Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

04
Jan18

09 - balanços, retrospectivas, previsões e isso


Mac

 

 

 

À semelhança do que já tinha feito no final do ano passado, faço agora o balanço do meu ano em cremes, maquilhagem e produtos de beleza diversos. Este ano não houve muitas novidades, mas o que houve foi muito bom e veio para ficar. São cada vez menos os produtos a entrar para a minha rotina, porque cheguei a um ponto em que estou bastante satisfeita com o que uso, alguns já fazem parte da minha vida há uns bons anos, não tenciono mudar e não encontro melhor, como é o caso dos Météorites e terracota da Guerlain, a máscara Hypnôse da Lancôme e o lápis para os olhos da Chanel, é escusado, aos meus olhos não se fez melhor.

 

 

 

 

 

 

 

Um aspecto muito positivo foi ter alargado as minhas escolhas também para produtos de farmácia e supermercado. Durante anos e anos só consumi produtos de perfumaria, estava convencida que tudo quanto era vendido em farmácias e supermercados não podia ser igual, muito menos melhor, até que há cerca de dois anos comecei a experimentar alguns produtos que se vendem em supermercados e gostei imenso. Comecei com as águas micelares e fiquei logo fã da Garnier, depois alarguei os meus horizontes para as máscaras faciais (as máscaras de argila da L'Oréal são estupendaças), gel de limpeza e alguns cremes hidratantes.

 

 

 

 

 

 

Quanto aos produtos de farmácia, algumas marcas como a Caudalie, Uriage, ou Bioderma suscitaram-me curiosidade, já que até usava algumas delas para a higiene e cuidados dos meus filhos, e tive grandes e agradáveis surpresas. Ou seja, descobri imensos produtos tanto em supermercado como em farmácia com os mesmos resultados que tinha com os produtos de perfumaria. Depois há outra (enorme) vantagem, o preço, não tanto nos de farmácia comparativamente com os de perfumaria, mas uma diferença abissal de preços entre os de supermercado e perfumaria.

 

  

 

 

 

  

Continuo a acreditar que esta diferença se deve à qualidade, aos resultados e também à marca, mas há casos em que não se justifica. Depois também há insucessos com grandes marcas obscenamente caras, porque nem sempre são adequados à nossa pele, porque é mais a fama do que o benefício, enfim, já tive de tudo, assim como já comprei cremes no supermercado que foram também eles um insucesso, mas como é um insucesso mais barato, não lhes reza a história. Como é óbvio não deixei de usar todos os produtos de perfumaria porque gosto deles, porque acho que o preço justifica o produto (quer dizer, se fossem um bocadinho mais baratos também não fazia mal) e porque não encontrei idênticos noutros segmentos, mas outros abandonei por completo, como é o caso dos gel de limpeza.

 

 

  

 

   

 

Vamos lá então à lista dos que conquistaram este coração e esta pele em 2017. Se estivesse a eleger o produto do ano, escolheria sem dúvida o sérum Resveratrol da Caudalie (comecei a usa-lo porque achei que a minha pele estava habituada ao Perfectionist [CP+] - Wrinkle Lifting Serum da Estée Lauder e já não respondia como era de esperar. Foi uma boa opção, agora passo a fazer um frasco de cada intercalado) • o Hyséac 3-regul teinté da Uriage em vez da base (é tão bom que se lhe começar a tecer elogios, tenho de escrever outro post) • a máscara detox da gama Elixir Jeunesse da Yves Rocher, assim como o creme de contorno de olhos (adoro a sensação de desintoxicação) • o Anti-Wrinkle Day Cream com Q10 da Cien (só uso quando a minha pele está seca e faz-lhe maravilhas) • e para lavar a cara e desmaquilhar-me, qualquer produto de limpeza da Nivea (adoro todos, desde a espuma, ao gel, ao creme desmaquilhante para duche), aliados à Clarissonic (quando passo a água micelar e o tónico, já não há vestígios de maquilhagem) • e por fim, mas não menos importante, os discos desmaquilhantes da Cien (mega pacotes a micro preço)

 

 

 

 

 

 

 

[este post reflecte apenas a minha opinião e 

não é resultado de qualquer colaboração,

apesar de alguns destes produtos me

terem sido dados a conhecer

pelas marcas durante

2017]

03
Jan18

194 - As férias de Natal, as resoluções do novo ano, recomeços, a vida, o nirvana e eu


Mac

   

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 [as férias de natal]

foi o fim de um ano e o começo de outro . recomeços . foram dias de brincar com os brinquedos novos, passeios em dias cinzentos cor de chumbo, idas ao parque, à vila e mais umas voltas no carrossel e na roda gigante . foram as férias de natal dos meus filhos .

