Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

14
Nov17

05 - Por estes dias [a vida, o nirvana e eu]


Mac

 

  

 

 

 

 

 . por estes dias .

 abri a época dos camisolões, antes ainda da época dos casacões . gosto imenso de os usar com saias, nem sempre com calças, nem sempre com sapatos rasos .

  

 

 

 

 

 . a vida .

 entretanto fiz anos, já foi em outubro, e não tive vontade de receber, nem dar nada . houve uma altura na minha vida em que deixei de achar piada a fazer anos, foi quando percebi que o corpo e a cabeça nunca têm a mesma idade . é bem capaz de ser uma coisa bastante chata .

 

 

 

 

 

 

. o nirvana . 

um destes dias fomos almoçar ao reserva da villa, a que eu chamo sempre vila cascais . é um dos sítios de onde gosto de ver a baía . há muitos . ainda estava calor e foi quando o calor de outubro me começou a incomodar .

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

. e eu .

este outono sem chuva, a minha barragem quase sem água e o céu sempre azul . aprendi a gostar de chuva, da pior forma 

 

 

03
Nov17

31 - Restaurantes e sítios de que gosto muito


Mac

 

 

 

 

 

O Sushi Design é um dos meus sítios preferidos para comer Sushi no registo adultos sem crianças, porque não há menu infantil, porque nunca calhou levar os miúdos e porque há sítios que reservamos só para nós, por nada, ou porque às vezes também nos apetece que seja assim. 

 

 

 

 

 

 

Fica no Farol Design Hotel, que além deste espaço, também tem o The Mix (muito bom) e o bar, óptimo para uma bebida depois de jantar, um café, ou terminar em grande uma ida tardia ao cinema. A vista, já se sabe, é de mar a perder de vista, a minha preferida.  

 

 

 

 

 

 

 

 

O Sushi é muito acima da média comum e é mesmo um dos melhores que conheço, o serviço é espectacular, nada demorado, nada demasiado em cima de nós e a testar o nosso grau de satisfação - às vezes cansa -  mas com pausas boas - não gosto de sentir que estou a ser despachada, nem que se esqueceram de mim, ou ainda foram pescar para o meu almoço - e bem simpático.

  

 

 

  

 

  

 

 

É sem dúvida, um dos meus sítios preferidos.

 

30
Out17

02 - Sítios de que gosto muito


Mac

 

 

 

  

Da minha infância ficaram-me as tardes de Inverno passadas nos jardins da Gulbenkian e no Museu de Arte Antiga, as idas ao Museu dos Coches, Museu da Marinha e tantos outros. E agora ir até aos museus e dar uma passagem pelas exposições, continua a ser um dos nossos passeios preferidos de Outono e Inverno.

 

 

 

 

 

 

 

Desta vez começámos por uma das exposições itinerantes da cidadela.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois fomos ao Palácio dos Condes de Castro Guimarães, que é lindíssimo, e está no Parque Marechal Carmona, onde levo muitas vezes o Pedro. 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

  

 

  

 

 

 

   

 

 

 

E terminámos a ver a exposição de aguarelas, óleos e guaches sobre vulcões napolitanos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

Este é mais um programa giro para fazer com os miúdos em que não precisam de estar sempre sossegados (ao pé dos jarrões de porcelana, convém), aprendem, ganham memórias boas, gastam energias, apanham ar e sem qualquer custo. Há melhor? 

 

24
Out17

01 - Sítios de que gosto muito


Mac

 

 

 

A Déjà Lu é uma livraria de livros já lidos. Poderíamos chamar-lhes livros em segunda mão, mas não é a mesma coisa. Afinal, estes são livros que já fizeram companhia a alguém.

 

É assim que iniciamos a visita pelos diversos espaços deliciosos por onde os livros estão distribuídos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

E como se já não bastasse o espaço ser maravilhoso, a causa é solidária, as receitas da revenda dos livros revertem na integra para a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[Gosto deste espaço onde só há livros, sem gadets, informática, discos e DVDs. Gosto de um espaço onde a minha atenção se prende só com livros, livros e livros, ideal para levar os miúdos e só trazermos livros connosco. Só livros. Em dias de chuva frios]

 

 

 

| Livraria Déjà Lu,

no Restaurante Taberna da Praça

Fortaleza da Cidadela

Av. D. Carlos I

2750-310 Cascais

Tel - 924 058 238

24
Out17

30 - Restaurantes de que gosto muito


Mac

 

 

  

Andava com vontade de ir almoçar à Taberna da Praça há algum tempo, mas acabávamos por descer para a marina ou para o centro e os planos do almoço por ali ficavam adiados.

  

 

 

 

 

 

Neste domingo não nos desviámos, fomos à Déjà Lu dar uma vista de olhos (depois conto) e ver as loiças Bordallo Pinheiro que ando a namorar há uma eternidade e por ali ficámos. E ainda bem. 

 

  

 

 

 

  

 

 

Como já conhecia a esplanada na versão pausa para café, resolvemos ficar lá dentro, apesar do bom tempo.

 

 

  

 

 

 

 

 

A decoração é simples mas giríssima e a refeição foi super agradável, sem tempos de espera para lá do normal e os funcionários são muito simpáticos.

 

 

 

 

 

 

 

 

O menu é bem variado, mas nós ficámos pelos petiscos e os miúdos pelos pratos completos. Pedimos Peixinhos da Horta, Ameijoas à Bulhão Pato, Bacalhau desfiado e ovos mexidos com espargos verdes. De uma próxima vez e se formos só os dois para os petiscos, pedimos só 3 variedades, porque as doses são bem grandes e acabou por sobrar imenso.

