Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

31
Dez15

05 - BALANÇOS, RETROSPECTIVAS, PREVISÕES E ISSO


Mac

 

 

 

o melhor do meu ano: eles

o que eu quero para 2016 e todos os anos da minha vida: eles

 

porque o melhor da minha vida são eles . o resto é vida para viver com coisas boas, coisas más, coisas para resolver, coisas irresolúveis, pessoas que quero manter, outras que quero bem longe, em suma, vida . mas sempre com eles .

 

minhas pessoas queridas, desejo de todo o coração que tenham um 2016 espectacular, cheio de coisas boas, que sejam felizes, tenham amor bom e se realizem.

 

um bom ano!

28
Dez15

94 - O NATAL JÁ ERA, LAI LAI LAI, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

  

 

 

. tivemos uma consoada com dezoito à mesa, que esticou até onde eu não imaginava ser possível . assim se prova que há sempre espaço para mais um . somos aquela família que, em querendo, até cabe dentro do mini morris . venha mais uma geração, então .

 

. para a decoração da mesa, voltei a insistir na fórmula branco mais branco não há, mas para a do almoço de dia 25, alterei para qualquer coisa com cor . comemos muito, quase nos arrependemos, mas desculpámo-nos com o natal, que é quando uma mulher quiser . e para as nossas crianças, apenas os presentes que são os típicos dos natais da infância . nada que fosse didáctico, nada de jogos, nem puzzles, nem educativo, 'estimulativo, sensorial e psicológico . não, nada disso, isso fica para depois, agora só e tão só, um brinquedo . nada de mais, nada de menos . apenas e aquilo que é preciso para ser feliz quando se é pequenino . um comboio . para juntar carruagens, tirar, descarrilar e voltar a montar . e pouco mais .

 

. e no dia 26, as trocas e mais trocas . gosto tanto . gosto cada vez mais disto tudo . e uma ida ao nosso parque, para mais umas voltas nos escorregas, baloiços e tudo . seguida da exposição dos presépios linda, linda, a terminar num chá, com a baía aos pés .

 

. o natal cansa-me, esta é a verdade . uma pessoa anda aí um mês, em estado de felicidade pura, polvilhada de dourados cintilantes, a preparar, decorar e planear, para de repente, em menos de um dia, aterrar num estado primitivo de estraga dieta, e depois da dieta estragada, os remorsos acumulados e a balança aos gritos, regressar à realidade sem brilhos, luzes a piscar, laçarotes encarnados, bochechas rosadas e bocas sorridentes, desejos de felicidade e saudinha, tudo de bom e isso . tenho a certeza que sofro de depressão pós natal - alô, psiquiatria, mais um síndrome a estudar com carinho, sim? - para mim, há o ano à espera do verão, suportável antes do natal, e depois há o ano à espera do verão, insuportável depois do natal . é a segunda metade que se me apresenta pela frente, portanto .

 

. foi um natal bem bom . por mim era todos os dias natal, mas com metade da comida e a família toda à mesa . e a menos de um mês do verão . mais coisa, menos coisa .

 

. agora vou de férias . e vou gastar muito bem os últimos dias do ano . até já .

24
Dez15

93 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

  

Pessoas queridas, desejo-vos um Natal cheio de paz e amor, junto dos que mais amam, os que vos olham com os olhos do amor, os que vos abraçam com braços entrelaçados, os que vos dão a mão e caminham ao lado, atrás e à frente, os que estão sempre presentes todo o ano, em todos os Natais e na vida. Desejo-vos Fatias Douradas e Azevias também. E Sonhos doces, realizáveis e felizes. Desejo-vos, de todo o coração, um Santo Natal e tudo, tudo de bom.

23
Dez15

723 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

E para a roupa que escolhi para a consoada, este bordeaux, não muito diferente do Weeked, mas aos meus olhos, o suficiente para lhe achar muita piadinha. O Weeked parece quase sempre preto, apesar de não ser, este Solo Mate [45] é mesmo um bordeaux muito escuro e nunca parece preto. Adoro-o por isso e muito mais. 

 

[há desculpas melhores, mas esta serve-me muito bem]

22
Dez15

118 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

Vi estas borlas no Pinterest e achei-as giríssimas, tanto para decorar a mesa de Natal, como uns embrulhos, ou velas, por exemplo.

 

 

 

 

Materiais:

. linhas de bordar em meada (para cada borla, são precisas duas meadas) . retrosaria do Cascais Shopping

. bonecos em feltro . retrosaria do Cascais Shopping

. guizos . retrosaria do Cascais Shopping

. cordão de pasteleiro

. tesoura

. cola universal

 

 

. cortamos a meio duas meadas de cores diferentes. 

