Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

16
Dez15

116 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

Mais um míni projecto que vi no Pinterest e achei por bem fazer. A verdade é que este ano os Jacintos, as minhas flores preferidas para decorar as mesas da quadra, não estão famosos. Encontrei alguns bonitos há algum tempo, mas como já deram flor, não se vão aguentar até dia 24, os do meu jardim não estão grandes coisas, uns ainda estão longe de rebentar e outros estão com pouca flor, e nos hortos onde geralmente me forneço, a coisa também não está a correr bem, uns ainda não os têm, outros sim, mas as flores também não estão lá essas coisas. Parece que um Dezembro tão quente, não está a ser bom para as flores da época. Adiante.

 

Então como já estou a calcular que não terei Jacintos como gosto, resolvi fazer estes pinheiros falsos com musgo, que me vão dar o verde que preciso na mesa, sem precisar de fazer grandes centros de Natal. São facílimos de fazer e dão um ar muito giro à mesa, ou decoração da casa.

 

 

 

 

Materiais:

. cartolina

. musgo seco - AKI, Leroy Merlin, Lojas do chinês

. galhos de árvores ou paus de canela - estes maiores vendem-se nos hortos e floristas

. qualquer coisa que sirva como suporte, pequenos vasos de terracota, cestos, copos 

. esferovite, ou espuma de florista, ou algo para fixar as árvores ao suporte

. pistola de cola quente, ou cola universal (a cola quente é melhor para este tipo de projectos, porque seca muito depressa)

. fita-cola

. míni pinhas (nos hortos), cordão de pasteleiro (Staples, Docinho de Açúcar), guizos (Zara Home), para decorar.

 

 

 

. com a cartolina fazemos um cone e fixamos com fita-cola.

. recortamos um círculo do diâmetro do cone e fixamos à base com cola quente.

 

 

 

. colamos o ramo, ou pau de canela.

 

 

 

. e colamos o musgo com cola quente, em toda a superfície do cone.

 

 

 

  

. Pomos a esferovite na base que escolhemos e fixamos o pinheiro.

. Decoramos e já está - também ficam giros só com as míni pinhas e sem o cordão e guizos.

 

  

 

 

16
Dez15

91 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

 

 

 

 

Para um outro jantar de Natal e não saindo da ideia de simplicidade, também não saí praticamente da mesma ideia. Usei os mesmos suportes para velas, acrescentei flores e mudei o serviço de loiça e copos, ou seja, não repeti a decoração, mas também não fugi muito do mesmo. E gostei do resultado.

 

 _______________  - ♥ - _______________ 

 

. Míni ardósias, velas estrela (que deixam tudo com um cheiro a baunilha fantástico), da Area

. Copos que usei para as velas, mas que são copos de bebidas, da Zara Home e Loja do Gato Preto

. Vaso com bolbos, copos brancos para velas e velas que estão dentro, da IKEA

15
Dez15

16 - ANDEI NA NET [E POR AÍ] E TROUXE COMIGO


Mac

 

. este vestido, assim com um cachecol . tenho destes mega cachecóis, mas não tenho este vestido e gostava de o ter, para começar seria bom saber de onde é, mas não sei, mais uma vez é uma peça que adoro, que está numa imagem, no sítio dos costume . hei-de arranjar um igual, se não igual, parecido .

 

 

  

. e claro que também tinha de trazer mais umas ideias, desta vez para usar o blusão preto . e não encontrei nenhuma foto deste tipo de blusão usado com saias amplas, tanto de pregas, como franzidas (que fica bem giro), mas fica a ideia .  

 

 

 

. da fnac, trouxe alguns clássicos da disney, que estão com uma promoção bem simpática . também os vi no continente e também com com a mesma promoção, quer dizer, ainda com menos 1 cêntimo por dvd .

 

 

 

 

. também da fnac, um dos livros da colecção do téo, que fazem as delícias da criança pequena que há nesta casa . 

 

 

  

. e para a mãe da criança pequena, a agenda moleskine do costume, para o novo ano, toda ela em branco à espera de lembrar mil e uma tarefas . terei sempre agenda em papel, gosto do cheiro do papel, gosto de escrever e gosto de canetas . 

 

 

   

  

. e ainda da fnac trouxe A Parisiense da Inès de La Fressange, para oferecer a uma querida amiga . comprei um exemplar para mim há que tempos e é sempre uma ideia gira para oferecer às amigas que gostam destas coisas (quase todas).

 

. do supermercado tradicional (que não actualiza a página há dois anos, mas serve para dar uma ideia do que por lá se passa), que é dos piores sítios que se pode visitar, aviso já, assim como o "meu" talho, que fica ao lado, que também é um atentado às pessoas que não gostam de comer, blhaca que porcaria, adiante, dizia eu que do supermercado tradicional, trouxe chás para oferecer aos esquecidos . por mais listas que faça com o que quero dar a quem, aparece-me sempre mais alguém que não contemplei, então passei a comprar uns presentes extra, sem destino, mas que dão para tooooda a gente e se sobrarem, também se consomem cá em casa . chá é um dos eleitos, dá para aquela amiga da mãe, que de repente se lembra de deixar presentes, dá para a pessoa que nos fez uma penca de rissóis e não quis levar nada, dá para o porteiro da sogra e para a amiga da amiga e para quem mais aparecer, dá para todos . 

