Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2017

39 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

 

 

 

 

Como pessoa que gosta bastante de cebola, seja ela cozinhada, ou crua, desta vez fiz umas échalotes caramelizadas para acompanhar uma carne assada. 

 

. 10 échalotes (ou 5 cebolas cortadas em quartos)

. 2 c sopa de manteiga

. 2 c sopa de açúcar mascavado

. vinagre balsâmico (só para salpicar)

 

 

Coloque as échalotes numa panela com água e leve ao fogão. Assim que começar a ferver, desligue o lume e deixe as cebolas uns 10 mn na água quente. Ao fim de 10 mn, escorra-as. 

 

Numa frigideira derreta a manteiga, junte-lhe o açúcar mascavado e mexa. Quando o açúcar derreter, coloque as cebolas.

 

Envolva  as cebolas com o caramelo formado e quando já tiverem uma camada e o molho estiver espesso, salpique-as com um pouco de vinagre. 

 

E já está.

© Mac às 11:33
link do post | favorito
Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2016

102 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI

 

 

 

 

 

Para o jantar de Natal deste fim-de-semana com amigos, fiz mais umas coroas de eucalipto, mas mais pequenas do que aquelas que mostrei, e que pus em cima dos guardanapos. Depois pus alguns vidros com velas pequenas no centro da mesa, e decorei-os com ramos de eucalipto e gilbardeira. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acima de tudo queria que a mesa ficasse com um ar simples e despretensioso, mas bastante luminosa. Acho que consegui. 

 

 

  »»» • «««

 

 

 

 

 

Já agora uma dica sobre a Mousse de Chocolate, que se calhar toda a gente já sabe, mas como continuo a ver mousses quase líquidas, ou mousses desmaiadas com o fundo aguado (pelo amor da Santa!), não custa deixar aqui: se substituirmos o leite por 200 ml de natas, a mousse fica bem cremosa e encorpada. Ah e tal e as calorias que para aí vão com natas! Olha eu muito ralada.

 

. 100 g de açúcar baunilhado

. 6 ovos

. gotas de limão

. 1 pitada de sal

. 200 ml natas 

. 150 g de manteiga

. 300 g de chocolate para culinária (uso o Pantagruel)

 

Versão Bimby

Pese o açúcar e reserve.

Separe as gemas das claras e reserve.

Ponha a “borboleta” no copo, coloque as claras com uma pitada de sal e umas gotas de limão, e programe 6 min/vel 3,5. Quando faltarem 30 s deite pelo bocal 3 c de sopa do açúcar reservado. Retire a “borboleta” e deite as claras em castelo numa taça.

Sem lavar o copo deite as natas, as gemas, o restante açúcar, a manteiga e programe 5 mn/ vel 4/ 80º. Coloque o chocolate partido, deixe que amacie e programe  15s/ vel 6.

Misture com as claras reservadas, passe para a taça de servir e leve ao frigorífico por 3 horas.

 

Versão tradicional

Pese o açúcar, a manteiga e o chocolate.

Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo, às quais juntou uma pitada de sal e umas gotas de limão. Nos segundos finais junte c de sopa do açúcar pesado. 

Em banho-maria, bata as natas com as gemas, a manteiga e o restante açúcar. Quando tiver um creme, junte o chocolate partido, até que se dissolva.

Misture com as claras reservadas, passe para a taça de servir e leve ao frigorífico por 3 horas.

 

 

 

»»» • «««

 

. velas . Ikea

. toalha . Zara Home

. vidros do centro da mesa . Docinho de açúcar

 

 

»»» • mais mesas de Natal, aqui

© Mac às 13:21
link do post | favorito (2)
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2016

42 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO

 

 . ideias para usar os bombers - que comecei por afirmar que não, que não iria usar - que aos meus olhos ficam bem mais giros com saias e calças largas, do que na óbvia conjugação com skinnies .

 

 

 

. e as saias de pregas, uma das grandes tendências da estação .

 

 

 

 

 . o creme de corpo eau ressourçante, o melhor de todos os hidratantes - como se eu fosse capaz de eleger o melhor, mas está bem - para usar e abusar após duche . deixa a pele linda e tem um cheirinho fantástico que dura o dia todo (vale a pena trazer do duty free) .

 

 

 

 

  

. os turcos abyss & habidecor com os seus toalhões mega size de 2 X 1.10, há lá coisa melhor .

 

 

 

 

  . da zara home, uns talheres para mãos pequeninas, que têm sido um sucesso (o prato é VA e tem aí uns 4 anos aqui em casa) .

 

 

 Fig & Chevre Canapes

 

. uma receita com figos, queijo de cabra, presunto, rúcula e mel (via casal mistério) .

 

 

 

 

. as sobremesas e bolos da sprinkle bakes .

 

 

 

 

. e claro, a frase da semana .

 

© Mac às 11:11
link do post | favorito (2)
Quinta-feira, 16 de Junho de 2016

38 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

 

 

  

Uma das minhas misturas favoritas é a de ananás com hortelã, seja em sumos, smoothies, ou sobremesas, por isso quando vi esta receita na revista Jardins deste mês, apostei que iria adorar e apostei bem. É deliciosa, super fresca, além de rápida e fácil de fazer.

 

 

- Carpaccio de Abacaxi -

 

. 1 abacaxi maduro

. 100 g de açúcar

. 2 limas

. 1 molho de hortelã

 

Descasque o abacaxi e sem retirar o centro do abacaxi, corte-o em quatro quartos. Corte cada quarto em fatias muito finas, de modo a que fiquem transparentes. Deite numa taça.

 

Coloque o açúcar e as folhas de hortelã no almofariz e esmague tudo até obter um açúcar verde.

 

 

 

  

Deite este açúcar sobre o abacaxi cortado. Raspe as limas e deite também sobre o abacaxi. Envolva e disponha esta mistura numa travessa de servir. Leve ao frigorífico durante uma hora.

 

Antes de servir decore com mais um pouco de raspas de lima e folhas de hortelã.

 

 

 

 

 

_________ - ♥ - _________

 

. talheres com cabo forrado com corda . aqui

 

© Mac às 12:56
link do post | favorito (1)
Terça-feira, 24 de Maio de 2016

37 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

DSC05896.JPG

 

 

No outro dia lembrei-me de fazer uma variante da Mousse de Maracujá e fiz uma de framboesas. É exactamente igual à de maracujá, mas substituí a polpa deste fruto, por framboesas frescas, que após reduzir a puré, juntei duas colheres de sopa de rum. Ficou com um sabor muito parecido ao Panna Cotta de framboesas, mas mais leve. A família gostou.

 

 

. 300 g de framboesas 

. 1 lata de leite condensado

. 400 ml de natas para bater (bem frias)

. 4 folhas de gelatina

. 60 ml de leite

. 2 c sopa de rum

 


- Modo tradicional -

Coloque as folhas de gelatina numa taça com água fria, durante 5 mn. Ponha o leite num tacho e leve ao lume, quando estiver quente, junte as folhas de gelatina escorridas e mexa até se dissolverem. Bata as natas até ficarem montadas. Reduza as framboesas a puré e junte-lhes o rum, mexa bem. Numa outra taça, deite o leite condensado e junte o puré de framboesas aos poucos, mexendo sempre. Junte o leite com as folhas de gelatina e misture bem. Junte as natas e envolva tudo muito bem.

Deite numa taça e leve ao frigorífico durante cerca de 4 horas para solidificar, e já está.




