Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

03
Jan17

120 - OS FILHOS, A VIDA, O NIRVANA E EU


Mac

  

 

 

 

 

Por estes dias. Foram dias de brincar com os brinquedos novos, passeios em dias frios com céu azul, almoços de pizzas ao pé do mar, tardes no parque e lanches em casa dos avós, com aquele bolo da avó, as bolachinhas da avó [*], na sala da avó. Foram as férias de Natal dos meus filhos e eu não tinha pressa nenhuma do regresso às aulas.

 

 

[*] Eu acho que os avós têm artes mágicas para descobrir bolachas e tenho a certeza que algumas só estão nas prateleiras dos supermercados, quando os avós lá vão, é que por acaso, eu também vou ao supermercado e nunca vejo as bolachas que os avós arranjam, nunca.

27
Dez16

104 - O NATAL JÁ ERA, LAI LAI LAI, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

 

 

 

foi um natal cheio de beijos e abraços, bocados de afecto a pensar neste e naquele, bolachinhas e leite para o pai natal, e papéis rasgados . foi-se mais uma dieta, não faz mal, o natal são dois dias (é um, mas faz de conta) e o ano tem 365 . foram muitos feliz natal aos que amamos, muitas promessas e muitos cumpridos . foram mais umas velas, um bacalhau e um peru . e foi um natal bem bom . por mim era todos os dias natal, mas com saladas, granola e cenas magras, e a família toda à mesa . e a menos de um mês do verão . mais coisa, menos coisa .

 

 

 

[vivo uma eterna, previsível e cansativa dualidade com o natal . uma pessoa anda aí um mês em estado de pura e cândida felicidade polvilhada a dourados cintilantes com os olhos a piscar e a boca em permanente sorriso alvar, a preparar tudo e tudo, a planear todos os pormenores, a correr todas as lojas, munida de listas de presentes, de tarefas, de tudo e tudo, para depois de ter tudo lindo e preparado e brilhante, a coisa durar um dia e rapidamente regressar à realidade sem brilhos, luzes a piscar, laçarotes encarnados, bochechas rosadas e bocas sorridentes, desejos de felicidade e saudinha, tudo de bom e isso . tenho a certeza que sofro de depressão pós natal - alô, psiquiatria, mais um síndrome a estudar com carinho, sim? - para mim, há o ano à espera do verão, suportável antes do natal, e depois há o ano à espera do verão, insuportável depois do natal . é a segunda metade que se me apresenta pela frente, portanto . já o disse]


23
Dez16

103 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

 

luzinhas a piscar . chocolates na árvore . taças com pinhões, passas e figos . last christmas i gave you my heart . tira isso, 'plo amor da santa . all i want for christmas is you . merry christmas mr laurence . põe lá outra vez . a sala quentinha a cheirar a doces e canela . as velas que quero acesas e que os mais novos insistem em cantar os parabéns e apagar . os fritos na cozinha . o exaustor ao máximo e as janelas a escorrer humidade . o cheiro bom dos arranjos com verduras da época . muitas pinhas e nozes . os mesmos filmes todos os anos . o bacalhau que já ninguém aguenta e o peru que ninguém quer . não, hoje não há hambúrguers, mas há sopa . queres sopa? os papéis e fitas, os brinquedos sem pilhas e temos pilhas para isto?

 

. e eu gosto tanto disto tudo, que sou pessoa para repetir todos os anos, para o resto da minha vida .

22
Dez16

54 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO


Mac

 

. todas as variações de cinzento .

 

  

 

 

. uma camisola de lã de merino extrafina (super macia), uma água de colónia mo for her (bem leve, com um óptimo cheiro), uma entrevista e 365 dias para planear . 

 

 

 

 

 . as blotterazzi, que já fazem parte do meu estojo de sos e que substituem os lenços de papel para absorver eventuais brilhos na maquilhagem (e laváveis), sem tirar um pingo de maquilhagem . 

 

  

 

 

. ideias para decorar a mesa de natal .

 

 

 

 

. os sete erros a evitar quando cozinhamos o peru de natal .

 

 

 

 

. pais natais de chocolate para decorar a árvore e deliciar os mais pequenos .

 

 

 

 

. esta casa .

 

 

 

 

 . a frase da semana .

 

 

 


 

. e claro, um muito, muito feliz natal para todos, cheio de coisas boas, sonhos doces e realizáveis, azevias, bolo rei, meias quentinhas, saúde, vida boa e tudo de bom . 

