Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

16
Nov17

275 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

 

Os call centers têm como principal razão da sua existência demover-nos de resolver seja o que for que nos levou a ligar para lá, não é? É.

 

Aquilo começa logo por nos porem 10 hipóteses, para escolhermos uma que nos leva ali, sendo a última falar com um operador.

 

Geralmente opto por falar com o operador, porque cada uma das outras 9 funções me levam a uma máquina que quer que eu introduza números de cidadão, contribuinte, nº de conta bancária e código de não sei quê, mas se não for dessas, encaminha-me para um mundo de sub hipóteses até eu não ter o que escolher e voltar a ligar para falar com o operador.

 

Se optamos por falar com o operador, podemos contar com 10 a 20 minutos de música dessintonizada que nos leva a um estado de agonia cerebral. De vez em quando aparece-nos também uma gravação a dizer que a nossa chamada é importante para eles – não é, acreditem em mim – mas que podemos deixar o número e eles ligam-nos mais tarde (estes são geralmente os das grandes superfícies e das operadoras de net e cenas) – não ligam e se ligam já o problema se resolveu por si, ou falecemos – se insistirmos em ficar à espera, ESPERAMOS, até que nos atende alguém que não sabe resolver nada e sem nos dar tempo para dizer que não - não nos desliguem o telefone, porque não conseguem nunca passar chamadas - nos comunica que vai passar ao departamento dos casos difíceis - são todos, vão por mim - e desliga-nos o telefone.

 

Em suma, uma conta calada para números oitocentos não sei quê + uma carrada de nervos + o problema que nos levou a ligar para lá. APENAS.

 

Os call centers servem para esfrangalhar os nervos dos consumidores. Só.

 

 

#EstudosAntropológicosFeitosPorMim

 

 

08
Nov17

274 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

Hoje apitei (loucamente) a um ciclista que entrou sem parar na rotunda onde eu ia, atravessando-se à minha frente e eu tive de travar. Foi um enorme prazer apitar-lhe (loucamente). Estou fartíssima do comportamento de alguns ciclistas, lamentavelmente a maior parte, que circulam como automóveis, mas não cumprem o código, e circulam nos passeios e não são peões.

 

Já agora, os ciclistas têm seguro automóvel? Acho que não e se me batesse no carro não sei como se resolvia a coisa. Eu como automobilista, tenho seguro, mas lá está, para aquilo em que tenho culpa em relação aos outros e para os meus danos. Outra coisa, se um ciclista atropelar uma pessoa, ou quase, como me aconteceu aqui há dias numa passadeira, como é que é? Outra ainda, se um ciclista subir uma rua de sentido único, como vejo quase todos os dias um que me entra aqui na minha rua, que é de sentido único, não está a infringir?

 

Para terminar, não há ciclistas que também são condutores de automóveis? E quando montam a bicicleta esquecem-se do código, ou acham que não é para cumprir? E não sendo condutores, podem circular nas estradas? E nos passeios? Ou nos passeios e para atravessar passadeiras têm de desmontar e levar a bicicleta à mão?

 

Não se dêem ao trabalho de me responder, eu sei as respostas.

 

#DescomunalBirraDeSono

23
Ago17

273 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

 

Aqueles carrinhos que fazem a lavagem das ruas durante a madrugada, apitam todo o tempo de funcionamento, assim, piiiiii piiiiiiiiii piiiiiiiiiii piiiiiiiii, porque:

1. Pode vir um carro a 100 km/hora em cima do passeio e assim é avisado que se está a proceder à lavagem dos cocós e coisas que há nos passeios.

2. Porque as pessoas estão a dormir e precisam de ser acordadas às 5 da manhã.

3. Porque quem está a trabalhar àquela hora, a limpar passeios, precisa de um som de fundo para se animar.

4. Porque as pessoas estão a dormir e precisam de ser acordadas às 6 da manhã.

5. Porque estamos em ano de autárquicas e todos precisamos de saber que a Câmara em funções cuida dos nossos passeios.

6. Porque as pessoas estão a dormir e precisam de ser acordadas às 7 da manhã.

7. Nenhuma das hipóteses anteriores, é só porque quem tem como função desligar os apitos dos carros de limpezas, desconhece que eles apitam e quem sabe, como não faz parte das suas funções desligar o apito dos carrinhos, não os desliga.

 

[a sério, alguém sabe porque é que os carros que lavam os passeios, apitam continuamente?]

 

 

#BirraDeSono

 

 

- 05.08.2017 -

18
Jul17

205 - A dona de casa perfeita(mente desesperada)


Mac

Há um detergente para a máquina da roupa que diz que as donas de casa precisam imenso dele, porque as máquinas da roupa cheiram mal e ele é muito bom para lavar também a máquina da roupa e tirar-lhe os maus odores.

