Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

25
Mai15

94 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

Gosto muito do efeito de ardósia, tanto em paredes, como pequenos pormenores, passando também por alguns objectos, como latas, todos já aqui mostrados [basta procurar a tag ardósia]. Desta vez resolvi fazer uns individuais para usar nas refeições lá fora, mas que também serão usados cá dentro e muito quando os miúdos tiverem os amigos e primos para as refeições. Acho que dão um ar bem giro às mesas e ainda por cima, são facílimos de fazer e ficam baratíssimos.

 

 

 

 

Materiais:

. 1 lata pequena de tinta de ardósia - Leroy Merlin e AKI

{ Se só vamos usar para este trabalho, convém comprar o tamanho mais pequeno, porque a quantidade que vamos gastar para pintar os individuais é minúscula}

. Placas K-Line A3 com 3 mm de espessura - Continente na secção de pintura e belas artes

{não convém fazer com cartolina comum, pois com a humidade da tinta, a cartolina enrola e enruga, e não resulta}

. Pincéis - Leroy Merlin, AKI, Continente

 

 

De um dos lados, passamos a primeira camada de tinta na vertical, deixamos secar bem e depois passamos a segunda camada na horizontal. Repetimos o processo para o outro lado da placa e sem esquecer também os lados.

 

  

Quando as placas estiverem bem secas, passamos com o giz de lado na placa e limpamos com um pano seco. Este passo não é necessário, mas eu gosto mais de ver os trabalhos com efeito de ardósia com restos de giz, acho que lhes dão mais o ar dos antigos quadros de ardósia. 

 

 

 E já está, individuais de ardósia que podemos usar também como marcadores de lugares, onde escrevemos os nomes, ou apenas mensagens e desenhos.

 

______________________________________

Em vez de usarmos placas k-line, podemos pintar uns individuais daqueles de plástico (à venda nas grandes superfícies), basta aplicar antes da tinta de ardósia, um primário próprio para tintas acrílicas sobre superfícies plásticas, metais, etc.

14
Mai15

18 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM


Mac

 

 

 

 

A SAV fez esta receita e eu que também como com os olhos, comi. Depois de comer com os olhos, pareceu-me que sim, que estavam reunidas as condições para comer com a boca e então resolvi fazer. Fica fantástica e o melhor de tudo é que é daqueles pratos bem rápidos de executar. Acompanhei com batatinhas assadas no forno e uma mistura de legumes (espinafres, brócolos, ervilhas, espargos verdes) que cozinho na wok com um pouco de azeite e alho picado.

 

[a única diferença para a receita da SAV é que usei postas de salmão congelado, em vez do salmão inteiro e coei o sumo]

 

Fica então a receita, com as minhas alterações,

 

. 4 lombos de salmão sem pele

. 1 laranja

. 2 c. sopa molho soja
. 2 c. sopa de mel
. 1 c. chá de alho em pó
. 1 c. sopa de tomilho (usei seco)
. sal e pimenta a gosto



Numa taça coloque o sumo da laranja. Coe o sumo e junte a alho em pó, o tomilho, o mel e o molho de soja. Tempere com sal e pimenta. Forre um tabuleiro de forno com papel de alumínio, coloque o peixe no tabuleiro e regue com o sumo de laranja.

Leve ao forno a 200º C cerca de 15 minutos, ou até que o peixe fique com um tom dourado.

 

___________________________________

Esqueci-me de dizer que aquelas flores ainda são as mesmas da semana passada, só as margaridas é que já murcharam, e para as flores durarem bastante em jarras com água, não devemos mergulhar os caules com folhas, mas sempre limpos, assim evitamos que apodreçam e estraguem a água, depois basta mudarmos todos os dias a água e ir tirando as flores que já murcharam, assim conseguimos que durem bastante.

26
Jan15

161 - A DONA DE CASA PERFEITA(MENTE DESESPERADA)


Mac

 

 

 

 

 

Já tive várias soluções para os cestos de roupa suja, mas a coisa tem vindo a mostrar-se falível. Usei uns de palha, giros como tudo, mas que acabaram por falecer às unhas do gato. Depois tive uns de pano, mas que ficaram cheios de pintas pretas, porque a divisão destinada ao tratamento das roupas é muito húmida. Então fui para a IKEA procurar soluções e ter ideias, e tive. Encontrei uns depósitos em plástico que se mostraram indiferentes aos apetites do gato, não têm ar de que vão ganhar cenas estranhas e afins, e cada um tem a capacidade exacta de um tambor de máquina, ou seja, além de poder separar a roupa por programas e tipos, entre branca, cores e delicada, sempre que um dos depósitos está cheio, será altura de fazer uma máquina. Também aproveitei e trouxe dois depósitos pequenos para os detergentes em pó. 

