome. O coisinho. Bebé a testar a coisa. E depois de mil viradelas para o seu lado direito, com o esquerdo pois que ainda não, adormeceu. À meia-noite. Mãe a cair para o lado.

 

 

Bebé: 2             Mãe: 0

28
Mar12

26 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

 

 

Os bebés são espertos e só fazem o que querem, e quando não querem, birra das grandes. É verdade. Tão verdade que se nos iludimos que os pomos a dormir, quando queremos, a comer o que não querem, o mais certo é que travaremos uma batalha perdida. Para nós, nunca para eles. O máximo que conseguimos com aquelas pessoinhas de sessenta centímetros, é com mais ou menos trabalho, mais ou menos astúcia, acertar hábitos, ou desistir. Só que não podemos desistir de tudo, nem do mais importante, portanto, para o bem deles e nosso, temos de os educar. Não quer dormir, usam-se caixas de música, salta o Pavarotti popular que existe em qualquer mãe, mostram-se bonequinhos fofinhos, acerta-se luz no quarto, usam-se fraldinhas macias para a cara, verifica-se se há brindes na fralda, se terá calor, ou frio, etc. e depois de percorrido o manual todo, talvez o bebé adormeça. Se o bebé não quer comer, lá vamos nós experimentar isto e mais aquilo, mudar de sala, de ambiente, até podemos já ter feito um investimento na coisa, mas se naquela refeição não quer, porque não, tudo por terra. 

 

E sabendo isto tão bem, resolvi que ele comeria papa de peras. Ele não gosta da papa de peras. Dos alimentos já dados, gosta da papa de maçãs, papa de cereais, creme de cenoura, creme de maçã e banana esmagada. Papa de peras é coisa para ser brindada com boquinha linda cerrada, e se aberta, língua a travar a boa da colher. Esta, armada em esperta, usa o truque da chupeta. Ora enfia colher com papa, ora chupeta, ora colher com papa, ora chupeta, and so on. E a papa entra. Claro que esta batalha já está perdida e tão cedo não volto a comprar papa de peras, até porque não é assim tão importante.

 

A reter: ele não gosta da papa de peras e eu vou-me fartar do circo da chupeta.

 

 

Bebé: 1             Mãe: 0

27
Mar12

33 - EU GOSTO É DA PRIMAVERA


Mac

 

 

 

 

Como é bom passear com os meus filhos, sem casacos, abafos, cachecóis, gorros e toda a parafernália de Inverno, com esta temperatura tão boa. Se há coisa de que gosto na Primavera, e eu gosto de muitas coisas, é deixar logo de usar meias, não gosto delas.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D