Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

27
Fev15

30 - AS PESSOAS, O CENTRO DE SAÚDE, O NIRVANA E EU


Mac

A novela do Centro de Saúde continua e com novos episódios de um extremo bom gosto, diria mesmo, com um certo glamour. Ontem liguei para lá e lá convenci a funcionária sobre a urgência da consulta com o objectivo de requisitar os tais exames, então mandou-me ligar para o número x, que assim que atendia, desligava o telefone, nova tentativa e número impedido, nova tentativa e número a ser atendido, mas depois a desligar, esta a ligar para o número que me tinha atendido e a fazer queixinhas, ai que a sua colega atende, mas desliga, a simpática a passar a chamada para a outra e a outra a não atender, esta a ligar de novo para a simpática, a fazer mais queixinhas, ai que a sua colega atende, mas desliga, ai que isto é um inferno e eu preciso da consulta, a simpática a falar com a colega desligadeira e depois a pedir para que eu ligasse depois das 15.00 horas, porque a colega desligadeira estava a fazer uma inscrição e só me podia atender a partir das 15.00. Eram 12.30 horas. Oh pah a colega desligadeira precisava de 2.30 horas para fazer uma inscrição de uma pessoa no Centro de Saúde. Deduzo que seja a mesma que fez a inscrição do meu filho e se esqueceu de um apelido dele. Pois. Mas agora é melhor estar caladinha, eu é que preciso dela, ela não precisa de mim para nada, só que contribua com os meus impostos para o seu vencimento, o seu ócio e a sua incompetência, mas pronto, é coisa pouca. Às 15.00 consegui falar com a funcionária desligadora de telefones, que enquanto me punha todos os entraves possíveis à consulta urgente, reclamava com um telefone que não parava de tocar, ai que isto me está a interferir com os nervos, a senhora (eu, portanto) nem imagina o que é isto e todo o dia a tocar, a tocar, nem consigo trabalhar. E eu pensei coisas simpáticas, que tinha muita vontade de lhe dizer, coisas assim, parece-me que a vi no supermercado, está mais gordinha,não está? Essa barriguinha tão grande é de bebé? E coisas deste género feminino, que as mulheres são capazes de dizer às outras mulheres, quando querem ser boas, sabendo que o alvo tem para cima de cem anos, mas pronto, estou uma menina e o que quero é a consulta, já não quero espalhar amor pelo mundo, nem simpatia, nem nada, só quero uma consulta e como cosi a boca, consegui marcar a consulta de medicina infantil, já sabemos, não é pediatria, é medicina infantil e claro que também me calei quanto aos dois números e só referi um deles.

 

[escrever um post de rajada é bastante libertador, aconselho vivamente]

27
Fev15

17 - COISAS QUE UMA MÃE SABE (E LHE ACRESCENTAM BASTANTE À CULTURA GERAL)


Mac

depois de ser mãe de gente pequenina, passo a semana a desejar o fim-de-semana para dormir mais umas horas, que nunca dormi, porque as pessoas pequeninas estão programadas para dormir até às oito e das oito não passam, acordam cheias de entusiasmo para a vida e aquela energia é inimiga de pais cansados, com falta de boas horas de sono e sonolentos . e sabendo tudo isto, continuo a desejar o fim-de-semana para dormir mais e continuo sem dormir.

 

consigo fazer um jarro de sumo de laranja com dez laranjas, em seis minutos . está bem que uso um daqueles espremedores eléctricos . por acaso adorava ter um daqueles profissionais, mas parece que para seis quilos de laranjas por semana, a coisa não se justifica . adiante . então espremo dez laranjas, tiro gelo e junto água e finalmente trituro as cascas das laranjas em seis minutos . este consumo desta gente pequenina viciada em sumos de laranja, resulta-me em vinte e quatro quilos de laranjas por mês . em vez das árvores da lima - que não estou certa se é limeira que se chama - devia ter laranjeiras . é no que dá pensar nas caipirinhas e bebidas adultas, maluca pah, para que queres tu limas, agora tenho limas para colher à vontadinha, mas laranjas que é bom, nada .