 

[as resoluções do novo ano]

 resolvi não fazer resoluções e caso decida num momento de fraqueza tomar uma resolução, estabeleci-me um plano com medidas de contingência e emergência . 2018 será um ano grandioso, o ano em que não falharei . portanto, não delibero, não falho . parece-me bem . prevejo-me um ano muito positivo . grandioso

 

[o nirvana e eu]

cada vez mais gosto de roupas confortáveis e ando numa de camisolas de gola alta e casacos curtos . deixei de fumar há 4 anos e não me arrependo nada . no dia 1 fez 4 anos em que fumei um cigarro e pensei que podia ter tomado resoluções para o novo ano, como por exemplo, deixar de fumar . mas não . assim já era pessoa para concretizar uma resolução . mas não . deixei no dia 2, mesmo sem resoluções para concretizar . hoje  lembro-me pela quarta vez que gosto mais de mim sem cigarros . e vou lembrar-me sempre, pela resolução que não tomei, pela obrigação a que não me sujeitei . e por mim .

. mais uma vez não fiz resoluções . e mais uma vez tenho a certeza que gosto mais disto assim .

 

. venha então este 2018, sem (alguns) compromissos (desnecessários) . 

   

29
Dez17

08 - balanços, retrospectivas, previsões e isso


Mac

 

 

 

chega-se a esta altura do ano e gosto sempre de lhe fazer uma revisão . pela rama é certo, mas uma revisão tão válida e enxuta como outra qualquer . foi um ano muito bom, apesar de uma grande perda . foi um ano comum, sossegado e com bastantes avarias de electrodomésticos . foi um ano de boa saúde, apesar de um dos filhos ter feito duas fracturas . foi um ano muito bom de copo meio cheio, meio vazio, apesar de não gostar do conceito, apesar de querer sempre tudo a correr como determinei e lidar assim assim com os insucessos . não preciso que o próximo seja melhor, se for igual já está bom, mas se for melhor, ainda bem .

 

porque já o disse tantas e tantas vezes, eles foram (e são) o melhor do meu ano (e da minha vida) e só quero para o novo ano (e o resto da minha vida): eles comigo, sempre. o resto é vida para viver com coisas boas, coisas más, coisas para resolver, coisas irresolúveis, pessoas que quero manter, outras que quero bem longe, em suma, vida . mas sempre com eles . o que vier de bom além disto é sempre ganho, é sempre bem-vindo, mas também não faz falta

 

minhas pessoas queridas, desejo de todo o coração que tenham um 2018 pleno de amor, saúde e realizações .

 

um bom ano!

27
Dez17

193 - O Natal, as nossas refeições, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

Este ano só tive de pensar no jantar de dia 24 e depois no de dia 25, que foi basicamente de restos. O almoço de dia 25 não foi aqui em casa e não tive de tratar de nada. Para a consoada regressei aos encarnados, deixei as simplicidades escandinavas para os escandinavos e voltei a pôr uma mesa à portuguesa com encarnados, dourados e bordeaux.

 

 

 

 

 

 

  

Fiz um centro para a mesa no mesmo género de um outro que já tinha feito para um jantar aqui em casa, mas um pouco maior.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

e pus em cada prato um ramo, também parecido com um outro que já tinha feito.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este ano para a ceia fiz o peru, um rosbife e o bacalhau cozido, que depois deu a Roupa Velha para o jantar de dia 25. Os doces andaram no habitual em qualquer casa, por isso só deixo as receitas do meu doce preferido, os Formigos que é aquele doce que fez sempre parte dos meus Natais no Porto em casa da minha avó.