- Na Bimby -

Coloque as folhas de gelatina numa taça com água fria, durante 5 mn. Ponha a borboleta no copo limpo e bem seco, deite as natas e programe 2 mn/v 3.5. Reserve. Deite o leite no copo e programe 1 mn/v 1/ 100º. Junte as folhas de gelatina ao leite e programe 1 mn/v2 e reserve. Deite no copo as framboesas e reduza-as a puré, 15 s/turbo. Junte o leite condensado e programe 5 mn/ v3. Junte o rum e as natas e programe 5 mn/v3.

Deite numa taça e leve ao frigorífico durante cerca de 4 horas para solidificar, e já está.

© Mac às 17:02
link do post | favorito (1)
Quinta-feira, 12 de Maio de 2016

36 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

 

 

 

 

| receita, aqui |

 

 

 

Da série "A Pessoa que Gostava de Estragar Dietas", parte XXI: Pode chover à vontade, enquanto houver gelado de chocolate com nata, não há nada que me possa aborrecer.

 

‪#‎sómedoualegrias‬

‪#‎apessoaquegostavadeestragardietas‬

© Mac às 19:01
link do post | favorito (3)
Terça-feira, 3 de Maio de 2016

35 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

 

 

 

 

Para o aniversário do pai cá de casa, também fiz uma Mousse de Maracujá. Gosto imenso de mousses de fruta, porque são rápidas e fáceis de fazer, e são sempre uma sobremesa leve e fresca, para qualquer altura do ano.

 

A Mousse de Maracujá é apenas uma mistura de uma lata de maracujá, uma lata de leite condensado e um pacote, ou dois de natas batidas. Muito honestamente, sem as folhas de gelatina, não lhe acho piada nenhuma, porque fica muito líquida e de mousse tem muito pouco. Na versão que gosto, em que se junta as folhas de gelatina, a mousse fica bem encorpada e com uma textura de mousse muito agradável, ali entre o 'não cai da colher e não é um pudim'.  

 

 

 

 

  

 

. 1 lata de 450 g. de polpa de maracujá  

. 1 lata de leite condensado 

. 400 ml de natas para bater (bem frias)

. 4 folhas de gelatina

. 60 ml de leite

 

- Modo tradicional -

 

Coloque as folhas de gelatina numa taça com água fria, durante 5 mn. Ponha o leite num tacho e leve ao lume, quando estiver quente, junte as folhas de gelatina escorridas e mexa até se dissolverem. Bata as natas até ficarem montadas. Numa outra taça, deite o leite condensado e junte a polpa de maracujá aos poucos, mexendo sempre. Junte o leite com as folhas de gelatina e misture bem. Junte as natas e envolva tudo muito bem.

 

Deite numa taça e leve ao frigorífico durante cerca de 4 horas para solidificar, e já está, uma mousse fantástica.

 

 

- Na Bimby -

 

Coloque as folhas de gelatina numa taça com água fria, durante 5 mn. Ponha a borboleta no copo limpo e bem seco, deite as natas e programe 2 mn/v 3.5. Reserve. Deite o leite no copo e programe 1 mn/v 1/ 100º. Junte as folhas de gelatina ao leite e programe 1 mn/v2. Junte o leite condensado e programe 5 mn/ v3, ao fim de 2mn, vá deitando a polpa de maracujá aos poucos. Junte as natas e programe 5 mn/v3. 

 

Deite numa taça e leve ao frigorífico durante cerca de 4 horas para solidificar, e já está, uma mousse fantástica.

© Mac às 13:54
link do post | favorito (1)
Quarta-feira, 27 de Abril de 2016

34 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

 

 

  

Ontem para o almoço fiz esta receita de lulas com molho de mostrada, do livro da Bimby. Ultimamente, quando quero experimentar receitas que não fazem parte dos menus familiares, prefiro fazer para o almoço e ver se tem alguma hipótese de ser aprovada pelo gosto dos miúdos, ou se nem pensar. Tento ao máximo variar bastante as ementas aqui em casa, apesar de termos aqueles pratos seguros que já fazem parte há anos e anos, vou experimentando novas receitas, e algumas entram para o circuito dos pratos seguros.

 

Esta receita, como tinha mostarda, era das tais que me deixava algumas dúvidas, mas afinal tem tudo para os miúdos gostarem. Ainda por cima é fácil e relativamente rápida. Como foi para o almoço, fiz a quantidade para duas pessoas, ou seja, usei uma embalagem de 450 g de lulas (Pescanova) e dividi a meio as quantidades da receita, mas basta seguir as quantidades que estão indicadas e dá para quatro pessoas, apesar de indicar no original que dá para seis. Acompanhei com um arroz branco simples (usei arroz vaporizado D'el Rei, que fica sempre solto). 

 

Mais uma receita para incluir nos menus familiares.  

 

 

- Versão Bimby -

 

 

 

- Modo tradicional -

 

Pique o alho e a cebola e faça um refogado. Quando a cebola estiver transparente, junte o tomate, que triturou previamente. Deixe cozer em lume brando, durante 5 mn. Junte as lulas cortadas em argolas, o vinho, o louro, o sal e a pimenta. Tape o tacho e deixe cozer em lume brando durante 25 mn. Numa taça envolva as gemas, a mostarda (usei de Dijon) e o sumo de limão. Deite esta mistura em fio sobre as lulas e vá mexendo. Coloque numa travessa e sirva.

© Mac às 15:04
link do post | favorito (2)
Quarta-feira, 13 de Abril de 2016

60 - OS FILHOS, A VIDA, A CASA, O NIRVANA E EU

 

 

 

 

 

. por estes dias .

 

ainda não me sinto capaz de roupas de primavera, tenho frio, o que fazer? mas redescobri as calças largas com mocassins e loafers, se não todos os dias, lá de vez em quando . são confortáveis, quentes qb e gosto imenso delas . e continuo com as saias midi, a minha grande tendência do inverno . adoro-as . ando doida para que chegue o calor . até me parece que este ano está a demorar mais . num destes dias o meu filho mais velho convidou-me para almoçar e o meu coração de mãe quase explodiu de tanta emoção . fomos à portugália satisfazer a gula adolescente . a mãe dele ficou-se por um hambúrguer . estou uma menina . fiz um  bacalhau com espinafres, receita da sav, que fez o gosto da família, apesar da reacção inicial dos filhos ter sido 'blagh espinaaaaaaaaaaaafres' . pintei a parede da cozinha (depois conto coisas) e adoro o resultado . agora falta-me pendurar os quadros, mas como estou na fase 'ai que linda que está a minha parede', nem quero ver nada ali pendurado . 

 

e enchi a casa de tulipas brancas e tenho a primavera comigo

 

 

 

  

 

 

 

 ______________________________

 

 

 

 

 

 

. 1 embalagem de bacalhau desfiado (usei o da Pescanova)

. 2 batatas doces descascadas e cortadas 
. 250 g de espinafres (usei congelados do Continente)
. 800 g de água
. sal q,b.

. 30g de azeite
. 3 dentes de alho
. 1 tomate cortado em fatias grossas (não usei)
. orégãos q.b.
. tomilho
. azeite q.b. para regar


 

(fiz na Bimby, mas é fácil de adaptar ao modo tradicional)


No copo coloque a água com sal e no cesto mais fundo da varoma, os espinafres e a batata doce, no cesto superior, o bacalhau. Programe 25 min/temp Varoma/Vel 3.

Reserve as batatas.