 

o verão tem três meses e eu passo os restantes nove a deseja-lo com bastante intensidade, assim como tenho o cabelo liso e gostava que ele fosse naturalmente ondulado, assim como tenho a pele branca ao ponto da vergonha e gostava de a ter com uma cor.

 

já mudava de hemisfério, mas continuava a ser mãe de gente pequenina

25
Fev15

30 - AS PESSOAS, AS BORBULHAS, O NIRVANA E EU


Mac

 

 

 

Coisas realmente importantes. Tenho-me esquecido de falar neste produto maravilha, o Pureness Blemish Clearing Gel da Shiseido, o milagre no combate da borbulha inconveniente, saliente, irritante, despropositada e engraçadinha, pois é. Aplico-o logo que sinto que uma malvada vai dar o ar da sua graça e como é um gel transparente, dá para aplicar mesmo que esteja maquilhada e não se nota nada, e zás, a tendência é para a coisa não desenvolver. Também dá cabo das que já se mostraram engraçadas, sempre nas alturas mais convenientes, em que temos de aparecer aos olhos de todos com aquele Kilimanjaro aos berros, estou aqui, estou aqui, olha para mim, é para mim que tens de olhar, e seca-as num par de horas. Adoro-o. 

 

[não, este post não é patrocinado, é apenas o resultado desta minha imensa bondade em partilhar o que é muito bom, com resultados comprovados pela minha pessoa e na minha pessoa]

25
Fev15

256 - A SÉRIO!!??


Mac

Fui ao Centro de Saúde para marcar uma consulta com o médico de família (que não está atribuído) para que me requisite umas cenas ao abrigo do SNS, para o qual contribuímos, como pais da criança. Fiquei a saber que quando inscrevi o meu filho mais novo para as vacinas no Centro de Saúde, a funcionária se esqueceu de um dos apelidos dele, mas quando nos obrigaram a tirar o Cartão do Cidadão para uma criança de quatro meses, porque tinha que lhe ser atribuído um NIF, visto que tínhamos feito não sei quê em nome dele, portanto a criança de quatro meses tinha que ser nifada (ainda aí estão? eu cá já me tinha ido embora, adiante), lhe puseram os quatro apelidos de registo, assim a minha criança ficou com dois Números de Utente de Saúde, porque no Cartão do Cidadão quando a funcionária pesquisou no sistema por um Pedro quatro apelidos, não lhe apareceu aquele Pedro quatro apelidos no SNS, que estava registado como Pedro três apelidos e então atribuiu-lhe um outro Número de Utente de Saúde - ainda aí estão? Eu cá já me tinha ido embora. Bom, então agora no Centro de Saúde acham, porque acham, que eu é que tenho de corrigir o erro da funcionária incompetente, dirigindo-me ao sítio onde se tiram os cartões do cidadão e para isso elaborar por escrito um exposto - palavras da colega da funcionária incompetente - de forma a que façam uma espécie de reconciliação dos números do meu filho, a saber número de contribuinte, segurança social, cartão do cidadão e claro o alvo da discórdia, o número de utente de saúde, e assim se gere um único Número de Utente de Saúde.

 

E nos entretantos não consigo marcar a consulta com o médico de família (que não está atribuído), porque a funcionária (incompetente) não pode corrigir o erro que gerou e eu que até contribuo para o vencimento desta gente, que vá ao cartão do cidadão explicar que a incompetente da funcionária do Centro de Saúde se esqueceu de um apelido da criança. Com sorte, tenho isto resolvido para as vacinas dos cinco anos. Com sorte. Juro que tenho vontade de dizer coisas bastante feias.  

