Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

17
Jun19

150 - Tie-dye, modas, crochet, colagens, tricot, bricolage e coisas assim


Mac

IMG_20190616_173453.jpg

 

 

 

 

Diz que o tie-dye está (de novo) na moda. Por acaso como já tinha peças de uma outra leva de tie-dye que foi moda e que não cheguei a dar, fiquei bastante contente. Agora instalou-se na minha cabeça a curiosidade sobre a coisa e desatei a ver vídeos no youtubas para saber como se faz.

 

Depois de ver meia-dúzia de vídeos, entusiasmei-me com a coisa, para logo a seguir encontrar cinquenta dificuldades. O nosso mercado de belas artes, pintura e trabalhos manuais é pobre, mas isso eu já estava careca de saber. No entanto corri várias lojas de belas artes à procura de tintas para tie-dye e nada, a maior parte nem sabia o que eu queria, depois passei às grandes superfícies e zero, acabei na Amazon e encomendei um kit para tie-dye.  Mas como estava na doideira de experimentar, lembrei-me de usar umas tintas para tingir tecidos, que adaptei a esta técnica, num vestido sem graça nenhuma que se ficasse estragado também não se perdia nada.  

 

 

[já agora uma dica, uso quase sempre a Amazon francesa para não pagar os portes obscenos da britânica]

 

 

 

tie-dye_01.jpg

 

 

 

Para iniciante parece-me que correu bem com as tintas para tingir tecidos, mas fica muito caro. Cada boião custa cerca de €15.00 (há em algumas drogarias e no Park dos Tecidos), portanto a partir de duas cores não compensa, além de que sobra imensa tinta.

 

Para fazer este trabalho usei dois boiões de champô que lavei bem, depois deitei em cada boião 2 colheres de chá de pó de tinta, enchi com água bem quente e agitei. Deixei arrefecer, agitei novamente e apliquei no vestido, seguindo uma das técnicas deste tutorial, que foi o que achei mais acessível e explica quatro técnicas diferentes.

 

 

 

IMG_3144-001.JPG

 

 

 

E para já, isto é tudo quanto sei sobre tie-dye, mas prometo que dou notícias quando experimentar o kit que está a caminho. Acredito que com mais cores e tintas próprias o resultado será melhor.

 

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

 

14
Jun19

255 - As beatas, os cocós dos cães, o lixo, os outros, a birra de sono, a vida, o nirvana e eu


Mac

Aviso já que não sou fumadora, mas já fui, não tenho um cão, mas gostava, detesto lixo em geral e gente porca em particular.

 

O PAN quer que os fumadores que atiram beatas para o chão sejam multados, é realmente uma nojeira e um atentado a quantidade de beatas que se vêem nos passeios e nas praias. Mas o PAN também deveria querer que se aplicassem as multas que já existem, aos donos que não apanham os cocós dos seus cães na via pública, é verdade, lá volto eu a este tema. E para quem deixa copos de plástico nas ruas e atira papéis para o chão e deita para rua o que não deita no chão de casa.

 

Porque não são só as beatas, o chão é de todos e não é a lixeira de alguns. O PAN até pode querer que se apliquem multas aos dadores de beatas, enquanto as mentalidades e a educação não mudar, nada vai ser diferente. Não foi com os donos dos cães que não apanham os cocós, com as pessoas que põem os filhos a fazer cocó na praia e com todas as pessoas porcas que acham que o mundo é uma enorme retrete. 

 

 

 • Instagram @maria.antonia.velez

 

 

11
Jun19

114 - vesti, gostei e nos últimos dias foi assim


Mac

IMG_2703-001.JPG

 

 

As t-shirts e o blusão de ganga são aquelas peças que são presença no meu armário há que tempos, décadas, um ror de anos, e que voltam a ver a luz do dia nesta época do ano. Uso-os em tudo e com tudo.

 

 

IMG_2712-001.JPG

 

 

IMG_2719-001.JPG

 

 

 

IMG_2619-001.JPG

 

 

 

IMG_2622-001.JPG

 

 

IMG_2648-001.JPG

 

 

 

Assim como as peças em linho, desde blazers, camisas e calças, porque gosto de sair de casa impecável e ao fim de uma hora estar toda amarrotada.

