Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

07
Nov17

184 - As nossas refeições, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

 

Depois do Halloween tenho sempre imensa polpa de abóbora que sobrou das abóboras que fizemos, que corto em pedaços e congelo para depois usar em sopas.

 

Por isso, para este fim-de-semana fiz um creme de abóbora (receita da Maria de Lourdes Modesto, do livro Receitas Escolhidas) que resulta bem e os miúdos gostam imenso.

 

 

 

 

 

 

 

Ingredientes para uma panela de 3 l:

. 1 kg de abóbora

. 4 batatas

. 3 tomates maduros

. 1 cebola grande

. 90 g de manteiga

. Água ou leite para preencher

. 2 gemas de ovo

. 1 c sobremesa de açúcar

. sal, pimenta q.b.

 

 

Descasque a abóbora e corte-as em cubos. Tire as sementes ao tomate e corte-o em bocados. Descasque a cebola e corte-a em rodelas. Leve estes legumes e metade da manteiga ao lume num tacho com o fundo espesso. Deixe estufar em lume brando durante 30 minutos, mexendo de vez em quando.Reduza tudo a puré com a ajuda de um copo misturador. Dissolva o puré com água ou leite em quantidade necessária para obter 3 l de sopa. Tempere com açúcar, sal e pimenta. Leve ao lume e deixe ferver durante 2 mn. Junte as gemas previamente batidas (pouco) e a restante manteiga. Sirva com tirinhas de presuntos ou quadradinhos de pão torrado.

 

 

 

 

 

 

 Depois fiz umas almôndegas (não há foto, porque me saíram todas péssimas, ou seja, as almôndegas não são fotogénicas), quer dizer, fiz o molho, porque quem faz as almôndegas é sodona, mais uma especialidade, que não tenciono ultrapassar, ou seja, ela faz as bolinhas de carne, deixa-as muito bem dispostas num tabuleiro e eu faço o molho. Desta vez acompanhei-as com arroz branco e tomate cortado em cubos.

 

 

Ingredientes para o molho das almôndegas:

. 200 ml de polpa de tomate

. 4 tomates

. 1 dente de alho

. 1 cubo de caldo de carne

. 2 c sopa de farinha

. vinho branco

. sal e pimenta q.b.

 

 

Deite num tacho o azeite e o alho bem picado. Logo que ferva, junte a polpa de tomate, o tomate em cubos, a que tirou as grainhas, e o caldo de carne. Deixe cozinhar. Junte a farinha aos poucos e mexa bem. Junte o vinho branco, misture bem e tempere com sal e pimenta. Junte-lhe as almôndegas, tape o tacho e deixe cozer durante 20 mn.

 

 

 

 

 

 

 

Para uma outra refeição, comemos a mesma sopa e fiz um salmão no forno, que acompanhei com umas batatas noisette, um arroz Basmati e legumes cozidos em vapor. Tudo congelados já preparados, menos o arroz, porque uma mulher tem dias, muitos dias até, porque nem todos os dias habita uma vontade louca de cortar vegetais finamente, saltear cenas, descascar batatas e passar pela praça, nesses dias fazem-se pratos de forno andor e siga, que é como quem diz, daquela comida maioritariamente congelada, que é só pegar nos ingredientes, atirar para um prato, temperar e pôr no forno. Portanto para esta refeição foi  aproveitar aquilo que os tempos modernos nos dão de bandeja, a maravilha das refeições rápidas. 
Ah e tal não é saudável, corrori, tudo congelado e o coiso. Olha eu a ralar-me. Uma vez, não são vezes.

 

 

. 6 lombos de salmão, regados com muito azeite, sumo de um limão e alecrim, em forno a 180º, durante 25 mn 

. Batatas noisette congeladas, também no forno a 180º

 . Umas porções a gosto de espinafres, brócolos e courgettes congeladas, temperadas com bastante alho bem picado, cozidas a vapor. Depois de cozidos, temperam-se com sal e um pouco de azeite.

 

 

 

 

 

  

 

E para terminar, fruta da época.

 

 

 

 

 

 

 

 

06
Nov17

04 - Por estes dias


Mac

 

 

 

 

 

 

. das coisas de que gosto muito nesta altura do ano, sem qualquer ordem de preferência .