 

Depois resolvi pôr-lhes umas etiquetas, porque por aqui acontece muito misturar-se uma peça de cor com a roupa branca, e dar-se a maravilha da roupa rosada, da roupa que não é cinzenta nem creme, assim um surrado, da roupa azul cueca, enfim todos os tons pastel possíveis de obter com a mistura de uma peça escura, por mais minúscula que seja, junto de uma resma de roupa branca, assim não há desculpas, acho eu.

 

E pronto, lavagem de roupas organizada.

 

________________________________________________________

 

. Papel autocolante com efeito de ardósia, na Antiga Drogaria

. Caneta efeito giz na Staples

17
Jun14

67 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

E pintei um farol na parede azul. Agora, depois de o ter pintado, ocorreu-me que é fácil pintar paredes e mudar-lhes as cores sempre que bem me apetecer, desde que não vá de cores escuras para claras, ou seja, se pintar uma parede de bordeaux, por exemplo e depois a quiser em branco, a coisa dá trabalho, então ocorreu-me que quando já não quiser o farol, não vai ser fácil apaga-lo. 

 

Olha, logo se vê.

 

Ora portanto, pintei o farol e para a cúpula usei tinta de ardósia, assim posso escrever mensagens e isso. Parece-me bem.

 

 

[logo se vê, mas nos entretantos estou para aqui tolhida dos nérves a pensar que no dia em que já não quiser o farol, me vou ver grega para o arrancar dali. gosto muito de sofrer por antecipação. é tarefa que me apraz bastante. faço assim: ponho-me a imaginar coisas e a sofrer, depois carrego nas tintas, faço filmes de qualidade bastante duvidosa e sofro ainda mais até às cólicas. acho que medicina explica este fenómeno da psique, eu é que não estou minimamente interessada em saber]

08
Mai14

60 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

A pedido de muitas famílias, aqui vai o DIY dos corações de ardósia.

 

Materiais:

. pasta de modelar (há no Continente)

. tinta de ardósia (AKI, Leroy Merlin)

. faca

. pincéis

. lixa fina

. cordel (este há no Staples, Amazon e Antiga Drogaria)

. rolo da massa

 

 

Fazemos um molde em papel do que queremos recortar. Estendemos quantidade suficiente de massa de forma a que fique com cerca de 0.8 cm de espessura. Pomos o molde de papel em cima e com uma faca recortamos. Fazemos o buraco por onde passará o cordel e deixamos secar. Quando o coração estiver bem seco, lixamos bem, para que fique bem liso. Retiramos o excesso de pó e damos a primeira demão de tinta. Quando estiver seca, lixamos com uma lixa de grão fino. Repetimos o processo três vezes, ou seja, pintamos, deixamos secar e lixamos. 

 

Pomos-lhe o cordel e já está.

13
Jan14

590 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Detesto ver tomadas mal enjorcadas, ecrãs seja do que for, fios eléctricos e dangógios no geral, mas como não os posso enfiar em armários longe da vista, procuro soluções para minorar a coisa. Aquela tomada perturbava-me cá o coiso estético, mas é muito necessária para a torradeira e máquina do café, tapei-a com um quadro de ardósia, agora com a frase do momento, amanhã com outra frase de outro momento e por aí a fora, e assim começarei os meus dias a acordar com o café e com uma cena inspiradora da vida.

16
Out13

46 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

Quando não há, não encontramos, não é bem assim e isso, o que queremos, fazemos. E foi assim, pintei os vasos de branco, depois apliquei-lhes um efeito de areia (que no frasco dizia que era efeito de neve, mas pronto, vai dar ao mesmo) e por fim dei-lhes uma patine de cinzento claro, depois desenhei-lhes a etiqueta com tinta de ardósia, passei para lá as Suculentas e arrumei-as na janela, onde elas gostam.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D