 

 

-  Formigos -

. 250 g de açúcar mascavado

. 8 fatias de pão de forma

. leite

. 8 gemas

. 150 g de amêndoas

. 100 g de corintos

. 2 cálices de vinho do Porto

. canela

 

 

Leve o açúcar ao lume com 1/3 do seu peso de água e deixe ferver até obter ponto de pasta (28º baumé ou 101º C). Parta as fatias de pão em bocados, embeba-as em leite e escorra. Junte o açúcar e leve ao lume mais 5 mn. Adicione 100 g de amêndoas raladas e os corintos e deixe levantar fervura. retire do calor e junte as gemas desfeitas no vinho do Porto. Leve rapidamente a lume brando só para engrossar um pouco. Se ficar muito doce e espesso, junte um pouco de água a ferver. Deite os Formigos numa travessa ou taça e polvilhe com canela. Espalhe por cima as restantes amêndoas em falhas e corintos .

 

(os Formigos também podem ser feitos com Pão de Ló)

 

 

 

 

 

 

E da Roupa Velha que é de longe o meu prato preferido de Natal

 

. Restos do bacalhau, couve e batatas da ceia

. Azeite

. Alhos picados (calculo dois dentes por dose individual)

. Sal

 

Corte a couve, desfie o bacalhau e corte as batatas em cubos, Numa frigideira (ou wok) ponha bastante azeite e o alho picado. Deixe fritar um pouco, junte o bacalhau, a batata e as couves. Envolva bem e deixe-o no azeite até ficar quente. Rectifique o sal. Retire do lume, passe para uma taça ou travessa e sirva.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para o jantar de dia 25 alterei o centro de mesa, tirei as frutas verdadeiras e falsas, as velas e as pinhas, deixei as ramagens e as bagas encarnadas e só acrescentei velas redondas e em estrela.

 

 

 

 

 

 

 

 

27
Dez17

105 - Foi Natal, lai lai lai


Mac

 

 

 

 

e de repente passou o natal, aquele que me apareceu sem eu ter dado por isso . mas saboreei-o à mesa, com as pessoas e na vida . não liguei à dieta, enchi-me de afectos, dei e recebi . e gosto tanto disto tudo, que sou pessoa para repetir todos os anos, para o resto da minha vida .

 

 

 

 

 

 

 

22
Dez17

92 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

 

. calças em xadrez .

 

 

 

 

 

. muito encarnado .

 

 

 

 

 

. e o street style da semana .

 

 

 

 

 

 

 

 

 . do lidl um ferro para fazer ondas no cabelo, que ainda vou experimentar, e um dos melhores tira-verniz expresso que conheço, adoro este sistema da esponja e comecei por usar uma outra marca, mas este além de melhor, tira o verniz bem rápido e é bem barato . 

 

  

 

 

 

 

 

 

. de  também, as bolachas para deixar ao pai natal .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

. da area, mais umas velas para decorar a casa .

 

[sou fã de velas tanto de cheiro, como só para criar ambiente, das mais pequenas, às maiores, para espalhar pela casa, dar bom cheiro ou só luz, durante todo o ano, mas nesta altura, confesso, chega a ser um abuso] 

 

 

 

 

 

 

 

 . o blog the haute pursuit, da vanessa hong, e a conta de instagram .

 

 

  

 

 

 

 

 

. a frase da semana .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

. e muito feliz natal para todos, cheio de coisas boas, sonhos doces e realizáveis, azevias, bolo rei, meias quentinhas, saúde, vida boa e tudo de bom . 

 

 

22
Dez17

149 - Croché, colagens, tricô, filet, bricolage e coisas assim


Mac

 

 

 

 

À semelhança do que fiz no ano passado, decorei uma das coroas que tenho na cozinha todo o ano, com folhagens e bagas, para lhe dar um ar de Natal. Gosto imenso destas coroas de ramos assim simples, sem nada, e são ideais para decorar porque é facílimo prender as folhagens entre os ramos da coroa, ou caso seja necessário, prende-las com arame.

 

 

 

 

 

 


 

 

 

Materiais:

. coroa de ramos secos .. Horto do Campo Grande

. ramos de eucalipto, azevinho, gilbardeira e abeto .. jardins, hortos, floristas

. laranjas secas e nozes .. floristas, hortos

. arame verde de jardineiro

. luvas de borracha ou latex (a seiva do eucalipto é muito pegajosa e a gilbardeira pica bastante)

 

 

 

 

 

 

 

Como não queria que este ano a coroa ficasse com um ar muito certinho, fui distribuindo os ramos de abeto, eucalipto e gilbardeira, sem simetria, depois pus o azevinho (3 ramos) bem espaçado um do outro, distribuí as nozes e pus uma laranja seca.

