Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

17
Nov11

18 - COISAS QUE EU DETESTO E ME FAZEM PENSAR QUE AINDA POSSO VIR A SER UMA INTELECTUAL DE GRANDE CALIBRE


Mac

 

 

 

 

 

Ponto da situação,

 

. Mac Kid em casa com uma gripe, ou constipação forte, ou lá o que é [lembrei-me agora porque odeio o Outono]

. PC pifado e a ser formatado, ou lá o que é [lembrei-me agora porque odeio o Outono, as intempéries e trovoadas]

. Empregada a falar mais do que seria desejável [lembrei-me agora porque odeio gente faladora, que me deixa o cérebro baralhado, toldado e cansado]

. Mac Man em Amesterdão [lembrei-me agora porque odeio aviões]. [o que vale é que regressou ontem]

. Gato com ataques de solidão, ciúmes e a guinchar como se estivesse com o cio [lembrei-me agora que odeio gente ciumenta e mal resolvida]

. Mac Baby a achar que a noite é uma coisa boa para interagir [lembrei-me agora que podia odiar mais qualquer coisinha, mas não me escorre nada e ainda corro o risco de me tornar daquelas pessoas crispadas, cheias de rugas feias e o coiso]

 

 

Sou uma desgraçada.

14
Nov11

03 - CO'A BRECA, JÁ É SEGUNDA-FEIRA OUTRA VEZ


Mac

 

 

 

Vamos acordar e ficar a ouvir
a rádio no ar e a chuva a cair
eu vou-te abraçar e prender-te então 
no corpo que é teu na cama no chão


Lailailai

 

 

 

[e a put@ da trovoada mandou-me com o computador para o pandeco, maneiras que socorri-me do pc do Mac Kid, assim sorrateiramente, porque logo que ele chegue a casa, acabou-se, vai-me dizer que depois dos trabalhos, o quer e o coiso. E não, não me posso pendurar da máquina do Mac Man, que também está a arranjar. Acho que me encontro netexcluída]

 

[se eu fosse crente em tretas, agora diria que a culpa das avarias destas máquinas foi do 11.11.11, mas pronto, não sou, resta-me apenas culpar as descargas eléctricas dos céus. Não sou fantástica? Eu cá acho]

11
Nov11

11 - AI VALHA-ME MINHA NOSSA SENHORA DA QUINTA DA MARINHA QUE JÁ É SEXTA-FEIRA


Mac

 

 

 

 

prometo um fim-de-semana por casa . com bolos . e chá . mas daqueles a fingir . dos que posso beber . tisanas . gosto daquele de caramelo . é o que me resta . mas com as meias grossas de que gosto . e os camisolões . quentes . o tempo é o que pede . e eu também . talvez consiga ler alguma coisa . as séries vou conseguir ver . e apetece-me algodão doce . namorar muito . e acender a lareira . desses ainda não estou proibida . digo eu .

 

[e o meu bebé lindo faz três semanas]

11
Nov11

17 - COISAS QUE EU DETESTO E ME FAZEM PENSAR QUE AINDA POSSO VIR A SER UMA INTELECTUAL DE GRANDE CALIBRE


Mac

 

 

 

 

 

Não vou falar da capicua que o dia faz hoje, ou da capicua forçada, porque sou uma pessoa um bocado anarquista, dada a originalidades e o coiso, vá, do contra, além de que metade do mundo vai fazer referências e arranjar significados e tal, portanto não precisam de mim para nada, e vendo bem as coisas, será que é impressão minha que para isto dar o 11.11.11, temos de lhe ceifar dois mil anos? Ou seja, cortar o 20? Portanto a meu ver, quem quiser que peça desejos, ou wishes, conforme mais lhes aprouver, mas lá que aos meus olhos a data não tem nada de caturra, pois que não tem.

 

 

[falei]

10
Nov11

11 - O MEU PÓS PARTO, CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

Isto de não poder beber café, mata-me. Bom, não mata, mas mói. Já não basta ter a tensão arterial baixa, para a coisa me fazer muita falta, para ainda ser acometida dos sintomas de privação, tipo dores de cabeça e tal.

 

Ontem, na loucura, atrevi-me a beber meio café a seguir ao almoço, só para não andar com a língua ao lado, a babar-me e o coiso, e coincidência, ou não, meu Mac Baby, que é um bebé a pilhas, dorme bem, dá-me noites completas, desde a meia-noite até às oito da manhã, não tem cólicas, quase nunca chora, a não ser no banho e quando lhe mudo a fralda, pois que entrou em modo baby rave. Ele esteve acordadíssimo toda a tarde, vá, com alguns períodos de sono e terminou o dia com uma espertina até às duas da manhã, comigo deitada ao lado dele, berço ao lado da cama, claro está, a tentar convence-lo de que a chupeta é o nirvana, a terra prometida e a coisa que ele mais ama neste momento, mas ele nada, olhos lindos abertíssimos e 'cais chupeta, 'cais quê, se queres chupeta, usa-a tu. Ainda pensei em meter-me no carro com ele e irmos dar um giro, tipo para lhe apresentar o bairro. Diz que é infalível, e eu sei que é, afinal todos os bebés adormecem em carros em andamento, mas pronto, a cama estava tão quentinha e eu tão podrinha, que insisti no conforto sem sono, enquanto me chibatava pelo café do pecado.

