Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

13
Dez16

101 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

 

Gosto de ver qualquer suporte nos arranjos de Natal, tanto os alusivos à época, como outros. Aos meus olhos ambos resultam muito bem, porque as folhagens escolhidas têm muito a ver com a época, assim acho que tudo funciona muito bem.  

 

 

 

 

 

 

Neste caso usei um trenó que tem por dentro um suporte com rede próprio para fazer arranjos, mas se não tivesse, usaria a tal esponja de florista. Usei ramos de pinheiro e cedro para fazer o "leque" e à frente pus 3 ramos de oliveira, 2 pinhas do lado esquerdo e à direita um ramo de cotoneaster (também conhecida como o azevinho sem picos).

 

 

 

 

 

 

»»» • «««

 

. ramos de pinheiro, cedro, oliveira, cotoneaster e pinhas . jardins ou floristas

. esponjas de florista . Mercado da Vila de Cascais

12
Dez16

100 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

[Comecei por fazer um post com os arranjos todos que fiz para este Natal, mas como ia ficar muito longo, dividi-o. Deixei para este apenas os arranjos que fiz para a entrada]

 

Gosto muito de decorar a casa para o Natal e fazer arranjos com elementos naturais, além de perfumarem a casa, têm umas cores que é impossível conseguir com flores e plantas artificiais. 

 

 

 

 

 

 

 

Habitualmente uso ramos de pinheiro, eucalipto, abeto, cedro, oliveira, azevinho, gilbardeira (que como também tem bagas encarnadas substitui bem o azevinho), pinhas, anis estrelado e paus de canela, e da conjugação de quatro ou cinco elementos destes, sai sempre qualquer coisa visualmente agradável e muito bem cheirosa. 

 

 

 

 

 

 

 

Como são elementos naturais e para os arranjos ficarem bem fixos, uso esponjas de florista, que rego bastante, depois de terminar o arranjo. Apesar de serem plantas que duram bastante após corte, se tiverem alguma água, conservam os tons naturais por mais tempo.

 

 

 

 

 

 

Distribuí pelos quatro cantos do vaso, os ramos de pinheiro, de cada lado os ramos de cedro. Na segunda camada pus os ramos de oliveira intercalados com os de eucalipto, e no meio a gilbardeira e as pinhas.

 

 

 

 

    

 

 

 

 

»»» • «««

 

. ramos de pinheiro, eucalipto, abeto, cedro, oliveira, azevinho, gilbardeira e pinhas . jardins ou floristas

. esponjas de florista . Mercado da Vila de Cascais

. vasos . Hortijardim

12
Dez16

23 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA


Mac

 

 

 

 

apanhei ramos de tudo um pouco, fiz os arranjos de natal (depois mostro), enfeitei a casa e enchi tudo de estrelas . pintei unhas e telas, e pus as leituras em dia . foi um sábado como gosto dos sábados . e num domingo cheio de sol, fomos turistar por cascais . experimentámos o maresia, que ficava sempre à nossa passagem para a baía do peixe (com a sua fantástica vista sobre a  baía), mas desta vez não ficou . cumpre com tudo quanto gostamos no registo refeições fora com os miúdos: o serviço é simpático e rápido, e o peixe estava óptimo e fresquíssimo (lulas, dourada e robalo) . depois fomos ver as construções na areia ali na praia do peixe, soprar moinhos e terminámos com gelados no santini . foi um domingo, como gosto dos domingos .

09
Dez16

137 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

Também gosto muito de fazer os presentes para algumas pessoas, ou porque me apercebi que tinham gostado de alguma coisa minha, que fui eu que fiz, ou porque são pessoas que valorizam mais objectos feitos propositadamente para elas.  Então resolvi decorar estas cestas à semelhança de uma minha e na mesma onda destas de Verão, mas agora com pompons de pêlo, mais a ver com o Natal e a época fria.

 

Outra coisa óptima, é que este tipo de presentes acaba por ficar com um custo bem simpático (neste caso, cerca de € 16.00).

 

 

 

 

 

E mais fácil e rápido não há, basta coser cada pompom à cesta e já está.

 

 

 

 

 

 

»»» • «««

 

. Cestas . Empalhador no 1º andar do Mercado da Vila, Cascais.

. Pompons . Loja do chinês que está onde era o Vassoureiro, Alcabideche.

09
Dez16

99 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

  

  

 

 

 

 

começámos o nosso roteiro pela vila natal no "nosso" parque . vimos o pai natal de verdade com barbas de verdade, na casa dele (de verdade) . depois vimos as renas do pai natal e o trenó, os dromedários, o presépio e os burros, o combóio e os ajudantes. 

 

[e saímos de lá com uma criança a acreditar muito que viu o verdadeiro pai natal com barbas de verdade]

 

 

»»» • «««

 

Mais programas:

 

Mercado da Vila - Nos três primeiros domingos de dezembro há muita animação especialmente dirigida aos mais novos.

 

E ainda mais

08
Dez16

119 - AS PESSOAS, A VIDA, O NIRVANA E EU


Mac

. 3 mn de conversa com a educadora
. 5 mn de conversa com a directora
. 10 mn de conversa com a funcionária da lavandaria
. uns tantos minutos de conversa (enquanto punha as coisas no saco) com a funcionária da caixa do Pingo Doce
. 5 mn de conversa com a funcionária do café.

 

Eu não sou faladora, as pessoas é que gostam de conversar comigo.

 

#HáCoisasPiores

07
Dez16

52 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO


Mac

 . preto total .

[gosto imenso porque dá mais ênfase ao corte do que às cores . às vezes desdramatizado com uma única peça em azul escuro]

 

 

 

 

 

 . este post e todos os looks .

 

 

 

 

 . da rituals um difusor, com o melhor perfume para a casa .

 

 

 

. da house & home, 10 dicas para dar estilo de natal à casa .

 

 

 

 

 

 . e da veranda, mais ideias e inspirações para a casa .

 

 

 

 

 . esta mesa . 

 [adoro esta simplicidade]

 

 

 

  

. e a frase da semana .

06
Dez16

187 - A DONA DE CASA PERFEITA(MENTE DESESPERADA)


Mac

 

 

 

 

 

Os cintos dos robes infantis têm a mania de sair de uma das presilhas, para ali ficarem pendurados de uma só, para depois serem arrastados por aí. Também se dá o caso de saírem de ambas as presilhas e ficarem largados por aí. Ora como eu acho que o cinto do robe é coisa para ficar no robe, cosi-os aos robes. Pronto, assunto resolvido, não há cá mais cinto perdido, nem cinto arrastado.

 

Era isto, portanto.

 

 

[próxima tarefa: colar os pés infantis às meias e as meias aos sapatos]  

06
Dez16

20 - DEPOIS DA ESCOLA


Mac

 

 

 

com dezembro veio a mesa de crescido, com mais espaço para fazer recortes, desenhos mil e mil e uma actividades . fotografias a sério e um miúdo feliz como tudo (não sei a quem sai com esta mania) . os meus filhos têm muita pressa em crescer . por mim, deixava-os mais tempo naquela infância deles . também vieram as horas de diversão que um frasco de bolhas de sabão lhe dá . faz bolhas, apanha uma bolha com a argola, rebenta a bolha, faz mais bolhas, deixa-as cair no chão, espeta o indicador em cada uma, faz bolhas e deixa-as ir . tão bom . não há pressa nenhuma em crescer, diz a mãe deles .

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D