No copo da bimby coloque o azeite e os alhos e pique-os na vel 5. Coloque o bacalhau e os espinafres e programei 3 min/Temp 100º/Vel colher, e inversa a meio do tempo.

Num prato que possa ir ao forno, disponha o bacalhau, as batatas e os espinafres, salpique com um pouco de sal, orégãos e tomilho, e regue com um fio de azeite. Leve ao forno a 180º, durante 15 minutos.

© Mac às 13:41
link do post | favorito (2)
Sexta-feira, 4 de Março de 2016

33 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

 

 

 

E para quem geralmente almoça em casa, pratos nada complicados e que resolvem bem as refeições para apenas uma ou duas pessoas. Hoje para o almoço foi esta pescada no forno, acompanhada de batatas noisette (Pingo Doce) e uma salada de alface (daquelas em pacote já preparadas), temperada com azeite, vinagre (*) e sal. Geralmente este prato é feito na dose familiar, mas basta dividirmos os ingredientes e faz-se na boa uma dose individual.

 

Ingredientes,

. 6 postas de pescada (uso medalhões de pescada do Cabo, da Pescanova)

. 200 ml natas

. salsa (uso congelada do Continente)

. sumo de 1 limão

. azeite 

. sal e pimenta q.b.

 

  

Disponha as postas de pescada num tabuleiro de forno e regue com um pouco de azeite. Polvilhe a pescada com sal, pimenta, salsa e regue com o sumo do limão. Leve ao forno a 180º, durante 30 mn e a meio da cozedura, deite as natas sobre a pescada.

 

 

(*) Fui sempre péssima a temperar saladas, mas desde que comecei a usar o vinagre em spray, passei a pró, porque encontrei a dose ideal e fica bem espalhado. No meu caso, para a quantidade individual, borrifo duas vezes, dou uma volta à salada e volto a borrifar duas vezes.

© Mac às 16:11
link do post | favorito
Quarta-feira, 2 de Março de 2016

32 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

 

 

 

 

Resolvi fazer um Salame de Chocolate. Este é daqueles bolos que os meus filhos geralmente só apanham nas festas a que vão, porque aqui em casa não é visita frequente. Acho-o demasiado bomba calórica, mas de vez em quando lá cedo e faço um. Este Salame é ligeiramente diferente do habitual, porque é mais seco. Faço a receita do Pantagruel, mas na versão da tablete de chocolate ralada, em vez de chocolate em pó. Também uso bolachas Maria da Cuétara, porque são mais estaladiças e mesmo depois de misturadas com os restantes ingredientes, continuam bem secas. Resulta bem e os meus filhos gostam mais deste Salame, em que se sente bem o chocolate e as bolachas, sem ficar tudo demasiado ligado.

 

 

Ingredientes,

 

. 200 g de chocolate em pó (prefiro a tablete para culinária da Pantagruel)

. 200 g de açúcar

. 200 g de bolachas Maria (prefiro as da Cuétara)

. 125 g de manteiga (uso com sal)

. 4 gemas de ovos

. icing sugar para cobrir

 

 

Ponha as bolachas num saco de plástico para alimentação e com o martelo de cozinha, parta as bolachas em bocados (não é preciso que fiquem muito pequenos). Rale o chocolate (na Bimby, v5, 20s), junte-lhe o açúcar e misture bem (na Bimby v4, 20s). Junte a manteiga e as gemas, e amasse (na Bimby, v espiga, 5 mn). Junte as bolachas e incorpore (na Bimby v2, 5 mn).

 

Deite o preparado numa folha de alumínio e forme um rolo. Envolva na folha e leve ao frigorífico durante 12 horas. Após este tempo, retire a folha de alumínio e opcionalmente cubra a superfície com icing sugar.

© Mac às 13:29
link do post | favorito
Segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016

08 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

 

 

 

uma colecção gira para um miúdo que adora tintin . uma nova base para as unhas, que quero ver se cumpre o que promete . a tarte de maçã preferida desta família (*) . uns bolbos à espera de um dia bom para serem plantados . o mar que nos dá o horizonte . a nossa cortiça, que está no sítio a que chamo de trabalho, para onde olho e vejo bocadinhos da nossa vida, onde pomos as fotografias mais queridas dos sítios onde queremos voltar sempre, de dias tão bons, reorganizada e pronta para mais umas . há sempre tantas e tantas fotos que queremos ali . e refeições fora, refeições em casa, rápidas, sem ciência, já feitas, pré-feitas . também é bom . 'cozinhar é um modo de amar os outros', que um dia roubei a mia couto e fiz dela a minha frase . que num outro dia pus numa colher . que agora serviu uma pizza daquelas que é só pôr no forno . fazer pizzas de cartão também é um modo de amar os outros . eu acho . e nós todos juntos, como gostamos tanto . e felizes, como nos fazemos uns aos outros . tão bom .

 

 

____________________

 

Tarte de Maçã

Base para a tarte (massa quebrada)
. 300 g farinha
. 130 g manteiga dura
. 70 g água
. ½ c chá de sal
. ½ c chá açúcar

Coloque no copo todos os ingredientes pela ordem indicada e programe 15s/vel 6.
Estenda a massa com a ajuda de um rolo e forre a tarteira.

 

Do modo tradicional: numa taça, ligue todos os ingredientes, sem amassar.

 

[em alternativa, há massas já feitas muito boas, como a do Pingo Doce, por exemplo]


Para o puré de maçã:

. 6 maçãs

. ½ chávena de água

. 4 colheres de sopa de açúcar amarelo

. 8 gotas de essência de baunilha

 

Para a cobertura:

. 2 maçãs

. 2 gemas bem batidas (para pincelar a maçã)

 

 

Leve as maçãs ao lume, cortadas e sem caroços, com a água e o açúcar [na Bimby, 15 mn, 100º C, v1]. Deixe cozer bem, até estarem no ponto de esmagar e transformar em puré [na Bimby, 15s, turbo]. Junte a essência de baunilha.

 

Forre uma tarteira com a massa quebrada, previamente estendida e deixe os rebordos da tarteira forrados com a massa que sobra.

 

Deite o puré de maçã e cubra com os gomos de maçã. Pincele com o ovo e leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 30 minutos.

 

Sugestão, sirva ainda quente com uma bola de gelado de natas.

© Mac às 09:22
link do post | favorito
Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2016

30 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS

  

 

 

 

Apeteceu-me o Verão. Apetece sempre e ontem para o almoço com uma amiga, fiz a minha salada preferida, que é rápida, fácil e mega saborosa, acompanhada da minha 'limaranjada.

 

 

Ingredientes (para 2 pessoas):

. 1 pacote de Mozzarella míni (20 míni queijos)

. 1 pacote de alface frisada já preparada

. 1 caixa tomate míni chucha, com 250 g

. 2 peitos de frango

. 2 abacates maduros

 

Temperos:

. para o frango: 1 caldo Knorr Aves + 2 c chá de pimentão seco + sal qb

. para a alface: azeite + vinagre + sal

. para o tomate: coentros secos

. para o queijo: pimenta moída na altura + sal

 

 

Coza o frango em água com o cubo para aves, o pimentão e o sal. Tempere a alface, o tomate e os queijos. Descasque os abacates, retire o caroço e corte às fatias. Corte o frango às fatias. Disponha tudo num prato de servir.

