Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

135 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU

 

 

  

 

Ainda sobre os cuidados a ter com as Orquídeas, que falei aqui, e à laia de prova provada, e de ter dito que não se deve cortar o caule enquanto estiver verde, mesmo que já não tenha flores. Não cortei os caules desta planta, estiveram aí uma semana (acho que foi mais) sem dar flor e agora estão cheios de botões.

 

 

 

 

 

 

As Orquídeas são de longe as minhas plantas de eleição para interior. Gosto imenso de as ver com as porcelanas azuis, em frascos transparentes (as raízes são lindíssimas), em suportes de casquinha, enfim, num sem-número de cenários, com ou sem flor (as folhas só por si já são um espanto).

 

 

 

 

 

 

 

 

[imagens daqui e mais ideias também]

© Mac às 14:40
link do post | favorito (1)
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2017

741 - LAI LAI LAI [OS TÍTULOS NÃO SÃO O MEU FORTE]

 

 

 

 

 

. a "minha" melhor solução para dias cinzentões: flores naturais para alegrar a casa e frutos vermelhos para alegrar esta pessoa . 

 

[quando é que isto acaba?]

© Mac às 17:25
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2017

130 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU

 

 

 

 

 

 

 

 

Andei a cuidar do jardim. Gosto imenso de andar por lá nos dias em que não chove, logo a seguir ao almoço, quando o frio da manhã já se foi embora e o do fim da tarde ainda demora. Finalmente tenho o jardim como gosto. Sempre quis um jardim mediterrânico com laranjeiras e oliveiras, mas também com buganvílias e algumas plantas tropicais na zona de muito sol e pouca sombra. Não foi fácil, a verdade é que enquanto não me envolvi verdadeiramente com o jardim e deixei tudo nas mãos do jardineiro, nunca tive o que queria, porque aos olhos dele, yucas são impensáveis junto de buganvilias, sardinheiras não se misturam com laranjeiras, nada de heras nos muros que criam bichos, podas intermináveis nas chorinas que não me deixavam crescer as plantas, bolinhas de topiaria na alfazema que me faziam disto uma pirosada pegada e mais não sei quê. Até que um dia resolvi que as podas só se faziam na época das podas, que queria hera nos muros e buganvílias, árvores de fruto e oliveiras e tropicais e flores despenteadas e tudo. E tenho. 

 

E hoje plantei umas nespereiras. No Verão comemos umas nêsperas fantásticas e eu resolvi pôr em vasos os caroços de algumas. Agora passei-as para a terra e é esperar e esperar e daqui a uns anos espero ter nêsperas fantásticas criadas por mim. 

 

Isto vai devagar, mas vai.

© Mac às 15:53
link do post | favorito (3)
Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2017

58 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO

 

. casacos em azul claro .

 

 

 

. e casacos em rosa claro .

 

[adoro]

 

 

  

. do mercado da vila de cascais, as flores naturais .

 

[às sextas-feiras gosto de ir logo de manhã cedo buscar flores à florista do mercado . às sextas gosto de preparar o fim-de-semana, gosto de jarras com flores, bolo acabado de fazer e o cabelo arranjado]  

 

  

  

. mais uns zits .

 

[a melhor bd para os pais que têm filhos adolescentes (rir ainda é o melhor remédio)]

 

 

 

 

 . da mo, mais umas camisolas de baby wool .

 

[fiquei completamente fã e desta vez, além de mais algumas para mim, trouxe também para os miúdos]

 

 

 

  

 . 40 ideias de espaços de refeições .

 

  

 

. ideias para a casa . 

  

 

. da betsy brown .

 

 

 

 

. palmer weiss .

 

 

 

  

. e cochrane design .

 

 

 

 

 . e a frase da semana .

© Mac às 12:55
link do post | favorito (1)
Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2016

138 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM

E para terminar o assunto arranjos de Natal, acho eu, aqui ficam as coroas que fiz. Só usei plantas naturais, porque apesar de não durarem muito, ainda menos de um ano para o outro, são as que dão melhores resultados, tanto em termos de cores, como cheiro, que é impossível conseguir com ramagens de plástico ou pano.

 

 

 

 

 

Duas coroas só com uma fila de eucalipto e super fáceis de executar.  

 

 

Materiais:

. 2 ramagens de eucalipto grandes (para uma coroa) . Mercado da Vila de Cascais

. arame galvanizado . Leroy Merlin

. arame verde de jardineiro . Leroy Merlin

. alicate para cortar arame, alicate e tesoura para jardinagem . Leroy Merlin

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa) 

 

 

 

  Damos a forma ao arame, com a ajuda de qualquer objecto cilíndrico, que tenha as dimensões pretendidas (basta colocar o arame à volta e fecha-lo com um alicate) . Depois de termos a nossa base de arame já moldada, enrolamos o primeiro ramo de eucalipto, começando pela ponta do ramo (a parte mais frágil e mais fácil de enrolar no arame), que prendemos ao círculo de arame com um pouco de arame verde. Quando já tivermos coberto metade do diâmetro do círculo de arame, cortamos o excesso de ramagem e prendemos ao círculo com um pouco de arame verde. Fazemos o mesmo com a segunda ramagem, de forma a cobrir os resto do círculo de arame.

 

E já está.

 

 

 

 

   »»» • «««

 

 

 

 

Tenho esta coroa de ramos secos há muitos anos e resolvi decora-la com uns ramos agora para o Natal. Quando acabar o Natal, tiro as decorações e regressa à cozinha, simples como é.

