Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

04
Abr17

42 - Eu é mais cozinhas, tachos e panelas


Mac

 

 

 

 

Sobre granolas. Comecei por usar granolas já preparadas, mas além de ter de me sujeitar às misturas dos outros e por vezes encontrar um ingrediente que não me agradava, ou estava mal preparado (por exemplo, é frequente apanhar frutos silvestres que foram ao forno e ficam umas pedras), comecei a ter curiosidade em testar misturas diferentes e preparar as minhas granolas ao meu gosto.

 

A granola tem sempre como base a aveia, eventualmente podemos usar outros cereais, como flocos de milho, ou centeio, mas além de não serem tão ricos, na minha opinião não resultam tão bem, depois é só juntar:

 . frutos secos, como amêndoas, nozes, avelãs

. azeite ou óleo de girassol

. açúcar mascavado, ou mel
. sal
. frutos secos, como passas, damasco, framboesas, amoras

. também podemos juntar sementes de linhaça, girassol, chia, abóbora 

 

E se seguirmos este principio, não há como falhar e fazer uma belíssima mistura. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já agora deixo a minha preferida,

 

. 300 g de aveia

. 100 g de amêndoas laminadas

. 100 g de linhaça dourada 

. 100 g de mistura de passas, amoras e framboesa

. 100 g de alperces cortados

. 3 c sopa de açúcar mascavado (prefiro, em vez de mel)

. 2 c sopa de azeite

. 1 pitada de sal

 

 

Pique as amêndoas e os alperces (na Bimby, 5s/v4). Deite esta mistura numa taça e acrescente a aveia, o açúcar, o azeite e o sal, misture bem (na Bimby, 5 mn v1). Pré aqueça o forno a 140º C. Deite esta mistura num tabuleiro e leve ao forno durante 10 mn, ou só até a aveia ficar dourada. Quando arrefecer, junte ao preparado a mistura de passas, amoras e framboesas [*]. Passe a granola para um frasco de vidro e está pronta.  

 

 

[*] inicialmente juntava esta mistura ao restante e levava ao forno, mas como fica muito dura e perde a piada, passei só a misturar depois de sair do forno.

 

 

»»» • «««

 

 

 

 . Frutos e cereais . Lugar dos Frutos Secos (Mercado da Vila de Cascais)

 

 

 

04
Abr17

148 - As dietas, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

 

 

Para mim a comida é um enorme prazer e as porcarias são o céu. Perco-me por refrigerantes a abarrotar de gás, gomas, chocolates, todos e todos os snacks, bolos, sobremesas, gelados, pão (branco) com manteiga, enfim, tudo quanto me engorda. Bastante. No meio disto tudo, a meu favor tive sempre uma boa alimentação, que inclui fruta diária, saladas, sopas e peixe, que sempre vai equilibrando a coisa, mas não faz tudo.

 

A acrescentar a isto,  minha especialidade é fazer dieta e depois furar a dieta. Aquilo de me ver cheia de proibições e regimes, tabelas, escalas, número de calorias diárias e isso, é logo meio caminho andado para o insucesso. Gosto de furar dietas, é assim um super poder que tenho. Também me faz sentir irreverente. E gorda. Às vezes acho que sou a minha maior inimiga. 

 

Então encontrei um equilíbrio que funciona muito bem comigo: não faço dieta, só substituo os alimentos que me fazem mal, ou seja reverti a situação a meu favor e substituí os alimentos que são nocivos, por alimentos amigos, mas que não me tiram o prazer daqueles sabores que amo e principalmente não me fazem morrer de saudades daquilo que adoro.

 

Entre outros, por exemplo, às refeições substituí os refrigerantes por água, ou águas aromatizadas, e deixei de ter refrigerantes em casa (longe da vista, longe do coração); o pão branco pelo pão integral (no meu caso tem de ser o da Sacolinha), os snacks e gomas pelas tiras de fruta seca da Fruut (1 pacote corresponde  a 1 peça de fruta, adoro. tem um bocadinho de açúcar, mas não é crítico), os lanches e sobremesas pela granola (depois conto coisas) com iogurte natural sem açúcar.

 

Em suma, substituí tudo quanto me engorda. Comigo resulta muito bem assim, não sinto que estou numa tarefa que um dia termino (conto os dias para acabar e quando acabar, volto a engordar), não me dá a sensação de desespero (isto vai ser assim para sempre), não me retira o prazer do que gosto, porque encontrei substitutos de que gosto, e não me sinto pressionada. No meu caso a pressão estraga sempre tudo. Sempre. Acima de tudo vejo resultados na balança e não me sinto infeliz. Esses sim, dois factores de peso.

 

 

[calhando substituo o resto dos alimentos por papel]

03
Abr17

112 - Diz que sim


Mac

Deixas cair um pingo de café do tamanho de uma joaninha nas calças brancas, pedes um tira-nódoas e o tira-nódoas deixa-te uma mancha do tamanho de África (nas calças brancas). E tooooda a gente que encontras, depois de teres parte do mapa do mundo nas calças, te avisa que tens uma nódoa (nas calças brancas).

