Segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2017

30 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA

 

 

  

 

cheguei a uma brilhante conclusão, se o meu filho mais novo tem uma média de 30 festas por ano e o ano tem 52 semanas: pois . de resto foi um fim-de-semana calmo, entre chuvadas, um filho mais velho a tirar o primeiro dos quatros cisos, numa dieta de gelados, comida fria e quase líquida, a desejar um bife e  a reclamar de fome . tivemos os amigos no sábado e o almoço de domingo em casa dos avós, onde eu me esqueço sempre do verdadeiro significado da palavra dieta e saio de lá a rezar-me pela pele . mas foi calmo, ou aquilo que neste momento posso considerar calmo . gosto disto assim .

© Mac às 10:14
link do post | favorito (1)
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2017

741 - LAI LAI LAI [OS TÍTULOS NÃO SÃO O MEU FORTE]

 

 

 

 

 

. a "minha" melhor solução para dias cinzentões: flores naturais para alegrar a casa e frutos vermelhos para alegrar esta pessoa . 

 

[quando é que isto acaba?]

© Mac às 17:25
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2017

130 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU

 

 

 

 

 

 

 

 

Andei a cuidar do jardim. Gosto imenso de andar por lá nos dias em que não chove, logo a seguir ao almoço, quando o frio da manhã já se foi embora e o do fim da tarde ainda demora. Finalmente tenho o jardim como gosto. Sempre quis um jardim mediterrânico com laranjeiras e oliveiras, mas também com buganvílias e algumas plantas tropicais na zona de muito sol e pouca sombra. Não foi fácil, a verdade é que enquanto não me envolvi verdadeiramente com o jardim e deixei tudo nas mãos do jardineiro, nunca tive o que queria, porque aos olhos dele, yucas são impensáveis junto de buganvilias, sardinheiras não se misturam com laranjeiras, nada de heras nos muros que criam bichos, podas intermináveis nas chorinas que não me deixavam crescer as plantas, bolinhas de topiaria na alfazema que me faziam disto uma pirosada pegada e mais não sei quê. Até que um dia resolvi que as podas só se faziam na época das podas, que queria hera nos muros e buganvílias, árvores de fruto e oliveiras e tropicais e flores despenteadas e tudo. E tenho. 

 

E hoje plantei umas nespereiras. No Verão comemos umas nêsperas fantásticas e eu resolvi pôr em vasos os caroços de algumas. Agora passei-as para a terra e é esperar e esperar e daqui a uns anos espero ter nêsperas fantásticas criadas por mim. 

 

Isto vai devagar, mas vai.

© Mac às 15:53
link do post | favorito (3)
Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2017

29 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA

 

 

 

 foi um fim-de-semana trivial, cheio de coisas boas, pelo menos as coisas que mais gosto . no sábado deixámos os miúdos a ser mimados (até à inconsciência) e deseducados alimentarmente pelos avós, e fomos ao cinema . não me envergonha por aí além ter gostado imenso do la la land . as minhas expectativas eram muito baixas, diga-se, ouvi dizer muito mal do filme, que era parado, que não valia um caracol, que o argumento era blhaca (amei) e mais não sei quê, mas pronto, além de baixas expectativas, ia preparada para ver um musical, portanto foi um musical que vi (e adorei) . e no domingo passei uma echarpe/xaile a cachecol [*] e começámos o dia com um dos programas preferidos desta família, o pequeno-almoço na garrett . para eles bolos e scones (de fazer inveja a esta mãe) e para a mãe deles, aquele carioca de limão que me sabe pela vida com as melhores torradas do mundo .

 

 

[*] estas em pashmina são uma boa aposta, além de mega leves, estão sempre impecáveis, duram décadas e tanto servem para usar como xaile pelos ombros (já me salvaram em muitas noites de Verão que se mostraram demasiado frescas), como bem dobradas, em cachecol.