 

Materiais:

. coroa de ramos secos . Horto do Campo Grande

. 4 ramos pequenos de eucalipto

. 8 ramos pequenos de oliveira . jardins, hortos, floristas

. 6 ramos de gilbardeira . jardins, hortos, floristas

. arame verde de jardineiro 

. fita de tecido . retrosarias

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa) 

 

 

 

 

 

 

Para cada ramo, juntamos 4 raminhos de oliveira, 

 

 

 

 

e depois sobrepomos 2 ramos de eucalipto e 3 de gilbardeira. Atamos com arame verde e fechamos. Ficamos à coroa de ramos com mais um pouco de arame. Fazemos o segundo ramo e fixamos à coroa. Atamos uma fita, para tapar as terminações dos ramos.

 

E já está.

 

 

 

 

»»» • «««

 

 

 

 

 

Por fim, juntei os restos numa cesta da lenha e deixei-a assim mesmo a decorar aquele canto.

 

 

Tenho a casa com um óptimo cheiro a Natal.

 

 

»»» Ideias para coroas, aqui «««

 

 

© Mac às 09:08
link do post | favorito (5)
Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016

101 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI

 

 

 

 

Gosto de ver qualquer suporte nos arranjos de Natal, tanto os alusivos à época, como outros. Aos meus olhos ambos resultam muito bem, porque as folhagens escolhidas têm muito a ver com a época, assim acho que tudo funciona muito bem.  

 

 

 

 

 

 

Neste caso usei um trenó que tem por dentro um suporte com rede próprio para fazer arranjos, mas se não tivesse, usaria a tal esponja de florista. Usei ramos de pinheiro e cedro para fazer o "leque" e à frente pus 3 ramos de oliveira, 2 pinhas do lado esquerdo e à direita um ramo de cotoneaster (também conhecida como o azevinho sem picos).

 

 

 

 

 

 

»»» • «««

 

. ramos de pinheiro, cedro, oliveira, cotoneaster e pinhas . jardins ou floristas

. esponjas de florista . Mercado da Vila de Cascais

tags: ,
© Mac às 10:03
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2016

100 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI

 

 

[Comecei por fazer um post com os arranjos todos que fiz para este Natal, mas como ia ficar muito longo, dividi-o. Deixei para este apenas os arranjos que fiz para a entrada]

 

Gosto muito de decorar a casa para o Natal e fazer arranjos com elementos naturais, além de perfumarem a casa, têm umas cores que é impossível conseguir com flores e plantas artificiais. 

 

 

 

 

 

 

 

Habitualmente uso ramos de pinheiro, eucalipto, abeto, cedro, oliveira, azevinho, gilbardeira (que como também tem bagas encarnadas substitui bem o azevinho), pinhas, anis estrelado e paus de canela, e da conjugação de quatro ou cinco elementos destes, sai sempre qualquer coisa visualmente agradável e muito bem cheirosa. 

 

 

 

 

 

 

 

Como são elementos naturais e para os arranjos ficarem bem fixos, uso esponjas de florista, que rego bastante, depois de terminar o arranjo. Apesar de serem plantas que duram bastante após corte, se tiverem alguma água, conservam os tons naturais por mais tempo.

 

 

 

 

 

 

Distribuí pelos quatro cantos do vaso, os ramos de pinheiro, de cada lado os ramos de cedro. Na segunda camada pus os ramos de oliveira intercalados com os de eucalipto, e no meio a gilbardeira e as pinhas.

 

 

 

 

    

 

 

 

 

»»» • «««

 

. ramos de pinheiro, eucalipto, abeto, cedro, oliveira, azevinho, gilbardeira e pinhas . jardins ou floristas

. esponjas de florista . Mercado da Vila de Cascais

. vasos . Hortijardim

© Mac às 15:00
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 14 de Novembro de 2016

109 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU

  

 

 

 

 

Como já  vem sendo hábito, nesta altura do ano gosto de espalhar Jacintos pela casa. Além de darem um colorido muito bonito, também cheiram muito bem, são de fácil manutenção, não requerem quase rega e não são muito exigentes quanto a luz. Também gosto imenso de os usar para decorar mesas, especialmente a de Natal.

 

Desta vez resolvi usar uns cache-pots de latão onde tinha pintado umas riscas verdes, para condizerem com um serviço de mesa. Como as dimensões dos vasos não preenchiam a área dos cache-pots, fiz o que habitualmente faço, usei sacos de plástico para proteger o suporte e ficar com os arranjos adequados.

 

 

 

 

Cobri a área do cache-pot com um saco de plástico e cortei o excesso. Pus umas pedras no fundo, para drenar o eventual excesso de água. Por acaso nunca rego os bolbos, borrifo-os com a ajuda de um daqueles borrifadores próprios (há nos supermercados), mas como mais vale prevenir do que remediar, lá pus as pedras.

 

 

 

 

 

Depois é só colocar os bolbos e preencher com substrato.

 

 

 

 

 

Finalmente, para tapar a terra usei musgo natural. 

 

 

 

 

 

 E pronto, arranjos preparados para decorar a mesa.

 

 

 

 

 

© Mac às 12:10
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 9 de Novembro de 2016

106 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU

  

 

 

Deitei fora muitas orquídeas (shame on me), até descobrir que depois de darem flor e o caule ficar castanho, a planta ainda vivia. Também fiquei a saber que lá por só vermos para ali aquelas raízes, não queria dizer que dali já não vinha nada. Vem, com alguns cuidados, mas vem. Basta cortar a parte castanha do caule, mudar-lhe o substrato (sempre um preparado para orquídeas), manter a planta num local iluminado e eventualmente mudar a planta de vaso, de preferência transparente e deixando as raízes junto às folhas à superfície do substrato, porque as orquídeas têm raízes aéreas. Também não é preciso que os vasos sejam grandes, porque estas plantas gostam de ter as raízes apertadas.