 

 

221.jpg

220.jpg

 

 

E foi isto nestes últimos dias.

 

 

 

IMG_2729-001.JPG

 

 

IMG_2736-001.JPG

 

 

IMG_2750-001.JPG

 

|| calças verdes, vestido encarnado e calças brancas .. Zara || sapatos slingback .. Parfois || Blazer azul claro (antigo) .. Caroll || fato azul (antigo) .. Globe || ténis .. Adidas Stan Smith || T-shirts .. Stradivarius || blusão de ganga .. Levi's ||

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

07
Jun19

01 - Podia ser um andei pela net [e por aí] e trouxe comigo, mas não, é só o bom serviço público que este blog presta continuamente há carradas de anos


Mac

218.jpg

 

 

Sobre aquela t-shirt dos Friends que queriam, mas que esgotou na H&M, trago boas novas, há t-shirts dos Friends e mais não sei quantas giras que sei lá na Stradivarius. Nada que agradecer, sou uma grande amiga que aqui têm, verdade?

 

Bom fim-de-semana.

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

06
Jun19

254 - Os nãos que não digo e devia, os outros, a birra de sono, a vida, o nirvana e eu


Mac

z9000 fase vida tornar.jpg

 

 

 

voltei ao crochet em ráfia . é muito relaxante, a pessoa fica para ali a tecer nós e vai pensando, pensando . devia existir um grupo de ajuda para as pessoas que não sabem dizer não ao jeitinho . eu, mac, não sei dizer um redondo não ao jeitinho, favorzinho, trabalhinho, inho inho .  seria o meu começo, depois poderia então começar o meu rosário de nãos que não disse a jeitinhos de nada para os outros, mas que acabam sempre em trabalheiras para mim , de todos os nãos que ficaram por dizer e me deixaram desconfortável, em situações que não queria, a fazer trabalhinhos que não precisava, favores sem nexo e acima de tudo a gastar-me tempo de vida com coisas que não me interessam de forma nenhuma, nem emocional, nem humana, nem material . falo daquelas coisas que nos pedem que parecem só uma coisinha de nada e acabam por dar uma trabalheira, aqueles jeitinhos para os outros, aqueles favorzinhos de nada, que não custam nada aos olhos dos outros, mas que são só fáceis para os outros, os que pedem, mas não têm de mexer uma palha .  

 

em minha defesa sei dizer os outros nãos. digo muitas vezes não aos meus filhos quando esse não lhes faz bem à saúde física e mental, e aos limites que a vida deles precisa . sei dizer não às pessoas que estão a oferecer-nos cartões de crédito no shopping, às que me querem ler a sina, aos que me querem vender o que não quero comprar, mas com os pedidos de conveniência é uma desgraça, meto-me em situações que não tolero, arranjo coisas de que não gosto e acima de tudo perco tempo . cheguei à conclusão que a minha educação teve esta lacuna, dizer um não não é necessariamente falta de educação, não é má vontade, nem desinteresse, é bom e conveniente que se diga, faz bem à saúde, à mente, ao espírito, à alma, ao estômago, ao coração, à pele e às pestanas, deixa o cabelo mais forte e as unhas também, não vem mal ao mundo, evitam-se muitas chatices e mais uma vez, não é falta de educação, onde é que está escrito que é boa educação aceitar fazer favores de treta, trabalhinhos de nada que nos levam a paciência ao limite e gastar tempo de vida? em lado algum . cheguei a esta brilhante conclusão nesta provecta idade e tem sido uma negaça pegada . é bastante libertador . o crochet também .

 

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

04
Jun19

113 - vesti, gostei e nos últimos dias foi assim


Mac

IMG_2493-001.JPG

 

 

 

Há um ciclo que não sei explicar nas minhas roupas de praia, mas que repito há muitos anos todos os anos. Quando começa o bom tempo e aquela coisa de ir com alguma frequência à praia, começo sempre com vestidos compridos, sempre e não tem nada a ver se ainda estou muito branca ou já qualquer coisa bronzeada. Depois passo para os camiseiros compridos, vestidos e túnicas mais curtos e por fim passo a época balnear toda com calções que combino de n formas, desde t-shirts, túnicas, tops, enfim com o que parece evidente e até com o que não é bem assim.