© Mac às 10:02
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2017

81 - DA BIPOLARIDADE DE CADA UM, SÓ CADA UM SABE

 

 

 

 

não gosto especialmente de janeiro . gostava do dia de aniversario do meu avô, mas depois perdi-o e janeiro ficou sem saber a coisa alguma . janeiro não é carne nem é peixe . é o mês de ressaca das luzes do natal, é onde o inverno ainda é longo, e custa, os dias são curtos, as noites enormes e o céu quase nunca é azul . é, mas não me apetece que seja . é o mês das minhas promessas por cumprir, das resoluções que já esqueci, portanto da falência da pessoa que tinha decidido ser em dezembro . agora podia dizer que janeiro é bem capaz de ser o meu espelho, mas não estou para isso, até porque não sou boa em reflexos .

não posso gostar especialmente de janeiro . já foste

 

seja então fevereiro muito bem-vindo 

tags:
© Mac às 09:50
link do post | favorito
Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2017

28 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA

  

  

 

 

 

gosto de fins-de-semana assim, em que até passo o sábado a correr, mas posso demorar-me no domingo, acordar tarde e perder um bocado sem relógio no meu spa caseiro . depois um almoço algures [desta vez no 5 sentidos, o nosso ideal para domingos de chuva, junto à janela com a lareira ao pé] . seguido de um passeio ali e acolá, ir buscar o pão para a semana, ora de três cereais, ora 5, ora 8, milho e girassol, ou simples  [da sacolinha, tudo tãaao bom] e terminar com chá e pão torrado, e passar o resto da tarde a pintar o que não vi .

[as minhas margaridas coloridas estão lindas]

© Mac às 10:44
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

261 - A SÉRIO??!!

Olha, de repente fiquei uma criança, eu e toda a população adulta portuguesa. Não nos sabemos vestir para o frio, precisamos que nos digam o quê, como e quando usar, que tipos de casacos são mais adequados, que nos guiem no mundo dos gorros, cachecóis e luvas. Tapa-orelhas também. Nos introduzam na linda conjugação das camadas de roupa, no styling da cebola e das peúgas feias.

 

Guiem-me também no que vestir para ir à praia, ao campo e à quinta. Iluminem-me sobre o tipo de calçado que devo usar para jardinar, fazer montanhismo e correr.

 

Ajudem-me, não vá eu sair de biquíni.

 

[Está frio é verdade, mas não está assim tanto frio que ninguém se saiba vestir para o frio. A sério que não vão parar com as sugestões dos casacos apropriados para o muito frio?]

 

#BirraDeSono

tags:
© Mac às 13:35
link do post | favorito (5)
Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

26 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA

 

 

 

até pode estar frio, com este céu tão, mas tão azul, perdoa-se o inverno . fomos ao parque à hora boa, logo a seguir ao almoço, quando já passou o frio da manhã e o da tarde ainda demora e apanhámos sol e ar . depois passámos na remodelada casa sommer, que está um espanto (e quem a viu tão caída em ruínas, agora só se pode deliciar) . e o almoço de domingo foi nos prazeres da carne . eu insisti mais uma vez (não me canso) no risotto de camarões, acompanhada pelos avós, que são da minha equipa, os miúdos foram para os bifes com batatas fritas, claro, e o pai para o bufett de feijoada, que há sempre nos domingos de inverno . passámos o resto da tarde a aproveitar o cheiro do mar e acabámos em casa a fazer vida de sofá, como se quer aos domingos .  por mim era fim-de-semana todos os dias, mesmo com frio de inverno .

© Mac às 10:43
link do post | favorito (2)
Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2017

123 - O TRITURADOR DE LIXO ALIMENTAR, OS FILHOS, A VIDA, O NIRVANA E EU

 

  

 

Estes dias.