19
Dez16

102 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

 

 

Para o jantar de Natal deste fim-de-semana com amigos, fiz mais umas coroas de eucalipto, mas mais pequenas do que aquelas que mostrei, e que pus em cima dos guardanapos. Depois pus alguns vidros com velas pequenas no centro da mesa, e decorei-os com ramos de eucalipto e gilbardeira. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acima de tudo queria que a mesa ficasse com um ar simples e despretensioso, mas bastante luminosa. Acho que consegui. 

 

 

  »»» • «««

 

 

 

 

 

Já agora uma dica sobre a Mousse de Chocolate, que se calhar toda a gente já sabe, mas como continuo a ver mousses quase líquidas, ou mousses desmaiadas com o fundo aguado (pelo amor da Santa!), não custa deixar aqui: se substituirmos o leite por 200 ml de natas, a mousse fica bem cremosa e encorpada. Ah e tal e as calorias que para aí vão com natas! Olha eu muito ralada.

 

. 100 g de açúcar baunilhado

. 6 ovos

. gotas de limão

. 1 pitada de sal

. 200 ml natas 

. 150 g de manteiga

. 300 g de chocolate para culinária (uso o Pantagruel)

 

Versão Bimby

Pese o açúcar e reserve.

Separe as gemas das claras e reserve.

Ponha a “borboleta” no copo, coloque as claras com uma pitada de sal e umas gotas de limão, e programe 6 min/vel 3,5. Quando faltarem 30 s deite pelo bocal 3 c de sopa do açúcar reservado. Retire a “borboleta” e deite as claras em castelo numa taça.

Sem lavar o copo deite as natas, as gemas, o restante açúcar, a manteiga e programe 5 mn/ vel 4/ 80º. Coloque o chocolate partido, deixe que amacie e programe  15s/ vel 6.

Misture com as claras reservadas, passe para a taça de servir e leve ao frigorífico por 3 horas.

 

Versão tradicional

Pese o açúcar, a manteiga e o chocolate.

Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo, às quais juntou uma pitada de sal e umas gotas de limão. Nos segundos finais junte c de sopa do açúcar pesado. 

Em banho-maria, bata as natas com as gemas, a manteiga e o restante açúcar. Quando tiver um creme, junte o chocolate partido, até que se dissolva.

Misture com as claras reservadas, passe para a taça de servir e leve ao frigorífico por 3 horas.

 

 

 

»»» • «««

 

. velas . Ikea

. toalha . Zara Home

. vidros do centro da mesa . Docinho de açúcar

 

 

»»» • mais mesas de Natal, aqui

19
Dez16

24 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA


Mac

 

 

 

passeios a pé, para aproveitar estes dois dias de um sol com este céu tão azul (tão bom), muito jardim, almoços em família e jantares de natal com os amigos . a casa decorada para o natal, os presentes todos embrulhados, as últimas compras para a ceia planeadas e o natal já aqui à porta . é já para a semana a festa que me gasta (e eu gosto) quase dois meses a preparar . foi um fim-de-semana que já me soube a dia de natal, como se tivéssemos saído para aquele café num dos sítios que abre no dia 25 . e estava sol, como está sempre no dia de natal . tão bom .

16
Dez16

53 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO


Mac

 

. o casaco encarnado .

 

  

 

 

 

. uns sapatos azuis com o salto paixão do momento e uma mala da burberry que fui buscar aos confins do meu armário (e me acompanhou na gravidez do mais velho, portanto há 17 anos), para usar com muito preto . um lenço preto que faz parte dos valores seguros, a "minha" vogue e o eterno miss dior .

 

[adoro, quando passados muitos anos, volto a usar algumas roupas e acessórios, daqueles que foram ficando porque sim]

 

 

 

. os posters da desenio .

 

 

  

 

 

 . esta casa . 

 

 

 

 

 . árvores de natal para espalhar por aí .

 

 

 

 

 . o marina sushi bar by gordinni, para os almoços de domingo .

 

 

 

 

 

. e a frase da semana .

15
Dez16

138 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

E para terminar o assunto arranjos de Natal, acho eu, aqui ficam as coroas que fiz. Só usei plantas naturais, porque apesar de não durarem muito, ainda menos de um ano para o outro, são as que dão melhores resultados, tanto em termos de cores, como cheiro, que é impossível conseguir com ramagens de plástico ou pano.

 

 

 

 

 

Duas coroas só com uma fila de eucalipto e super fáceis de executar.  

