Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

28
Ago17

168 - Os filhos, as férias grandes, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

  

 

  

 

 

 

 

  


 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

  

 

  

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com os miúdos ainda em férias grandes, temos aproveitado para turistar nos intervalos da praia e piscina. Há imensos programas giros para fazer com os miúdos, exposições para ver e sítios para visitar. O nosso país está cada vez melhor e finalmente a explorar o que tem de bom e a mostrar como é lindíssimo. No fim-de-semana fomos até Lisboa fazer uma HIPPOtrip. É um programa fantástico e a nossa cidade vista como se fossemos turistas, consegue ser ainda mais bonita. Adorei conhecer alguns aspectos e histórias que não sabia, relatados com muito humor pelo guia e acabar a visita a ver a cidade do rio. Um dos pontos altos é a entrada do autocarro na água. Adorámos! 

 

Depois passámos pelo Lx Factory e a mãe deles aproveitou para revisitar todas as lojas que ama de paixão (MuitoMuito, More Than Wine, June, Ler Devagar) e conhecer as novas. 

 

De resto, temos almoçamos nos restaurantes do costume, vamos à praia do costume, geladaria do costume,  e fazemos a vida do costume. Um bom costume, claro.

 

 

04
Jul11

534 - A VIDA EM AZUL CUECA


Mac

 

 

 

 

 

 

Do fim de semana. Não houve praia, quer dizer, houve, mas no registo quase invernil, assim sem expor as carnes ao rei sol, mas está bem. Em compensação, foi-se às sardinhas, as primeiras do ano, shame on you, Mac Maria, cheimeoneiou. Comeram-se uns Santinis e ainda umas delícias by Garrett. Ah grande facada na dieta. Paciência, quero lá eu saber, nem só de folhas de alface vive uma mulher e a verdade é que os géneros alimentares, sob que forma se me apresentem, são coisas para me fazer feliz. Adquiriram-se mais umas coisas para ler e atrapalhar a organização conseguida, bom, eu sabia que não iria durar muito tempo, adiante. E não se viu o casamento real, que não é real, mas enfim, só umas fotografias, coitada da coisa, pah, que ar de xanax girl, e também não se foi aos saldos, que detesto, mas respintalgaram-se as unhas de Blue Coraçao da Mavala. Gosto disto.

02
Mai11

12 - IDEIAS DAS BOAS PARA COMBATER (ESSA CABRA SEM ROSTO) A CRISE


Mac

 

 

 

 

 

Diz que num país em crise as famílias retraem-se a despesas supérfluas. E por supérfluas entende-se refeições fora de casa, digo eu, porque nesta altura do campeonato, esta rubrica já deve fazer parte das essenciais.

 

Ontem, tentámos, o Mac Man e esta, marcar restaurante para almoço familiar e percorremos telefonicamente o Púcaro, D. Grelhas, Peixe na Linha e Furnas do Guincho, como estes já não aceitavam marcações para a uma hora, porque estavam completamente à cunha, passámos para os restaurantes da Marina, também eles à cunha. Restou-nos a Casa México, que é bom, pois é, mas como se poderá constatar não era a nossa primeira, nem segunda, nem terceira escolha.

 

E concluo que almoçar fora, ou jantar, não faz parte das despesas extra a abater, não senhora. Por despesas extra e que se podem perfeitamente abater, entenda-se mensalidades dos colégios, farmácia e saúde, e supermercado.  Ah também se pode falhar nos pagamentos do Cartão de Crédito, prestação da casa e carro.

 

Deve ser isso, afinal o crédito mal parado continua em alta e não há nada melhor que empurrar a vida com a barriga, hoje vai-se de fim de semana para ali, amanhã janta-se aqui, depois acolá, agora as férias acoli, mas vai-se ao Banco Alimentar, fica-se sem casa, as crianças saem dos colégios, o de menos, claro está e as dívidas, ah as dívidas, isso vê-se depois.

26
Abr11

531 - A VIDA EM AZUL CUECA


Mac

 

 

 

 

 

Da Páscoa: Resisti às amêndoas, folares e coisas extremamente doces, quer dizer, não tive grande mérito e só lhes resisti, porque não me apeteceram, mas está bem.

 

Do 25 de Abril: Sempre e apesar de haver muitos que confundem este dia com o dia dos comunistas e coisas assim, pois que nada tem a ver, mas da ignorância histórica cada um faz o que quiser, desde que não apregoe aos sete ventos aleivosidades, tudo bem.

15
Abr11

03 - TGIF


Mac

 

 

 

 

 

Diz que para a semana chove e as temperaturas descem cerca de 10º C. Já conversámos melhor, S. Pedro, já, já, que coisa tão feia da sua parte, seu velho calhicas. Maneiras que vai-se aproveitar para enfiar umas túnicas, estender o lombo ao sol, namorar até à nausea, arejar em espanadas oxigenadas e viver esta vida muito boa. Ah, nos entretantos, hoje está-me cá a parecer que vou fazer uma salada (*) quase light para o jantar, parece-me muito bem. 