 

As quintas-feiras são aqueles dias em que considero que seria perfeitamente normal, prático e saudável, ser a feliz detentora de uma auto caravana (não é por nada, mas em Outubro faço anos). Vejamos o dia que me espera, depois de já ter deixado os miúdos no ensino obrigatório e facultativo: logo a seguir ao almoço, pelas 14.00 vou buscar o mais novo para uma consulta mesmo colada à escola do irmão, mas como calculo que acaba com tempo, regressaremos a casa para lanchar e depois vamos buscar o mais velho às 16.00. Voltamos a casa, para depois levar o mais novo à natação. Regressamos outra vez a casa, para às 19.00 levar o mais velho ao Krav Maga (don't ask, só espero que seja um desvario adolescente de curta duração), regressamos a casa mais uma veeeeez, dou banho ao mais novo, preparo o jantar e às 20.30, vou buscar o mais velho, se o meu marido já estiver em casa, safo-me desta saída. Estou convencida que Mãe é uma profissão de desgaste rápido, o que vale é que rapidamente se passa a avó e aí fica-se só com a parte boa da coisa.

 

Mas não era a isto que vinha, vinha falar do triturador de lixo alimentar. Do melhor, é o que tenho a dizer, depois de uma utilização diária durante 4 anos, sempre a cumprir, não teve avarias até à data, coisa muito importante, já que sou a pessoa habituada a que tudo avaria no primeiro dia após a garantia terminar. Aliás tenho uma teoria da conspiração sobre as avarias assim que as garantias acabam, mas não vou desenvolver, não vá passar por varrida das ideias. Tudo espremido, vale muito a pena, é o que tenho a dizer e os interessados podem ler mais aqui

 

Entretanto arrumei o Natal e pela primeira vez na minha vida tive pena, deve ser porque já sei que a seguir começa a Depressão Pós Natal

 

Na roupa a fórmula: camisolas de gola alta, casacos bem quentes, mocassins/botins e zero acessórios (3 anéis não conta), resulta bem para mim, é confortável e não me gasta tempo, nem me dá aquela certeza absoluta que não tenho nada para vestir.

 

De resto, estou farta do Inverno e estou à espera do Verão, como é hábito todos os anos em todos os Janeiros, Fevereiros e Marços.

© Mac às 11:51
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2017

25 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA

 

 

 

 

 

cinco coisas que me bastam nos fins-de-semana . céu azul, a minha família, dormir até mais tarde, roupas confortáveis e comida boa . e foi assim que este foi . frio e céu azul . a "minha" fórmula infalível de conforto, de preferência em branco, camisolões, casacos quentes, skinny e loafers . um almoço de hambúrgueres para uns e sushi para outros, num dos restaurantes que gosto mais com aquela hiper esplanada sobre o mar, e eu gosto de muitos, é verdade . a melhor açorda do mundo para outro almoço . e passeios por aí . foi perfeito assim .

© Mac às 10:03
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2016

207 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE

  

  

 

 

 

 

 

Entretanto na Pisamonas tratei do calçado da criança pequena, já para o Inverno profundo. Optei pelas botas de carneira que são sempre um valor seguro (e estas são super macias e confortáveis) e pelos sapatos de carneira (adoro), também a pensar nas época das festas. E como ainda não foi desta que acertei no número que o meu filho calça (será negação?), lá fiz a troca, que é sempre de um dia para o outro.

 

[e claro, chega a encomenda e é a alegria do costume por causa dos balões]

© Mac às 10:17
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 14 de Março de 2016

09 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

  

  

 

 

 

 

tentámos a nossa praia, mas a nossa praia não estava de feição . em março é raro estar . em julho também . e em agosto . pensando bem, em junho também não . mas não interessa . este é um amor difícil . em pleno verão travamos uma luta quase inglória, com o vento, a areia que nos pica as pernas, o mar onde quase nunca nos podemos banhar . mas não há praia como aquela . e nos dias de bom guincho, não há mesmo praia melhor . é um amor difícil, este . mas é o nosso amor . tivemos parque com o mais novo, sessões de cinema com o mais velho, almoço com os avós, chá e bolos . e foi tão bom, que eu repetia tudo outra vez . e mais uma, duas e três . é o que repito todos os fins-de-semana . mais uma, duas e três . 

© Mac às 11:14
link do post | favorito (1)
Sexta-feira, 11 de Março de 2016

53 - A BLOGA, O INVERNO, A VIDA, O NIRVANA E EU

  

  

 

. por estes dias . 