 

 

 

IMG_2498-001.JPG

 

 

 

É portanto a época dos vestidos compridos por aqui.

 

 

 

IMG_2499-001.JPG

 

 

IMG_2406-001.JPG

 

IMG_2409-001.JPG

 

 

E quando não vou à praia vario para o habitual nesta época do ano.

 

 

IMG_2540-001.JPG

 

IMG_2572-001.JPG

 

IMG_2573-001.JPG

217.jpg

 

IMG_8567-001.JPG

 

 

192.jpg

 

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

31
Mai19

133 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

esta semana trago coisas importantes para o nosso planeta e para o planeta que quero deixar aos meus filhos . cada vez mais me preocupo com as alterações climáticas, com o excesso de plástico nos oceanos, com a poluição e com tudo o que está a acontecer . esta é a única casa que temos, não há outra, temos de cuidar dela. 

 

e com algumas alterações às nossas rotinas de consumo podemos começar a fazer a diferença . hoje o que trago ainda são gotas no oceano, mas já é alguma coisa.

 

os pensos higiénicos da manu4lidades

 

2019-05-31 trouxe_00.jpg

 

 

cada mulher, ao longo de quase quarenta anos de vida fértil, consome cerca de sete mil pensos higiénicos, que, cada um, demora entre 500 e 800 anos a decompor-se. ou seja, nem os nossos tetranetos assistirão ao desaparecimento dos nossos resíduos higiénicos. por outro lado, sabemos hoje que os pensos e tampões higiénicos significam 4% do total do lixo que é produzido em portugal.

 

 

 

IMG_2359.JPG

 

 


nesta página, encontrei a novidade dos pensos higiénicos reutilizáveis, 100% algodão, 100% amigos do ambiente, da nossa carteira e da nossa pele! confeccionados apenas com materiais não sintéticos, desde os tecidos, ao enchimento de absorção, até às linhas com que são cosidos, são a resposta para várias preocupações ambientais e de saúde, como é o caso da produção de lixo, da utilização de materiais plásticos, e, não menos importante, das alergias e intolerâncias da pele pelo contacto sistemático com os químicos usados na fabricação de pensos higiénicos descartáveis.

 

 

 

IMG_2375.JPG

 

 


existem em vários tamanhos, para os diversos dias do mês e para todas as opções: pensos para o período, pensos para a noite, pensos diários para todos os dias, ou para os últimos dias do período, ou ainda para quem prefere utilizar tampões ou copo menstrual.

 

 

 

IMG_2377.JPG

 

 

não são menos absorventes do que os pensos que vão para o lixo (fazendo mais lixo), e são bastante mais cómodos. para além disso, são muitíssimo mais económicos, uma vez que têm uma duração de vários meses ou até anos. e, convenhamos, são muito mais bonitos! a variedade de padrões é infinita e em todos eles é evidente a preocupação em alegrar um pouco aqueles dias que não têm grande graça. a acrescentar são facílimos de lavar, basta deixa-los em água bem quente durante duas horas e depois lava-los na máquina no programa a 40º C.

[mais informações, aqui]

 

 

2019-05-31 trouxe_02.jpg

 

 

também substituí os sacos de plástico por sacos em pano para as compras de supermercado, almocei no dona flor, que é um dos meus vegetarianos de eleição, a par com a house of wonders e da kasa trouxe cestos giros e um carrinho que me simplificou o transporte das coisas para as refeições lá fora .

 

 

2019-05-31 trouxe_01.jpg

 

 

no fim-de-semana quero experimentar a mousse rápida da whirlsensations, pôr os últimos episódios de os durrell em dia (a passar agora na rtp2), que estou a adorar, e claro, por isso também, começar a ler a obra do lawrence durrell

 

 

 

entretanto

 

2019-05-31 gostei_01.jpg2019-05-31 gostei_02.jpg

 

gostei do vestido camiseiro em preto e do em print animal também, dos looks em branco total (olha a novidade!) e do vestido em batik 

 

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

 

 

29
Mai19

07 - 1 peça, 3 looks (ou 4 ou 5)


Mac

IMG_9206.JPG

 

214.jpg

 

 

As mesmas calças, as tais que agora são as minhas preferidas, em três registos diferentes: com sapatos de salto, mocassins e botins, combinadas ora com uma camisola mais quente, uma de algodão com torcidos (e ar de anos 80, é icontornável, visto rosa ciclame e amarelo e é só o que me parece) e outra mega fininha com um casaco de malha.