© Mac às 11:01
link do post | favorito
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2016

174 - A DONA DE CASA PERFEITA(MENTE DESESPERADA)

 

 

 

Resolvi fazer um bolo para o Dia de S. Valentim. Nada a ver com facto meramente irrelevante de andar doida para testar o glacé real instantâneo, diga-se. Tenho um sério problema com o glacé real, que se resume a uma forte incapacidade em o fazer. Não sou capaz, já tentei diversas receitas, já investiguei na net e nada de glacé em condições. Com o creme de manteiga, a coisa ainda é pior. Nunca consegui uma cobertura branca. Nunca. Então resolvi experimentar este glacé real instantâneo e a coisa deu-se.

 

  

 

 

  

Já agora deixo a receita do bolo, que é facílima e resulta bem. É apenas um bolo de iogurte, ao qual acrescento framboesas e faço um recheio de natas e framboesas frescas. 

 

. quantidades para o bolo (forma com 16 cm de diâmetro), 

. 6 ovos

. 300 g de açúcar

. 1 iogurte grego sem açúcar

. 150 g de miolo de amêndoa

. 110 g de óleo

. 150 g de farinha sem fermento, tipo 55

. 1 c sopa de fermento para bolos

. 125 g de framboesas

  

. para o recheio

. 200 ml natas

. 1 c chá de icing sugar

. 125 g de framboesas

 

 

 

. para a cobertura

. 1 pacote de 500 g de glacé real instantâneo

. 1 frasco com corações de açúcar

. 2 corações

(tudo do Docinho de Açúcar)

 

 

 

 

 

Modo tradicional:

Pré-aqueça o forno a 170º. Pese a farinha, o açúcar, o óleo, a amêndoa e a farinha. Deite os ovos, o açúcar, a amêndoa, o iogurte e o óleo numa taça e bata até obter um creme macio. Junte a farinha e o fermento e misture. Junte as framboesas e envolva. Unte uma forma com margarina e polvilhe com farinha. Deite o preparado na forma, cubra a forma com uma folha de alumínio e leve ao forno, durante 35 mn.

 

Numa outra taça faça o chantilly.

Faça o glacé real, como indicado na embalagem.

 

 

Na Bimby:

Pré-aqueça o forno a 170º. Deite os ovos no copo. Junte e pese o açúcar, a amêndoa, o iogurte e o óleo e programe 5 mn/ v4. Junte a farinha e o fermento e programe 15 s /v 3. Junte as framboesas e envolva (5 s /v1). Unte uma forma com margarina e polvilhe com farinha. Deite o preparado na forma, cubra a forma com uma folha de alumínio e leve ao forno, durante 35 mn.

 

Faça o chantilly. Deite as natas no copo limpo, ponha a borboleta e programe 6 mn/v3.5

Faça o glacé real, como indicado na embalagem.

 

 

Quando o bolo estiver frio, desenforme. Corte-o ao meio, barre um dos lados com chantilly e ponha as framboesas. Sobreponha a outra metade e cubra-o com o glacé real. Com uma espátula, colher ou faca, faça uns efeitos no glacé real. Distribua uns corações de açúcar, ponha os dois corações e já está.

 

 

 

© Mac às 14:17
link do post | favorito
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2016

04 - ÀS VEZES EU GOSTO DO INVERNO [MAS MORRO DE SAUDADES DO VERÃO TODOS OS DIAS]

E como não devo beber chá a sério, daquele bom, de chorar por mais, iniciei-me no mundo das infusões. Para começar, experimentei as que me aconselharam ali no Facebook do blog e gostei de todas. A saber:  

 

  

- ♥ Limão com hortelã ♥ -

 

 

juntar a 1/2 l de água, três tiras de casca de limão e 6 folhas de hortelã, deixar ferver durante uns 3 mn.

 

 

- ♥ Laranja com canela ♥ - 

 

 

juntar a 1/2 l de água, três tiras de casca de laranja e 1 pau de canela, deixar ferver durante uns 3 mn.

  

 

 - ♥ Limão com gengibre ♥ - 

 

 

juntar a 1/2 l de água, três tiras de casca de limão e umas raspas de gengibre, deixar ferver durante uns 3 mn.

 

 

 - ♥ Limão com canela ♥ - 

 

 

juntar a 1/2 l de água, três tiras de casca de limão e um pau de canela, deixar ferver durante uns 3 mn.

 

 

[opcionalmente, adoçar com mel de rosmaninho]

© Mac às 14:21
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2016

726 - LAI LAI LAI

  

  

     

 

 

 

foi um fim-de-semana em grande . tivemos um almoço em casa dos avós, com a minha salada preferida, que é de comer e chorar por mais e não tem qualquer ciência . e um jantar com uns amigos, daqueles que estão na nossa vida vai para mais de vinte anos e milhares de conversas postas em dia . usei misturas improváveis, uma saia midi com botas, e também usei misturas seguras, preto integral com um blazer que tem uns pormenores em pele . acendi velas - adoro aquela da rituals - e inundei a casa dos cheiros que adoro . guardei o nebulizador e a criança pequena arranjou logo uma tosse . desarrumei o nebulizador e nebulizei a criança pequena . e acabei por não o levar a cortar os caracóis . não faz mal, adoro aqueles caracóis . 

 

. foi isto . e foi muito muito bom . 

 

 

 _______________  - ♥ - _______________ 

 

 

 

salada:

. 2 abacates

. tiras de fiambre

. cebolinho q.b.

. maionese

. agrião e rodelas de limão, para decorar

 

Corte os abacates em cubos e ponha numa taça, junte-lhe as tiras de fiambre, a maionese e o cebolinho cortado e misture.

© Mac às 11:05
link do post | favorito
Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2015

30 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM

 

  

 

Para  sobremesa, optei por esta de ananás com amêndoa, que se faz em duas pernadas, seja lá o que isso signifique, é fresca, nada enjoativa e muito saborosa.

 

. 2 latas de ananás em calda
. 4 c sopa de Rum
. 125 g de manteiga
. 3 gemas
. 5 c sopa de açúcar
. 125 g de miolo de amêndoa 

 


Disponha as rodelas de ananás numa taça, ou prato, e regue com o rum.  Deixe a macerar durante vinte minutos.

Ponha no Banho-Maria o açúcar, as gemas e a manteiga e leve ao lume (na Bimby, 15 mn/ v1/ 100º). Bata com uma vara de arames, até obter um creme espesso. Tire do lume e junte duas colheres do Rum que está na taça com o ananás. Deixe arrefecer, deite sobre o ananás e polvilhe com o miolo de amêndoa.

© Mac às 13:21
link do post | favorito
Terça-feira, 1 de Dezembro de 2015

86 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI

DSC07936.JPG

 

 

DSC07952.JPG

 

 

DSC00707.jpg

 [este último é do ano passado]

 

 

Então como a consoada vai ser aqui, agora há que pensar na ementa, quer dizer, já a sei de cor e salteado, agora tenho é de fazer uma lista, tratar das compras mais em cima do acontecimento e depois cozinhar como se não houvesse amanhã, quer dizer, há coisas que se encomendam e outras que se delegam, mas não interessa, o que interessa é que tenho de planear e como para planear, é preciso testar, fiz aquele bolo de chocolate, só para experimentar umas decorações. Ah e tal, que desculpa tão triste, então não podias ter treinado em cima de uma esferovite? Não, não podia, isso iria desvirtualizar todo o meu processo criativo, brincamos, ou quê?