 

hoje faço dez anos de bloga e nunca falei nisso . e um dia, em março também, vim para o sapo e aqui estou há sete anos . pois foi . gostei da casa e fiquei . este não é o meu primeiro blog, mas provavelmente será o último . já vi nascer muitos blogs, vi muitos desaparecer, sem pena e muitos dos bons desaparecer . com muita pena . isto está diferente . eu estou diferente . às vezes penso qual será o meu último post . já tive alguns que foram os últimos, achei eu . normais, triviais, em que nada fazem anunciar um fim, porque é de fins assim que gosto, sem espectáculo, avisos e agarrem-me se não desgraço-me . um dia será assim, mas hoje ainda não . logo se vê . faço dez anos de bloga, estou uma crescida .

 

uma das vantagens de estar nesta cena gripal vai para um ror de dias, é ter tempo para fazer coisas, inventar o que fazer e reorganizar, não porque de repente o tempo se multiplicou, mas porque não posso fazer outras . assim sobra-me tempo, o que também é bom.

 

reorganizei os produtos de maquilhagem, cremes, espumas e afins . também juntei todas as amostras, na firme convicção de que vou experimentar tudo e não deixar a estragar . há para ali muita coisa antienvelhecimento . se calhar é boa ideia dar-lhes atenção . também arrumei o frigorífico e fiquei com a sensação que a minha pele esticou . se calhar a solução para a minha vida é refrigerar-me . depois arrumei os livros, que por mais que ordene por autor e tal, o que é muito bonito de se ver no dia em que se arruma, mas depois compram-se mais livros e na preguiça de empurrar tudo e mudar os últimos de cada prateleira para a seguinte, deixam-se na horizontal, e de repente a coisa toma a forma de bagunça novamente . num mundo perfeito, as estantes teriam umas passadeiras rolantes, em que os livros iam deslizando e sempre que precisávamos de pôr mais um, era só empurrar e aquilo aconchegava-se . arrumei muitas coisas, mas não consigo arrumar esta gripe .

 

juntei suspiros ao bolo de chocolate, só porque me apetecia e ficou muito bom . nunca perco o apetite, é verdade .

 

o pedro quis pôr água de colónia sozinho e depois achou que o frasco também dava uma boa bola de futebol . vá que o frasco é de vidro coriáceo e aguentou sem quebrar . e é nestas coisas que eu os acho muito diferentes das meninas. 

 

estou a planear ir à praia no fim-de-semana .

acredito que venho de lá boa de todos os males . 

 

. bom fim-de-semana .

© Mac às 14:23
link do post | favorito (2)
Segunda-feira, 7 de Março de 2016

52 - O INVERNO, A VIDA, O NIRVANA E EU

 

  

 

com março vem sempre a minha vontade de primavera, a ideia que o inverno já acabou e (re)começo os planos para o verão . já o disse . se há alguma coisa de bom no Inverno, é certamente dar-me tempo e espaço para planear o verão, as férias de verão, as arrumações para o verão, as ideias que já tenho para a decoração das mesas lá fora, tantas e tão giras, os os almoços à sombra nos dias já quentes, aquela luz que só a primavera tem, a promessa de dias mais quentes, noites boas e litros de oxigénio. 

 

este fim-de-semana concebi na minha cabeça uma mega obra lá fora e o melhor de tudo é que o pai e os filhos desta família concordaram . faço muitos planos, muitos mesmo, muitos são irrealizáveis, não passam de planos, mas depois há outros que são mesmo bons . este é um deles, não para este ano, nesta altura corríamos o risco de não ter tudo pronto para este verão, portanto ficará para o próximo ano . vamos modificar o jardim todo, deitar abaixo o anexo e ganhar mais espaço para os miúdos, para nós, para a família e para os amigos . o anexo sempre foi aquela área que não serve bem para isto ou aquilo . começou por ser um escritório, depois passou a lavandaria e apoio à piscina, mas acaba por nunca ser nada de jeito . é um espaço dispensável e como dispensável que é, vai desaparecer e libertar uma boa área .

