Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

19
Jun18

12 - Vesti, gostei e sou bem capaz de repetir


Mac

 

 

 

Entrámos oficialmente na época dos vestidos leves, das sandálias, que gosto de ver com quase tudo, sabrinas e mules, das mangas curtas e dos calções. Com alguns dias já bem bons, sem vento e céu tapado, já dá para andar de sandálias, desatar a usar os vestidos todos que estavam à espera e até descartar os blusões e casacos. 

 

 

 

 

 

 

 

Esta é a altura de ano em que gosto mais de usar vestidos, que aos meus olhos vão bem com tudo, desde ténis, saltos, sandálias, ou mules, só depende do padrão e comprimento.

 

  Gosto imenso deste tipo de vestidos bem versáteis que consoante os complementos ganham outras vidas. Este fica giro de sabrinas, ténis ou sapatos clássicos, com uma mala ou cesta e com um blusão, ou um blazer, e conjugando os diferentes acessórios fica completamente diferente.

 

 

[vestido . Zara || blusão . Levi's || Sabrinas . By Peppas]

 

 

 

 

 

 

 

 

De resto enquanto o tempo não esteve lá grandes coisas, andei numa de roupa mais fresca, mas quase sempre com um agasalho atrás porque estou farta de me constipar com as variações de temperatura e do vento que surge sei lá de onde.

 

[estas mules foram um amor difícil, se calhar é por isso que gosto tanto delas. vi-as parecidíssimas no ano passado, mas fiquei indecisa, quando decidi já não havia o meu número. este ano voltaram a aparecer e eu voltei a ficar indecisa, claro que o meu número esgotou logo. a semana passada vi-as e acabaram-se as indecisões] 

 

 

 

 

[calças . H&M ||  cesta . La Petite Sardine || sandálias . Zara || vestido . Lanidor]

 

 

 

 [sapatos azuis . Zara || sapatos pretos e camisa . Massimo Dutti || cinto . Moschino]

 

 

 

 

 

 

 

 

 [calças e sandálias . Stradivarius || camisa . Tommy Hilfiger || cesta . Mercado da Vila de Cascais]

 

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

18
Jun18

18 - Por estes dias


Mac

 

 

 

 

 

 

 

 

e depois da chuva veio o vento . vento às pazadas, areia também . e quando parou o vento, tivemos um dia de verão . agora é sempre em frente, nada que enganar, nada de nuvens no céu . e vento também não . fomos ao parque e vimos pintainhos e tartarugas, depois tomámos café num dos nossos sítios . faço planos para o após obras no jardim . tenho imensas ideias . a obra continua, e continuará, espero que acabe a tempo do verão, se não isto não teve qualquer lógica . teria se os prazos tivessem sido cumpridos . diziam eles que me faziam aquilo em 15 dias, vamos para a sexta semana . líricos . aquele jogo portugal - espanha foi impróprio para cardíacos e para mim . ao terceiro golo de espanha saí da sala . estou convencida que enquanto vejo os jogos, a nossa selecção perde . já nunca vejo por causa das coisas . ouço a smooth no carro e gosto . parece que estou no bar de um hotel . no outro dia saí de pijama, mas não saí do carro . sou uma menina mariquinha pé de salsa . o meu pijama também não parecia um pijama . não sei se assim conta . a próxima etapa é sair do carro . ao contrário do que eu pensava, quem sai de pijama não desistiu da vida . também há a forte probabilidade de ter enlouquecido, mas não dei por nada . as pessoas quando flipam não dão por isso, os outros é que sim . os meus outros dir-me-iam . acho que também fariam olhares compreensivos perante as minhas insanidades . ainda não vi olhares compreensivos . vejo muitos críticos por parte do adolescente querido . tenho uma grande capacidade em falar muito e não dizer nada . é uma espécie de super-poder . comprei um vestido igualzinho a um que mãe querida teve . há muitas formas de matar saudades . 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

15
Jun18

109 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

 . esta semana gostei do vestido camiseiro para usar e abusar agora na primavera, dos jeans de ganga com camisa preta e sandálias rasas e de cestas com tudo, da t-shirt a dar um nó e da saia com franjas .

 

 

 

 

 

 

 

 . para o calor que aí vem, muito linho, seja em camisas brancas e de todas as cores, vestidos e calças, e umas mules da bershka para usar e abusar .

 

 

 

 

 

 

 

 

 . e enquanto não vêm os dias de praia, o auto-bronzeador da rituals para quebrar o branco das pernas .

 

[experimentei no ano passado e fiquei fã]

 

 

 

 

 

 

 . e como gosto de todos os cremes (e todos os produtos) sem excepção, agora trouxe o ritual of banyu que tem um cheiro fantástico (e um problema, é uma edição limitada e como todas as edições limitadas, acaba e eu fico sempre com pena) .