 

E concluo, que aos meus olhos, enche-se a coisa de icing sugar, que dá aquele ar de neve, portanto christmas, e pronto, está feita a decoração do bolo de chocolate, mais coisa, menos coisa.

 

 

[A receita é a do Bolo de Chocolate da Bimby, mas com as minhas adaptações, esta, para Bimby e para modo tradicional]

 

_______________  - ♥ - _______________

 

. Míni decorações de madeira, do AKI

. Pinheiros miniatura, do Docinho de Açúcar

. Cordão de pasteleiro, da Staples (também há no Docinho de Açúcar e na Antiga Drogaria)

. Míni napperons da Antiga Drogaria (também há no Docinho de Açúcar)

. Guizo, da Zara Home

© Mac às 11:07
link do post | favorito
Terça-feira, 24 de Novembro de 2015

92 - JÁ FUI FELIZ AQUI

aDSC07470.jpg

aIMG_0794.jpg

 

 

 

Resolvi fazer uma Aletria para a sobremesa do jantar de hoje para uns amigos. Por acaso é daquelas coisas que só faço duas vezes por ano, uma quando já estou cheia de saudades e geralmente perto do Natal, a outra para o dia 24 de Dezembro. Bastam-me estas duas vezes por ano, para matar as saudades da Aletria da avó querida. Tenho saudades daquela semana no Porto, que íamos todos passar com a avó, muitas vezes antes dos pais. Era a semana em que a minha avó nos estragava à sua vontade e havia travessas de Arroz Doce e Aletria, umas com canela, outras sem. E muito mimo. Às vezes era só um prato grande, que era dividido a meio, uma metade com canela, outra sem. Eu era dos que não queria canela. Agora já sou dos que quer canela. Mas continuo sem jeitinho nenhum para lhe fazer os desenhos.

© Mac às 14:10
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015

29 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM

 

 

 

Em dias de chuva, apetece-me sempre, ou quase sempre, a cozinha a cheirar a bolos, ora como para ter a cozinha a cheirar a bolos, é preciso fazê-los, fiz. Também há desculpas melhores, mas não interessam. O que interessa, é que estas bolachas são as preferidas da minha família e são facílimas de fazer.

 

 

Recheio de Chocolate,

. 50 g de chocolate para culinária

. 50 g de manteiga

. 50 g de açúcar

. 1 ovo

 

Deite a manteiga, açúcar e ovo numa taça de Banho-Maria e mexa durante 5 mn (na Bimby 70º/v4/5 mn). Parta o chocolate em bocados e junte. Deixe derreter e depois misture, até obter um creme homogéneo (na Bimby 15s/v6).

 

 

Bolachas,

[para cerca de 30 bolachas duplas]

. 600 g farinha sem fermento

. 250 g de manteiga

. 120 g de açúcar

. 200 g de miolo de amêndoa

. 140 g de água

. 1 c chá de sal

 

. icing sugar para polvilhar

 

 

Deite todos os ingredientes numa taça e ligue, sem amassar (na Bimby 15 s/ v6). Pré aqueça o forno a 170º.

 

  

 

  

Divida a massa em quatro porções e leve ao frigorífico por 20 mn. Tire o primeiro bocado, estenda entre duas folhas de papel vegetal para culinária e corte as bolachas. Retire cada bolacha e ponha no tabuleiro de forno, forrado com papel vegetal. Quando tiver preenchido o tabuleiro, leve ao forno por 10 mn.

 

[uso dois tabuleiros, assim vou alternando e enquanto um está no forno, posso ir fazendo o segundo. claro que após cada fornada, mudo a folha de papel vegetal]

 

 

 

 

Quando as bolachas estiverem frias, ponha as que vão ficar em cima numa folha de papel vegetal e polvilhe-as com icing sugar. Nas restantes, ponha um pouco de chocolate, mas só no meio, para quando puser a bolacha de cima, não sair chocolate pelo lado, mas apenas no recorte da bolacha.

 

 

 

 

 

 

 

________________________

Dica: como gosto das bolachas muito fininhas e para evitar que fiquem deformadas, só faço o recorte do meio com o cortador mais pequeno, nas bolachas que vão ficar em cima, quando já as pus no tabuleiro de ir ao forno. 

 

E já agora, para todas as bolachas, após usar o cortador e para não ficarem deformadas, não puxo a massa que cortei, levanto o papel vegetal, inverto e com cuidado solto a massa do papel vegetal. 

© Mac às 14:23
link do post | favorito
Segunda-feira, 2 de Novembro de 2015

28 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM

 

 

 

Então aqui estão as receitas da Galette de Maçã e dos Scones, resultado de um dia de muita chuva. Como já disse ali no Facebook do blog, esta receita de Scones da Maria de Lourdes Modesto, é a que faço há muitos anos, sem nunca a alterar e sempre que experimentei outras, arrependi-me. Gosto deles exactamente assim, sem tirar, nem pôr. A Galette de Maçã é, tudo espremido, uma forma rápida de fazer uma tarte, sem ter de forrar a tarteira e mais não sei quê. Prefiro-a às tartes, por isso mesmo, porque é mais rápida de fazer e porque a acho mais saborosa.

 

 

- ♥ Galette de Maçã ♥ -

 Ingredientes:

. 3 maçãs

. 2 c de sopa de açúcar mascavado

. sumo de 1 limão

. 1 gema de ovo

. gelado de natas (este, ou um de compra, também fica bom) 

. massa quebrada (esta, ou a que já está feita do Pingo Doce)

 

 

 

Descasque as maçãs e corte em tiras bem finas.

Pré-aqueça o forno a 150º C.

Ponha as tiras de maça numa taça e adicione o açúcar e o sumo do limão, e envolva.

 

 

 

Ponha a massa num tabuleiro forrado com papel vegetal.

Deite o preparado na massa e dobre-a. 

Pincele a massa e recheio com a gema de ovo.

Leve ao forno cerca de 20 mn.

Sirva ainda quente, com uma bola de gelado.

 

 

 

 

  

Dicas,

. Para fazer um círculo com a massa, depois de estendida, ponho-lhe um prato grande em cima e corto-a com o cortador de pizzas.

 

 

 

. para fazer tiras muitos fininhas de maçã, uso o pela batatas.

 

  

 

_______________  - ♥ - _______________

 

- ♥ Scones ♥ - 

 

 

 

Ingredientes

. 280 g de farinha sem fermento

. 1 c sopa de manteiga

. 3 c sopa de açúcar

. 6 c sopa de leite

. 1 ovo

. 1 c sopa de fermento em pó

. 1 pitada de sal

 

Pré-aqueça o forno a 180º C. Coloque todos os ingredientes numa taça e amasse com as mãos, mas apenas até ligar e obter uma massa homogénea (na Bimby 15 s, v 6). Faça bolas com cerca de 5 cm, ponha num tabuleiro polvilhado com farinha e leve ao forno, cerca de 10 mn. 

 

Sirva ainda quentes, barrados com manteiga, compotas, ou nada.

© Mac às 13:58
link do post | favorito (2)
Quinta-feira, 29 de Outubro de 2015

27 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM

 

 

  

 

 

 

Durante todo o ano faço bolachas para os meus filhos, mas chegando a esta época, renomeio-as e passo a chamar-lhes Bolachas de Natal. O Natal ainda está longe, é verdade, mas eu cá gosto de pensar em tudo com tempo, e como prometi, vou deixando sugestões de presentes giros e baratos. Um deles e que não constitui qualquer novidade, são as bolachas, que se pusermos em frascos giros com uma fita ou cordão giros, resultam em presentes bem simpáticos.

