Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

13
Nov17

107 - Já fui feliz aqui


Mac

 

 

 

Aquário Vasco da Gama faz parte da nossa vida, fez parte da minha infância, depois fez parte da infância do adolescente aqui de casa e agora faz parte da infância da criança mais nova. Não tenho dedos nas mãos que cheguem para contar as vezes que lá fomos para ver a lula gigante - apesar de inanimada - a foca e as tartarugas.

 

 

 

 

 

 

 

 

É um passeio giro, os miúdos vêem peixes, dão-lhes de comer - que é sempre o ponto alto - e aprendem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora as tartarugas já não estão lá, assim como a foca,

 

 

 

 

 

 

mas está o Nemo e a Dory, outro ponto alto para os mais pequenos.

 

 

 

 

 

06
Nov17

04 - Por estes dias


Mac

 

 

 

 

 

 

. das coisas de que gosto muito nesta altura do ano, sem qualquer ordem de preferência .

. ir ao mercado sem planos definidos e trazer as flores que ali decidi, depois dedicar um tempo a fazer arranjos para pôr na mesa e pela casa, pensar que suporte usar para onde e como quero a distribuição das cores e formas . 

. os almoços de domingo em casa dos avós e a esperança perdida de ter só uma salada à minha espera e nada de sobremesas, para poder dizer que aquilo tudo me engorda, mas que vezes não são vezes e ai que bom, adoro .

. sair sem mala, sacos e tralhas nas mãos, porque é só ali ao lado e ali ao lado nada me faz falta, e para isso vestir umas calças e uma camisola confortáveis - já tinha saudades das minhas camisolas de lã - porque a tarde vai ser só para deitar conversa fora .

. ruas com corredores de plátanos no outono, folhas de plátanos nos passeios e as cores mil de outono . e o cheiro dos assadores de castanhas que ainda não vi este ano .

 

[e este ano, ainda bem que começou o outono, ainda bem que já choveu, ainda bem que aprendi a gostar de chuva]

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

16
Out17

03 - Por estes dias


Mac

 

  

 

 

 

 

  

 

 

provavelmente fizemos os últimos almoços deste ano lá fora . provavelmente calcei umas das melhores sabrinas que tive até hoje . há uma enorme probabilidade também de ser outono e de pela primeira vez na minha vida já estar farta de calor .

 

 

 

 

 

 

mas lá que a vida lá fora sabe bem, lá isso sabe . é bom andar no jardim até o sol se pôr e não precisar de agasalhos . ir ao villa cascais e ter a baía à frente, mesmo com um céu cinzento . tomar mais um café no hotel baía e começar a ter cascais com menos gente . 

 

  

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

e depois continuei a arrumar, porque a minha casa tem vida própria e desarruma-se . acho que sozinha, porque eu cá não dou por isso . arrumei o meu espaço dos trabalhos manuais e voltei a ter vontade de fazer coisas . às vezes faço um intervalo, não tenho ideias ou se tenho, não me apetece pegar em tintas, serras e colas . nem sequer na costura, linhas e tesouras . às vezes não me apetece sujar as mãos, nem fazer nada .

  

 

 

 

 

09
Out17

180 - Outubro, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 [duas ou três coisas que gosto em outubro]

. ficar ao sol sem precisar de ir ao banho para refrescar .

[porque este sol já não queima, não bronzeia, mas aquece a alma]

. achar um espanto ir à praia quatro dias seguidos .

[e depois lembrar-me que é normal e que naquele ano, no final de outubro já na véspera do pedro nascer, estive na praia]

. ter nascido em outubro .

[e achar que isso é a coisa mais trivial do mundo]

 

 

  

 

 

 

[quatro ou cinco coisas que gosto em outubro]

. ter um filho que nasceu em outubro .

[e achar que isso é a coisa mais especial do mundo]

. comprar roupa que não posso vestir logo . e sapatos . 

. não querer que o calor acabe, mas ter imensa vontade de usar botins, casacos

e camisolões .