. ir ao mercado sem planos definidos e trazer as flores que ali decidi, depois dedicar um tempo a fazer arranjos para pôr na mesa e pela casa, pensar que suporte usar para onde e como quero a distribuição das cores e formas . 

. os almoços de domingo em casa dos avós e a esperança perdida de ter só uma salada à minha espera e nada de sobremesas, para poder dizer que aquilo tudo me engorda, mas que vezes não são vezes e ai que bom, adoro .

. sair sem mala, sacos e tralhas nas mãos, porque é só ali ao lado e ali ao lado nada me faz falta, e para isso vestir umas calças e uma camisola confortáveis - já tinha saudades das minhas camisolas de lã - porque a tarde vai ser só para deitar conversa fora .

. ruas com corredores de plátanos no outono, folhas de plátanos nos passeios e as cores mil de outono . e o cheiro dos assadores de castanhas que ainda não vi este ano .

 

[e este ano, ainda bem que começou o outono, ainda bem que já choveu, ainda bem que aprendi a gostar de chuva]

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

06
Nov17

42 - Não sei, não


Mac

 

 

 

 

 

Coisas que eu espero ter coragem [*] para não usar este Outono/Inverno, porque para já estão no reino do horrendo, mas nunca confiando naquilo que eu acho hoje sobre uma tendência, porque amanhã poderá ser aquilo que adoro. Há algum problema? Ah bom, estava a ver. Então, aquilo que hoje eu acho pirosinho:

 

. Botas brancas .. o ar circense da coisa não me deixa (para já) usa-las, nada contra circos, mas lá está o que é do circo, fica no circo.

 

. Calças de plástico em encarnado, polipele ou aquilo que se quiser chama .. pois. e a pessoa não sua imenso ali metida? não se faz anunciar com ruídos estranhos? não range? Eu disse em encarnado, oras, para o efeito só piora, mais nada.

 

. Casacos de peluche em cores de gomas .. até podiam ser em preto, a questão está no material, é volumoso, acrescenta volume às pessoas, dá volume ao ambiente, põe-nos gordas, obesas, badochas e não favorece nenhuma mulher acima dos 50 kg e abaixo do 1.70. Engorda-nos, já disse? Muito. Badochas. E depois eu olho para aquilo e parece-me que entrei numa secção de brinquedos em Tóquio, mas com mulheres adultas. Nada contra as lojas de gadgets em Tóquio, mas lá está, o que está em Tóquio deve ficar em Tóquio.

 

. Sapatos com meias cosidas que são botins, mas não são .. O problema é meu, mas tudo quanto não é carne, nem é peixe, não me serve. Não gosto de botins com dedos de fora, ténis de salto alto, blazers sem mangas, soutiens com alças de silicone, ou strass, leggings, mocassins abertos atrás, enfim, não gosto do que parece, mas não é, anda ali no meio, ou mistura dois tipos de peças, ou é um casamento mal feito entre duas peças. 

   

 

 E para já. é isto.

 

 

 

[*] porque assumidamente às vezes acontece-me detestar uma tendência, até jurar que jamais porei aquela serapilheira em cima desta pessoa e depois dá-se um caso de amnésia, problemas de memória, afecções oculares, e uso. Já aconteceu. Na idade em que estou já não posso jurar nada.

05
Nov17

756 - Lai lai lai [os títulos não são o meu forte]


Mac

 

 

 

 

 

gosto destas manhãs em que passo no mercado e só trago flores comigo, depois passo pelo quiosque e trago uma revista e acabo a manhã a tempo de ir almoçar, mas ainda para o segundo café do dia . gosto destas tardes de sábado, do céu cor de chumbo e da chuva lá fora . gosto destas noites de cinema, jantares com amigos e calor cá dentro . gosto de novembro, o mês que me deu uma mana.

 

[e já só faltam 7 semanas para o Natal. se calhar já se pode falar nele]

 

[adoro próteas, já tinha dito?]

 

 

03
Nov17

31 - Restaurantes e sítios de que gosto muito


Mac

 

 

 

 

 

O Sushi Design é um dos meus sítios preferidos para comer Sushi no registo adultos sem crianças, porque não há menu infantil, porque nunca calhou levar os miúdos e porque há sítios que reservamos só para nós, por nada, ou porque às vezes também nos apetece que seja assim. 