 

E para variar um pouco dos formatos habituais, fiz estas em forma de botões, que vi no Pinterest. São facílimas de fazer, basta usarmos três ou quatro copos com diferentes diâmetros, um cortador com recortes (para o botão que tem ondas), um pauzinho de Sushi (para fazer as "casas" dos botões) e depois é só inventar.  

 

Deixo então duas receitas mega rápidas e uma de amêndoa um pouco mais difícil, porque a massa não é lá essas facilidades para estender, mas que dá bolachas super saborosas. A primeira, a de massa quebrada, também fica boa com algumas massas que se vendem nos supermercados, como a do Pingo Doce, já a do Continente, não acho grande coisa. No entanto prefiro fazer a massa em casa, porque fica sempre muito melhor do que aquelas que já estão preparadas. Depois é só polvilhar com açúcar, ou barrar com compota de maçã, e resultam numas boas bolachas, que os meus filhos adoram. Outra vantagem desta massa, é que é tão fácil de trabalhar, que dá para fazer com os miúdos e estarmos um bom bocado bem entretidos.

 

 

- ♥ Bolachas de Massa Quebrada ♥ -

 

. 300 g farinha
. 130 g manteiga
. 70 g água
. 0.5 c. chá de sal
. 0.5 c. chá de açúcar

 

Coloque no copo a farinha, a manteiga, a água, o sal, e o açúcar e amasse até obter uma massa homogénea (na Bimby, programe 15 seg/vel 6). Estenda a massa com a ajuda de um rolo, corte as bolachas e ponha-as num tabuleiro forrado com papel vegetal [*]. Leve ao forno pré-aquecido a 150º, durante 15 mn. Depois de frias, polvilhe-as com açúcar em pó. 

 

 [*] prefiro o papel da Glad, que é anti aderente.

 

 

- ♥ Bolachas de Manteiga ♥ - 

 

. 500 g de farinha
. 250 g de açúcar
. 120 g de manteiga
. 100 ml de leite


Junte a manteiga e o açúcar (na Bimby v4 2 mn). De seguida vá juntando a farinha, pouco a pouco, assim como o leite (na Bimby v3, 5 mn). Depois misture tudo muito bem até obter uma massa homogénea. Estenda a massa, com a ajuda do rolo da massa. Corte as bolachas e leve ao forno pré-aquecido a 190º, durante 10 mn, num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha.

 

 

- ♥ Bolachas de Amêndoa ♥ -

 


Para cerca de 25 bolachas, (1)
. 120 gr de manteiga
. 240 gr de farinha sem fermento
. 2 gr de sal fino
. 90 gr de açúcar em pó (na versão Bimby, usamos açúcar normal, que pulverizamos) + 40 gr para polvilhar as bolachas
. 20 gr de amêndoa moída
. 1 colher de café de baunilha em pó
. 1 ovo

 

Na Bimby, pulverize o açúcar e a seguir, adicione todos os ingredientes. Marque 1 mn, v3. Forme uma bola e envolva em película aderente.

Sem ser na Bimby, ponha a farinha peneirada numa taça e junte o açúcar e a amêndoa moída. No meio ponha a manteiga e misture bem com as mãos. Junte o sal, a baunilha e o ovo e amasse até fazer uma bola.

Em ambas as versões, envolva a bola em película aderente e guarde no frigorífico durante três horas.

Após este tempo, estenda a massa com o rolo (normalmente ponho a massa entre duas folhas de papel vegetal, porque esta massa amolece com facilidade e torna-se difícil de trabalhar, vale-lhe a delícia de bolachas que dá). 


Pré-aqueça o forno a 150º C, forre dois tabuleiros (2) com papel de alumínio para culinária e corte as bolachas. Leve ao forno, durante 10 minutos.

Depois de frias, polvilhe as bolachas com açúcar em pó.

______________________________________________
(1) duplico sempre estas quantidades, para fazer cerca de 50 bolachas
(2) normalmente uso dois, enquanto um já está no forno, vou preparando o segundo, assim que o primeiro sai do forno, entra o segundo e assim consigo despachar bastantes bolachas.

© Mac às 13:42
link do post | favorito
Quinta-feira, 22 de Outubro de 2015

43 - OS FILHOS, AS FESTAS, O NIRVANA E EU

 

 

 

 

 

E ontem foi assim, só para nós. Sei que este é o último ano em que ainda me posso alargar nas decorações abebezadas, porque é só para os de casa, ele já tem as suas preferências e por isso mesmo a decoração para a festa de sábado já não será assim, mas como o Pedro adora aviões, foguetões e helicópteros, achei que esta decoração, que vi no Pinterest, tinha tudo a ver. 

 

Como já tinha dito na página do Facebook do blog, tanto para o dia do aniversário em casa, como no colégio, fiz dois bolos pequenos e quase sem açúcar, porque são para crianças muito pequenas. E se o que fiz para casa, ainda levou uma cobertura de natas batidas com uma colher de chá de açúcar, o que foi para a escola, nem isso. Também usei a vela dos quatro anos do irmão, porque acho que é uma coisa gira, passar as velas de um irmão para outro. E claro, volto a guarda-las, porque talvez um dia também sirvam para os filhos deles.

 

 

 

 

 

Já agora fica a receita para dois míni bolos, o que foi para a escola e o que ficou em casa, que é a receita habitual, mas dividida em duas formas (usei formas descartáveis, porque era mais prático para levar um dos bolos para o colégio),


. 6 ovos
. 100 g de açúcar
. 1 iogurte grego sem açúcar
. 110 g de óleo
. 150 g de farinha sem fermento, tipo 55
. 1 c sopa de fermento para bolos


Modo tradicional:
Pré-aqueça o forno a 170º. Pese a farinha, o açúcar, o óleo e a farinha. Deite os ovos, o açúcar, o iogurte e o óleo numa taça e bata até obter um creme macio. Junte a farinha e o fermento e misture. Unte as formas com margarina e polvilhe com farinha. Deite o preparado nas formas, cubra as formas com uma folha de alumínio e leve ao forno a 170º, durante 25 mn.

 

Na Bimby:
Pré-aqueça o forno a 170º. Deite os ovos no copo. Junte e pese o açúcar, o iogurte e o óleo e programe 5 mn/ v4. Junte a farinha e o fermento e programe 15 s /v 3. Unte as formas com margarina e polvilhe com farinha. Deite o preparado nas formas, cubra as formas com uma folha de alumínio e leve ao forno a 170º, durante 25 mn.

 

 

Quanto às decorações do bolo, são facílimas de fazer. Recortei o que queria, neste caso, nuvens, estrelas, um foguetão e um coração, numa placa k-line com 3 mm espessura, pintei com tintas acrílicas e pus em cada uma um pau de espetadas de fruta.

© Mac às 09:30
link do post | favorito (1)
Terça-feira, 6 de Outubro de 2015

04 - EU É MAIS SUMOS (DETOX)

Mais três receitas de sumos, que para já, são as últimas desta ronda. Claro que se fizer um sumo para lá de bom, ou houver uma qualquer grande novidade, partilho, mas como para já isto é só uma questão de combinações entre x ingredientes, qualquer um é capaz de os fazer bons e saborosos. A verdade é que seguindo o princípio que aqui pus, conseguem-se sempre sumos saborosos, mais coisa menos coisa, porque isto também depende do gosto de cada um e o que para mim pode ser excelente, não o será para outra pessoa.