 

Depois há um outro que diz que as donas de casa precisam imenso dele, porque as máquinas da loiça cheiram mal e ele é muito bom para lavar também a máquina da loiça e tirar-lhe os maus odores.

 

E eu cá como as minhas máquinas nunca cheiraram mal, porque servem para isso mesmo lavar os conteúdos e aproveitar a onda e lavar-se também, acho aquilo muito inútil, ou estou enganada?

 

Bom mesmo era arranjarem um gel de banho bastante hidratante que lavasse o chuveiro, como o Cif, por exemplo, agora o resto não serve para nada. Isso ou ser possível fazer download de comida pronta a servir.

 

 

#ADonaDeCasaPerfeita(mente desesperada)
#ASério??!!

13
Jul17

272 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

Esta que vos escreve à procura da água de Evian em spray, num shopping perto de si.

 

Entrei numa conhecida perfumaria, perguntei pela água assim “bom dia, tem a água de Evian em spray?” e vai a funcionária e responde-me num francês 16º arrondissement “ah l'eau thermale d'Evian?” E eu disse-lhe que a água de Evian não é thermale, mas minérale, quer dizer, é das termas, mas não é assim que se designa e ela amuou. Acho que foi porque não lhe falei em francês.🙃

 

Procurei no resto das perfumarias do shopping, na parafarmácia e nada, e acabei na farmácia. Vai a funcionária e responde assim à minha pergunta “não conheço isso”. Não conheço isso, não conheço isso, não conheço isso, tinoni, tinoni, oinc, oinc, oiiiiinc" (isto é o eco da resposta dela na minha cabeça). Apeteceu-me perder ali a virgindade. E perdi. Enlouqueci e disse-lhe que a água MINÉRRRRRRRRRRALE D'EVIAN era antiquíssima. E vai ela e diz-me que trabalha em estética para mais de 20 anos e que nunca ouviu falar nisso. "Nisso, nisso, nisso, tinoni, tinoni, oinc, oinc, oiiiiinc" Eu também nunca tinha visto nas mesmas mãos 5 cores de gel, glitter e unhas em bico daquelas de papagaio e não é por isso que passarei a tratar a pessoa por ó coisa, mas pronto, calei-me, afinal o que tem a ver uma coisa com a outra? E só lhe disse para ir ver à net. Acho que afinal continuo virgem. Quando for velha vou ser respondona. E malcriada.

 

 

 

[Ora eu uso esta água todos os Verões vai para mais de 20 anos, mas o comércio uniu-se contra mim e nada, ninguém sabe, ninguém viu. Quase que juro que desapareceu porque era baratíssima. Se alguém souber onde há, diga, sim? Agradecida]

 

[entretanto trouxe uma outra que vou experimentar e depois conto coisas]

 

[estou aqui a pensar que também posso comprar uma garrafa desta água no supermercado, encher o borrifador das flores e usar assim]

 

 

#ASério??!! 

#TenhoÍmanParaDoidos

20
Jun17

271 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

Também é nas catástrofes que as pessoas dão a conhecer o seu melhor e o seu pior. É lamentável que muitos escudados nas boas acções que querem incutir aos outros, acabem por mostrar que até para "ser bom", se pode ser muito mau.

 

A sério, o que passa pela cabeça de uns ao achar que outros devem e têm a obrigação de dar mais. Já deram? O que fizeram afinal? É que é muito fácil fazer caridade e prestar solidariedade pelas mãos e acções dos outros enquanto ficam quietinhos a teclar incitações ao ódio.

 

Os tempos não são de ódio e no fim o que fica são as acções e as muitas que ficaram por tomar.

 

 

#ASério??!!

12
Jun17

270 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

 

Hoje de manhã liguei a televisão e a propósito dos temas das Marchas Populares, alguém da Marcha de Alfama comunicava que o tema é “Não Toquem na Minha Alfama”, porque estão fartos da invasão de turistas.

 

Depois saí, fui para Lisboa e fui tomar um café. No café uma mulher reclamava do movimento dos turistas e mais não sei quê e que a ela ainda não lhe tinha caído nada nos bolsos e onde é que andava o dinheiro dos turistas e coiso. A sério, pessoa? Olha a mim também não me cai nenhum porque não faço por isso, mas pronto, não disse nada, porque sou uma menina e tenho bastante receio de contrariar as pessoas que falam para as massas.