 

 

 

 

 

 

Fica no Farol Design Hotel, que além deste espaço, também tem o The Mix (muito bom) e o bar, óptimo para uma bebida depois de jantar, um café, ou terminar em grande uma ida tardia ao cinema. A vista, já se sabe, é de mar a perder de vista, a minha preferida.  

 

 

 

 

 

 

 

 

O Sushi é muito acima da média comum e é mesmo um dos melhores que conheço, o serviço é espectacular, nada demorado, nada demasiado em cima de nós e a testar o nosso grau de satisfação - às vezes cansa -  mas com pausas boas - não gosto de sentir que estou a ser despachada, nem que se esqueceram de mim, ou ainda foram pescar para o meu almoço - e bem simpático.

  

 

 

  

 

  

 

 

É sem dúvida, um dos meus sítios preferidos.

 

03
Nov17

86 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

 

. saias midi, cada vez mais as minhas preferidas .

 

[até porque as saias midi podem ser originais à vontade, que raramente caem na vulgaridade]

 

 

 

 

. ideias para usar cigarettes, principalmente com ténis e mocassins . 

 

 

 

 

 . e o street style vestível da semana .

 

 

 

 

 

 

 . o iluminador em pérolas da douglas, que dá um extra no bom aspecto. adorei .

 

[o principio é o mesmo dos météorites da guerlain, que como não são brilhantes dá para espalhar na cara sem grandes preocupações.  em sos passo nas maçãs do rosto como se fosse o blush, testa e queixo, porque dão um ar óptimo, já com estes da douglas e com todos os iluminadores que têm brilho, não dá, ninguém quer parecer uma bola de espelhos. estes geralmente aplico com o anelar em mini pancadas e em linha, nas maças do rosto, na testa junto à raiz do cabelo, mas não no meio, e no queixo, só na linha que termina a cara, ou seja de uma forma mais localizada e em menor quantidade de produto]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 . da architectural digest o apartamento em paris da sara beltran e ideias para optimizar e tirar o melhor partido de espaços pequenos .

 

 

 •

 

 

 

 

  . para o fim-de-semana as leituras habituais do mês  .

 

 

 

  

. e o novo livro o que hei-de vestir hoje da inès de la fressange, com sugestões de looks mega simples para todas as ocasiões .

 

[gostei imenso, logo a começar pela lista de básicos real, que não se restringe ao trench coat creme, à camisola de gola alta preta, aos jeans de ganga e aos brancos, ao vestido preto e ao casaco azul escuro, que contrariam a lei das probabilidades e toda a gente sabe que nunca chegarão para compor 50 conjuntos, muito menos para nos vestirmos com imaginação durante uma estação]

 

 

 

 

 

 

 

. e a frase da semana .

 

31
Out17

755 - Lai lai lai [os títulos não são o meu forte]


Mac

 

 

 

 

Aderi às pérolas e gostei. Quer dizer, já usei pérolas no pescoço e nas orelhas, mas pouco e um dia deixei de usar quase tudo, porque sim, porque estou numa onda minimalista e quase todos os dias a aliança basta-me. Não uso brincos, raramente ponho anéis nos dedos e não me lembro da última vez que usei um colar ou fio ao pescoço. São fases. Ou talvez não.

 

Adiante, dizia eu não sei o quê sobre as pérolas. Há uns anos usaram-se também em botões de casacos de malha, antes e aí eu não era nascida, usavam-se incrustadas numa base dourada (pareciam brincos) e eram assim os botões dos casacos tipo Chanel.

 

Mas sempre achei as pérolas muito formais e sempre ouvi dizer que não se usam à noite. Acho que isto era válido para os brincos e colares. Também sempre as achei coisas para pessoas mais velhas e agora eu sou uma pessoa mais velha, e achei piada a estas camisolas.

 

 

 

 

 

 

 

30
Out17

02 - Sítios de que gosto muito


Mac

 

 

 

  

Da minha infância ficaram-me as tardes de Inverno passadas nos jardins da Gulbenkian e no Museu de Arte Antiga, as idas ao Museu dos Coches, Museu da Marinha e tantos outros. E agora ir até aos museus e dar uma passagem pelas exposições, continua a ser um dos nossos passeios preferidos de Outono e Inverno.