 

 

 

 

 

Depois é só mantê-las, com ou sem flor, em locais iluminados, mas sem sol directo e idealmente húmidos. mergulhar o vaso (se tiver furos) em água uma vez por semana, mas caso o vaso não tenha furos, deitar pouca água, para nunca encharcar a planta, que assim apodrecerá. Por todos estes motivos, dão-se lindamente em casas-de-banho que tenham luz natural, vãos de escadas com clarabóias ou janelas, e halls de entrada bem iluminados, mas todos sem luz directa e forte.  

 

 

   

 

 

 

E seguindo estas regras, há sempre orquídeas bonitas. São uma das minhas flores de eleição para ter nas casas de banho, entrada e alguns cantos das salas. Adoro-as.

 

 

 

 

 

 

 

»»» • «««

 

Tenho conseguido muito boas orquídeas no Hortijardim, Pingo Doce (estão com uma enorme selecção já com 5 anos) e Horto do Campo Grande (mas caras). As que têm melhor relação qualidade/preço são as do Hortijardim. Quanto a vasos, há muito giros no Horto do Campo Grande.

© Mac às 11:48
link do post | favorito (2)
Sexta-feira, 7 de Outubro de 2016

16 - ADEUS VERÃO, OLÁ OUTONO

  

  

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

Gosto muito de frascos, por isso guardo a maior parte dos que são das compotas, vinagres, iogurtes, etc. Acho que ficam giros como taças para gelados, saladas, com cactos pequenos e para velas, por exemplo. Desta vez para a despedida dos jantares lá fora - um bom motivo como outro qualquer - usei uns frascos altos para fazer os arranjos de flores e espalhei vários de compotas, a que acrescentei uns arames para lhes dar ar de lanternas (depois mostro como fiz). Aqueles frascos altos resultam muito bem com flores de caule grosso, como os lírios. Para balde de garrafas e como próprios para aquele fim, só tenho de uma garrafa, usei uns vasos para plantas, onde cabem duas e três garrafas.

 

E esteve-se muito bem, já com umas mantas, mas não interessa.

© Mac às 11:42
link do post | favorito (2)
Quarta-feira, 21 de Setembro de 2016

14 - ADEUS VERÃO, OLÁ OUTONO

IMG_5759.JPG

 

 

É com flores que me despeço de muitas coisas.

E também é com flores que começo outras. 

  

 

IMG_5732.JPG

 IMG_5769.JPG

 

 

[usei um frasco de compota como jarra para este arranjo com míni couves (brassica), Crisântemos e Gipsofilas. Simples para dizer adeus ao Verão, a época mais simples e melhor do ano]

 

 

IMG_5738.jpg

 

IMG_5740.jpg

 

IMG_5763.JPG

 

 

Comece então o Outono. Mas só amanhã. 

© Mac às 16:06
link do post | favorito (1)
Terça-feira, 20 de Setembro de 2016

100 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU

IMG_5712.JPG

 

 

IMG_5720.jpg

 

 

 

Criei a Miss Universo das suculentas, não sei como, mas isso não interessa nada, o que interessa é que ela é linda e perfeita, em forma de bouquet. E é minha.

tags:
© Mac às 11:26
link do post | favorito
Quinta-feira, 2 de Junho de 2016

67 - EU GOSTO É DA PRIMAVERA

 

 

 

 

 

 

 

  

. em junho tenho margaridas de todas as cores, petúnias, crisântemos, sardinheiras encarnadas e também brancas, tenho alfazema, hortênsias e gerberas . é o tempo delas . e tenho pulgões nas trepadeiras, no hibíscus e nos oleandros . e a solução para acabar com os pulgões também .

 

 

___________________________________

 

Para acabar com os pulgões: deitamos num pulverizador 1 c de chá de fairy (ou qualquer detergente para lavar a loiça à mão), 1 c de café de álcool e preenchemos com cerca de 700 ml de água, agitamos, mas pouco, para não fazer espuma e pulverizamos as zonas infestadas.

 

Não se deve pulverizar se a planta estiver com sol directo, porque se corre o risco de a queimar, ou seja, a pulverização deve ser feita quando há sombras, ou pouco sol.

 

 

© Mac às 10:01
link do post | favorito
Sexta-feira, 20 de Maio de 2016

35 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO

 

 

 Relax:

 

. daqui, muitas ideias para espaços exteriores . também é onde reúno fotos, cada uma com uma ideia que gosto . é assim que vou construindo o concept board do nosso ideal do espaço, para depois passar à prática a grande remodelação lá fora . já sei bem o que quero e o que não quero . quero um jardim mediterrânico com uma zona de sombra para refeições e descanso, zonas de sol e árvores (oliveiras e laranjeiras) que estão a ser plantadas, depois será arrancar o que existe e não queremos, fazer o que queremos e acima de tudo conseguir um espaço muito agradável, amplo e bem plantado .

 

 

 

 

 . o blog um jardim para cuidar, a página no facebook, o livro e a revista jardins, da teresa chambel, são leitura obrigatória para quem gosta de jardinar, seja em vasos, em varandas ou jardins . sou completamente fã .

[aos meus olhos, nestas coisas da jardinagem, é fundamental que a literatura de apoio e que me serve de guias e aprendizagem, seja baseada nos jardins do nosso país, com as plantas que se dão bem cá e que é possível criar e manter com sucesso consoante as zonas do país] 

 

 

 

A fluffy banana cake layered with bright raspberry frosting makes for a show stopping springtime dessert. 

 

A no-churn maple honeycomb ice cream that takes just minutes to whip up!

 

. aqui receitas deliciosas e as inspirações para decorar bolos de formas bonitas e descomplicadas .

 

 

 

 

 

. este bali .

 

 

 

Le Mas de Foussargues-France-01-1 Kindesign

 

Le Mas de Foussargues-France-05-1 Kindesign

 

. esta casa, aqui .

 

 

 

. e claro, para o fim-de-semana, o imperdível summer market da maria, quase à minha porta, naquele espaço que adoro e faz tanto parte dos jantares dos nossos verões .