 

 

[outra particularidade gira, no Centro de Saúde não se diz pediatra, aliás a funcionária andou para me sovar porque falei em pediatra, diz-se médico de saúde infantil. aprendam. eu já aprendi]

24
Fev15

702 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

Ah e tal e quero os Narcisos floridos e isso para a Páscoa, que é sóoooooooo daqui a mais de um mês, e o coiso. Pois. E a natureza fez assim, floriu agora. Mais precisamente ontem. Portanto se os quero para a Páscoa, para o dia x e em k fase, olha, vou ao horto e compro-os por catálogo, segundo cá os meus critérios necessários ao arranjo pascal que pretendo elaborar, e ai deles que me murchem, ou floresçam um dia antes que seja. Raça das flores.

 

Entretanto fiz uma encomenda de supermercado e recebi-a embalada em dezanove sacos super resistentes e inimigos do ambiente, ao invés de cinquenta super fraquinhos, que não paguei, porque me vão ofertar os sacos nas próximas três encomendas, mas agora estou para aqui a pensar, para que quero eu dezanove sacos super resistentes, se quase nunca vou fisicamente ao supermercado e quando vou, uso daqueles sacos gigantes de fibra, ou o meu saco do mique. Também me lembrei que nos primórdios das entregas em casa, a concorrência usava caixas de papelão. E depois lembrei-me como é engraçada a vida, só pode, então quando os sacos eram à descrição do cliente, sempre foram fraquinhos que só eles, tão fraquinhos e até vinham furados para que nós não os usássemos para outros fins, mas pronto, essa época do consumo de sacos fraquinhos furados, sem segunda utilidade, ali a encher as lixeiras, são águas passadas, agora não, agora os sacos são super amigos do ambiente, porque são resistentes e reutilizáveis, até desconfio que são de milho e tudo.

 

E nas roupas tenho insistido na mistura cinzento, preto e bordeaux, ora só duas delas, ora acrescento-lhe branco, ora tiro, ora misturo. Acho que vão ser as cores deste meu Inverno. E mais uma informação de relevo, já se sabe.

23
Fev15

18 - PÁSCOA, AMÊNDOAS, OVOS E COELHOS


Mac

ღ

 Easter Table

 

*

 

Happy Easter!

 

easter

 

Osterhase und Ostereier by herz-allerliebst, via Flickr

 

Easter (Пасха)

 

.

 

Easter

 {imagens do meu Pinterest, aqui, onde consta a origem das mesmas}

 

 

Tenho andado ali no Pinterest a recolher ideias de centros para o almoço de Páscoa. Já tinha a coisa mais ou menos definida, mas depois de ver uma série de ideias, agora tenho mesmo tudo definido. Sei que vou usar a redoma alta, ovos de codorniz cozidos, coelhos de chocolate e Narcisos, e da mistura destes elementos sairá o centro para decorar a mesa da Páscoa. Sim, sim, bem sei que falta mais de um mês, mas apetece-me planear a Páscoa, portanto, planeio-a. 

 

[mais ideias ali no meu Pinterest sobre Páscoa]

 

____________________________________________________

. Redoma alta da Area (existe em três tamanhos)

. Ovos de codorniz em qualquer mercearia ou supermercado

. Coelhos de chocolate, à venda em qualquer pastelaria e supermercado

. Ninhos e coroas de palha do Horto do Campo Grande e Romeira Roma

. Bolbos em flor de Narcisos, Jacintos, Jacintos-uva e Túlipas à venda em muitos locais, habitualmente compro-os no Horto da Casa da Guia, que é o melhor de todos e onde são mais baratos (é o fornecedor das grandes superfícies), o único problema é que esgotam muito depressa. Outros sítios onde se vendem: Horto do Campo Grande, Leroy Merlin, Aki e Hortijardim.   

. Ráfia à venda na Romeira Roma, FNAC e Staples.