 

 

Materiais:

. 2 ramagens de eucalipto grandes (para uma coroa) . Mercado da Vila de Cascais

. arame galvanizado . Leroy Merlin

. arame verde de jardineiro . Leroy Merlin

. alicate para cortar arame, alicate e tesoura para jardinagem . Leroy Merlin

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa) 

 

 

 

  Damos a forma ao arame, com a ajuda de qualquer objecto cilíndrico, que tenha as dimensões pretendidas (basta colocar o arame à volta e fecha-lo com um alicate) . Depois de termos a nossa base de arame já moldada, enrolamos o primeiro ramo de eucalipto, começando pela ponta do ramo (a parte mais frágil e mais fácil de enrolar no arame), que prendemos ao círculo de arame com um pouco de arame verde. Quando já tivermos coberto metade do diâmetro do círculo de arame, cortamos o excesso de ramagem e prendemos ao círculo com um pouco de arame verde. Fazemos o mesmo com a segunda ramagem, de forma a cobrir os resto do círculo de arame.

 

E já está.

 

 

 

 

   »»» • «««

 

 

 

 

Tenho esta coroa de ramos secos há muitos anos e resolvi decora-la com uns ramos agora para o Natal. Quando acabar o Natal, tiro as decorações e regressa à cozinha, simples como é.

 

Materiais:

. coroa de ramos secos . Horto do Campo Grande

. 4 ramos pequenos de eucalipto

. 8 ramos pequenos de oliveira . jardins, hortos, floristas

. 6 ramos de gilbardeira . jardins, hortos, floristas

. arame verde de jardineiro 

. fita de tecido . retrosarias

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa) 

 

 

 

 

 

 

Para cada ramo, juntamos 4 raminhos de oliveira, 

 

 

 

 

e depois sobrepomos 2 ramos de eucalipto e 3 de gilbardeira. Atamos com arame verde e fechamos. Ficamos à coroa de ramos com mais um pouco de arame. Fazemos o segundo ramo e fixamos à coroa. Atamos uma fita, para tapar as terminações dos ramos.

 

E já está.

 

 

 

 

»»» • «««

 

 

 

 

 

Por fim, juntei os restos numa cesta da lenha e deixei-a assim mesmo a decorar aquele canto.

 

 

Tenho a casa com um óptimo cheiro a Natal.

 

 

»»» Ideias para coroas, aqui «««

 

 

13
Dez16

101 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

 

Gosto de ver qualquer suporte nos arranjos de Natal, tanto os alusivos à época, como outros. Aos meus olhos ambos resultam muito bem, porque as folhagens escolhidas têm muito a ver com a época, assim acho que tudo funciona muito bem.  

 

 

 

 

 

 

Neste caso usei um trenó que tem por dentro um suporte com rede próprio para fazer arranjos, mas se não tivesse, usaria a tal esponja de florista. Usei ramos de pinheiro e cedro para fazer o "leque" e à frente pus 3 ramos de oliveira, 2 pinhas do lado esquerdo e à direita um ramo de cotoneaster (também conhecida como o azevinho sem picos).

 

 

 

 

 

 

»»» • «««

 

. ramos de pinheiro, cedro, oliveira, cotoneaster e pinhas . jardins ou floristas

. esponjas de florista . Mercado da Vila de Cascais

12
Dez16

100 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

[Comecei por fazer um post com os arranjos todos que fiz para este Natal, mas como ia ficar muito longo, dividi-o. Deixei para este apenas os arranjos que fiz para a entrada]

 

Gosto muito de decorar a casa para o Natal e fazer arranjos com elementos naturais, além de perfumarem a casa, têm umas cores que é impossível conseguir com flores e plantas artificiais. 

 

 

 

 

 

 

 

Habitualmente uso ramos de pinheiro, eucalipto, abeto, cedro, oliveira, azevinho, gilbardeira (que como também tem bagas encarnadas substitui bem o azevinho), pinhas, anis estrelado e paus de canela, e da conjugação de quatro ou cinco elementos destes, sai sempre qualquer coisa visualmente agradável e muito bem cheirosa. 

 

 

 

 

 

 

 

Como são elementos naturais e para os arranjos ficarem bem fixos, uso esponjas de florista, que rego bastante, depois de terminar o arranjo. Apesar de serem plantas que duram bastante após corte, se tiverem alguma água, conservam os tons naturais por mais tempo.

 

 

 

 

 

 

Distribuí pelos quatro cantos do vaso, os ramos de pinheiro, de cada lado os ramos de cedro. Na segunda camada pus os ramos de oliveira intercalados com os de eucalipto, e no meio a gilbardeira e as pinhas.

 

 

 

 

    

 

 

 

 

»»» • «««

 

. ramos de pinheiro, eucalipto, abeto, cedro, oliveira, azevinho, gilbardeira e pinhas . jardins ou floristas

. esponjas de florista . Mercado da Vila de Cascais

. vasos . Hortijardim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D