 

 

  

  

 

 

O menu infantil é também variado, além da sopa do dia há opção entre Bolonhesa, hambúrguer e prato de peixe, além da sobremesa.

 

 

 

 

 

 

E a cereja no topo do bolo, café Nespresso, aos meus olhos sempre uma mais-valia.

 

A repetir sempre.

 

 

 

 

 

 

 

Adoro esta zona de Cascais  

 

 

 

 

 

16
Out17

03 - Por estes dias


Mac

 

  

 

 

 

 

  

 

 

provavelmente fizemos os últimos almoços deste ano lá fora . provavelmente calcei umas das melhores sabrinas que tive até hoje . há uma enorme probabilidade também de ser outono e de pela primeira vez na minha vida já estar farta de calor .

 

 

 

 

 

 

mas lá que a vida lá fora sabe bem, lá isso sabe . é bom andar no jardim até o sol se pôr e não precisar de agasalhos . ir ao villa cascais e ter a baía à frente, mesmo com um céu cinzento . tomar mais um café no hotel baía e começar a ter cascais com menos gente . 

 

  

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

e depois continuei a arrumar, porque a minha casa tem vida própria e desarruma-se . acho que sozinha, porque eu cá não dou por isso . arrumei o meu espaço dos trabalhos manuais e voltei a ter vontade de fazer coisas . às vezes faço um intervalo, não tenho ideias ou se tenho, não me apetece pegar em tintas, serras e colas . nem sequer na costura, linhas e tesouras . às vezes não me apetece sujar as mãos, nem fazer nada .

  

 

 

 

 

09
Out17

29 - Restaurantes de que gosto muito


Mac

 

 

 

 

Villa Saboia é daqueles restaurantes de que gosto muito, tanto para almoços a seguir à praia a caminho de casa, como jantares com amigos ou só a dois.

 

É o tudo em bom.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O espaço é giríssimo e divide-se por dois andares, tendo o superior o espaço do bar e três salas. A sala maior é muito luminosa e óptima para almoços, as outras mais pequenas e com menos luz natural são ideais para jantares. Os empregados são de uma enorme simpatia, o tratamento é excelente e sem grandes tempos de espera. 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

A carta é bem variada entre pratos quentes de carne e peixe, sushi, vegetariano e menu infantil bem confeccionado.

 

 

 

 


 

  

 

 

 

 

A cereja no topo do bolo é a carta das sobremesas incluir gelados do Santini e para terminar em grande, o café é Nespresso. Não podia ser melhor, é mesmo tudo em bom.

 

 

 

 

09
Out17

180 - Outubro, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 [duas ou três coisas que gosto em outubro]

. ficar ao sol sem precisar de ir ao banho para refrescar .

[porque este sol já não queima, não bronzeia, mas aquece a alma]

. achar um espanto ir à praia quatro dias seguidos .

[e depois lembrar-me que é normal e que naquele ano, no final de outubro já na véspera do pedro nascer, estive na praia]

. ter nascido em outubro .

[e achar que isso é a coisa mais trivial do mundo]

 

 

  

 

 

 

[quatro ou cinco coisas que gosto em outubro]

. ter um filho que nasceu em outubro .

[e achar que isso é a coisa mais especial do mundo]

. comprar roupa que não posso vestir logo . e sapatos . 

. não querer que o calor acabe, mas ter imensa vontade de usar botins, casacos

e camisolões .

[só para estrear, depois pode voltar outra vez o calor]

. os dias que começam gelados, passam a tórridos e acabam glaciares .

. o tempo que muda de repente, sem aviso .

. o cheiro dos assadores de castanhas nos fins de tarde a pedir casacos .

. romãs e abóboras .

. os fins de tarde de domingo no cinema e acabar o dia a jantar em casa dos avós .

[começámos a época com o blade runner 2045 . amei, mas peugeot?? porquê?]

. gosto de outubro .

 

 

 

 

 

 

 

02
Out17

19 - Fui ao jardim da Celeste, giroflé, giroflá


Mac

 

 

 

  

    

 

  

 

 

 

 

 

Começámos Outubro no Parque Morais em Parede, onde o pai desta casa se fartou de brincar em criança. 

 

O espaço é lindíssimo, está muito bem cuidado e além dos patos e patinhos, que são sempre o delírio das crianças, tem um parque infantil, uma esplanada, um grande relvado, além das grandes árvores que dão sombras fantásticas e da lindíssima zona das roseiras .

 

Foi um bom começo este.

26
Set17

02 - Por estes dias


Mac

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

definitivamente instalou-se o outono no ar e na vida, ainda com temperaturas bem simpáticas, mas o humor já é de outono . ao final do dia já sabe bem um agasalho, apesar de ainda vestir roupas de verão e me estender ao sol logo a seguir ao almoço, só para aquecer a alma e pôr as leituras em dia . depois arrefece, cheira a outono e o sol já não está nos mesmos sítios .

fiz o primeiro mercado sem melancia, limas e morangos e trouxe os figos, as romãs que adoro e as cores de outono para casa .  

 tenho arrumado que me farto. arrumei o anexo do jardim, organizei a arrecadação da cave e finalmente arrumei a estante da cozinha dos livros de culinária . não é que ela estivesse desorganizada, mas aquele espaço a que chamo dos meus livros de cozinha, como está num sítio estratégico, acaba por ser onde todos aqui em casa largam tudo, desde chaves, moedas, cartões, contas e mais o que se lembram . continua no mesmo sítio e os cartões, chaves e moedas vão continuar a ser largados ali, mas agora num sítio mais organizado .

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D