 

 

 

 

. e  a frase da semana . 

 

 

. foi uma excelente volta por aí, a cheirar a verão, a céu azul e a mar . tenham um bom fim-de-semana .

© Mac às 09:54
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 18 de Maio de 2016

108 - DIZ QUE SIM

 

 

 

 

 

 

Há três sítios onde tenho comportamentos transversais, transtornos maníaco-compulsivos e ganas de gastar o dinheiro da mercearia, sem pensar nas consequências sérias que isso poderá acarretar para o equilíbrio saudável de toda uma família: hortos, livrarias e lojas de brinquedos.


Juro. Vou sempre com um plano, que é para a coisa não resvalar, mas já lá, entro numa espécie de delirium tremens e quero tudo, perco a capacidade de decisão e faço constantes exercícios de controlo, tentando fixar-me na minha lista. Já na caixa, invariavelmente volto atrás e vou sempre buscar mais qualquer coisa, assim um objecto de desespero, uma coisa pequenina que não pareça consumo desenfreado, ou coisa que o valha. Sou uma doente.

 

© Mac às 14:32
link do post | favorito (2)
Segunda-feira, 16 de Maio de 2016

71 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU

 

 

 

 

 

Como já disse, há flores que após corte duram muito, como estes Beijinhos ou Estrela-de-Belém (Ornithogalum Thyrsoides), que comprei há 15 dias para a festa de aniversário do pai cá de casa e agora estão cheias de flores. São de longe a melhor opção para quem gosta de ter flores em jarras durante bastantes dias, mas claro que não há milagres, é preciso dia sim, dia não, mudar a água das flores, que ficam em suportes sem esponja de florista e manter as esponjas de florista húmidas, para as que a têm. Esta é uma das grandes vantagens em usar esponjas de florista, é que não é preciso mudar a água e os caules não ganham aquele gel, portanto não precisam de ser lavados, ou seja a manutenção das flores é facílima.

 

Mas como já estava cansada dos mesmos arranjos pela casa, resolvi muda-las para bules e caixas de chá em porcelana com desenhos azuis. Gosto imenso de ver este tipo de arranjos, porque podemos fazer um conjunto e mantê-los juntos, ou espalha-los numa mesma divisão e manter a harmonia, sem perder o conjunto. Gosto de ambas as opções e gosto imenso de alterar a disposição dos suportes e conseguir logo um arranjo diferente. 

 

 

 

 

 

 

 

Este tipo de arranjos resultam bem, se começarmos por reunir um conjunto de suportes que fiquem bem uns com os outros, não necessariamente da mesma cor, nem sequer com o mesmo formato. Neste caso fiz o conjunto mais básico e reuni algumas peças em branco e azul, mas com formas diferentes e fiz o conjunto.

 

Depois de escolhidos os suportes e antes de os começarmos a encher com flores, convém testamos a posição de cada elemento no conjunto e calcular a altura das flores, sabendo que aqueles que vão ficar atrás, terão flores mais altas e os da frente, flores mais baixas.

 

Finalmente é só escolher um tipo de flores que tenham uma cor que de alguma forma se integre nas cores dos suportes e evitar mais do que uma cor, de forma a obter um arranjo harmonioso. Nesta coisas, sigo a regra da simplicidade, que resulta quase sempre, ou seja, se o suporte é chamativo, as flores têm de ser neutras, se as flores criam impacto, o suporte deverá ser muito simples.

 

 

 

 

 

 

 

 

{ mais flores e arranjos, aqui }

tags:
© Mac às 13:07
link do post | favorito

66 - EU GOSTO É DA PRIMAVERA

  

 

 

 

  

 

 

 

  

foi um fim-de-semana de regressos . tão bom . regresso ao horto para escolher flores, destinar árvores e aprender muitas coisas . regresso aos livros de jardinagem para aprender mais coisas, reunir dúvidas e perguntar a quem sabe muito disto . e plantei que me fartei, renovei e rearranjei . vou criar couves decorativas . lá fora tenho as flores tão bonitas . e cá dentro rearranjei as flores do dia do aniversário do pai cá de casa, que ainda duram e duram, lindas como tudo e fiz um novo arranjo (depois conto) . regressei aos mocassins mega confortáveis e a uma carteira muito vintage, que pedi à minha mãe há muitos anos . tantos . namorei-a desde os dezasseis anos, aos vinte pedia-a dia sim dia sim e aos trinta, mãe querida cansada do meu namoro desenfreado, deu-ma . há amores assim . regressei à arrumação do quarto de brinquedos e acho que finalmente está bem organizado, se partirmos do princípio que o "finalmente" é coisa para uns três a quatro dias . e houve o regresso do céu azul no domingo, connosco a almoçar no sítio do costume, com as pessoas do costume, com o mar pela frente e o horizonte de azul a azul . tão bom . 

© Mac às 10:56
link do post | favorito (2)
Segunda-feira, 9 de Maio de 2016

65 - EU GOSTO É DA PRIMAVERA

 

 

também foi um fim-de-semana em branco . branco nas roupas, na casa, nas flores e na vida . nos nervos também . descobri que os meus nervos são brancos . parece-me importante que as pessoas saibam as cores dos seus sentimentos, principalmente as cores dos nervos . noites em branco, em lençóis brancos e chá branco para passar o tempo, inspirar e expirar em branco e olhar para o horizonte azul que se desfaz em branco . portanto branco . os meus nervos são brancos . este autoconhecimento do meu interior, deixa-me mais descansada . também comecei a toalha com franjas (branca!) e está a ficar gira (depois conto coisas) . na minha família casa-se muito na primavera . é uma mania, como outra qualquer . principalmente em maio . se calhar é por isso que maio me dá visões de branco .  e estou convencida que se aclamarmos a primavera e vestirmos branco, muitas e muitas vezes, ela vem, assim uma espécie de dança da chuva, mas ao contrário . os filhos crescem e eu mingo de nervos . já agora se puder ser dos lados, fico muita agradecida que a vida me faça esse obséquio .