[só para estrear, depois pode voltar outra vez o calor]

. os dias que começam gelados, passam a tórridos e acabam glaciares .

. o tempo que muda de repente, sem aviso .

. o cheiro dos assadores de castanhas nos fins de tarde a pedir casacos .

. romãs e abóboras .

. os fins de tarde de domingo no cinema e acabar o dia a jantar em casa dos avós .

[começámos a época com o blade runner 2045 . amei, mas peugeot?? porquê?]

. gosto de outubro .

 

 

 

 

 

 

 

26
Set17

02 - Por estes dias


Mac

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

definitivamente instalou-se o outono no ar e na vida, ainda com temperaturas bem simpáticas, mas o humor já é de outono . ao final do dia já sabe bem um agasalho, apesar de ainda vestir roupas de verão e me estender ao sol logo a seguir ao almoço, só para aquecer a alma e pôr as leituras em dia . depois arrefece, cheira a outono e o sol já não está nos mesmos sítios .

fiz o primeiro mercado sem melancia, limas e morangos e trouxe os figos, as romãs que adoro e as cores de outono para casa .  

 tenho arrumado que me farto. arrumei o anexo do jardim, organizei a arrecadação da cave e finalmente arrumei a estante da cozinha dos livros de culinária . não é que ela estivesse desorganizada, mas aquele espaço a que chamo dos meus livros de cozinha, como está num sítio estratégico, acaba por ser onde todos aqui em casa largam tudo, desde chaves, moedas, cartões, contas e mais o que se lembram . continua no mesmo sítio e os cartões, chaves e moedas vão continuar a ser largados ali, mas agora num sítio mais organizado .

18
Set17

01 - Por estes dias


Mac

 

 

 

 

 

 

  

 

  

 

 

 

 

 

 

o ar já me cheira a outono e por acaso não estava preparada para isto . quer dizer, calculava que ele andaria para chegar, mas esperava-o lá mais para meados de outubro . ainda estava embalada nos jantares lá fora, dias de praia, mergulhos na piscina e assim sem aviso, descem-me as temperaturas e instala-se este frio de norte ao final da tarde . e com o outono no ar, faz-se vida de outono . café de sábado de manhã com o mar pela frente na esplanada do hotel baía  (é tão bom) . as voltas do costume, a vida do costume, almoços nos sítios do costume, as festas infantis, as idas ao shopping para completar materiais escolares, uma mochila nova para a criança pequena, e isso . e no outro dia, numa das minhas caminhadas pelo paredão dei-me conta de muitas coisas . percebi por exemplo, que perdi a paciência para os ginásios, pelo menos para já . venha então o outono, já que tem de ser . com sapatos cor-de-rosa, tem de ser .

28
Ago17

168 - Os filhos, as férias grandes, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

  

 

  

 

 

 

 

  


 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

  

 

  

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com os miúdos ainda em férias grandes, temos aproveitado para turistar nos intervalos da praia e piscina. Há imensos programas giros para fazer com os miúdos, exposições para ver e sítios para visitar. O nosso país está cada vez melhor e finalmente a explorar o que tem de bom e a mostrar como é lindíssimo. No fim-de-semana fomos até Lisboa fazer uma HIPPOtrip. É um programa fantástico e a nossa cidade vista como se fossemos turistas, consegue ser ainda mais bonita. Adorei conhecer alguns aspectos e histórias que não sabia, relatados com muito humor pelo guia e acabar a visita a ver a cidade do rio. Um dos pontos altos é a entrada do autocarro na água. Adorámos! 

 

Depois passámos pelo Lx Factory e a mãe deles aproveitou para revisitar todas as lojas que ama de paixão (MuitoMuito, More Than Wine, June, Ler Devagar) e conhecer as novas. 

 

De resto, temos almoçamos nos restaurantes do costume, vamos à praia do costume, geladaria do costume,  e fazemos a vida do costume. Um bom costume, claro.