23
Fev15

01 - DO FIM-DE-SEMANA E DA VIDA


Mac

 

 

 

 

 

 

fomos ao barbeiro do pai, do irmão, dos tios, dos primos e do avô, para cortar o cabelo do meu filho pequenino e o meu filho pequenino portou-se bem . quer dizer, enquanto o barbeiro lhe esteve a cortar o cabelo, chorou todo o tempo e foi dizendo 'não corta', mas não esperneou como no meu cabeleireiro, nem bateu na mão da cabeleireira, como no cabeleireiro da avó, nem fugiu pela casa, quando esta mãe lhe tentou cortar o cabelo, ou seja, o meu filho pequenino queria era ir ao barbeiro e esta mãe andava para aqui com manobras de diversão, cabeleireiros e cenas . está um crescido . 

 

e eu estou cada vez mais fã dos bb coreanos e desde o dia em que os experimentei, já não quero outra coisa . são leves, não me deixam a cara gosmenta e resolvem-me o aspecto em dias de excesso de inverno . isso e o serum miraculoso da tia coisa, a juntar um cheirinho a verão e até dou ares de uma mulher de bem com o inverno e tudo .

  

de resto, brincámos muito, ficámos por casa, lanchámos com os avós e fomos felizes . muito e muito .

 

ah e não vi os oscars . às vezes tenho a sensação que vivo numa ilha, sem comunicações para os tempos modernos . ou num convento . o que é basicamente o mesmo em termos de 'quero lá saber desta cena' e da outra e da outra . 

 

e daqui a bocado, ponho aqui montes de ideias giras para a páscoa, super fáceis de executar e com materiais comuns .

20
Fev15

701 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

 

  

por estes dias

 

. agora ando no jeu d'amour . gosto de perfumes . gostaria de não variar tanto, de ser mais fiel a um perfume e isso, já o disse, mas não sou . perco-me por perfumes . e frascos . por outro lado, gosto cada vez mais de roupa simples, nada de muitos acessórios e nada de muitas cores . nunca gostei de excessos e estou cada vez mais minimalista . mas há acessórios que me acompanham ao longo dos anos . as medalhas de mãe, uma por cada dia da mãe, já são mais dias da mãe do que medalhas pelo dia da mãe, é bom, tão bom ser mãe dos meus filhos . gosto tanto destas minhas medalhas . 

 

e para quem gosta do género simples nas roupas e tal, a Parisiense da Inès de la Fressange, é um bom guia . também lhe dou uma vista de olhos, quando entro em épocas críticas do já não sei o que vestir, porque me fartei de tudo, porque me canso do que tenho no armário, porque acho que só faço más compras, porque o inverno me cansa, satura e enche a alma de chuva e falta de sol, porque é assim, porque tenho dias e por tudo .

 

e as minhas camélias continuam em botão, só em botão, não há meio de me darem flores lindas . dão as margaridas, as minhas sempre fieis . e os narcisos . quero-os lindos para a páscoa e para fazer um centro alusivo com ovos.

 

também tive uma não ideia para uma coisa que estou doida para fazer . ou seja, tive a ideia, vou aplicar um material que adoro, tinta de ardósia, por sinal, mas ando à procura do suporte, que fará o propósito da coisa, por isso é que é uma não ideia . existe, mas ainda não a consegui concretizar . 

 

entretanto tive uma crise de chocolate e fiz uma marquise au chocolat, à qual juntei um montalhão de chantilly, depois penitenciei-me, mas só quando comi aquilo tudo, antes nunca me penitencio . faço assim, entro numa espécie de apneia, em que não penso lá grandes coisas, mas em que como o que me apetece, então como tudo e depois da coisa já feita, ou seja, comida, fico muito triste comigo . fico triste, triste, depois desculpo-me, faço-me promessas de bom comportamento alimentar e volto a ficar feliz . até tinha fotos giras da minha marquise au chocolat, mas como estava na fase triste, apaguei-as e pronto não há receita da marquise, mas também não lhe conheço rasto . foi-se .

