Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

12
Jun17

19 - Quem tem um adolescente, tem tudo


Mac

Adolescente: Ó mãe, hoje posso sair?
Mãe do adolescente: Sim
Adolescente: Então vou combinar às 8.
Mãe do adolescente: Mas é para jantar fora?
Adolescente: Não, mas está toda a gente a combinar às 8.
Mãe do adolescente: Essa é a nossa hora de jantar, vais depois.
Adolescente: Então posso ir jantar a casa da Coisa?
Mãe do adolescente: Podes

Adolescente: Ah afinal não dá, a Coisa pode jantar cá em casa?
Mãe do adolescente: Pode.

Adolescente: Afinal não dá. Ó mãe mas está toda a gente a combinar às 8, é urgente.
Mãe do adolescente: Como urgente? Mas eles não jantam?
Adolescente: Mais ou menos.

 

Admiro a forma organizada de combinar coisas destes miúdos, tendo sempre em conta as rotinas da família.

 

Por acaso ando cá desconfiada que aos olhos adolescentes, a minha casa é vista como uma pensão/cantina/dormitório/acampamento, mas pronto.

 

 

#QuemTemUmAdolescenteTemMuitos
#QuemTemUmAdolescenteTemTudo

06
Jun17

01 - Vi no pinterest e fiz


Mac

 

 

 

  

Acho imensa piada a formas criativas e originais de apresentar a fruta, saladas e entradas, por isso quando vi esta forma de apresentar a melancia em forma de gelado, resolvi experimentar para o jantar de hoje destes miúdos.

 

 

 

 

 

 

 

É facílimo. Cortamos a melancia em quatro, ou compramos já assim. Depois é só cortar cada quarto em fatias e depois ao meio, para fazer fatias menos largas.

 

 

 

 

  

 

Com uma faca fazemos uma incisão em cada talhada e introduzimos o pau de gelado.

 

 

 

 

 

 

E já está.

 

 

 

»»» • «««

 

. Paus de gelado .. antigo Vassoureiro em Alcabideche

. Mais ideias, aqui

05
Jun17

156 - Os filhos, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

Os meus filhos vivem numa casa quentinha no Inverno e fresca no Verão, têm roupas, comida, são vacinados e quando adoecem vão ao médico, fazem diversos desportos, têm brinquedos, consolas e livros, têm sempre quatro ouvidos que os ouvem (pelo menos), quatro olhos que os olham (pelo menos), quatro mãos que os cuidam e dois colos que os protegem. Os meus filhos tiveram a sorte de nascer no mundo ocidental. Quando nasceu o mais velho foi a loucura dos avós, depois foi a loucura com o mais novo. Então instituímos que sim, podiam continuar loucos, mas metade da loucura ia para uma conta que abrimos para cada um, o resto da loucura para brinquedos úteis e dados a seu tempo. Agora os meus filhos recebem presentes no Natal e nos aniversários, este ano, assim como no ano passado não houve presentes no Dia da Criança. Houve programa especial na escola e há sempre atenção em casa. Não notaram a falta, não se acharam no direito, não perguntaram. São uns bons miúdos, os meus. E haverá sempre presentes no Natal e nos aniversários. Os meus filhos não precisam de mais, só precisam de crescer bem e ser bons, bem formados e atentos ao mundo. É isso que quero para eles, não quero datas com presentes porque sim, apenas datas, porque as datas também podem ser importantes sem mais.

 

[cada vez tenho menos vontade de comprar presentes para os dias instituídos, claro que lhes compro aquilo que acho importante para o desenvolvimento, mas comprar só por comprar em datas para além dos aniversários e Natal, não compro]

 

[ainda incluo o mais velho neste dia, e incluirei até ele sair de casa, apesar de neste momento, ele achar que a mãe que o gerou faz coisas de quem já está fora de prazo]

 

 

#DiaDaCriança

#MeusRicosFilhos

#SãoMeusESãoLindos

26
Mai17

153 - Os filhos, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

O Pedro chegou da escola e conseguiu estar durante uma hora em prantos “eu quero ir para a águaaaaaaaaaaaaaaa”. Uma hora. Sessenta minutos da cabeça desta mãe em papas. Expliquei-lhe calmamente que a água está gelada, o dia nublado, que não está calor. “Eu queeeeeeeeeeerooooooo tomar banhoooooooo”, “Eu preciso de nadaaaaaaaaaaaaar”, “Eu estou com taaaaaaaaaaanto calorrrrrrrrrrr”. Ao fim de uma hora calma a explicar porque não e a ouvir eu querrrrrrrrrrro desgovernado, deixei-o ir. Molhou os pés e ainda a soluçar olhou para esta mãe que o carregou 9 meses na barriga e carregará o resto da vida ao colo e disse “Está tãaaaao fria, posso comer pipocas”. A sério filho? Há uma hora atrás a tua progenitora, essa visionária doida em quem ninguém acredita, ainda com a cabeça sana disse-te exactamente isso.

 

24
Mai17

152 - Os filhos, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

O Pedro aprendeu com o irmão a arrotar. Depois resolveu que era boa ideia dizer a cada arroto “estou a fazer de Zé”. Depois o irmão ensinou-o que não era de Zé que estava a fazer, era de mãe, e no outro dia à frente do médico arrotou e a seguir disse “desculpa, estou a fazer de mãe”, a sério, filho, a sério que a gracinha tinha de sair à frente do senhor doutoriii?! Então a mãe dele disse-lhe que não arrotava, muito menos assim, e ele disse “ah pois é, é o pai”.

 

Eu mereço?

 

[Registe-se que nem o meu marido nem eu andamos para aí a arrotar sonoramente, para que conste, sim?]

04
Mai17

16 - Quem tem um adolescente, tem tudo


Mac

 

 

 

 

 

Hoje alguém vai ter de arrumar a mesa de trabalho para chegar ao teclado. Depois de chegar ao teclado, espera-se que já com tudo arrumado, alguém terá de pedir a esta mãe a senha do wi-fi, que agora é alterada sempre que há tarefas por cumprir. Se as coisas tiverem sido só desviadas - o mais provável - não há net. Foi-se. Escapuliu-se. Foi um ar que lhe deu.

 

[porque alguém tentou limpar aquela mesa e a tarefa tornou-se hercúlea, maneiras que a mesa foi limpa, pois foi, que da higiene não abdico, mas tivemos de amontoar a desarrumação]

 

[coisas que estavam espalhadas na mesa de trabalho: embalagens vazias de desodorizante, umas pantufas e umas havaianas, uma camisola, testes à espera da minha assinatura, livros de estudo, clips, afia-lápis, desenhos, cartões de jogos, sacos de plástico velhos, cabos, tomadas, caixas de software, cadernos, lápis, várias canetas, esferográficas e bocados de borrachas. A sério, filho, a sé-ri-o?]

 

#QuemTemUmAdolescenteTemTudo
#QuemÉEstaPessoaQueMoraNaMinhaCasa
#BatiaNoFundo

29
Abr17

15 - Quem tem um adolescente, tem tudo


Mac

Neste momento esta casa onde moro, contém adolescentes amigos do adolescente aqui de casa e esta que vos escreve passou à porta da sala, onde eles se instalaram, vai uma adolescente e diz: “era a tua mãe!”, e vai o adolescente e responde, “sim ela mora aqui”.

 

[não percebi se o tom era de conformação, ou tédio, mas escolho o sarcasmo, é melhor.

 

#QuemTemUmAdolescenteTemMuitos

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D