 

  

 

  

 

 

 

 . já que o mote é hidratar, a água healsi com ph 7 e uma garrafa linda .

 

 

 

 

 

 

 

  . os vestidos da sézane .

 

 

 

 

 

 

 

 

. e a frase da semana .

 

 

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

15
Jun18

280 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

 

Há uma corrente de pensamento que denomina as mulheres cheiotas, acima do peso considerado aconselhável para aquela altura, com rosquinhas, refeguinhos, vá gordas, de reais. Mulheres reais. Também há quem diga parteleira, portanto nem sei para que me preocupo.

 

Mas preocupo. Por acaso estou à vontade para falar sobre esta coisa das mulheres reais, porque aviso já, sou uma mulher com variações de peso. Para mais. Também já fui uma mulher magra, sempre magra e com dificuldade em pôr peso, cheguei mesmo a fazer dietas de engorda (inocente), mas aos 36 anos a vida achou que bastava de me dar magreza e resolveu que iria conhecer o outro lado da moeda. E cá estou eu a desejar comer tudo quanto me apetece (e apetece-me muito tudo) e ser magra, a olhar para os idos 34 e 36 onde não caibo, e a não saber como passei a ter o problema ao contrário.

 

Eu conheço os dois lados da figura e ambos são reais. Eu era real quando era muito magra. E a minha realidade era querer engordar. Agora a minha realidade é querer ser magra. Se calhar há quem se tenha instalado na gordura e ache a magreza irreal. Não é. Está ao alcance de todas.

 

Isto de se chamar às mulheres badochas, as que têm refeguinhos, rosquinhas e formas arredondadas, mulheres reais é só uma forma retorcida de nos chamarem gordas, as gordas, a realidade das gordas, reais gordas, mais nada. Eu sou tão real quando sou gorda, como quando estou magra depois de um esforço enorme para perder peso, horas de exercício e boca cosida a linha de pescador, mas real e magra. Eu não sou menos real quando estou magra.

 

Pronto, era isto, não gosto que nos chamem, a mim e às outras, mulheres reais. Real é a tua mãe.

 

 

12
Jun18

116 - Eu gosto é do Verão


Mac

 

 

 

 

se este outono em junho traz alguma coisa de útil é que  aprendi a misturar tudo com tudo, mules com gabardines, sandálias com blusões, t-shirts com botins e mais o que calhar . o verão começa dia 21, espero bem, não precisamos que ainda venha uma primavera, eu quero mesmo é calorrrrrrrrr, céu azul, mar a perder de vista, dias de praia, banhos de mar, conversas na esplanada sem pensar em mais nada, as costas quentes das chapadas de sol e os pés na areia . vinho branco gelado, caipirinhas e caipiroscas, margaritas e gin, sumos de melancia, de laranja e de melão, cerejas até doer a barriga e nêsperas também . e acabar os dias a besuntar-me de cremes, a cheirar a limão em jantaradas lá fora com os cabelos molhados até a noite ser tão longa, jogos de cartas, conversas parvas e risos imotivados, sardinhas, melancia e gambas, quero encher-me de verão por dentro e por fora, e calçar alpercatas com os pés cheios de areia, ver os meus filhos a rebolar, reclamar que levámos a praia para o carro e depois para casa, varrer o chão, cheirar-lhes os cabelos salgados e ter pena que o duche leve tudo . o meu verão cheira tão bem e cheira a tantas saudades . venha o verão, este meu amor tão grande .

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

11
Jun18

11 - Vesti, gostei e sou bem capaz de repetir


Mac

 

 

 

A minha grande aposta para esta Primavera são as slingbacks, quer dizer, vai passar a ser a aposta para o Verão, que segundo o calendário começa no dia 21, a verdade é que com esta Primavera com ares de Outono, acabei por só as usar nos raros dias em que não chove torrencialmente e só chuvisca ou há algumas abertas. No entanto já deu para concluir que para o dia-a-dia prefiro as de saltos médios, porque são mais confortáveis sem deixarem de ser bem giras.

 

 

 

 

 

 

Gosto imenso de as ver com calças bem largas e saias, mas acho que vão bem com tudo. 

 

 

 

 

 

 

E claro, apesar do céu estar quase sempre cor de chumbo, voltei ao branco com um ou outro apontamento de cor.

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas quase sempre com sapatos fechados e um agasalho qualquer ou uma gabardina.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

08
Jun18

108 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

 

. esta semana gostei da camisa compridona (apesar de ter uma que usei uma vez para ir à praia e senti que estava de camisa de dormir na rua), gostei também do macacão com o aviator e do saco de xadrez, das mules pretas, de camisas a dar um nó e dos sapatos chanel com tudo . 

 

 

 

 

 

 

 

 

 . a pensar no verão, trouxe da la petite sardine cestas e sacos, os fatos-de-banho da zara e as sandálias também . 