 

entretanto experimentei uma nova base e mais umas cenas mesmo boas (depois conto), fiz as bainhas a uns jeans e lembrei-me que nunca contei como se faz uma coisa mesmo gira às bainhas, mas hei-de contar, e acabei sem voz, uma faringite, laringite, ou lá o que é . como não amar o inverno . entre chás e lareiras românticas, sempre posso andar sem pio, ranhosa e romancear cenários a propósito da pouca voz que tenho .  

 

não interessa, o que interessa é que com ou sem voz, tenho um mega plano, mesmo bom .

© Mac às 10:47
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016

08 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

 

 

 

uma colecção gira para um miúdo que adora tintin . uma nova base para as unhas, que quero ver se cumpre o que promete . a tarte de maçã preferida desta família (*) . uns bolbos à espera de um dia bom para serem plantados . o mar que nos dá o horizonte . a nossa cortiça, que está no sítio a que chamo de trabalho, para onde olho e vejo bocadinhos da nossa vida, onde pomos as fotografias mais queridas dos sítios onde queremos voltar sempre, de dias tão bons, reorganizada e pronta para mais umas . há sempre tantas e tantas fotos que queremos ali . e refeições fora, refeições em casa, rápidas, sem ciência, já feitas, pré-feitas . também é bom . 'cozinhar é um modo de amar os outros', que um dia roubei a mia couto e fiz dela a minha frase . que num outro dia pus numa colher . que agora serviu uma pizza daquelas que é só pôr no forno . fazer pizzas de cartão também é um modo de amar os outros . eu acho . e nós todos juntos, como gostamos tanto . e felizes, como nos fazemos uns aos outros . tão bom .

 

 

____________________

 

Tarte de Maçã

Base para a tarte (massa quebrada)
. 300 g farinha
. 130 g manteiga dura
. 70 g água
. ½ c chá de sal
. ½ c chá açúcar

Coloque no copo todos os ingredientes pela ordem indicada e programe 15s/vel 6.
Estenda a massa com a ajuda de um rolo e forre a tarteira.

 

Do modo tradicional: numa taça, ligue todos os ingredientes, sem amassar.

 

[em alternativa, há massas já feitas muito boas, como a do Pingo Doce, por exemplo]


Para o puré de maçã:

. 6 maçãs

. ½ chávena de água

. 4 colheres de sopa de açúcar amarelo

. 8 gotas de essência de baunilha

 

Para a cobertura:

. 2 maçãs

. 2 gemas bem batidas (para pincelar a maçã)

 

 

Leve as maçãs ao lume, cortadas e sem caroços, com a água e o açúcar [na Bimby, 15 mn, 100º C, v1]. Deixe cozer bem, até estarem no ponto de esmagar e transformar em puré [na Bimby, 15s, turbo]. Junte a essência de baunilha.

 

Forre uma tarteira com a massa quebrada, previamente estendida e deixe os rebordos da tarteira forrados com a massa que sobra.

 

Deite o puré de maçã e cubra com os gomos de maçã. Pincele com o ovo e leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 30 minutos.

 

Sugestão, sirva ainda quente com uma bola de gelado de natas.

© Mac às 09:22
link do post | favorito
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2016

24 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO

 || trago novas paixões ||

 

 

 

 

. experimentei o chá (no meu caso, infusão) em cápsulas e adorei o conceito e o produto . em nano segundos temos um chá bem quente e muito saboroso . claro que me fiquei pelas infusões e a vencedora foi a de verbena e menta fresca .

 

 

 

Kitchen Pantry Ideas-01-1 Kindesign 

 

. a pensar numa grande alteração à despensa, andei a recolher ideias aqui e ali . esta é muito o género do que quero . 

 

 

 

 

. e trouxe o instagram street style luxe, o instagram da marta carriedo, e mais este e este . 

 

 

 || e trago velhas paixões ||

 

 

 

  

back in black . o verniz preto foi o verniz do verão e é definitivamente o meu verniz do inverno . deste inverno, pelo menos . e depois há dias em que me sabe bem um café forte, uma agenda para planear, o cheiro bom da minha vela de eleição, um lenço bonito e uns anéis para alegrar os dedos . adoro . vão-se as febres e constipações, venha então o fim-de-semana . tenham-no bom também .