 

Fica então a variante do sumo de laranja com couve, que é realmente saboroso, mas um com abacaxi e outro com maçã, e ainda um outro com espinafres. Não são dos meus preferidos, mas gostos não se discutem, faço-os, porque me fazem bem e são os melhores para queimar gordura. 

 

 

- ♥  couve e abacaxi (ou maçã verde) ♥ -

 

 

 

 

[dá um copo de sumo]

 

. 2 folhas de couve biológica (são as pequenas, que estão nos supermercados, na área de produtos biológicos)

. 2 rodelas de abacaxi ou 2 maçãs verdes

. 1 raspa de gengibre (cerca de 1cm)

. 250 ml de água de coco

(a receita original também tinha folhas de hortelã, mas eu não gostei da mistura)

 

{congelo: abacaxi (ou maçãs) e gengibre}

{junto na altura fazer o sumo: água de coco e couve} 

 

Lave bem as folhas de couve. Deite na liquidificadora o abacaxi (ou maçãs), as folhas de couve, o gengibre e as sementes, e triture (na Bimby 10s/vel10).

 

 

. . . . . . .

 

- ♥  espinafres e pêssego ♥ -

  

 

 

 . 20  g de espinafres

. 1 raspa de gengibre (cerca de 1cm)

. 2 pêssegos

. 10 uvas

. 250 água bem fria

 

{congelo: espinafres, pêssegos, uvas e gengibre}

{junto na altura fazer o sumo: água} 

 

Deite na liquidificadora os espinafres, pêssegos, uvas, gengibre e água, e triture (na Bimby 10s/vel10).

© Mac às 15:41
link do post | favorito
Quarta-feira, 30 de Setembro de 2015

03 - EU É MAIS SUMOS (DETOX)

Hoje deixo aqui a sugestão de dois dos meus sumos preferidos, aliás o de maracujá é o que está em primeiro lugar, é mesmo muito bom, mas isto sou eu que adoro maracujá, portanto sempre que me parece que se o acrescentar a um sumo, o vai melhorar, acrescento.

 

- ♥  couve e laranja  ♥ -

 

 

 

[dá um copo de sumo]

 

. 2 folhas de couve biológica (são as pequenas, que estão nos supermercados, na área de produtos biológicos)

. sumo de 2 laranjas

. 1 raspa de gengibre (cerca de 1cm)

. 1 c de sopa de sementes de linhaça

 

{para este sumo não congelo nenhum ingrediente, só deixo no frigorífico, o sumo de laranja feito na véspera} 

 

Lave bem as folhas de couve. Deite na liquidificadora  o sumo das laranjas, as folhas de couve, o gengibre e as sementes, e triture (na Bimby 10s/vel10).

 

. . . . . . .

  

- ♥  abacaxi, maracujá e hortelã  ♥ -

 

 

 

[dá dois copos de sumo]

 

. 4 fatias de abacaxi

. 2 maracujás

. folhas de 3 pés de hortelã (cerca de 20 folhas)

. 1 raspa de gengibre (cerca de 1cm) (opcional)

. 250 ml de água de coco

 

{congelo: abacaxi, maracujás, gengibre}

{junto na altura fazer o sumo: água de coco, folhas de hortelã} 

 

Lave bem as folhas de hortelã e retire a polpa aos abacaxis. Deite na liquidificadora  e acrescente a hortelã e a água de coco, e triture (na Bimby 10s/vel10).

© Mac às 10:31
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 28 de Setembro de 2015

01 - EU É MAIS BOLOS

 

  

 

 

 

 

 

E já que toda a gente gostou e repetiu (o que é raro nos bolos de aniversário) o bolo que fiz para o aniversário do meu filho mais velho, também fiz o bolo. Depois foi só cobrir com chantilly e por-lhe umas bandeirinhas que fiz para o efeito. 

 

Já agora deixo a receita do bolo, que é facílima e resulta bem. É apenas um bolo de iogurte com o dobro da quantidade habitual, a que acrescento amêndoa moída e faço um recheio de natas e fios de ovos. 

 

. quantidades para um bolo alto (forma com 16 cm de diâmetro e 15 de profundidade) (*),

. 12 ovos

. 600 g de açúcar

. 2 iogurtes grego sem açúcar

. 220 g de óleo

. 400 g de miolo de amêndoa

. 300 g de farinha sem fermento, tipo 55

. 2 c sopa de fermento para bolos

 

. para a cobertura

. 400 ml de natas

. 20 g de açúcar em pó

 

. para o recheio

. 5 c de sopa do chantilly da cobertura

. 120 g de fios de ovos

 

Modo tradicional:

Pré-aqueça o forno a 170º. Pese a farinha, o açúcar, o óleo, a amêndoa e a farinha. Deite os ovos, o açúcar, a amêndoa, o iogurte e o óleo numa taça e bata até obter um creme macio. Junte a farinha e o fermento e misture. Unte uma forma (se for uma forma de 15 cm de altura), ou duas formas (se for de 7 cm de altura) com margarina e polvilhe com farinha. Deite o preparado na(s) forma(s), cubra a(s) forma(s) com uma folha de alumínio e leve ao forno, durante 35 mn.

 

Numa outra taça faça o chantilly.

 

Quando os bolos estiverem frios, desenforme. Se for apenas um bolo, corte-o ao meio. Barre um dos lados com chantilly e ponha os fios de ovos. Sobreponha a outra metade, ou bolo e cubra-o com chantilly. Com uma espátula, colher ou faca, faça uns efeitos com o chantilly.

 

 

Na Bimby:

Pré-aqueça o forno a 170º. Deite os ovos no copo. Junte e pese o açúcar, a amêndoa, o iogurte e o óleo e programe 5 mn/ v4. Junte a farinha e o fermento e programe 15 s /v 3. Unte uma forma (se for uma forma de 15 cm de altura), ou duas formas (se for de 7 cm de altura) com margarina e polvilhe com farinha. Deite o preparado na(s) forma(s), cubra a(s) forma(s) com uma folha de alumínio e leve ao forno, durante 35 mn.

 

Faça o chantilly. Deite as natas no copo limpo, ponha a borboleta e programe 6 mn/v3.5

 

Quando os bolos estiverem frios, desenforme. Se for apenas um bolo, corte-o ao meio. Barre um dos lados com chantilly e ponha os fios de ovos. Sobreponha a outra metade, ou bolo e cubra-o com chantilly. Com uma espátula, colher ou faca, faça uns efeitos com o chantilly.

 

 

 (*) se optar por duas formas, divida o creme pelas duas.

 

______________________________________

a forma alta é do Planeta dos Bolos, e comprei-a depois de ter pedido sugestões para este tipo de formas ali no facebook do blog.

© Mac às 14:27
link do post | favorito (2)
Quinta-feira, 24 de Setembro de 2015

02 - EU É MAIS SUMOS (DETOX)

Os sumos não substituem uma alimentação normal e regrada, são apenas um complemento, e também não operam milagres, se a restante alimentação não for equilibrada. O mais indicado é beber apenas um sumo por dia, no entanto, às vezes, não todos os dias, também bebo um a meio da tarde, porque me apetece, mas não é regra e não tenho como objectivo acelerar nenhum mecanismo. Finalmente, é importante fazer sumos variados, porque uma dieta monótona tem poucas hipóteses de sucesso. No meu caso, a variedade tem ajudado muito, assim como a novidade, ou seja, também ajuda procurar novas variantes, experimentar e ajustar ingredientes, que se seguirmos aquela regra do outro post, nos dá uma infinidade de combinações, portanto n sumos diferentes.