 

 

 

 

 

 

 

. da henkel os cremes de dia da diadermine (Lift+ Luminosidade e Lift+ Efeito Imediato), que estou com imensa curiosidade em experimentar, e os champôs e máscaras schwarzkopf de duas linhas diferentes, a gliss summer repair agora para o verão para cabelos expostos ao sol e a linha com óleo de argão e macadâmia para cabelos secos e estragados .

 

 

 

  

 . ideias para a casa .

 

 

 

 

 

 

 

. e a frase da semana .

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

07
Jun18

17 - Por estes dias


Mac

 

 

 

 

 

ao sétimo dia do sexto mês do ano de dois mil e dezoito da graça do senhor, liguei o aquecimento . estou farta de ter frio e sem saber como, instituí que como é junho tenho de vestir roupas de verão, tirar os edredons de inverno das camas e desligar os aquecimentos . não tenho . tenho de decidir as actividades de verão do mais novo e sinto-me incapaz de olhar para aqueles programas que incluem manhãs na praia, tardes na floresta e passeios no lago . fui buscar umas sandálias que tinha encomendado (e um fato-de-banho) e apanhei uma molha . não era chuva tropical, foi chuva fria de outono . mudámos de hemisfério, tenho a certeza . tenho a obra parada há três dias e amanhã vem outra equipa . as outras duas não aguentaram a pressão que é deitar abaixo um anexo de jardim . às vezes apetecia-me ficar só com o blog, deixar as redes sociais e ficar com o que realmente gosto e me motiva . o resto é dispersão e perda de tempo . os consumíveis começam a cansar -me . 

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

06
Jun18

41 - Quem tem um adolescente, tem tudo


Mac

 

 

  

 

Fui ali ao McDonald's com o meu adolescente arruinar em 5 minutos a minha dieta de uma semana. O sítio estava cheio de amigos do meu adolescente e vai ele e diz-me para me sentar numa mesa do canto, pois que tratava de tudo e ali que bom, longe da janela, longe dos amigos, longe das vistas e do coração. E vou eu e sentei-me. Enquanto esperava para ser servida, pude reparar que no McDonald's de Cascais as mesas dos cantos estão reservadas para os adolescentes que vão com os pais, que têm a mania de ficar de costas para o restaurante - eu não, porque ainda não estou habituada - já as mesas do meio da sala são usadas pelos adolescentes que estão em grupo. É bastante pungente. Fiquei comovida. Por isso é que as mães dos adolescentes comem Big Macs. Pura comoção.

 

 

 

  • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

05
Jun18

223 - A dona de casa perfeita(mente desesperada)


Mac

 

 

 

 

 

Ando sem tempo para nada e a abarrotar de coisas para resolver. Vida. Bom, na minha falta de tempo, achei que era boa ideia tratar da pele que está um lixo, apareceu-me uma brecha e agarrei-a, pareceu-me que era uma grande ideia aproveitar um bocado da tarde para fazer uma máscara de argila nesta cara, do que guardar para logo à noite e correr o risco de aparecer naquele estado de beleza ao meu marido. Apesar de tudo ainda estou convencida que ele está convencido que tudo em mim é extremamente natural, mesmo depois de ele já me ter visto em situações que me levam a crer que neste momento ele já sabe que não é bem assim, mas apesar disso, acho que esses momentos e fases foram parênteses na nossa vida conjugal e não contam. Penso que ele sofre de uma espécie de amnésia selectiva em que faço fé e ele continua a achar que casou com uma pessoa natural. Adiante, então achei que era boa ideia tratar de mim, ou do que resta de mim e fiz uma exfoliação. Correu bem, os miúdos não me chamaram 500 vezes, portanto resolvi que me podia atirar para fora de pé e pus uma máscara de argila bem espessa. Estou convencida que se estiver um mês sem fazer uma máscara, se puser o quadruplo da quantidade, a coisa fica feita e faz mais efeito. Estou convencida de muitas coisas.

 

Estava quase para a tirar, já a sentir a cara toda repuxada e a imaginar que voltaria aos 20 anos e tocou o telefone. Ah vu atender purque nã estu para ligar de volta, não hdee se nada e despacho a coise (isto sou eu a pensar com a boca semi paralisada por causa da argila a repuxar-me os lábios). Atendi e expliquei ulhanã pusse demorar mute porque estu cuma máscar dargile. A minha rica amiga do peito, resolveu achar graça e a seguir disse aquilo que as pessoas que vão demorar geralmente dizem (eu também o digo) Ah não demoro nada, olha... e desata-me ali num recado puxadote e vou eu e digo-lhe a menha pel vá murrir, já te ligue.

 

 

E é isto, neste momento a minha vida é mais ou menos uma pele com uma máscara de argila muito seca que tenho de tirar rapidamente.

 

 

 

  • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D