 

 

. com um bocado de linha unimos os fios pelo meio e damos um nó

 

 

. dobramos os fios e com um bocado e linha, fazemos a "boneca".

 

  

. Com cola universal, colamos o boneco de feltro e já está.

  

 

 

 



 

E acabam por aqui os trabalhos, míni projectos, DIY, o que se lhe quiser chamar, de 2015. Acho que foi um bom ano, fiz muitas coisas, gostei muito e adorei partilhar convosco. No próximo ano há mais e para o ano estou com vontade de pintar umas cadeiras, uma parede e fazer mais umas coisas. Depois conto. 

22
Dez15

117 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

Hoje vou deixar por aqui os dois últimos trabalhos deste ano e ambos para a mesa de Natal. São ambos de fácil execução e apenas soluções decorativas bem rápidas de última hora.

 

Quanto ao primeiro, quando estava a separar as loiças, toalha, velas e mil e uma coisas que destinei para a mesa da consoada, reparei que não tinha argolas de guardanapos suficientes para todos e também não me apetecia pôr apenas o guardanapo, porque é tudo muito na base do branco e se a ideia é tudo muito simples, também não é preciso cair no sem graça, então resolvi fazer estes enfeites para pôr nos guardanapos e que para o ano vão servir para o calendário do advento, ou para decorar a Árvore, logo se vê. 

 

Fiz em forma de Árvore, mas também devem ficar giros em estrela, coração, boneco de gengibre, etc.

 

 

 

  

Materiais:

. Corda . Leroy Merlin

. Cortadores de bolachas . Loja do Gato Preto, Docinho de Açúcar

. Pasta de modelar . Continente (como já disse, prefiro esta marca, pois é a única que depois de seca, fica bem branca)

. Palhinha (para fazer um buraco perfeito) . IKEA (prefiro estas, porque têm um diâmetro maior, que dá para passar a corda dobrada) 

. Rolo da massa

 

 

 

. Estendemos uma porção de massa (para 25 pinheiros, usei 1/4 da embalagem grande, se for a pequena, será metade) e com um cortador de bolachas, cortamos a quantidade de figuras que precisamos.

. Depois, com a palhinha, fazemos o furo.

. Deixamos secar durante cerca de 24 horas. Para acelerar o processo de secagem, podemos pôr o tabuleiro com as decorações, junto de uma fonte de calor.

 

 

 

. Cortamos um pouco de corda, dobramos e passamos pelo buraco. Damos um nó, deixando uma argola por onde passará o guardanapo e cortamos o excesso de corda.

 

 

 

 

 

 

 

. E estão prontas as "argolas" para guardanapos.

 

 

 

 

21
Dez15

722 - LAI LAI LAI


Mac

 

  

 

 

 

  

Este ano ainda quase não usei casacos compridos, nem sequer agasalhos, a verdade é que estas temperaturas deste Dezembro estão demasiado elevadas, para que precise de grandes abafos. Nem grandes, nem pequenos. Saio a maior parte das vezes com um camisolão e sempre que pus um casaco, acabei por tirar, porque era demasiado. Então resolvi dar uso aos cachecóis e golas de pêlo, que apesar de ter há uma data de anos, raramente os pus, ora porque já estava muito frio e andava com um casaco/blusão/abafo qualquer e não lhes achava piada usados assim, ora porque ainda estava demasiado quente e me abafavam. Parece que me deixaram de abafar e agora gosto deles para dar um ar mais composto aos camisolões.

21
Dez15

92 - É NATAL, É NATAL, LAI LAI LAI, LARAILAILAI


Mac

 

 

 

estava sem ideias - preguiça - para sobremesa para o jantar de sexta-feira, então fiz a gelatina de morango, que é aquela presença nas festas, e os miúdos adoraram . nós também . desconfio que fiz mal as contas à água e lhe pus metade . não faz mal, estava bastante densa . acho que se a atirássemos à parede, ela até saltava . e enquanto estive na cozinha, o pedro fez bolos de plasticina e o gato foi para o pé de nós . fiz dois bolos de chocolate, um para a avó, outro para nós . qualquer dia meto-me numa cena de bolos para fora . e o pedro fez um bolo de legos, cantámos os parabéns e soprámos na luz que é do tractor, mas que passou a vela . o pedro fez buraquinhos com o dedo no bolo de chocolate da avó - hummm tão booom - e esta mãe teve de trocar os bolos, o da avó ficou para nós e tapei os buraquinhos com um napperon de papel e o nosso, o que estava sem buraquinhos feitos com o dedo gordinho, foi para a avó . a avó não se ia importar, mas a mãe dele também não se importa . comemos bolo com buraquinhos e soube-nos pela vida . fomos ao jardim e ele andou nos escorregas . o irmão foi ao cinema e nós vimos o presépio gigante . o pedro não faz sesta e adormeceu às cinco da tarde, depois não quis dormir à noite e andamos todos com olheiras . agora que os miúdos entraram em férias, é investir nas noites da criança pequena e nada de sonos durante o dia . no domingo plantei-me no supermercado logo à abertura e fiz a última compra de víveres para a consoada . não apanhei filas, nem fui atropelada por carrinhos desgovernados . e ainda trouxe comigo um pyrex grátis . estou pronta para o natal . venha ele então .