© Mac às 13:38
link do post | favorito (1)
Quinta-feira, 5 de Maio de 2016

64 - EU GOSTO É DA PRIMAVERA

 

 

  

 

 

 

 

. por estes dias . 

 

. a vida cheira-me a jardim, a janelas abertas de par em par e muito oxigénio . depois entram as varejeiras e mudo de ideias . tenho de ir comprar daquelas redes anti-mosquitos e outros seres esvoaçantes, voadores, rastejantes e cenas, para poder abrir as janelas a meu belo prazer . ontem, por exemplo, alguém andou para aí a adubar o jardim, ou a mexer nos esgotos e a primavera foi-se . depois começou a chover e foi-se de vez . nesta altura do ano é muito difícil ter aqueles dias bons . 

 

. não interessa . o que interessa é que primavera no calendário e no meu jardim, apesar de às vezes o céu não estar para isso . chove que se farta . agora o que mais quero são os pequenos-almoços lá fora nas manhãs que cheiram a relva molhada e verde, na promessa de dias quentes com um céu tão azul . é isto que quero . o meu azul tem cheiro . cheira a mar . o mar cheira-me a azul e melancia . e a melancia cheira-me a mar, verde, verão e vida tão boa para viver . podia lá eu viver longe do mar . eu acho que já disse isto, por outras palavras, ou as mesmas por outra ordem, depende do alinhamento do dia na minha cabeça, mas disse . nesta altura do ano sinto a aproximação do verão, como quando mergulho e estou a demorar a vir à superfície, aquela sensação de ver a tona da água lá em cima, nadar, nadar e afinal desci demais, essa que quando posso respirar é um alívio . a aproximação do verão é aquela minha miragem de oxigénio . à falta de melhor, sol, por exemplo, vem a mim terracota e dá-me as cores que o inverno me tirou . 

 

. ando outra vez metida na coisa de fazer pão em casa . acho que não me lembro como dá trabalho e compensa pouco . espero que não haja muitos pães para experimentar . também espero que corra mal . cá coisas minhas .

 

. mas vou experimentar fazer toalhas com franjas e espero que corra bem, quero muitas, portanto quero fazê-las . se ficarem giras, depois conto coisas .

 

. e é isto que me apraz comunicar .

© Mac às 11:28
link do post | favorito
Segunda-feira, 2 de Maio de 2016

63 - EU GOSTO É DA PRIMAVERA

 

 

 

 

Desta vez para o dia do aniversário do pai desta casa, fiz os centros e arranjos florais em taças de salada e jarras de porcelana azul e branca. Misturei dois serviços e algumas peças soltas, porque queria um efeito de porcelanas com desenhos azuis, mas sem cair no conjunto único. E como queria flores em azul, para carregar bastante na ideia do azul quase total, e não encontrei hortênsias, optei pelos Crisântemos tingidos. Para jantares e festas, tento sempre escolher flores que após corte, aguentem bem os ambientes com muita gente, a verdade é que as flores mais frágeis e quase sempre as mais bonitas, acabam por se ressentir em ambientes com muita luz artificial e muita gente.   

 

Gostei imenso de sair daquilo que habitualmente faço em arranjos florais e gostei muito do resultado final, que resultou muito bem com o ambiente da festa.

 

 

 

 

Optando por recipientes largos, precisamos de esponjas de florista para montar o arranjo.

 

Começamos por cortar a esponja, de forma a que cubra a área da base do recipiente e pressionamos para que fique bem fixa. 

 

 

 

 

Para a esponja aguentar o peso das flores (e estas de maior duração, geralmente têm caules pesados), deitamos água até que a esponja fique ensopada.

 

Nos arranjos com duas cores, ou dois tipos de flores, como é o caso, cobrimos toda a área da esponja com as flores que escolhemos para base, que normalmente é a verdura, mas neste caso são os Crisântemos azuis e quando já temos um conjunto arredondado, espetamos na esponja as flores que vão compor, neste caso, os Beijinhos, mas geralmente são as flores de cor.

 

E já está.

 

 

 

 

 

 

 

 

 { mais mesas, aqui }

{ mais flores e arranjos, aqui }

 

_________________ - ♥ - _________________ 

 

. Saladeiras e bases para pratos quentes do serviço Blue Canton da VA

. Caixas e cinzeiros do serviço Margão da VA

. Flores e esponja do mercado de Cascais

© Mac às 13:58
link do post | favorito (2)
Sexta-feira, 29 de Abril de 2016

33 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO

 

. trago uma selecção de fatos-de-banho, a minha, claro está, da latitid, cantê, malai e hopiness, giros como tudo . e da recém-nascida ros beachwear, que promete e eu vou estar atenta, aqui .

 

 

 

. do pinterest, trago uma selecção de pormenores de decoração, que adorei .

 

 

 

null

 

. deste tumblr, este jardim de inverno . os vasos com verdete, já tenho, agora falta-me o resto . tenho de me dedicar aos buxos .

 

 

 

Painted-Pots-+-Succulents-8

 

. ainda a pensar nas flores, trouxe do elements of style (outro dos meus blogs preferidos), esta ideia super simples, mas que resulta tão bem, para os vasos das suculentas . a fazer . adoro .

 

 

 

. da loja das sabrinas, estas sabrinas, porque nunca é demais . adoro-as e são de longe o meu calçado preferido, tanto que tenho sempre um par no carro . isto já são muitos quilómetros de más experiências no calçado, saltos altos assassinos e outros que tantos .