 

 

_______________________________

. anéis . Pandora e Swatch

. lenço . Dior

. chá Lipton para máquina Nespresso

© Mac às 13:02
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016

51 - O INVERNO, A VIDA, O NIRVANA E EU

  

 

 

 

 

. por estes dias.

 

. esta com mais uma carrada de gripe em cima, oh as alegrias do inverno . dão-me um bocadinho de sol e eu acho logo que é para levar a sério . pois .

 

. portanto quer-se conforto, chás e gente amistosa . e vestidos de malha, daqueles que se lhes mudam os acessórios e tanto servem para o tempo gelado, como com outros acessórios, fazem a transição para dias de primavera . gosto imenso deste tipo de vestidos, são práticos, versáteis e mega confortáveis .

 

. e muitas riscas, apesar de já me terem dito que há mundo para lá das riscas . há sempre uma nova modalidade, ou é a risca azul que é mais larga, ou a branca, ou são de tamanhos iguais, ou muito diferentes . há portanto um mundo de combinações e eu gosto de todas .

 

. e é isto .

tags:
© Mac às 13:01
link do post | favorito (2)
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2016

14 - HERE COMES THE SUN, LAILAILAI

 

 

  

 

 

 

 

  

. estamos tão cheios de sol . 

 

. uma manhã de sábado toda passada no parque . faça frio e não chuva, e lá vamos nós . parque e mais parque . desta vez descobrimos uma árvore com lianas . da próxima, voamos com as lianas, está prometido . almoço na guia com o mar pela frente e sol e mais sol . são tão bons estes dias em que o inverno nos dá umas tréguas .

 

. e era só isso que precisávamos, de umas tréguas .

© Mac às 09:36
link do post | favorito (2)
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2016

07 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

 

 

  

cabelos drasticamente cortados e madeixados . velas perfumadas a baunilha pelo ar . a minha manta de crochet em evolução . e um blazer de veludo com uns sapatos de veludo, e um bolo especial para um dia especial, porque todos são especiais, mas alguns querem-se mais especiais, porque sim . um dia também eu fiquei a gostar de coisas assim . e por mim repetia tudo outra vez . mas sem chuva .

 

 

[também já fui contra o dia dos namorados, o dia da mulher e todos os dias que me apeteceu ser contra . e falei e escrevi e debati e corroborei e gozei e contestei e sangrei . fui contra muitas coisas, também fui adolescente, depois fui original aos vintes . e aos trintas fui original com mais dez anos de experiência . os trintas, que são os tais vinte, mas com mais dez anos, deram-me força nas palavras e nas intenções, nas escolhas e nas lutas, nas batalhas que travei e nas causas em que me gastei . tive opiniões sobre tudo o que sabia e sobre o que não sabia, mas tive muitas opiniões, até sabia como o resto do mundo deveria conduzir as suas vidas . fui contra a amamentação, depois fui a favor, fui educadora ad hoc dos filhos dos outros, até sabia o tipo de mãe que iria ser, sabia inclusivamente que os ia deixar no infantário aos cinco meses, sem lágrimas e pieguices . e depois tive os meus filhos . chorei a ver o rei leão, não fui aquela mãe matemática que sabia que iria ser . e passou-me . o melhor de tudo, é estar agora aqui . tão melhor]  

© Mac às 09:54
link do post | favorito (2)
Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2016

06 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

 

 

 

 

finalmente um fim-de-semana sem tosses, febres e ranhocas . parti para as cenas naturais, enfiei-me no celeiro e trouxe de lá um xarope que me acabou com os incómodos mil dos miúdos . fiz um chá de tangerina com canela e gostei ainda mais do que o de laranja . almoçámos na guia com o mar pela frente num domingo de sol . comecei a manta multicolorida, para as noites mais frescas de verão lá fora e nasceu o primeiro narciso do ano . as minhas flores andam um bocado baralhadas, mas lá vão fazendo pela vida . o mais pequeno andou mascarado de polícia e o mais velho já não se quis mascarar . fui-me ao champô seco, que me resolveu os cabelos do após gripe (depois conto coisas), também fui às tintas e, sem qualquer modéstia, fiz uma das coisas mais giras dos últimos tempos (depois também conto) . tivemos bolo de chocolate, filmes e muita vida boa . e por mim repetia tudo outra vez . e mais uma e duas e três .