18
Dez15

721 - LAI LAI LAI


Mac

 

  

 

 

 

E como as sextas-feiras me são sinónimo de muitas coisas boas, uma delas a promessa de dois dias cheios de família, esta semana escolhi o verniz bordeaux muito muito escuro, tão escuro que quase sempre parece preto [weeked da essie], que é bem bonito, bem mais do que nas fotos, juro.

 

Entretanto esqueci-me de contar, uso a base 002 da Mavala há muitos anos, com raros intervalos para  o Bonder da Orly, porque é o que me dá saúde às unhas. O Bonder da Orly promete maior durabilidade do verniz, mas muito honestamente nunca percebi se cumpre, porque uso os top coats que me garantem isso mesmo. E da última vez que as minhas unhas estiveram fracas, experimentei o endurecedor da Sally Hansen, que desconhecia de todo, mas como era o que me estava a jeito no supermercado, e porque achei o frasco bem giro, o que é sempre um bom critério, já se sabe, resolvi experimentar e mostrou-se muito bom, ou seja, tratou-me as unhas daquele estado de fraqueza em que se encontravam, as pobres, portanto é produto a reter. Quanto aos top coats, nada de novo, voltei a insistir no Seche Vite e Poshé e adoro-os.

 

É isto, portanto.

18
Dez15

93 - JÁ FUI FELIZ AQUI


Mac

 

 

 

Um dia contei aos meus filhos, que na minha infância tínhamos pinheiros naturais, para fazer a Árvore de Natal. Contei-lhes como era bom o cheiro que ficava na casa e como os Natais tinham cheiros inesquecíveis. Não lhes contei que ficava tudo cheio de agulhas, até porque isso era uma coisa que eu ouvia aos adultos, na minha época de pinheiro natural, essa não era uma preocupação minha, como não eram nenhumas. Também não contei, que para transportar o pinheiro, tínhamos de lhe segurar com umas folhas de jornal, para não ficarmos com as mãos cheias de resina. Assim como não contei que para o transportar, os meus pais tinham de nos pagar cinco escudos. Não contei, porque a memória apaga o que não interessa, ou deixa, mas sempre muito relativizado, por isso é que é fácil ser feliz no passado. Feliz e boa pessoa.

 

E os meus filhos que não sabem o que é um pinheiro natural, todo decorado dentro de casa, passaram a querer um pinheiro natural para o Natal. Um porque é adolescente e tudo quanto é como é, não está bem, o outro porque vai atrás do irmão e se o irmão diz não, ele também diz. E porque é que não temos um pinheiro natural e a mãe prometeu e vá láaaaaaaa, maiiiiiiiii. E eu expliquei-lhes que a maior parte dos pinheiros naturais eram feiíssimos, porque eram ramos de pinheiros muito grandes, e que não se pode ter um pinheiro inteiro para Árvore de Natal e ai o abate indiscriminado e as florestas e tudo. Mas os meus filhos, que nem são de teimosias, desde o dia em que imaginaram um Natal vintage, agora querem um Natal vintage, porque o Natal que conhecem já não lhes serve, um porque é adolescente, o outro porque está na primeira infância, que é uma coisa parecida com a adolescência, mas em bom.

 

Então combinámos que para termos um pinheiro natural para um Natal, vamos criar um desde pequeno, que mantemos num vaso, e um dia quando ele já tiver a dimensão que a decoração exige, pegamos no vaso e no pinheiro e decoramos. E um dia, quando o pinheiro já só puder estar na terra sem vaso, é para lá que vai, mas será sempre o nosso pinheiro de Natal, mesmo quando já não entrar em casa.

 

E é assim que vamos criar o nosso pinheiro. Gosto muito da possibilidade deste pinheiro.

 

[agora vê lá se faleces e me desiludes os filhos]

 

 

 _______________  - ♥ - _______________ 

 

. Decorações miniatura em madeira - Zara Home

. Letras - antigo Vassoureiro

. Coroa e pinheiro - Horto do Campo Grande

. Ardósia - Area

Pág. 1/3

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D