Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

25
Mai16

129 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

DSC06373.JPG

 

DSC06367.JPG

 

 

Depois do desbaste das árvores, achei uma pena que aqueles ramos não fossem aproveitados de alguma forma, então resolvi fazer um escadote rústico, que servirá de toalheiro lá para fora, ou para a casa de banho dos miúdos. Ainda não decidi.

 

 

Materiais:

. 2 ramos de árvores com cerca de 2.5 cm de diâmetro e 1.50 m de comprimento, ou maiores e que dê para cortar

. 1 ramo para cortar em 4 e fazer os degraus com cerca de 40 cm de largura

. pregos com 7 cm

. martelo

. tinta branco mate

. trincha

. serra eléctrica ou manual

. berbequim e broca de  2 mm 

 

Toalheiro Escadote.jpg

 

 

- 1 - Depois de escolhidos os ramos, com a serra tiramos ao ramo principal, os ramos mais pequenos. Cortamos o ramos com as medidas que pretendemos. Neste caso, cortei dois com 1.50 m e quatro com cerca de 40 cm.

 

- 2 - Atenção que não sendo os dois ramos laterais exactamente a direito, temos de ir calculando a medida de cada degrau.

 

- 3 - Pregamos os degraus, primeiro a um dos ramos laterais, depois ao outro. A ideia é que fiquem bem presos para sustentar toalhas, mas que não fiquem com acabamentos perfeitos. Como estava com dificuldade em pregar os pregos, fiz com o berbequim um furo muito estreito nos ramos laterais, para o prego entrar com facilidade, mas sem ficar solto.   

 

- 4 - Depois do escadote pronto, damos duas demãos de tinta, deixando secar bem a primeira, antes de dar a segunda. Optei por não deixar a pintura muito perfeita, porque a ideia é imitar os escadotes rústicos. Opcionalmente para um efeito de desgaste pelo tempo, com uma lixa fina, lixamos os nós da madeira e damos uns toques para que pareça gasto. 

 

 

DSC06305.JPG

 

Estive indecisa se o deixava em madeira por pintar, ou se pintava, mas acabei por pintar, porque sobressai mais e fica mais aquilo que quero.

 

  

DSC06374.JPG

 

 

Como a ideia é aproveitar os ramos, que não são naturalmente direitos, acho que fica giríssimo assim bem torto.

 

 

E aqui está uma maneira de aproveitar aquilo que temos em qualquer jardim.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D