 

[já agora deixo uma dica, como os laços se estão sempre a desmanchar (se calhar é um problema meu), dou-lhes um ponto com uma linha da mesma cor, ali no nó do laço, nunca mais se desfazem]

 

 

 

 

. não é novidade por aqui, mas uma amiga lembrou-me dele . falei nele aqui ao de leve e nunca me lembrei de lhe tecer as considerações que merece . estou a usa-lo novamente e adoro-o . o liquid gold é o supra-sumo das esfoliações/peeling químicas, nada de mecânico e muito eficaz . deixa a pele limpa, livre de porcarias, lisa e muito luminosa . uso-o dia sim, dia não, a seguir à limpeza da pele do final do dia e deixo de o usar, assim que começo as exposições solares . daqui (vale  apena seguir o link e dar uma vista de olhos nas reviews do produto)

 

 

 

 

. do supermercado e para substituir e não ultrapassar os dois cafés diários, trouxe estas cevadas e estou a adorar .

 

 

 

Cantaloupe-and-Mozzarella-Caprese-Salad-foodiecrus

 

. do casal mistério, esta receita desta salada, a fazer sem falta .

 

 

 

 

. e a frase da semana . 

 

. foi uma boa semana por aí .

 

© Mac às 09:46
link do post | favorito
Quinta-feira, 21 de Abril de 2016

62 - AS PESSOAS, A VIDA, O NIRVANA E EU

 

 

. por estes dias .

 

. ando numa de blazers, se forem em preto, tanto melhor . se ainda por cima, forem usados em cima de uma camisa branca, ainda melhor . nas meias estações gosto deles em veludo estampado, em veludo liso e não só .

 

. no sábado de manhã, quando toda a gente está em casa e pode ir à janela ver o que se passa na vida dos outros, bati com o carro no portão de casa . não vi o portão, quer dizer, achei que estava aberto e como tinha de sair de marcha-atrás, porque estacionei o carro de qualquer maneira, engatei a cena e zás derrubei o portão . não foi muito, foi mais o barulho . se soubesse tinha feito isto mais cedo, agora sempre que se abre o meu portão, as pessoas dão-me prioridade . os cães continuam sem me ligar, mas lá chegaremos .

 

. andei a mudar algumas suculentas, porque achei que estavam em cima de um formigueiro, até as sacudi e tudo, e dei-lhes assim uma mangueirada, antes de voltar a plantar, mas as formigas foram atrás das minhas suculentas . raça das formigas . lá está, onde é que a jardinagem é uma actividade zen? deve ser com os bonsai, mas desconfio que comigo até esses dariam problemas .

 

. fui à perfumaria para comprar o meu creme anti-rugas e vim de lá com três amostras, uma depressão profunda e mais dez anos em cima, tal foi a carrada de nervos, e eu estou numa idade em que não me posso pôr em cima um dia que seja .

 

. é isto, portanto .

tags: ,
© Mac às 13:08
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 13 de Abril de 2016

60 - OS FILHOS, A VIDA, A CASA, O NIRVANA E EU

 

 

 

 

 

. por estes dias .

 

ainda não me sinto capaz de roupas de primavera, tenho frio, o que fazer? mas redescobri as calças largas com mocassins e loafers, se não todos os dias, lá de vez em quando . são confortáveis, quentes qb e gosto imenso delas . e continuo com as saias midi, a minha grande tendência do inverno . adoro-as . ando doida para que chegue o calor . até me parece que este ano está a demorar mais . num destes dias o meu filho mais velho convidou-me para almoçar e o meu coração de mãe quase explodiu de tanta emoção . fomos à portugália satisfazer a gula adolescente . a mãe dele ficou-se por um hambúrguer . estou uma menina . fiz um  bacalhau com espinafres, receita da sav, que fez o gosto da família, apesar da reacção inicial dos filhos ter sido 'blagh espinaaaaaaaaaaaafres' . pintei a parede da cozinha (depois conto coisas) e adoro o resultado . agora falta-me pendurar os quadros, mas como estou na fase 'ai que linda que está a minha parede', nem quero ver nada ali pendurado . 

 

e enchi a casa de tulipas brancas e tenho a primavera comigo

 

 

 

  

 

 

 

 ______________________________

 

 

 

 

 

 

. 1 embalagem de bacalhau desfiado (usei o da Pescanova)

. 2 batatas doces descascadas e cortadas 
. 250 g de espinafres (usei congelados do Continente)
. 800 g de água
. sal q,b.

. 30g de azeite
. 3 dentes de alho
. 1 tomate cortado em fatias grossas (não usei)
. orégãos q.b.
. tomilho
. azeite q.b. para regar


 

(fiz na Bimby, mas é fácil de adaptar ao modo tradicional)


No copo coloque a água com sal e no cesto mais fundo da varoma, os espinafres e a batata doce, no cesto superior, o bacalhau. Programe 25 min/temp Varoma/Vel 3.

Reserve as batatas.

No copo da bimby coloque o azeite e os alhos e pique-os na vel 5. Coloque o bacalhau e os espinafres e programei 3 min/Temp 100º/Vel colher, e inversa a meio do tempo.

Num prato que possa ir ao forno, disponha o bacalhau, as batatas e os espinafres, salpique com um pouco de sal, orégãos e tomilho, e regue com um fio de azeite. Leve ao forno a 180º, durante 15 minutos.