 

Maneiras que estou para aqui a pensar devagarinho, acompanhada de uns belos chumbos dançarinos no cérebro, mas a resistir estoicamente à cafeína. Parece-me bem.

09
Nov11

112 - A DONA DE CASA PERFEITA


Mac

 

 

 

 

 

A Bimby é uma máquina vingativa e com fricotes.

 

Resolvi fazer o bolo de chocolate deles, seguindo a receita também deles. Bati as claras com a dita borboleta, mas esqueci-me de as reservar, segundo o léxico deles, que é como quem diz, pôr de parte. Atirei com as gemas lá para dentro, o açúcar e a manteiga. Pus a 70º C, como eles mandam, mas a meio do processo achei estranho que se pusessem claras em castelo a quente. Voltei a ler e pronto, resolvi que era melhor recomeçar, voltei a pôr umas claras para ficarem em castelo, só que me esqueci que a máquina estava a 70º C, mas achei que não havia problema. Depois de batidas, ainda lhes juntei o açúcar, quer dizer, elas ficaram um bocado estranhas, mas como não quis trecomeçar e gastar mais seis ovos, fui com a mistela para a frente. Reservei as supostas claras em castelo e fiz o resto. Por acaso aquilo cru dá uma bela de uma mousse de chocolate e eu em vez de me ficar por aqui, ainda a pus no forno, mas como me esqueci de ver as horas a que a forma lá entrou, calculei que já tinham passado os dez minutos que eles me mandam, maneiras que vai de desenformar, sem recurso ao avançado método do palito, nem nada.

 

E pronto, consegui fazer o Pior Bolo de Chocolate do Mundo. Não sou lovely? Eu cá acho.

 

___________________________________________________

O mérito disto tudo é da máquina, claro está, é que se fosse pelo método antigo, não ficava atacada dos nervus, gastava uma bateria de loiça e tal. Não está lindo o meu bolinho, hein? 

 

 

09
Nov11

196 - A SÉRIO!!??


Mac

 

 

 

 

 

Ora então, vamos lá saber quanto custa uma gravidez e respectivo parto, neste cantinho à beira mar plantado, esquivo a ajudas à natalidade, mas muito espantado com as estatísticas de decréscimo da mesma natalidade,

[Uma boa solução, é fazer um Seguro de Saúde, que inclua partos e bem antes de engravidar]

 

. Consultas: € 570.00, sabendo que de cada ida, se deixa lá € 80.00 e se incluir CTG, vamos para € 100.00

. Análises: € 94.52

. Ecografias: € 560.00

. Farmácia: € 249.40

. E não menos, a cereja no topo do bolo, a cesariana: € 5.500.00

 

Dando um total de € 6.973.92

 

 

E não incluo as despesas directas com o bebé, desde vestuário, produtos de puericultura, higiene, como gel de banho, cremes,  puericultura pesada, desde cadeira auto, carrinho, espreguiçadeira, banheira, berço, roupas para o berço, etc., etc., etc., que por alto, rondam na boa os € 3.000.00.

 

E isto é só o começo, depois é sempre a subir até acabarem a faculdade.

 

 

________________________________________________________

Ah e tal o nosso serviço publico de saúde é tão bom, até quando me dói um dente, deixo-os arrancar aquilo tudo, quais tratar, 'cais carapuça e nem se morre nos corredores, nem à porta do hospital, nem nada, e os profissionais são tão humanos, nem nos tratam como animais que só nascemos para lhes empatar a vidinha e quem te mandou a ti ires para o privado e o coiso. Pois, pois, é que descobri que os profissionais nacionais, competentes, simpáticos, com boa vontade e que nos tratam bem, assim de repente, estão todos no privado [e cada vez mais], e como não estou para aturar cavalgaduras que acham que isto é Santiago do Chile e que somos todos carne para canhão, pronto, fui-me ao privado.

 

Ah e tal fui sempre bem tratado e o coiso. Ainda bem, folgo em saber, mas eu já por lá passei e não fui nada bem tratada. 

 

[quase nada contra os nossos serviços públicos, no caso do ensino até tenho melhor impressão do que do privado, mas lamentavelmente no que toca  a saúde, pois que não tenho. É a minha opinião e vale o que vale, ou seja, nada]. 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D