 

______________________________________________________________________________

(*)

. ¹/4 de chávena de chá de vinagre branco (60ml) 

. 2 dentes de alho esmagados 
. 1 cebola pequena cortada em fatias finas (80g) 
. 1 colher de chá de pimenta  
. sal a gosto 
. 4 chávenas de chá de água (960ml) 
. 500g de camarão grande  
. 1 papaia grande 

. 1 alface

Para o molho, 
. 1 chávena de chá de iogurte natural (240ml) 
. ¹/4 chávena de chá de maionese (55g) 
. 2 colheres de sopa de sumo de limão 
. 2 colheres de sopa de coentros frescos, picados 

 

Numa panela antiaderente, misturamos o vinagre, o alho, a cebola, o limão, a pimenta, o sal e a água. Levamos ao lume até ferver. Juntamos os camarões, deixamos cozinhar por cerca de 3 mn, escorremos e deixamos arrefecer. Depois, descascamos os camarões, sem lhes tirar a cauda, mas deitando fora as cabeças.

Descascamos a papaia e cortamos em cubos. Juntamos ao anterior.


Para o molho, numa tigela pequena, misturamos o iogurte, a maionese, o sumo de limão. Temperamos com sal e pimenta.

 

Finalmente, deitamos o molho na mistura de alface, papaia e camarões, misturamos bem e já está.

 

______________________________________________________________________________

Tenham um bom fim de semana, meus pequeninos e sejam felizes.

08
Abr11

34 - DA BIPOLARIDADE DE CADA UM, SÓ CADA UM SABE


Mac

 

 

 

 

 

É lamentável quando algumas pessoas agem em prol de objectivos irrealistas, sem pensar nas consequencias, não só para os próprios, como para outros que se vêem arrastados, sem nada terem feito para isso. 

 

Na vida temos de saber parar, não por cobardia, mas por sabermos que há lutas que não vale a pena travar, nos levam a lugar algum, apenas a abismos e no fim, ninguém fica melhor. É que na vida há troféus demasiado penosos que talvez não valha a pena ganhar. Só isso.

01
Abr11

11 - TODAS AS HORAS DO DIA


Mac

 

 

 

 

 

 

Fui à Praça logo às oito da manhã. Gosto de praças, muito mais do que de supermercados, de que não gosto. Gosto de comprar a fruta e os legumes com gente a falar comigo, a reclamar da crise e a soltar verdades insofismáveis, entre apelos à minha compra. Já viu estas perinhas? Olhe as alfaces tão fresquinhas e as cerejinhas? Tudo naquele inha que as faz tornar mais atraentes. Acham eles. E estas Gerberas, não quer? olhe lá que lindas. E as Rosas, tão baratinhas. Hoje não, já vou carregada. E apeteciam-me Dálias. Aproveite enquanto pode. Olhe o FMI. E o que vai ser de nós? Às vezes canso-me das pessoas, das reclamações que lhes estão coladas naquelas bocas, e o IVA, o FMI e tantas siglas para um dia tão azul que me faz fixar o vermelho dos morangos. E das cerejas. Não vi melancia. Mas gosto deles. Sim, gosto muito deles. E afinal até os prefiro a bancas refrigeradas, iluminadas e silenciosas. A fruta e as verduras até podem estar embaladas e frescas, mas não têm a gente de que eu preciso, os sorrisos, os bom dia e até para a semana

30
Mar11

79 - SÓ UMA MULHER SABE


Mac

 

 

 

 

 

Manda quem sabe da coisa que esta aqui descanse, desacelere os ritmos de vida e aprenda a levar tudo mais devagar. Proibidas ginásticas, correrias e o coiso. Pois. Pois. E eu quero saber quem faz uma mudança de casa descomunal por mim, que só de pensar nos livros até me dão grandes coisinhas más. Quem trata das refeições e idas ao supermercado. Quem organiza e desorganiza uma casa, uma família e uma vida.

 

Ordenar a qualquer mulher do séc. XXI que se torne uma ameba é uma anedota. Só isso.

30
Mar11

523 - A VIDA EM AZUL CUECA


Mac

 

 

 

 

 

E em vez de me encharcar em cafés, opto por sumos de fruta, porque nos dias em que já acordo cansada nunca é boa opção passar a barreira dos dois cafés diários. A única coisa que consigo é ficar eléctrica, mas incapaz de fazer seja o que for como deve ser.

28
Mar11

522 - A VIDA EM AZUL CUECA


Mac

 

 

 

 

 

Visionou-se o True Grit. Bom, muito bom. E para quem gosta de westerns, pois que é imperdível. Para quem não gosta, é imperdível à mesma.

 

 

E deu-se a maior facada na dieta com um crepe filho do demo inundado em chantilly, caramelo, gelado não sei de quê e banana. Há coisas piores.

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D