 

 

0a2514c2168251e72867d9d7702baf8f

 

. daqui, estas estantes para os livros do mais pequeno estarem sempre à vista, mas estou convencida que consigo exactamente o mesmo na ikea . 

 

 

 

 

. e daqui, da minha querida margarida, um piquenique de sonho, como tudo quanto ela faz .

 

. há voltas por aí mesmo boas .

14
Dez15

720 - LAI LAI LAI


Mac

   

 

 

 

 

Também têm sido os dias de combinar camisolas amplas com saias justas e botins. Ou com saias de pregas. Ou botas. Não interessa. O que interessa é que agora estou numa de camisolas amplas e gosto de as ver com quase tudo, sejam skinnys, saias tubo, pencil ou coiso, saias de pregas e quase sempre com botins, isso é que interessa.  

 

[e mais uma vez, se comprova que sim, é verdade, as caxemiras da zara têm uma óptima relação qualidade/preço, nada de borbotame, sempre impecáveis e algumas, já com uns aninhos em cima, a mostrar que estão cá para mais uns tantos]

14
Dez15

90 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

  

  

 

 

   

 

 

 

 

 

 

este foi o fim-de-semana do natal de óbidos, que é um programão giríssimo para fazer com os miúdos . óbidos é lindo, as pessoas são fantásticas, come-se lindamente, há lojas com coisas giríssimas e há imensas distracções para as crianças . vimos a exposição de legos, andámos na vila natal, vimos o mickey, a minnie e a branca de neve, o pinguim gigante, que fez as delícias do pedro, o panda, o leão e o macaco do circo, passámos pelo pai natal, brincámos com os espelhos mágicos, e viemos de barriga cheia, cheiros a assadores de castanhas, algodão doce e pipocas, sorrisos nas caras e imensas histórias para contar . com este céu azul de dezembro, que não é um céu de dezembro, aquele cinzento claro de nevoeiro, mas que é um bom céu de dezembro .

11
Dez15

10 - DEPOIS DA ESCOLA [TAMBÉM SE FAZ NATAL]


Mac

 

 

  

Esta é uma actividade giríssima para fazer com os mais pequenos, porque é muito parecida com plasticina - e todos os miúdos adoram plasticinas - mas com a vantagem de poder ficar para memória futura e ainda participarem nas decorações de Natal de toda a família, além de render uns bons bocados de muita distracção.

 

O Pedro ficou todo orgulhoso de ver as decorações que fez, penduradas na Árvore de Natal e gostou tanto de brincar com a pasta, que por ele enchíamos a Árvore de bonecos.

 

  

 

 

Materiais,

. Pasta para modelar em branco (também há cor de barro) - Continente (há outras marcas, mas esta fica bem branca, após secar, o que evita termos de pintar os bonecos, as outras pastas, depois de secas, ficam acinzentadas)

. Cortadores de bolachas - Docinho de Açúcar, Loja do Gato Preto

. Carimbos com alfabeto - FNAC

. Almofadas para carimbos - Staples

. Fio de pasteleiro - Staples, Docinho de Açúcar, Antiga Drogaria

. Rolo de massa

 

 

 

 

. Começamos por estender um bocado de pasta, com a ajuda do rolo da massa. 

. Cortamos com os cortadores de bolachas

 

 

 

 

 

. E com um palito, fazemos o furo, onde iremos pôr o fio

 

    

 

. Depois de secos - cerca de 24 horas - pomos o fio. Para os mais pequenos terem facilidade em passar o fio, basta enrolar um pouco de fita-cola numa das pontas.

 

 

 

. Escrevemos com os carimbos, em cada boneco.

 

 

 

. E as decorações feitas pelos mais pequenos, estão prontas para pendurar na Árvore.

 

 

10
Dez15

30 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM


Mac

 

  

 

Para  sobremesa, optei por esta de ananás com amêndoa, que se faz em duas pernadas, seja lá o que isso signifique, é fresca, nada enjoativa e muito saborosa.

 

. 2 latas de ananás em calda
. 4 c sopa de Rum
. 125 g de manteiga
. 3 gemas
. 5 c sopa de açúcar
. 125 g de miolo de amêndoa 

 


Disponha as rodelas de ananás numa taça, ou prato, e regue com o rum.  Deixe a macerar durante vinte minutos.

Ponha no Banho-Maria o açúcar, as gemas e a manteiga e leve ao lume (na Bimby, 15 mn/ v1/ 100º). Bata com uma vara de arames, até obter um creme espesso. Tire do lume e junte duas colheres do Rum que está na taça com o ananás. Deixe arrefecer, deite sobre o ananás e polvilhe com o miolo de amêndoa.

