Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

23
Mai16

72 - AS FLORES, A VIDA, O NIRVANA E EU


Mac

DSC06266.JPG

 

DSC03088.jpe

 

DSC03093.jpe

 

DSC06046.jpe

 

DSC06050.jpe

 

IMG_5103.JPG

 

 DSC04895.JPG

 

IMG_7018a.jpg

 

 

Neste fim-de-semana andei a organizar os vasos de suculentas e mais uma vez, pus umas tantas em reprodução. Gosto de as fotografar, para depois comparar e ver a evolução. 

 

Como é sabido (porque eu disse), uma das actividades de que mais gosto na jardinagem, é a multiplicação de espécies, das suculentas em particular, porque compensa imenso e é facílima, porque se reproduzem com muita facilidade e crescem a olhos vistos. Além de que precisam de pouca manutenção e pouca rega. 

 

Todas as suculentas que tenho no jardim, tanto em canteiros, espaço aberto, ou vasos, foram compradas numa quantidade minúscula, um vaso com uma de cada espécie, o resto foi tudo reprodução, tanto em folhas, como destacamento de "filhas". 

 

[sobre multiplicação de suculentas, aqui]

 

 

DSC06237.JPG

 

 DSC06271.JPG

 

 

Gosto muito de as ver na base das Yucas, Cordylines, Cycas, ou em floreiras misturadas umas com as outras. Já agora uma dica, no mesmo vaso nunca misturo as que crescem muito, coisa acima dos 20 cm, com aquelas que pouco passam dos 6 cm. É uma questão de lógica, as suculentas de grandes proporções, abafam as mais pequenas, que deixam de receber sol e não vingam. E raramente as misturo com as que apesar de não atingirem grandes proporções, naturalmente se reproduzem muito (como as da foto de cima), mas já o fiz (4ª foto a contar de cima).

 

 

DSC06246.JPG

DSC06247.JPG

 

 

Quando só quero multiplica-las, para depois as passar para terra, uso vasos de plástico que guardo, daqueles que vêm dos hortos e viveiros com as plantas, como não são vasos definitivos, dão perfeitamente. Se a ideia é fazer floreiras, ou vasos definitivos, uso sempre de barro. Gosto muito do barro, que em sombras húmidas, ganha verdete e ao sol fica manchado de branco. Gosto do ar de matéria com vida que ganham.

 

 

DSC06243.JPG

 

DSC06278.JPG

 

[Nestas fotos dá para ver bem a multiplicação por folhas e  as folhas que já geraram uma suculenta]

 

 

DSC06283.JPG

DSC06293.JPG

 

 

 

[nestas duas fotos, uma "filha" que foi destacada com cerca de 7 cm e cresceu até aos 20 cm, até agora (e já tem "filhas" também)]

 

 

 

E é isto, uma actividade que acho bem gira e que espero vos entusiasme também.

 

 

{mais sobre suculentas, aqui}

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D