 

 

 

 

 

 

 

Desta vez começámos por uma das exposições itinerantes da cidadela.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois fomos ao Palácio dos Condes de Castro Guimarães, que é lindíssimo, e está no Parque Marechal Carmona, onde levo muitas vezes o Pedro. 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

  

 

  

 

 

 

   

 

 

 

E terminámos a ver a exposição de aguarelas, óleos e guaches sobre vulcões napolitanos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

Este é mais um programa giro para fazer com os miúdos em que não precisam de estar sempre sossegados (ao pé dos jarrões de porcelana, convém), aprendem, ganham memórias boas, gastam energias, apanham ar e sem qualquer custo. Há melhor? 

 

27
Out17

85 - Andei na net [e por aí] e trouxe comigo


Mac

 

. apontamentos de encarnado aqui e ali, sobre xadrez, pied-de-poule e príncipe de gales, preto e cinzento .

 

 

 

 

 

 

. a pensar nisso, trouxe da stradivarius uns sapatos e uns botins encarnados (*). e fui desencantar ao meu roupeiro um casaco que usei no baptizado do meu filho mais velho, há 17 anos, e que se calhar este ano vê a luz do dia . 

 

 (*) de onde já comprovei que o muito barato pode ser giro e bom

 

 

 

 

 

 

 . da sephora estas máscaras de tecido para resolver o mau olhado .

 

[a máscara de chá verde é fantástica para resolver em 15 mn uma noite má]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 . olívia, a ovelha que não queria dormir da clementina almeida (e dormir a noite toda) .

 

[A história da ovelha Olívia descreve a aventura de uma pequena e fofa ovelha que, mesmo com muito sono, não tinha vontade de dormir. Desenvolvido com base na investigação científica mais actual, inclui, de forma subtil e harmoniosamente introduzidas na acção, técnicas de integração sensorial e relaxamento muscular progressivo que, através do imaginário, induzem estados emocionais destinados a organizar o sistema nervoso central e, assim, a acalmar a criança

 

 

 

 

 

 

 

 

. para terminar, o livro que estou a ler esta semana, talvez para sempre do josé gameiro (matéria-prima edições) .

 

 

 

 

 

 

 

 

. e a frase da semana .

 

 

25
Out17

59 - Segredos que partilho porque me apetece


Mac

 

 

 

 

Após os meses de praia, sol, mar e vida boa, na entrada do Outono, faça sol ou faça chuva, calor ou frio, a minha pele fica uma desgraça. De normal, passa a mista, de mista, passa a seca nas zonas onde era oleosa quando era mista. Um festim.

 

Por isso tenho de redobrar os cuidados de limpeza e ter alguma atenção aos produtos que uso, para não a irritar e ainda ser brindada com borbulhas, vermelhidão e outras desgraças. 

 

Este ano não foi excepção e há dez dias comecei a usar o Hyséac 3-regul teinté em vez da base, mas mantendo os outros produtos de que gosto e que sei que resultam comigo. Muito honestamente a base é sempre o meu ponto crítico em termos de maquilhagem. Não gosto de bases que se sentem, ou que me pesem, ou ache demasiado presentes. Gosto de efeitos naturais, muito próximos do meu tom de pele e de texturas leves que não me dêem a sensação de ter betumado a cara.

 

Este creme é o tudo em bom para as peles mistas. É leve, mantém-se impecável durante todo o dia e a cor é universal e funde-se no nosso tom de pele, portanto não o altera. Noto uma diferença enorme no meu aspecto após me maquilhar, além de me uniformizar a pele, matifica, esconde bem as imperfeições e dá-me um extra de luminosidade. E o melhor de tudo, é um creme de tratamento que limita as borbulhas e pontos negros.

 

 

 

 

 

 

 

 

| Já agora, deixo a minha rotina normal das manhãs: 

. limpo a pele com água micelar (sou fã da Garnier há bastante tempo)

. borrifo a cara com a Eau de Beauté da Caudalie (outro produto que não largo)

. aplico o Hyséac 3 regul da Uriage

. a seguir o corrector, uso o NARS Radiant Creamy Concealer ou o Fix It da Dior

. no final ponho um pouco de terracota da Guerlain, que dá sempre um ar de quem apanhou sol

. e claro, faço o risco nos olhos e ponho máscara nas pestanas

 

 

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D