 

 

 

 

 

  

Quando acabar o Natal, é só tirar as ramagens e a coroa regressa à cozinha novamente simples e como gosto de a ver durante todo o ano.

 

 

 

 

 

 

21
Dez17

192 - O Natal, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

tenho a sensação que 2017 passou sem eu dar por isso, o natal é daqui a 3 dias e o outro parece que acabou há outros 3 . nestes 3 dias não sei bem o que fiz, mas devo ter feito muitas coisas . tenho andado a ultimar os preparativos para o natal, despachei as compras muito antes do dia que determino todos os anos e nunca consegui, falta-me a couve portuguesa e velas . os miúdos estão em férias e às vezes tenho a sensação que a infância deles é um comboio de alta velocidade .  é de certeza, a do mais velho já lá vai e eu juro todos os dias que ele nasceu ontem . dizem que quando as pessoas são felizes, o tempo passa a correr, se calhar é isso, mas eu precisava de saborear mais isto tudo . fui buscar as calças de veludo pretas e largas, e as skinny também em veludo . gosto delas, mas tinha-as praticamente esquecido . as largas ficam giras com tudo e quase tudo . agora também gosto das botas com canos acima do joelho para usar com saias compridonas, é bem confortável . faltam 3 dias e tenho a sensação que não me chegam para tudo .     

 

 

19
Dez17

276 - A Sério??!! Menos, por favor


Mac

 

 

 

 

 

Há pessoas que vão às lojas que vendem aquela marca de cafés em cápsula para comprar café, e há pessoas que vão às lojas que vendem aquela marca de cafés em cápsula para terem uma experiência de degustação e calhando compram café. Aquilo é toda uma experiência sensorial de despertar dos sentidos, as papilas gustativas portanto, mas não interessa, o que interessa é que as pessoas entram ali e sentem-se numa espécie de nirvana, num retiro espiritual do café, nada a ver que ao fim de 3 degustações já tremerem um bocadinho, mas pronto, aquilo é todo um ritual, ora experimenta o Coiségio, agora toma lá um Coisilio, gosta? Não nota um sabor a baunilha do Tibete com laranja do Algarve? Experimente então o nosso Charro. E pronto, as pessoas sentem-se finas e para ali estão a DEGUSTAR.

 

Depois há as pessoas que vão só comprar café, uma coisa que poderia demorar apenas 5 minutos, sem salamaleques porque se trata só de café e café é café, nada mais. Geralmente estas pessoas não gostam das pessoas que degustam cafés, porque quando vão comprar café morrem um bocadinho, cerca de 30 minutos, à espera que as outras pessoas degustem cafés.

 

 

#OInfernoSãoOsOutros 

#BirraDeSono

 

 

18
Dez17

191 - As nossas refeições, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

 

Resolvi fazer um centro de Natal, ou um arranjo para a mesa, ou um desarranjo - como se queira chamar - sem base, prato, nada, pus as coisas - ramos de abeto, gilbardeira (dizem que se chama o azevinho que não pica, mas pica, é melhor usar luvas), pinhas, maçãs e romãs douradas, laranjas secas e velas - em cima da mesa e assim foi, gostei do que vi e desconfio que será este o eleito para a mesa de Natal. 

 

 

 

 

 

 

Para uma outra refeição espalhei estrelas douradas pela mesa, velas e usei as bases para cupcakes como castiçais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nas últimas refeições a única novidade foi um creme de alho francês, de resto foi bis à carne de porco assada em leite, bis ao rolo de carne, bis e mais bis, e bis à pizzas congeladas e às refeições fora, amigas da dona de casa com a máquina da loiça providencialmente avariada desde sexta-feira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Creme de Alho Francês (4 litros de sopa):

 

. 4 batatas

. 4 cenouras

. 3 alhos franceses

. 2 courgettes

. 1 dente de alho

. 2 c sopa de azeite
. sal


Descasque e corte todos os legumes. Faça um refogado com o azeite, o alho e os alhos franceses. Preencha com água, junte as courgettes, as cenouras e o sal. Deixe em lume médio durante 25 mn. Desligue o lume e reduza a puré com a varinha mágica.

 

 

 

 

 

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D