 

 

21
Ago17

110 - Eu gosto é do Verão


Mac

 

 

 

 

 

  

 

 

 

  

 

  

 

 

 

 

 

 

  

 

 

  

  

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

regressámos à nossa praia e à nossa vida . tivemos tudo quanto o guincho nos pode dar, praia com vento, barra e muito mar, voltas e mais voltas no carrossel, festas do mar, dona flor (depois conto tudo), as lojas giras que adoro visitar sempre (happy sardine, juicy soaps) e praia sem vento, um diazorro de guincho daqueles que nos faz acreditar que não há praia como esta, tivemos bar do guincho (o sumo de laranja e melancia é aquele vício), jantaradas fora de casa e lá fora com cheiro a mar, velas e sangria, tão verão . cascais não pára e só não a acompanha quem anda distraído . novos restaurante a cada mês, festas, actividades de rua, feiras, exposições e muita vida . sempre tivemos turismo, mas este ano explodiu . é um bom turismo, não incomoda e não invade . gosto muito de ver isto assim . 

 

 

 instagram @maria.antonia.velez 

26
Jun17

160 - O fim-de-semana, os filhos, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

. do fim-de-semana .

pareceu-me um fim-de-semana de setembro, daqueles com chuva e chuviscos que nos aparecem depois de já termos dois meses de praia e calor, mas acho que foi impressão minha . foi de certeza, tenho esta mania das analogias, comparações, referências e isso . a verdade é que ontem assim que terminámos de almoçar, desatou a chover . pingos grossos, daqueles carregados de mágoa dos céus, mas que não molham . vá, molham, mas não molham como a chuva do inverno . então desatámos a correr com as coisas, para os guardanapos de papel não ensoparem

 

 

. dos filhos .

tivemos o arraial do fim de ano do pedro . tão giro que foi, todos tão compenetrados do seu papel

 

 

. da vida .

e aproveitámos o jardim, o ar e a vida . passei no horto e trouxe vasos, cachepots e espadas de s. jorge . rendi-me às plantas de interior e achei que ficavam bem na casa-de-banho social . depois fui saber sobre os cuidados a ter e isso e diz que nos protege disto e daquilo . cada um acredita no que precisa (é só googlar pelo nome da planta e fica-se com o chorrilho de disparates à frente das vistinhas) . enfim . foi um fim-de-semana de descanso, acho eu

19
Jun17

158 - O fim-de-semana, os filhos, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

. do fim-de-semana .

todas as refeições lá fora, vida de verão, água e praia

 

 

. dos filhos .

o meu filho já não precisa de mim no carrossel, mas eu ainda preciso do carrossel . uma das coisas boas de ter filhos pequeninos é que de uma certa forma podemos regressar à infância sem parecer ridículos, adultos infantilizados ou peter pans . os filhos autorizam-me a andar no carrossel porque precisam da segurança que lhes dou naquele caminho sempre à roda . não precisam . eu é que preciso . 

 

 

. da vida .

tento encontrar palavras para descrever aquilo que sinto quando olho para esta tragédia e não encontro . não sou de me comover com facilidade, nem me saltam as lágrimas quando preciso, não sou muito de deitar cá para fora os embaraços e tristezas . mas cada vez que vejo aquelas imagens de inferno e ouço o que aquelas pessoas estão a passar, não consigo evitar . é muito. é demasiado . não sei se está na altura de procurar culpados, é mais confortável, mas também os procurámos há um ano, há dois, há tantos . demasiados . e todos os anos esta sensação de impotência . e todos os anos vemos o nosso país a arder . todos sabemos que não é o último e que nunca nada é feito para evitar ou minimizar . não é, não me venham com histórias, não é isso que vejo, o que vejo é que é cada vez pior, mais devastador, mais mortífero, mais infernal . e demasiado triste .

 

 

. do nirvana .

nunca o vou atingir e vivo bem com isso . quero lá saber .

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D