Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

30
Jun17

75 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

  

. para variar das camisas brancas, as camisas às riscas .

 

. azul . zara . mango . stradivarius . h&m

. encarnado . zara . h&m

 

 

 

 

 

 

 

. por isso veio da zara uma em azul e outra em encarnado .

 

 

 

 

 

 

. para a hora de deitar do pedro, os ovos misteriosos, da luísa ducla soares (plano nacional de leitura)

 

 

 

 

 

 

. e 4 histórias de uma colecção com os contos tradicionais .

 

 

 

 

 

. a conta de instagram da maría fdez-rubíes soler .

 

 

 

 

 

 

. e a frase da semana .

 

06
Abr16

58 - A VIDA, O NIRVANA E EU


Mac

 

 

 . por estes dias .

 

. fui a lisboa com hora marcada e saí atrasada do ponto de partida, entrei pela calouste gulbenkian que nos obriga aqueles 30 km/hora . em lisboa, sê lisboeta . portei-me bem . até quase apreciei a luz e tudo . 

 

. quando vim morar para aqui, disseram-me que iria ter saudades de lisboa . parece que quem é nado e criado em lisboa não se faz a lugar nenhum . se em lisboa se nasceu, de lisboa se é até à alma . não é verdade . já não me sinto de lisboa e raramente lhe sinto falta . sei que tem uma luz inigualável, mas não consigo ter saudades de mais nada . não posso ter saudades de aviões a passar rente aos telhados, do barulho constante dos carros, do trânsito, da falta de paciência das pessoas, dos cafés com melodias de chávenas . se foi disso que quis virar costas, como posso eu ter saudades precisamente do que não queria na vida dos meus filhos? não posso .

 

. depois fui pôr gasolina e aproveitei para inspirar um bocadinho daquilo . acho que se nota como sou citadina . mas trouxe uma orquídea para pôr na minha casa-de-banho . gosto daquele ar zen que me dá ao banho diário . 

  

. tenho um problema sério com meias, torço sempre a meia da perna direita . depois endireito-a . as meias são como a vida .

 

. fiz uma panna cotta e comi-a . não toda, contei com a ajuda da família, mas comi e soube-me pela vida, sem complexos e ai jasus que me vou penitenciar .

 

. depois do pedro ter tirado as tampas de todos os comandos e lhes ter dado sumiço, agora descobrimos que servem para segurar as pilhas . é um bocado chato pegar num comando e saltar-lhe uma pilha . não funciona . também já tenho uma caixa com pilhas extra para quando a pilha (s), salta para um sítio que não vejo .

 

. temos esperança na grande limpeza de primavera, aquela que geralmente nos mostra moedas perdidas, legos pequenos, playmobil que fugiram ao aspirador, pilhas e coisas diversas nos lugares mais inacessíveis . confirma-se que por mais que se desviem móveis, há coisas com uma grande capacidade de fugir ao aspirador .

08
Abr11

04 - O BURGO É UM SÍTIO LINDO


Mac

 

 

 

 

 

Lisboa foi considerada pelo guia de viagens online www.ucityguides.com como uma das 10 cidades mais bonitas do mundo. A calçada portuguesa, as fachadas e os tons da capital foram as características mais apreciadas.

 

(mais aqui)

 

 

 

 

Já concordei mais que Lisboa é uma cidade bonita. Já não acho muito. Indiscutivelmente tem algumas coisas lindas, mas já não é bonita. Salvam-se alguns guetos, como a zona do Castelo, a Graça, o Chiado, a Lapa, em suma a parte antiga, se nos esquecermos de olhar para os cabos pretos a envolver todas as estruturas, as antenas e as decorações estranhas nas varandas, o mau cheiro das ruas e a falta de lavagem das fachadas. Da moderna só lhe vejo aberrações, uma Av. da Republica destruída, bem como uma Estrada da Luz, onde ainda sobram uns palacetes por entre mamarrachos, Telheiras com uma construção nova rica de fugir e uma falta de ordenamento assustadora, a zona da Expo incaracterística e pós apocalíptica. Se formos no Eixo Norte-Sul e olharmos para aquilo, parece uma manta de retalhos em que cada um construiu a seu belo prazer o edifício mais hediondo e desnivelado que o mau gosto poderia conseguir. Depois há as zonas amorfas, mas que não chocam, nem chamam à atenção, como a Av. de Roma, Bairro de S. Miguel, Bairro Azul, Campo de Ourique e algumas avenidas novas.

 

Lisboa é uma cidade barulhenta, onde os apitos de ambulâncias são uma constante, os aviões e os carros, poluída, sem jardins em condições, os poucos que há mais parecem urinóis de cães, onde as nossas crianças não podem brincar, cheia de cafés bafientos a cheirar a fritos, quase sem esplanadas e pensada como depositário, mas sem qualidade de vida.

 

Por estas e por outras é que quando pensámos em mudar de casa, decidimos também ter qualidade de vida e depois de uma existência em Lisboa, agora vamos para Cascais. Lá, pelo menos, os guetos são suficientemente grandes para a vista alcançar o mar, se conseguir respirar e viver sem excesso de ruídos.

 

 

Lisboa é bonita se pusermos umas palas e deixarmos de ter visão periférica, a verdade é que não a podemos olhar a mais de dois metros.

 

Sim, tem uma luz inigualável, mas não lhe chega para ser uma bela cidade. Tem a calçada portuguesa, linda para ver, mas uma tortura para calcorrear. E que mais? Mais nada, afinal Lisboa não está pensada para ser vivida.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D