© Mac às 13:41
link do post | favorito (2)
Segunda-feira, 28 de Março de 2016

23 - A PÁSCOA, AS AMÊNDOAS, OS OVOS E OS COELHOS, O NIRVANA E EU


 


  

 

 

 

 

 

 

De todos os tipos de decorações de mesas, que gosto de fazer, as que gosto mais são as de Páscoa e Verão, além das de Natal. Também gosto das de aniversários e dias especiais. Bom, afinal gosto de muitos tipos de decoração de mesas. Adiante. Dizia eu que gosto muito das decorações de mesas de Páscoa e Verão, e se as de Verão são fáceis porque as cores alegres e frutas lhes chegam, nas de Páscoa já existe Primavera e é tão fácil decorar com flores. Basta uma toalha branca, loiças brancas, copos transparentes sem cor, flores e já está. Gosto muito de usar tons pastel sobre o branco, rosa, azul claro, verde água, amarelo claro e lilás, e se por vezes uso apenas um tom, há vezes em que gosto de misturar todos. Gosto mais deste resultado com muitos tons misturados, é menos monótono e mais primaveril.

 

Para este almoço de Páscoa fiz uns míni arranjos para cada lugar, com umas coroas pequenas, cascas de ovos, Jacintos-Uva e Ranunculus. Para o arranjo central, usei um aquário pequeno, onde pus Narcisos, Jacintos, Ranunculus e Solidagos, e por baixo pus um prato em vidro com amêndoas e ovos de codorniz.

 

E para a entrada, uma salada mega simples,

 

. alface cortada em tiras

. maionese ou azeite e vinagre

. ovos de codorniz (4 por pessoa)

 

Coza os ovos de codorniz em água abundante com sal. Após 5 mn em água a ferver, deixe arrefecer os ovos na água. Descasque e reserve. Lave a alface, seque bem e corte em tiras. Uma forma fácil é sobrepor 5 folhas de cada vez, enrolar e cortar. Disponha umas tiras de alface por taça, ponha um pouco de maionese e disponha os ovos. 

 

 

{ mais mesas, aqui }

 

_________________ - ♥ - _________________ 

 

. Aquário . lojas de produtos para animais e hipermercados

. Prato debaixo do aquário . Area

. Míni coroas . Horto do Campo Grande e Romeira Roma

. Flores . Continente

. Jacintos-Uva, Jacintos e Narcisos . estes deste ano já são do meu jardim (ipi ipi urra para mim), mas foram comprados noutro ano no Horto da Casa da Guia e Hortijardim.

© Mac às 12:53
link do post | favorito (2)

21 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA

 

 

 

a páscoa traz com ela a primavera . os campos a perder de vista do meu alentejo . as flores que gosto pela casa, as mesas cheias delas e a vida também . faça chuva ou faça sol . foi um mega fim-de-semana com menos uma hora e mais mais um dia, para pôr as leituras em dia, serões de séries e filmes, tardes em casa, oxigénio no ar e páscoa à mesa . 

 

e com ele chegou o horário de verão . mais um pulinho e estamos lá, na estação mais querida .

© Mac às 09:52
link do post | favorito (2)
Sexta-feira, 18 de Março de 2016

02 - AS FILAS DO SUPERMERCADO SÃO UM SÍTIO LINDO

 

 

 

 

fui ao supermercado, apanhei uma molha, mas trouxe goivos para encher as jarras que quero de primavera neste dia de chuva.

 

fiz uma lista em papel com quatro coisas em falta nesta casa . esqueci-me da lista, mas fui durante o caminho a debitar, peras, framboesas, natas e aspirinas . peras, framboesas, natas e aspirinas . já no supermercado, só me lembrava de três coisas em falta e pensei, ah se não me lembro da outra é porque não faz falta.

 

na bicha (fila é para meninos) para a caixa, alguém tinha tirado um produto sem código de barras, ou com código ilegível, enfim, o costume . enquanto esperava que aquilo avançasse, duas pessoas atrás de mim lamuriavam 'ai não se compreende que uma pessoa tem só uma coisa e tem de esperar que as outras que têm os carrinhos cheios sejam atendidas primeiro' . e eu como só tinha três produtos no carrinho, achei que não era comigo . mas era . então expliquei o óbvio, que um carrinho com três produtos, não é um carrinho cheio, e que tendo eu apenas três produtos e deixando passar à minha frente duas pessoas, cada uma com um produto, estaria em ponto de igualdade . e pronto, assim ficámos.

 

 

 

primeiras impressões:

. não tenho aspirinas para pôr nas jarras, será que ben-u-ron serve?

. as pessoas acham que têm prioridade, desde que tenham só uma amêndoa na mão, o facto meramente irrelevante dos outros estarem ali há mais tempo, não lhes diz nada.

 

segundas impressões:

. o meu nome é dorie, mac dorie.

. as pessoas também acham que aquela coisa da prioridade para pessoas com crianças ao colo, se encaixa se pegarem no filho de 12 anos, nem que para isso fiquem encarnadas que nem um tomate e a ganir das cervicais.

 

tags:
© Mac às 10:24
link do post | favorito (2)
Terça-feira, 15 de Março de 2016

175 - A DONA DE CASA PERFEITA(MENTE DESESPERADA)

 

 

 

 

 

. por estes dias .

 

. tenho as amêndoas para oferecer agora na páscoa, todas compradas e etiquetadas . já estou muito boa nisto . ao fim de quinze anos a esquecer-me de datas, a falhar lembranças às educadoras, auxiliares, às madrinhas e a todas as pessoas que me tratam bem os filhos, agora tenho tudo devidamente alertado na agenda e num excel criado para o efeito . o meu excel tem datas, pessoas alvo, presentes oferecidos (para não me repetir) e ideias para presentes . estou perfeita . agora só me falta apagar o excel e depois esvaziar a reciclagem . tenho de criar um alerta para não esvaziar a reciclagem .

 

. mas depois sou aquela pessoa que perante um parque de estacionamento praticamente vazio, fico tão tomada dos nervos, que estaciono em dois ou três sítios, até decidir qual o lugar que me parece melhor . se o parque estiver cheio, estaciono onde há lugar . claro . claro . sem alternativa, sou uma pessoa super decidida .

