Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

12
Fev15

28 - AS PESSOAS, AS COISAS, O NIRVANA E EU


Mac

Uma quer panos amarelos da não sei quantas, que esses é que são a maravilha das limpezas e tal, a outra só queria panos de micro fibras, e que não há melhor do que aquilo e não ganham bactérias e fungos e coisas inenarráveis, e ainda servem para limpar os vidros, as bancadas, o inox e a vida. A outra só queria a mopa, ai aquilo apanha até um nano cabelo de uma formiga e o coiso, esta ai que não, a mopa é o inferno da boa trabalhadeira, só vassoura, mas da não sei das quantas, as da drogaria não, que são o demo, aquilo tem que ser com pêlos não sei o quê para apanhar tudo e tudo. A outra só lavava com coiso com amoníaco e era alérgica à lixívia, mas se a misturasse com coiso com amoníaco, que quase lhe fazia saltar os olhos das órbitas e os pulmões das costas, ai que sim, assim é que se lavam bem as paredes, esta só quer lixívia e lava tudo com lixívia e anda para me arrancar os olhos das órbitas e os pulmões das costas. A outra bebia café como se não houvesse amanhã, esta odeia-o e só quer cevada, chicória ou lá o que é aquela mistela. A outra só deitava o azeite e o sal no final da cozedura da sopa, esta põe logo tudo no início. A outra gostava de Cerelac, esta só quer Nestum. A outra descascava as batatas com uma faca, esta acha que as facas só servem para desperdiçar batatas e usa o péla coisas. A outra arrumava tudo no lugar, mas fingia que não havia pó. Esta não acerta com as gavetas, nem com o lugar dos sofás, quanto mais das molduras, mas não me deixa um grão de pó seja onde for. 

 

Eu, eu sonho com um mundo perfeito, o nirvana e cenas. llhas desertas e por explorar, também.

11
Fev15

08 - MALDITO VÍRUS QUE 'MATACASTES' A FAMÍLIA


Mac

 

 

 

 

da vida em geral, destes dias, em particular . muito por casa, porque os vírus não se querem ir embora desta casa . eu, que resisti até à última, também já fui apanhada . e já desmanchei três vezes o gorro para o filho pequenino . e voltei a começar quatro . uma porque pus malhas a menos, outra porque perdi uma malha e não fui capaz de a apanhar, outra porque fiz um ponto errado e quando era só para corrigir aquele ponto, a coisa correu mal, deu-me uma coisa e desmanchei tudo . se eu acreditasse naquilo dos enguiços e mais não sei quê, desistia do gorro, mas não, acho mesmo que é deste vírus que me põe a cabeça cheia de hidrogénio . e fui procurar ideias nos meus livros sobre almofadas e abat-jours . apetecem-me novas almofadas . e já agora um que outro abat-jour . e claro, continuam as brincadeiras com o filho pequenino . e é isto, vírus e vida vulgar .

09
Fev15

162 - A DONA DE CASA PERFEITA(MENTE DESESPERADA)


Mac

 

 

 

 

 

 

 

Nunca consegui ter uma boa solução de arrumação para as tampas das caixas de plástico e panelas. Já tive daqueles suportes em que as tampas ficam todas na vertical, uma por divisão, mas que me ocupava muito espaço, depois tive as tampas das caixas dentro das caixas, e dentro das panelas maiores, as das panelas, mas não era prático. Agora encontrei esta solução, em que se põe um daqueles varões para cortinas, que se fixam no interior das janelas por pressão, e resolvi experimentar na gaveta das caixas e na das panelas, e adorei. Ficaram bem arrumadas, é bastante prático e já não tenho tampas dentro de caixas e mais não sei quê.

 

[eu cá não sei como é com vocês, mas quando faço uma arrumação de que gosto muito, passo a vida a ir ver. é o caso. tenho namorado muito com as minhas gavetas das panelas e caixas. há coisas piores]

06
Fev15

28 - AS PESSOAS, AS COISAS, OS VÍRUS, O NIRVANA E EU


Mac

 

 

entretanto

pus umas luvas de borracha e a água entrou-me para a luva da mão esquerda . num reflexo pouco esperto, levantei o braço e a água saiu da luva e entrou-me para a manga . foi desagradável . está demasiado frio para ficar com as mangas da camisola molhadas . fico possessa dos meus muito fracos nervos, sempre que me entra água para as luvas de borracha . quando tenho reflexos inusitados, fico em ponto de rebuçado, que é como quem diz, coisa .

