Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

15
Jan16

38 - SEGREDOS QUE PARTILHO PORQUE ME APETECE


Mac

 

   

 

Não é novidade, já falei dele há uns tempos, mas andei outra vez com as unhas fracotas, dadas a partir e outras desgraças inenarráveis, como lascar, por exemplo. Até que me fartei dos remendos de seda e cenas, que são muito bons pontualmente, mas por sistema não servem, e resolvi voltar a insistir no endurecedor da Sally Hansen, que já me tinha resolvido a coisa de uma outra vez. Agora usei durante quatro dias e deu-se o milagre, juro, tanto que se o mundo acabasse à unhada, eu ganhava. É mesmo um produto a reter.

 

Agora ide e espalhai a palavra, que eu não duro para sempre.

 

[post escrito ao abrigo da minha liberdade de opção,
opinião, experiência, aquisição e isso]

15
Jan16

119 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

Passei pelo armazém de tecidos porque ando com vontade de mudar e fazer uma série de coisas. Fui procurar tecidos para mandar fazer as almofadas para a sala, porque até agora não vi nada já feito que me enchesse as medidas, também fui ver de ideias para os estores que quero para a cozinha, porque as janelas continuam sem nada e não pode ser, e também vi tecidos para mandar forrar umas cadeiras, que estão a precisar de reforma. Aproveitei e trouxe um tecido para forrar uma banqueta. Não é nada complicado e muito honestamente os estofadores cobram este mundo e o outro. Calculo que entre tecido e o que o estofador levaria, mais valia comprar uma banqueta e deitar esta fora. Assim tratei do assunto.

 

 

Materiais:

. Tecido para forrar a banqueta + tecido para forrar a base da banqueta (algodão branco, ou pano cru)

. Pistola de cola, ou agrafador de estofador - Leroy Merlin, AKI (eu prefiro o agrafador, porque quando quisermos forrar novamente, é mais fácil tirar o tecido)

. Alfinetes

. Tesoura

 

 

  

. Tiramos o tecido antigo, agrafos e eventuais pregos, mas deixamos a esponja (esta parte dá mais trabalho do que forrar de novo, mas vale a pena) 

. Cortamos um rectângulo de tecido, que cubra toda a banqueta

. Para fazer os cantos, dobramos em linha recta os quatro cantos do tecido e agrafamos à banqueta

 

 

 

. Dobramos o restante tecido e fixamos com alfinetes

 

 

  

. Viramos a banqueta ao contrário e fixamos o tecido com agrafos. 

. Depois de fixar todo o tecido à banqueta, forramos a base com o tecido de algodão.

. E já está, banqueta nova.

 

 

Agora vou forrar uma outra banqueta, que é um pouco diferente desta. Depois mostro.

 

 

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D