Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

01
Jun17

154 - A minha barriga, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

Saudades das minhas barrigas, não da que tenho agora, tenho saudades das barrigas com bebés e da barriga sem bebé plana e tonificada. A minha barriga sempre teve uma existência excessiva na minha vida, quando eu até acho que aquela posta que me divide ao meio deveria ser terra de ninguém e qualquer coisa para ignorar, já me basta preocupar com a cara, que levei anos a aceitar e com as pernas que levei outros tantos.

 

Mas não, a minha barriga sempre existiu muito. Em criança sempre que não queria ir à escola, queixava-me da barriga. Aliás todos os meus males infantis se concentravam na barriga, mesmo que fosse de dor de alma que padecia. Mais tarde, na adolescência, detestava-a porque era invertida. Eu detestava a minha barriga porque não a tinha. Pois. Depois de ter o primeiro filho também não gostei dela. Não gostei de uma barriga que existia para além do que lhe era pedido e ainda por cima já não tinha um bebé. Fiz ginástica, exercícios, dieta e mais dieta e ela lá voltou para onde lhe era possível. Depois tive o segundo filho e agora com mais anos, algum exercício (menos do que devia) e dieta à mistura, continuo à luta com esta parte que me divide ao meio. Por mais abdominais que faça, posições estrambólicas que adopte que me prometem tonificar isto, sobra sempre ali aquele bocado.

 

Estou tão farta da minha barriga.

 

Hoje fiz uma avaliação e já tenho o meu plano de cavitações, mesoterapia não invasiva e mais não sei quê. A boa notícia é que até tenho uma boa massa muscular, a má é que faço retenção de líquidos, ou seja, sou daquelas pessoas que ensopa. Outra boa notícia é que agora lhe abri guerra. Se for muito bom, correr como espero e vir resultados decentes, depois conto coisas.

 

 

#AMinhaBarrigaAVidaONirvanaEEu

01
Jun17

143 - Croché, colagens, tricô, filet, bricolage e coisas assim


Mac

 

 

 

Como comentei há dias no Facebook, nesta casa já não havia meias sem par desde que adoptei aqueles sacos de rede para as pôr na máquina, mas depois apareceu um adolescente que espalha meias e claro, voltaram a desaparecer meias nesta casa. Então resolvi fazer este quadro que pendurei ao pé da máquina, para ir dando conta do que está sem par.

 

 

Materias:

. Ardósia e giz . Antigo Vassoureiro

. Molas em madeira . Drogaria Costa

. Cola . Grandes superfícies, Leroy Merlin, AKI

 

 

 

 

 

 

Dispomos as molas na ardósia como queremos que fiquem após coladas. Passamos uma tira de cola em cada mola e fazemos alguma pressão na ardósia. E já está.

 

 

Este deve ser o trabalho mais rápido que fiz até hoje e não tem qualquer ciência. Para ainda facilitar mais, usei esta super cola com um bico que facilita o uso em superfícies estreitas como estas molas.

 

 

 

 

 

(entenda-se que estas meias para ilustrar a coisa são da mãe do adolescente, porque as do adolescente só em preto não davam colorido à foto)

Pág. 5/5

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D