 

e é isto

18
Fev15

163 - A DONA DE CASA PERFEITA(MENTE DESESPERADA)


Mac

 

 

 

Sobre a vida, sacos e cenas. Ando meia coisa com as opções que o tio disponibiliza para  a cena dos sacos de plástico. O que sucede é o seguinte: eu faço a maior parte das compras online, ora o tio garante que nas três primeiras encomendas, após 15 de Fevereiro, não vou pagar sacos, mas depois dessas três encomendas, vou ter que os pagar e se não me engano, parece-me que bem. Sabendo que a média nas minhas encomendas, ronda os cinquenta sacos, sim, leram bem, e não é por encomendar todo o supermercado, é porque o tio para me enviar ovos, embrulha-me as caixas em quatro sacos, o tio para me enviar uma pasta de dentes, usa um saco, para os cominhos outro saco e para os rabanetes outro saco, ora se o tio me separa ao exagero todos e todos os bens diferentes entre si e idênticos em género entre si, mas diferentes aos seus olhos, e se eu sei que o tio é um gastador compulsivo de sacos, portanto o tio não me optimiza os sacos, eu não sei se posso continuar a fazer encomendas online e a pagar € 5.00 em sacos, mas também não sei se quero deixar de fazer e voltar a percorrer aquele calvário do estaciona carro/tira moeda para carrinho/puxa carrinho/percorre supermercado/põe tudo na caixa/embala/volta a pôr no carrinho/põe no carro/arruma carrinho/tira do carro/carrega/arruma em casa. Depois analisando ali as explicações, o tio também arranjou uma coisa a que chama pack de entregas, na qual nos fidelizamos a não sei o quê, temos sacos de plástico gratuitos durante quatro meses, mas continuamos a ser uns teimosinhos inimigos do ambiente.

 

Tudo espremido, optar por saquinhos de papel é que não, ora pode lá ser, a coisa até seria ecológica e isso, mas não, o tio quer sacos de plástico e pronto. Olha, se calhar mudo-me para onde me enviem as compras em sacos de papel, onde não haja fidelização não sei quê, onde se dêem ao trabalho de não gastar cinquenta sacos de plástico, que eu vou pagar, onde até se dignem a me entregar as coisas em caixas e na loucura, até possam esperar que eu as tire, e no final recolham as caixas.

 

 

[entretanto já ando sempre com o meu saco na mala, porque sou dada ao esquecimento do saco no carro e gosto muito disto de não pagar dez cêntimos cada vez que vou à farmácia e à padaria e à pastelaria e tudo e tudo e tudo, e sim, eu tenho o saco mais giro, pois tenho, aliás parece-me que sou precursora de uma nova moda de saco da mercearia, toda ela envolta em enorme glamour, já se sabe]

18
Fev15

07 - MAC MARIA A ESPALHAR GLAMOUR DESDE MIL NOVECENTOS E CARQUEJA


Mac

 

 

 

das máscaras e do carnaval

 

o meu filho pequenino escolheu mascarar-se de vampiro . para o tamanho dele, tínhamos máscara de polícia, zorro, cavaleiro medieval e tartaruga ninja, mas ele quis ser um vampiro . por acaso não me lembro se irmão se mascarou de tantas coisas, mas deve ter mascarado, tenho que ir ver as fotos . nestas alturas sinto-me sempre a pior mãe do mundo . se não a pior, assim uma muito má . como posso eu não saber ao que se mascaram os meus filhos? olha, não sei . adiante . depois de vampiro, o filho pequenino também quis ser o zorro, mas como não sabíamos da capa do zorro, nem da mascarilha, ele pôs só o chapéu e manteve o resto de vampiro . depois mudou de ideias e mascarou-se de polícia com as calças de vampiro, mas antes de sairmos de casa para o almoço com os avós, voltou ao vampiro com chapéu de zorro . as pessoas gostaram muito de ver o meu zorro, mas estranharam a capa . vá que não encontrámos os dentes de vampiro, acho que assim as pessoas também iam estranhar o zorro com caninos gigantes . as pessoas complicam muito o carnaval . ora se a pessoa pequenina se quis mascarar de zorro vampiro, a pessoa pequenina mascara-se de zorro vampiro e continua a ser carnaval . eu acho . 

Pág. 1/2

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D