só gosto de ver o factor x e similares, enquanto as pessoas vão lá fazer figuras tristes, muito tristes e sofríveis . se forem muito sofríveis, a tocar o circo de aberrações, é-me delirante . quando cantam mal e é para cantar bem que lá estão, acho hilariante . como acharia hilariante alguém querer cozinhar e não saber estrelar um ovo. ontem escangalhei-me a rir quando o simon disse a uma concorrente, que lhe parecia que ela tinha engolido uma data de gente que pedia por socorro . juro que também me pareceu, mas em pior, assim gente a pedir por socorro, mas sem dentes . parece-me que não mereço um lugar no céu . e isso preocupa-me .

e acabei o casaco de andar em casa do filho pequenino . ficou engraçado, mas para o ano já não lhe serve . tenho que aprender a tricotar com folgas, que é como quem diz, tenho de fazer as peças maiores . agora comecei um gorro . espero que no final lhe sirva .

tenho a família toda doente . eu tenho tido sorte, vamos lá ver é até quando, é que isto de estar rodeada de vírus por todos os lados é bem capaz de me absorver . da farmácia veio ben-u-ron 125, 500 e 1000 . parece-me sintomático .

o filho pequenino continua a esconder brinquedos . também decora a casa com eles . e eu gosto muito de ter a casa assim .

a nova empregada meteu na cabeça que vai cozinhar todas as refeições . não, não vai, aqui quem cozinha sou eu e a pessoa que por cá faz as cenas, eventualmente faz umas coisas na cozinha . brincalhona . não abdico de rapar taças, era só o que faltava . e para rapar taças, tenho de confeccionar, claro está . acabou-se a lua-de-mel .

 

03
Fev15

197 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

 

 

 

 

por estes dias

 

depois de comer a papa da manhã, o meu filho pequenino gosta de ir para a nossa cama e eu tiro-lhe fotografias . e dou-lhe beijos . depois visto-o e enquanto ele brinca, fotografo-o e dou-lhe beijos .

 

hoje fomos estrear o guarda-chuva dele e eu aproveitei e tirei-lhe fotografias . também lhe dei beijos .

 

às vezes acho que quero eternizar em fotografias a infância dos meus filhos . não acho, tenho a certeza . às vezes acho que os bebo em beijos . tenho a certeza que sim . pelo menos esta minha sede de filhos fica saciada . 

 

 

[eu ainda gostava de saber o que seria desta minha compulsão em fotografar os filhos, se as máquinas ainda fossem de rolo, mas pronto]

02
Fev15

11 - EU É MAIS COZINHAS, TACHOS E PANELAS. RAPAR TAÇAS TAMBÉM


Mac

 

 

 

Ora então aqui está a receita da Brandade de Bacalhau da revista da Bimby, que ficou bem boa e a família gostou. Alterei o tempo de forno, porque tenho que reduzir sempre a temperatura e tempos indicados nas receitas, caso contrário, o meu forno queima tudo. Neste caso, para gratinar, estava indicado 20 mn a 200ºC, mas pus 10 mn a 150ºC e mesmo assim, já tostou demais ali num dos lados, mas pronto, isto é com o meu forno, que preciso sempre de adaptar os tempos e temperaturas.

 

. 60 g de azeite

. tomilho

. 8 dentes de alho

. 450 g de natas c/ 35% de gordura

. 800 g de água

. 500 g de bacalhau em posta

. 500 g de batatas cortadas em pedaços

. torradas ou pão frito

 

. Coloque no copo a água, na Varoma coloque o bacalhau e no tabuleiro as batatas, programe 30 mn/ Varoma/ vel 2. Retire e reserve.

. Coloque no copo o azeite e o tomilho, e aqueça 5 mn/100ºC/invertida/vel colher. Retire, passe pelo passador, para descartar as ervas e reserve.

. Coloque no copo o alho e programe 3 seg/ vel 8. Com a ajuda da espátula baixe o que ficou na parede do copo. Adicione as natas e programe 30 mn/ 60º/ vel colher. Triture 5 seg/ vel 7, retire metade do preparado e junte ao que ficou no copo, o azeite de ervas que reservou, as batatas, o bacalhau sem espinhas e peles, tempere com sal e pimenta, e triture 30 seg/ vel 7.

. Pré-aqueça o forno a 150ºC. Coloque o preparado num prato de forno, cubra com o restante preparado das natas, polvilhe com um pouco de tomilho e leve ao forno cerca de 15 minutos ou até estar gratinado.

. Sirva com torradas ou pão frito.

Pág. 2/2

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D