 

Neste momento as pessoas, ou parte das pessoas, estão fartas dos turistas. Compreendo. Era muito melhor estarmos a queixar-nos que a nossa agricultura já não dá nada e a indústria é o que se sabe, era muito melhor não termos alternativa, nem fontes de rendimento. É realmente uma maldição viver num país pacífico, com um baixíssimo grau de violência, com centenas de quilómetros de praias, uma percentagem de dias de sol obscena, é horrível que os outros povos nos queiram visitar, que gostem disto, que cada vez sejam mais, que nos encham os restaurantes, museus e hotéis, que nos levem a criar mais postos de trabalho, a remodelar espaços e a melhorar cada vez mais. Fora com eles, mostremos a nossa antipatia e falta de hospitalidade. É que ainda por cima falam e riem, não se faz, tanto barulho por nada.

 

Era tão melhor estarmos com isto às moscas, a economia parada, com tudo falido, sem hipóteses de criar postos de trabalho, de renovar e construir espaços. Saudadinhas de um país deprimido, sozinho e abandonado. Falido mesmo. Ah e silencioso. Já falei no barulho das rodas dos trolleys? Um horror, eles que usem mochilas. E não abram a boca.

 

 

#ÀsSegundasFeirasHáBirra

#BirraDeSono

#ASério??!!

17
Mai17

269 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

Aqueles fantásticos 400 metros na A5, antes de chegar às portagens em que um apressado se cola à traseira do teu carro, porque vais na faixa da esquerda. Aqueles fantásticos 300 metros em que já reduziste para 100, porque é o que está no sinal, depois os outros 200 metros em que já vais a 80 e a seguir 60, mas o apressado quer passar a Via Verde a 200 e de repente com tanta pressa, sai das duas faixas da Via Verde e fica parado na portagem e tu lá segues caminho pela Via Verde. A sério? A pressa era para ser o primeiro a ficar parado na portagem? E eu que acredito sempre que é para passar a Via Verde à doida. É algum jogo que desconheço? É gente que faz apostas a feijões? É o quê?

 

 

[juro que isto me acontece em 90% das vezes que vou na A5 no sentido para Cascais, a abrandar para a Via Verde]

 

#TenhoÍmanParaDoidos
#JáNãoSeFazemDoidosComoAntigamente

09
Mai17

268 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

Há um desodorizante que promete uma duração de 48 horas, o que me põe algumas questões, a saber:

 

- As pessoas usam um desodorizante que dura 48 horas, porque não são chegadas ao banho e assim desodorizam-se para ficarem descansadinhas durante dois dias (e não pensarem mais nisso), sem se passarem por água, portanto é uma coisa a pensar nos outros que não têm nada a ver com a falta de higiene alheia?

 

- As pessoas tomam banho todos os dias, mas só precisam de pôr desodorizante dia sim, dia não, porque aquilo é à prova de água, portanto é uma coisa a pensar na economia das famílias e no planeta?

 

- É um desodorizante à prova de água desenvolvido a pensar nos nadadores salvadores, nadadores em geral, professores de natação e pessoas que estão sempre dentro de água?

 

É para quem afinal? É que assim de repente, se não é à prova de água e as pessoas tomam banho todos os dias, portanto um banho a cada 24 horas pelo menos, então para que serve um produto que dura 48 horas?

 

#JáCheiraAVerão

05
Mai17

267 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

 

A pessoa está com pressa. Muita pressa. Liga o telemóvel ao pc, para passar um documento e o software do telemóvel resolve que é oportuno ser actualizado. Procuras dizer que não, que agora não é conveniente, mas não nada disso, ou actualizas o software, ou a versão que tens instalada já não serve, apesar de ontem ainda servir. Então dizes que sim e ficas ali a olhar para a barrinha. Aquilo faz o download e agora tens de afirmar, jurar e afiançar que concordas com tudo, de maneira a poderes instalar o software. E claro, concordas, sem ler, mesmo que estejas a deixar um rim a esta gente. Terminada a instalação, agora tens de reiniciar o pc. Reinicias, voltas a ligar o telemóvel e lá acedes ao que queres imprimir. Clicas em imprimir, tal e tal e a impressora resolve que está na hora de fazer manutenção e faz. Clap brrrrrrrrr clap brrrrrrr e no fim pergunta se queres imprimir o relatório. Não, não queres, só queres imprimir o teu documento. Dizes que não, lá mandas imprimir o que queres. E ela comunica que lhe falta o tinteiro ciano não sei das quantas, portanto só imprime em preto. Está bem, imprime em preto. Não pode ser, também te falta o tinteiro preto.

 

Tenho a certeza que se não estivesse com pressa, os softwares não precisavam de actualização, a impressora não precisava de tinteiros e eu não precisava de nada disto.

 

#OKarmaÉUmaCabra

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D