© Mac às 10:35
link do post | favorito
Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2016

05 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

 

 

 

 

hoje: luvas + grande cachecol + umas gotas de perfume . para este sol de inverno, com este frio . adoro .

 

 

[apeteceram-me luvas, é raro ter vontade de usar luvas, porque não tenho vida para luvas, mas adoro-as. as luvas impedem-me que mexa no cabelo as cinquenta vezes que preciso de mexer nele e de o desviar da cara, impedem-me de pegar nas coisas como deve ser, de conduzir como preciso, de tudo, mas gosto delas. e preciso delas para o frio, porque fico com as mãos cheias de cieiro, ou lá o que é. porque me esqueço do hidratante e ando sempre a mexer em tintas e dissolventes e cenas, e me esqueço das de borracha também. trato muito mal as mãos. mas gosto dos cinco minutos após as calçar, a seguir começo a ter claustrofobia e cenas estranhas. penitencio-me por ter luvas com décadas, ainda impecáveis, por ter ido aquela luvaria minúscula, adorar aqueles rituais do estica a luva, põe-lhe pó de talco, experimenta, as luvas ficam que nem uma luva. adoro aquela luvaria. dizia eu que hoje calcei luvas e adorei] 

 

_______________________________

. luvas . Luvaria Ulisses

tags:
© Mac às 16:59
link do post | favorito
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2016

04 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

E como não devo beber chá a sério, daquele bom, de chorar por mais, iniciei-me no mundo das infusões. Para começar, experimentei as que me aconselharam ali no Facebook do blog e gostei de todas. A saber:  

 

  

- ♥ Limão com hortelã ♥ -

 

 

juntar a 1/2 l de água, três tiras de casca de limão e 6 folhas de hortelã, deixar ferver durante uns 3 mn.

 

 

- ♥ Laranja com canela ♥ - 

 

 

juntar a 1/2 l de água, três tiras de casca de laranja e 1 pau de canela, deixar ferver durante uns 3 mn.

  

 

 - ♥ Limão com gengibre ♥ - 

 

 

juntar a 1/2 l de água, três tiras de casca de limão e umas raspas de gengibre, deixar ferver durante uns 3 mn.

 

 

 - ♥ Limão com canela ♥ - 

 

 

juntar a 1/2 l de água, três tiras de casca de limão e um pau de canela, deixar ferver durante uns 3 mn.

 

 

[opcionalmente, adoçar com mel de rosmaninho]

© Mac às 14:21
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2016

03 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

  

  

 

 

 

 

trago no peito esta casa onde casei . onde ontem as gaivotas andavam desarvoradas neste céu de janeiro . e trago no peito o outro sítio onde as três gerações de homens cortam o cabelo . ainda o outro, onde gosto de parar para trazer pasteis de nata . e o outro de onde trago lãs e linhas para coisas mil . mais o outro onde gostamos de almoçar e passear . e onde o mais pequeno gosta de brincar e onde vamos ouvir música e lanchar . e aquela porta onde batemos e recebemos abraços mil e beijinhos, bolos quentinhos e cheiro a cera no chão . gosto tanto daquela casa dos avós . onde gostamos de nos demorar . para onde o mais velho gosta de ir, para ouvir histórias mil, beber leite vigor, comer aquele pão e ainda ler as bd . e ainda aquele a que chamo meu, o que já tem as primeiras margaridas de janeiro, onde mora o meu coração e onde batem todos os meus corações que trago dentro do peito . tenho muitos sítios, eu . e todos me têm tanto .  