 

(bruxo, era gigantesca)

 

Moral da história: mais vale um pingo de café do que um continente de tira-nódoas (nas calças brancas).

 

#SouEuMacMaria

03
Abr17

55 - Segredos que partilho porque me apetece


Mac

 

 

 

 

Não sou muito chegada a auto-bronzeadores, porque dão muito trabalho e apesar de não me bronzear com facilidade, como moro muito perto das praias e havendo sol, com a vida que faço lá fora acabo por ter naturalmente algum bronzeado. Mas no início da Primavera, depois de um Inverno sem sol, tenho as pernas demasiado brancas para usar saias sem meias e como logo que posso descartar as meias, descarto, é a altura em que uso auto-bronzeador nas pernas.

 

De todos os que já experimentei (e já foram alguns), fixei-me no auto-bronzeador da Sephora por muitos motivos, porque é em spray e muito fácil de aplicar, porque não deixa cheiro (um dos meus grandes contras em todos os auto-bronzeadores, aquele cheiro a insecticida insuportável), porque tem cor e dá para ver bem onde se está a aplicar, porque não é gorduroso e, finalmente, porque é francamente mais barato do que os primos de perfumaria (mais de metade) e resulta num bronzeado bem natural, nada tintura de iodo e nada pele laranja.   

 

E como não gosto de rituais demorados, mas detesto maus resultados, faço sempre uma exfoliação rápida no duche (qualquer exfoliante da Rituals, por exemplo, é óptimo para isto), depois seco-me bem e como não gosto de tons muito escuros (que sendo de resultado artificial e não pelo sol, resultam sempre muito mal), passo sempre um hidratante antes de aplicar o spray. Isto faz com que o auto-bronzeador se espalhe melhor, dissolva e resulte num efeito mega natural. Já agora, como este auto-bronzeador é em spray, aplico-o na cabine do duche para não sujar nada à minha volta, em movimentos rápidos de cima para baixo e não muito perto da pele, para que fique uniforme e evitar que se acumule em alguma zona, se não ficar uniforme, espalho-o depois com as mãos. Para conseguir um bronzeado mais natural, com a ajuda de um lenço de papel faço uma ligeira pressão nos joelhos e nos pés na zona dos dedos, calcanhares e de lado. Isto vai fazer com que retire um pouco do produto e resulte num efeito final mais natural, porque são as zonas onde o bronzeado natural é sempre mais claro. 

 

Finalmente lavo bem as mãos e já está, é só não vestir calças nesse dia e passada meia-hora já quebrámos pelo menos o branco do Inverno.

 

 

 

 

 

 

   »»» • «««

 

Já agora, ultimamente só o uso nas pernas e até começar a apanhar sol, mas em s.o.s. já usei na cara. Na cara - calculo que todas sabem, mas já agora repito - é preciso alguns cuidados extra, além da exfoliação e hidratante. Como é em spray, tapamos o cabelo com uma toalha, espalhamos o produto (com os olhos fechados e respiração suspensa), evitando ao máximo retoca-lo com as mãos, ou seja fazendo aquele efeito de bruma uniforme sobre a cara. Depois passamos nas sobrancelhas com um toalhete, ou algodão embebido em água micelar, para lhes retirar o produto e com um pouco de papel absorvente pressionamos ligeiramente na zona do buço, olhos, orelhas e raiz do cabelo. Isto vai fazer com que saia um pouco de produto, muito pouco, só o suficiente para que o resultado final seja mais natural. Se o usarmos no resto do corpo, fazemos o mesmo na parte interior dos braços, cotovelos, palmas das mãos, entre dedos e todas as zonas que com bronzeado natural ao sol, ficam sempre mais claras. 

 

Como se vê, para ficar com um bronzeado muito natural com auto-bronzeador é preciso investir tempo e trabalho, por isso é que só o uso nas pernas enquanto ainda não apanhei sol, mas se é para usar, que seja em bom [*]. 

 

 

  »»» • «««

 

 

[*] sempre que falo em auto-bronzeadores, lembro-me desta cena dos Friends com o Ross.

 

 

 

 

 

03
Abr17

36 - Eu gosto é do fim-de-semana


Mac

 

 

 

três ou quatro coisas que adoro fazer aos sábados, como neste sábado: começar o dia na feira que está mesmo ali no centro de cascais, ver brinquedos em madeira, renovar o stock de barras hidratantes e sabonetes, e seguir para o mercado, para tratar da fruta desta casa, legumes e flores, passar pelas cestas para ver as novidades e acabar a manhã no local a ver o mercado lá em baixo, é bem capaz de ser um dos meus roteiros preferidos, ainda seguido de sessão de cinema para ver os smurfs.

 

três ou quatro coisas que adoro fazer aos domingos, como neste domingo: começar o dia tarde, almoçar fora e não fazer nada durante o resto do dia.

 

três ou quatro coisas que adoro nesta vida: os fins-de-semana, a minha família e este ar de primavera no ar (as roupas mais leves e já não precisar de meias), este  céu tão azul e o mar pela frente.

Pág. 4/4

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D