 

 

IMG_0064-001.JPG

 

IMG_0067-001.JPG

 

IMG_0035-001.JPG

 

 

IMG_9961.JPG

 

IMG_9960.JPG

 

IMG_9934.JPG

 

IMG_9967_01.JPG

 

 

 

E finalmente está a chegar a minha época do ano preferida, aquela por que espero 9 longos e tristes meses, venham portanto os vestidos de Verão, os fatos-de-banho e as roupas de praia.

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

28
Mai19

253 - As salas de espera dos hospitais, a birra de sono, a vida , o nirvana e eu


Mac

z9087 doidos.JPG

 

 

 

Mais incomodativo do que as pessoas que espreitam a nosso leitura, mais incomodativo do que as que tossem para a geral, as que suspiram para a geral, as que bufam para a geral, as que iniciam mini comícios contra o atraso do medico, as que querem conversar porque ajuda a passar o tempo, não ajuda, garanto, há conversas que são morte lenta de neurónios, outras um suicídio em massa, já as conversas de hospital afianço sem margem de erro que põem muita gente doente dos nervos, e quando me dizem coisas assim com um ar cúmplice, ah a minha doença não se vê, eu acho por bem dizer que a minha também não e é das perigosas, depois vão-se embora do pé de mim, sois uns meninos, mais incomodativo do que as que não tomam banho e obrigam os outros a apneias de pré morte com alteração da coloração das unhas e falta de oxigenação cerebral, as que querem à viva força fazer um concurso de maleitas e trocar cromos clínicos, logo comigo, a pessoa cheia de vontade de socializar com estranhos em princípio doentes, a que a acrescentar a esta vontade indómita, tem medo de hospitais e do que possa apanhar por lá, ou ter de ficar lá, que fujo da ala pediátrica, a não ser que tenha de levar o meu benjamim, porque os miúdos não têm a menor noção e tossem-nos para a cara, aquela a que muitas conversas com estranhos doentes levaram a consultas desnecessárias de coisas que nunca me tinha lembrado na vida, mas que o estranho me relatou com sintomas sórdidos e eu claro, comecei logo a sentir tudo, porque sou uma pessoa que sente as coisas e tudo me leva mais a prevenir do que a remediar, a que apesar de hipocondríaca, encara aquilo tudo com uma veia de isto não é nada comigo, estão todos a cair aos bocados, eu vim cá só secar os meus derrames, e só, daqui não levo nada, pior do que tudo são estes parágrafos intermináveis e as pessoas impacientes que andam de um lado para o outro na sala de espera e invariavelmente quando estacionam em pé fazem-no com os seus rabos a milímetros da minha cara, a cara da tal pessoa que se foi sentar longe de toda a gente, mas pelos vistos na área dos impacientes. Seria esta a altura ideal para desatar a dizer que a minha doença não se vê, mas é perigosa, mas não, sou uma menina coisinha e fico calada com os rabos a milímetros da minha cara.

 

 

#tenhoímanparadoidos

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

 

28
Mai19

21 - A mãe perfeita(mente desesperada)


Mac

Z5395 dores parto a.JPG

 

 

 

Não duvido que estou a dar uma boa educação aos meus filhos, têm boas escolas, uma casa com livros, acesso a muita informação e tudo e tudo,  mas muitas vezes duvido se os estou a educar bem, se somos exemplo para fazer deles uns homens bons sem falhas de carácter, se não lhes falta amor e atenção, ouvidos e olhos, braços e colos, se não lhes falta nada que abra um buraco algures no cérebro e no coração que não os deixe ver os outros. Depois ouço "ó mãiiiiiiiii tenho os pés a cair aos bocados" e deixo as minhas dúvidas para outro dia, estão no bom caminho da pieguice masculina. Está tudo sob controlo, dentro da normalidade e sem surpresas desagradáveis.

 

 

(tem a pele da planta dos pés a descamar)

 

 

• Instagram @maria.antonia.velez

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D