 

Vou começar por pôr aqui dois dos meus sumos preferidos e num próximo post, ponho as receitas dos sumos verdes, as bombas anti barriga. Em cada receita vou pôr o que congelo e o que não congelo e adiciono na altura de triturar. 

 

 

- ♥  cenoura e maçã verde  ♥ -

 

 

 

[dá dois copos de sumo]

 

. 1 maçã verde

. 2 cenouras

. 1 cubo de gengibre (+/- tamanho de meio polegar)

. 200 ml de água de coco

. sumo de 2 laranjas (espremo na véspera à noite e deixo no frigorífico)

. 1 c de sopa de sementes de linhaça

 

{congelo: maçã, cenouras, gengibre}

{junto na altura fazer o sumo: sumo de laranja, água de coco e sementes} 

 

Descasque a maçã, as cenouras e o gengibre. Deite tudo na liquidificadora, junte a água de coco, as sementes e o sumo de laranja, e bata até obter um sumo.

. . . . . . .

  

- ♥  kiwi, morangos e hortelã  ♥ -

 

 

 

 [dá dois copos de sumo]

 

. 250 ml de água de coco (compro no supermercado)

. 8 morangos

. 1 cubo de gengibre (+/- tamanho de meio polegar)

. 2 kiwis

. folhas de 2 pés de hortelã (opcional)

 

{congelo: morangos, gengibre,kiwis}

{junto na altura fazer o sumo: água de coco e hortelã} 

 

Descasque as frutas e o gengibre. Lave as folhas de hortelã. Deite tudo na liquidificadora, junte a água de coco e bata até obter um sumo sem grumos.  

 

  

[para ter sempre hortelã fresca, basta ter um vaso com hortelã, dos que se vendem nos supermercados. dura bem mais do que aquela que vem em sacos]

© Mac às 11:14
link do post | favorito
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2015

26 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM

 

 

 

Não, ainda não é agora que venho falar sobre sumos detox, as minhas receitas e tal, até porque hoje é o dia em que preparo tudo para uma semana, porque me conheço e sei que se a coisa me der muito trabalho, não me vou manter firme e ingerir diariamente, logo pela manhã um sumo em jejum (a melhor altura do dia para o organismo absorver todos os ingredientes). Assim congelo o que é congelável, ou seja, aquilo que não perde propriedades. Não congelo os anti-oxidantes, por exemplo, excepto os morangos, que aquilo que perdem não é representativo e dão algum trabalho para preparar. Assim como não congelo a água de coco (óbvio), mas tudo isto fica para um post para a semana.

 

Hoje venho à tarte de peras e uvas, que vi na revista da Bimby e resolvi fazer. Fica muito boa e não é nada doce, mas estou convencida que funciona igualmente bem, se esta massa for substituída por massa quebrada.

 

 

- ♥ tarte de pêra e uva ♥ -

 

 - ♥ para a massa ♥ -

. 250 g de farinha tipo 55

. 50 g de açúcar amarelo (usei mascavado)

. 50 g de óleo

. 50 g de água

. 1 ovo

 

  - ♥ para o recheio ♥ -

. 2 peras rocha cortadas em cubos

. 100 g de uvas pretas

. 20 g de açúcar amarelo (usei mascavado)

. 5 g de amido de milho

. sumo de 1 limão + raspa da casca

 

- ♥ para decorar ♥ -

. açúcar em pó

 

 

 - ♥ preparação da massa na bimby e no modo tradicional ♥ -

 

Coloque no copo a farinha, o açúcar, o óleo,a água e o ovo e programe 15 s/v 5. No modo tradicional, pesar e deitar os ingredientes numa taça e amasse até que fiquem ligados. Como a massa obtida é um pouco pegajosa, coloque um saco de plástico na superfície onde vai estender a massa, deite a massa e ponha outro saco de plástico em cima, depois com a ajuda do rolo, estenda a massa até obter um quadrado. Retire, coloque sobre um tabuleiro de forno, forrado com papel vegetal, e reserve.

 

 

- ♥ preparação do recheio ♥ -

 

Pré-aqueça o forno a 180º (marquei 170º). Corte as uvas e as peras e deite-as numa taça, junte o açúcar, o amido, a raspa do limão e o sumo e envolva tudo. Deite sobre a massa. Com a ajuda de uma espátula, dobre os cantos e depois os quatro lados da massa. Leve ao forno cerca de 30 mn. Sirva fria ou morna e polvilhada com açúcar em pó.

© Mac às 13:03
link do post | favorito
Terça-feira, 25 de Agosto de 2015

25 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM

 

 

 

 

Já agora deixo a receita da Salada de Frutas que habitualmente faço no Verão. As Saladas de Frutas não têm qualquer ciência, umas resultam melhor do que outras, apenas porque a combinação de frutas é mais feliz. Também ajuda cortar as frutas em pedaços bem pequenos. Esta que faço no Verão fica óptima e normalmente faço-a no dia em que vai ser servida, ou se fizer na véspera, não lhe junto logo as framboesas, ou morangos, e as bananas, mas apenas antes de servir.

 

. 150 g de ananás em cubos (há já cortado e vendido em caixas, no Continente)

. 100 g de framboesas, ou morangos

. 100 g de mirtilos

. 2 bananas

. 1 pêra

. 2 maçãs

. 4 kiwis

. 2 pêssegos

. sumo de 1 limão

. açúcar amarelo a gosto

 

Descasque e corte todas as frutas. Deite numa taça, regue com o sumo do limão e adicione o açúcar. Envolva, passe para a taça de servir e leve ao frigorífico. 

© Mac às 14:16
link do post | favorito (2)
Sexta-feira, 10 de Julho de 2015

41 - A VIDA, AS FLORES, O NIRVANA E EU

 

 

 

 

 

 

 

 

E para dar um toque especial à limonada, fiz o xarope de lavanda, que é um pouco diferente daquele que vi na Marie Claire Idées, que não leva o limão, mas também deve ficar bom. Também há quem lhe acrescente um pau de canela, mas ainda não experimentei essa versão. Este fica fantástico e a limonada fica mesmo boa (depois mostro), além de ficar com um aspecto lindíssimo, também é óptimo para fazer merengue de lavanda, para dar um toque diferente numa vinagreta, para temperar a salada de frutas, para aromatizar uma água, fazer chá, e também é um presente bem giro, enfim, dá para o que se quiser.

 

Ingredientes,

. 1 chávena de açúcar

. 2 chávenas de água

. 1 c sopa de flores de lavanda

. raspa da casca de um limão

 

 

Deite a água e o açúcar numa panela e deixe ferver em lume brando, durante 10 mn (na Bimby, 15 mn v1 100º). Deite o líquido num recipiente de vidro, junte-lhe as flores de lavanda e a raspa do limão, e deixe em repouso durante umas horas. Passe o líquido pela rede, deite numa garrafa, junte-lhe uma flor de lavanda e conserve-o no frigorífico.

© Mac às 16:03
link do post | favorito (2)

 

 

  

   

No Facebook,

  

 

mytaste.pt

≈ About me

≈ Pesquisar no blog

 

≈ Arquivo

As fotografias publicadas são da minha autoria, salvo algumas excepções.

Agradeço que me informem, caso alguma esteja protegida por copyright.

Retirá-la-ei imediatamente.