© Mac às 09:30
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2016

02 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

 

 

 

 

 

Aos meus olhos e paladar, há duas formas de ter bom chá de limão, se bem que chamar chá a uma infusão é lirismo, mas está bem. Adiante. Dizia eu que há duas formas de fazer chá de limão: com a casca, ou com saqueta de compra. Prefiro de longe o que se faz com casca de limão, mas não tendo limões, vai de saqueta. Em ambos os casos, adoço com mel de rosmaninho do meu Alentejo. É a minha bebida preferida do Inverno.

 

_______________________________________________

E já agora, lirismo por lirismo, também conto como faço o chá de limão, essa receita milenar tão bem guardada de geração em geração, mas como sou uma língua de trapos, olha cá vai: com o pela corto um bocado da casca bem fina e com o mínimo de parte branca possível, porque me disseram e eu acreditei, que quanto menos parte branca (no meu Alentejo chamam-lhe cascarrão) tivesse, melhor seria o chá, e é assim que faço. Ponho a casca na chávena ou caneca, e deito por cima a água bem quente, espero um pouco e quando a água já está amarela, retiro a casca. 

© Mac às 15:16
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2016

01 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

 

 

  

 

 

 

 

 

foi um fim-de-semana quase todo passado em casa . e com este frio é o que apetece: casa, casa e mais casa . pôr as leituras em dia, ver séries e filmes, fazer sessões pixar para todos e comer bolo quente . e uma saída para ir ao parque das árvores despidas, musgo nos troncos e verdes mil, para ver da baleia da imaginação dele, que está naquele lago com meio palmo . e passámos a ponte à procura dela, está ali, mãe, está ali, e depois arrastar os pés na gravilha (este filho é tão igual a esta mãe), correr até arfar, soprar a franja e pular no meio das azedas, enfiar-lhes as mãos e fazer chuva de flores . e depois do frio, o regresso a casa para acordar o mano e contar-lhe que viu a baleia, viste a baleia, pedro? vi, era assiiiiiiiiiiim . e depois o almoço de domingo tão família . tão bom, este nosso fim-de-semana . 

© Mac às 10:38
link do post | favorito (2)
Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

10 - COISAS DE QUE GOSTO NO INVERNO

 

 

 

 

 

Gosto muito de oversized scarfs, numa brilhante e incomparável tradução, cachecóis gigantes. Gosto-lhes do look que nos conferem e da super protecção que nos dão nestes dias gélidos, mas para os usar tenho de amarrar o cabelo, pois que sou uma comichosa e se o trago solto faz-me assim um bocado de confusão aquela barafunda no pescoço entre cabelos e lãs, e como todas sabemos com o cabelo amarrado temos frio nas orelhas, mas pronto, no computo geral resulta melhor do que o cabelo solto e pescoço ao léu.

© Mac às 11:00
link do post | favorito
Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

09 - COISAS DE QUE GOSTO NO INVERNO

 

 

 

 

 

 

E ao vigésimo quarto dia do mês primeiro do ano de dois mil e onze da graça do Senhor, esta aqui descobriu o poder anti frio daquela coisa chamada collants em malha de algodão e lã. Pois que para saias, faz-se o uso de meias, não gosto de coisas inestéticas a apertar a cintura. Para calças usa-se aquela coisa linda chamada soquete, ou mini-meia. Claro que em dias geladinhos como ontem e hoje, com estas temperaturas tropicais para os nórdicos, mas siberianas para os nacionais à beira mar plantados, a rondar os míseros, 5º C, usar calças com meioca pelo joelho, rapa-se frio, vai daí apliquei-me um collant e estou muito confortadinha, pois estou. Já estive mais longe de usar ceroulas, já, já, mas sentir frio não é de todo a minha praia.

tags: ,
© Mac às 12:30
link do post | favorito

 

 

  

   

No Facebook,

  

 

mytaste.pt

≈ About me

≈ Pesquisar no blog

 

≈ Arquivo

As fotografias publicadas são da minha autoria, salvo algumas excepções.

Agradeço que me informem, caso alguma esteja protegida por copyright.

Retirá-la-ei imediatamente.