10
Dez15

89 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

  

 

  

 

E iniciámos o circuito dos jantares de Natal, que se formos a ver bem as coisas, já são poucos até ao dia 24, sabendo que a maior parte se dá aos fins-de-semana.

 

Gosto imenso de pensar na decoração das mesas. Gosto muito de escolher o serviço, a toalha, velas, flores e fazer diferentes combinações. No entanto, não gosto de repetir decorações de mesas, mas como não posso ter todos os serviços de loiça de que gosto (e eu gosto de muitos), nem todos os faqueiros (uma perdição), toalhas e n acessórios que adoro para pôr em cima das mesas, tenho de reinventar o que já tenho e acrescentar uma ou outra novidade. Aos meus olhos, as mesas de Natal são as mais fáceis, opto 99% das vezes por toalhas brancas e em cima de uma toalha branca, tudo fica bem, ou seja, não há grandes riscos de desastres visuais, depois é só escolher o serviço, os copos, fazer, ou não, um centro com fruta [*] e desde que tenha muitas velas, a coisa funciona e acaba sempre com o ar da quadra. Já agora e não sei bem porquê, na mesma mesa nunca ponho velas com flores (a não ser que sejam bolbos), mas no Natal e como os centros são com frutas, gosto muito. Manias.

 

E desta vez, foi assim que arranjei a mesa. Acima de tudo queria-a muito simples e acho que consegui. 

 

 

 

  _______________  - ♥ - _______________ 

 

[*] Nos centros de Natal, e como já disse, gosto muito de usar fruta como base (ananás, ananás baby, romãs, laranjas, maçãs, uvas), depois junto-lhe uma verdura (ramos de abeto, ou pinheiro ou azevinho, ou o que apanhar a jeito), eventualmente mais um elemento natural, como espigas de trigo, pinhas, castanhas ou nozes e um elemento decorativo, geralmente um fruto em casquinha (romã, uvas, laranja), ou uma taça com bolbos, por exemplo, e por vezes um laço ou uma borla. Raramente lhes ponho velas, porque gosto de usar castiçais, assim como gosto de espalhar velas pequenas pela mesa. E pronto, da mistura destes elementos sai sempre qualquer coisa, nada que enganar.

 

 

  

 

 

 

 _______________  - ♥ - _______________ 

 

. Bases com míni pinheiros, da IKEA

. Míni pinheiros da Docinho de Açúcar

. Guizos nos guardanapos, da Zara Home

. Copos que usei para as velas, mas que são copos de bebidas, da Zara Home e Loja do Gato Preto

. Conjunto de 20 LED com fio prateado, onde pus umas bolas de ping pong (aqui a forma de fazer), e velas estrela (que deixam tudo com um cheiro a baunilha fantástico) da Area

09
Dez15

115 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

. para aumentar, clicar nas imagens .

 

 

Entretanto terminei a casa em cartão e tenho coisas a dizer, não muitas, mas algumas. Do ponto de vista estético, não há nada a assinalar, ou seja, quem não souber, nem sequer percebe qual foi feita com cartão e qual foi feita com balsa. No entanto, para esta casa de cartão, após colar as paredes e não querendo que se note as uniões, convém tapar estas junções com pasta de madeira. 

 

É muito fácil, aplicamos um pouco de pasta de madeira em todas as junções, deixamos secar e depois lixamos com uma lixa bastante fina. A seguir é só dar mais duas camadas de tinta e a casa fica pronta.

 

 

 

 

E é isto, este trabalho resulta muito bem, tanto feito em balsa, como em cartão (aqui a forma de fazer tudo). A balsa dá menos trabalho, mas é mais cara, o cartão é francamente mais barato, mas implica mais um material e é mais difícil de recortar. Tudo espremido, andam ela por ela.

09
Dez15

88 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

 

  

  

 

 

 

demos o primeiro jantar de natal e gostámos muito . comprámos quase todos os presentes e amaldiçoámos as filas . esperámos pelo pai natal, mas a criança não quis falar com ele, quis as renas e não havia renas . e se não há renas, também não há fotografia . acho que somos os que ninguém quer ter à frente na fila para falar com o pai natal e não nos importamos . eu sabia que o devia ter deixado levar o barrete com os pompons . como é que eu não sendo mãe de primeira água, ainda tenho manias . fomos almoçar fora ao sítio do costume e comemos perdidamente todas as batatas fritas do mundo e não nos culpámos . deixámos os miúdos beber refrigerantes e não achámos que somos os piores pais do mundo . decorámos a casa, a árvore de natal e a vida, ao som das minhas músicas de natal, abafadas pelo som dos sms do adolescente, para todos os amigos e não achámos que ele já não quer saber destas coisas . pusemos na árvore bolas encarnadas e brancas, sem lhe pendurar toooodos os brinquedos . e utensílios de cozinha . e este ano ninguém quis fazer neve com papel higiénico . nem algodão . estamos uns crescidos .

 

 e somos tão imensamente felizes assim

[mesmo que a nossa recordação fosse só a fotografia, que a mãe tirou à criança em prantos, ao colo do pai natal . que não é]

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D