Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

06
Jan15

24 - AS PESSOAS, OS TELEMÓVEIS, O NIRVANA E EU


Mac

Decidi que anexaria o meu telemóvel ao pacote, ou lá como se chama, da tv, net e telefone fixo que já existe nesta casa. O operador do meu telemóvel está caríssimo, eu acho, e também estou cansada de ligar para lá, alterar o plano e depois acabo a pagar mais e mais. Até tive um plano daqueles dos adolescentes, mas como não sou muito de sms, a coisa também não resultou. Então fui saber junto do da net, tv e fixo, como ter um plano supimpa que me deixe falar sem limites com a família e amigos, e gostei muito do que ouvi, 2000 minutos por mês para falar para onde bem me apetecer, oh pah isso é que é música para os meus ouvidos. Então anexei logo ali o meu telefone, mas fiquei a saber que precisava de desbloquear o telemóvel e que tenho o Cartão do Cidadão no limite para renovar. Segui para a loja do operador de telemóvel e pedi-lhes para me desbloquearem o aparelho que tinha comprado numa promoção muito simpática ao abrigo de uma fidelização de dois anos, que entretanto já passou. Foram super simpáticos, mal sabem eles que é o canto do cisne, e disseram-me que receberia um código para depois no iTunes desbloquear a coisa. Já em casa, instalei o iTunes, que tinha desinstalado há uns tempos, porque o acho um aborrecido com aquela coisa de cada vez que ligo o telemóvel ao computador, desatar a apitar e a sincronizar. Então instalei-o e passadas umas horas recebi o código, mas como não percebi onde se fazia aquilo no iTunes, liguei para o serviço de apoio. Ultrapassadas as quinhentas opções de digite 1 para internet, 2 para serviços móveis, 3 para dados e o coisinho e 4 para não sei o quê, soube que não era aquele número, mas um outro que dá apoio a infoexcluídos. Liguei para o número dos infoexcluídos e escolhi uma das duas opções, e lá me disseram que não precisava de código para desbloquear o telefone e também me explicaram como o desbloquear. Desbloqueei a cena, acho eu. 

 

E como tenho o cartão do cidadão a expirar, hoje fui tratar da renovação. Tinha vinte e uma pessoas à minha frente e passada meia-hora ainda só tinham atendido duas pessoas. Percebi que a coisa não se ia dar, não hoje, pelo menos, então desisti e vim para casa com o número das marcações. Liguei para lá e apesar dos quinze minutos de espera, lá consegui marcar a coisa.

 

Tudo espremido, acho que está tudo a correr muito bem, mas continuo a preferir fazer cesarianas. Se calhar isto de entrar em 2015 com o pé avariado (*) tem o seu quê de sorte. 

 

 

[segue-se um texto sobre a evolução do meu pé doente, relato ao pormenor da ecografia e pareceres médicos, com digitalizações do raio-x para ilustrar a coisa, e um outro sobre o preço dos sacos de plástico]

 

________________________________

(*) obrigadinha pelos milhares de mensagens de melhoras, que não recebi, obrigadinha, sim? hão-de cá vir, hão-de, hão-de.

05
Jan15

05 - MAC MARIA A ESPALHAR GLAMOUR DESDE MIL NOVECENTOS E CARQUEJA


Mac

 

 

do começo de 2015 . ou do fim de 2014 . ou de nada .

 

há três semanas que me dói o pé direito . também está ligeiramente inchado e não consigo calçar saltos altos . não é que seja importante isto dos saltos altos, até nem é muito, afinal ando quase sempre de saltos rasos e médios, mas desde que o pé está um trambolho, que tenho desejos loucos de saltos altos . cá coisas minhas . é importante sim . e desde que me dói como tudo, só me escorrem roupas que ficavam mesmo giras, giras, giras, se lhes incluísse os saltos altos que não posso calçar, até dou comigo a perfilar tudo quanto se possa calçar, que tenha para cima de 6 cm de salto e fico para ali a olhar . calço o pé esquerdo, miro-me assim manca e depois descalço-me e rendo-me aos rasos que não me apetecem . uma dor de alma . 

 

e como tenho o pé estragado, resolvi ir ter com o meu cirurgião vascular, porque me fiz um diagnóstico gravíssimo de uma coisa na safena . também imaginei outras coisas com a ajuda da net e acabei num enorme sofrimento da psique, mas como demorei três semanas entre os medunfos, a negação, a net, mais medunfos, a negação, mais net e mais medunfos, acho que não sou a melhor das hipocondríacas . já ao pé do meu cirurgião vascular, contei-lhe das minhas queixas e cocei os olhos, porque vesti um casaco que larga pêlo que se cola às pestanas . também lhe contei as coisas que vi na net e ele riu-se . não sei onde está a graça, mas está bem . analisou-me o pé e concluiu que não tinha nada de vascular, que de certeza que caí ou bati com o pé e que é melhor eu marcar com o ortopedista . também me disse que era capaz de estar a arranjar uma conjuntivite . eu não me lembro de bater com o pé, nem de cair, mas disse-lhe que estava bem e o coiso . quando percebi que não sendo o meu pé do seu pelouro e assim estava terminada a minha consulta, achei por bem rentabilizar a coisa, o meu tempo e o meu dinheiro, é que isto de tempo perdido é coisa para me deixar mal disposta, e sugeri-lhe que me secasse mais uns derrames e ele também achou que sim e espetou-me as pernas vinte e duas vezes . também me disse que os pêlos do meu casaco lhe entraram para o nariz .

 

agora, além do pé, também me doem as pernas .  esta mania de optimizar o meu tempo, ainda vai ser a minha desgraça . olha se a dor era  no queixo, se calhar era pessoa para ir ter com o dentista e não tendo nada a ver com ele, já que lá estava, era capaz de lhe pedir para me brocar os dentes todos . nunca se sabe . 

 

portanto entrei em 2015 com o pé direito arruinado . não sei se é um bom começo . 

Pág. 3/3

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D