 

. não interessa .

 

. andei a jardinar e estoirei-me toda . e estou a dar em doida com os caracóis que me comem as suculentas . tão bonitas que elas estavam, raça dos bichos . criei mais suculentas (para os caracóis se enfartarem) (encham esses pequenos bandulhos, porcos) e gosto mesmo desta cena da maternidade de plantas . ai deles que me ataquem a ala dos recém-nascidos . salvam-se as chorinas, que estão bem bonitas .

 

. é isto, portanto .

 

 

______________________________

. Etiquetas para pacotes de amêndoas (são as mesmas da Páscoa de 2015), aqui no meu Pinterest, na pasta Paper Crafting/Printable. E basta escolher uma imagem e guardar no pc, depois é só abrir no Picasa e imprimir escolhendo a opção 5 X 8 cm. 

© Mac às 14:14
link do post | favorito (1)
Terça-feira, 12 de Janeiro de 2016

727 - LAI LAI LAI [OS TÍTULOS NÃO SÃO O MEU FORTE]

 

 

 

 

   

 

 

 

Como já disse, não gosto de repetir a decoração das mesas, mas às tantas é quase impossível que não fiquem parecidas, ou no mesmo género. Para o jantar de sábado com amigos, queria uma mesa simples e sem arranjo de flores central, até porque não tive paciência para ir à praça buscar flores. Então em vez do arranjo no centro da mesa, optei por usar o que tenho no jardim e como neta altura do ano há pouco, fiquei pelas suculentas que estão sempre bonitas. Depois foi só pensar no resto, usei o serviço básico da IKEA e uma toalha bordada, e para lhe dar um toque, usei uns marcadores de lugares, que não eram necessários, mas que achei que ficavam bem, e um saleiro com uma colher de madrepérola.

 

E mesmo não fugindo muito do habitual, basta muitas vezes acrescentarmos um ou outro pormenor que tornem a mesa diferente e consegue-se uma mesa agradável. Acho que consegui o que pretendia e gostei bastante da ideia das suculentas.

© Mac às 10:09
link do post | favorito (2)
Quarta-feira, 18 de Novembro de 2015

49 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU

[bem sei, bem sei, que não sossegam à espera de notícias das minhas suculentas]

 

Como já tinha dito, a reprodução de suculentas é uma actividade altamente compensadora, só que ainda não tinha mostrado resultados daquela coisa toda do pega na folha, põe na terra, destaca a planta, cria raízes e por aí fora, mas vou mostrar. 

 

 

Ora então, estas aqui que se seguem e que já estão grandotas, são as que nas outras fotos, ainda eram pequenas e algumas das que já tinham germinado na folha:

 

 

 

 

 

Estas foram todas separadas da planta mãe, porque estava inexplicavelmente a secar (era a que estava no vaso do meio). Depois de separadas, estiveram em vasos, os meus vasos que são a maternidade das minhas meninas, e agora que já estão gordinhas e criaram raízes, passei-as lá para fora:

 

 

 

 

 

 E estas que se seguem, são as que em Julho estavam assim:

 

 

 

 

 

Finalmente, estas são estas e que tinham ali umas bebés, as bebés são agora estas à volta das duas maiores:

 

 

 

 

Como se vê, as suculentas, além de serem de reprodução fácil, tanto por folhas, como destacando as mais pequenas da planta mãe, também crescem muito depressa. Também as há, que se reproduzem desbragadamente (como a da última foto), portanto rapidamente se consegue um vaso com um diâmetro considerável, completamente cheio, e querendo, é só pegar numa dessas, coloca-la num outro vaso e ela reproduz-se até tapar a terra toda.

 

E fazendo isto com tempo, ou seja no início do Verão, chegamos a esta altura do ano, com mais uns presentes giros para oferecer e a um custo quase zero, ou seja, apenas o custo dos suportes onde vamos pôr as suculentas, que é coisa para € 1.00, caso o suporte seja um vaso em barro.

 

É, ou não é, altamente compensador? Adoro isto.

© Mac às 10:40
link do post | favorito (2)
Terça-feira, 3 de Novembro de 2015

09 - A CHUVA DÁ CABO DA PSIQUE DAS PESSOAS

 

 

 

 

esta noite sonhei que tinha aqui ao serviço a anterior sodona e a actual . ao mesmo tempo . acho que a coisa passou para o campo dos pesadelos . não sei o que é pior, se o calendário de ermesinde, se o meu pesadelo, se esta coisa moderna de toda a gente achar que sim, que está muito bem ver a bisavó em cenas kinky . piedade . pah, não sou moderna, aquela cena choca-me . como me chocam outras n coisas . o melhor argumento que ouvi foi, ah colocaram ermesinde no mapa . oh pah .

 

tenho um ódio profundo, aprofundado e alimentado com muito carinho, pelos provadores das lojas . neste momento responsabilizo-os pelas grandes calamidades da minha pessoa (em estrangeiro, ssoa) ao nível do psicológico . juro . foi lá que vi muitos dos meus defeitos, nunca antes notados nos meus espelhos, nãaaaaao, nesses até sou uma pessoa que passa benzinho, mas chega-se ali aos públicos e a coisa estraga-se . se eu mandasse, instituía uma inspecção periódica e séria aos espelhos, à iluminação e ao tamanho dos provadores . as dimensões também têm muito que se lhe diga . 

 

comecei o dia a apanhar crisântemos para encher as jarras . foi um bom começo .

tags:
© Mac às 10:39
link do post | favorito

 

 

  

   

No Facebook,

  

 

mytaste.pt

≈ About me

≈ Pesquisar no blog

 

≈ Arquivo

As fotografias publicadas são da minha autoria, salvo algumas excepções.

Agradeço que me informem, caso alguma esteja protegida por copyright.

Retirá-la-ei imediatamente.