Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

07
Out14

689 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Fui comprar uns litros de tinta branca, porque vou renovar uma série de móveis herdados, escuros e que tenho por amor, mas que muito honestamente, não seriam uma escolha minha. Se não todos, porque alguns não seria boa ideia pintar, alguns. A saber, o louceiro que está na cozinha, uma cómoda e dois armários de gavetas, que não são bem cómodas, mas são duas enormes mesas de cabeceira e servem como pequenas cómodas. São escuros e escurecem-me a casa e eu quero tudo claro, luminoso e clean já para este Natal e para a vida.

 

Entretanto também estou a testar umas patines e a ver se os quero branco branco, se branco neve com uns toques de branco comum, ou creme linho, ou rosado e isso, é que isto no mundo dos brancos há uma enorme palete de tintas, patines, ceras, pós e etc, e como não nasci ensinada, apesar de até dar uns toques na matéria, mas não em grandes extensões, como mobiliário, vai de me socorrer dos meus livros preferidos nestas coisas, o El Gran Libro de la Decoración (Kevin Mc Cloud), disponível na Amazon nesta versão, e The Style Source Book (Judith Miller). Recomendo-os muito a quem esteja interessado em saber tudo sobre estilos, técnicas de pintura decorativa, toxicidade das tintas, aplicações diversas, diferentes tipos de pincéis, enfim, um mundo giro que sei lá.

 

[não aprendo nada com os próprios erros, nada mesmo, mas apetece-me imenso dar uma arejada na decoração da casa. nada a fazer] 

06
Out14

17 - DEPOIS DE SER MÃE, UMA MULHER NUNCA MAIS ESTÁ SÓ


Mac

 

 

 

Esta mãe gosta imenso de fazer plasticinas. Chego a pensar e penso sim, e tenho quase a certeza, de que gosto mais do que os meus filhos, quer dizer, do que o mais pequeno, porque o maior já fez muitas, mas agora não lhes liga nada. Confesso também que aquele cheiro apelativo a maçapão me dá muita vontade de as comer, mas a decência trava-me os impulsos. Isso e a coisa de ter que dar o exemplo e isso.

 

Estas plasticinas que há agora são praí o Kopi Luwak das plasticinas. Lembro-me bem daquelas plasticinas que havia na minha infância e que eram vendidas em barras, embrulhadas em celofane e cheiravam a petróleo, ou lá o que era aquilo. O branco era péssimo de moldar, assim como o azul, o verde era bonzinho. Agora não, aquilo é tudo tão bom de moldar e com umas cores bem giras, que quase nem é preciso misturar para obter outra cor, e tantas vezes já a criança mudou de brincadeira e eu ainda fico a fazer isto e aquilo.

03
Out14

30 - MAC E A CALÇADA PORTUGUESA


Mac

 

 

 

 

Como já disse aí uns pares de vezes, sou completamente adepta do uso continuo e massivo de sabrinas, porque ando muito e não estou para magoar os pés com calçado desconfortável, porque os saltos altos são muito giros, adoro-os, mas não são compatíveis com os meus dias, porque carrego muitas vezes uma criança que vai fazer três anos e já pesa uns quilos valentes, porque é aquele tipo de calçado que aos meus olhos faz conjuntos bem giros. E gosto delas tanto com calor do bom, como no tempo frio, que se quer que nunca chegue, mas como ele chegará, quer eu queira, quer não, agora escolhi da colecção de sabrinas de Inverno, que têm um reforço em pele e sola de borracha, estas Josefinas em verniz, as Lisboa.

 

E escolhi bem, são giras que se fartam e super confortáveis, é só o que digo.

 

[post que é bem capaz de ter

um poucochinho de publicidade]

03
Out14

688 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Isto, pessoas, isto são grandes boas notícias para a minha pessoa manteigueira, é só o que vos digo.

 

[a notícia não é de hoje, nem de ontem, mas só me chegou agora às mãos, pelas mãos do meu querido sogro, também ele do Clube dos Adoradores de Manteiga Anónimos]

 

[quando é que os norte americanos se convencem que a dieta mediterrânica é a melhor de todas, hein? sim, bem sei que a manteiga não é daqueles produtos incluídos na dieta mediterrânica, mas lá que a gente a come, come, e avô querido, alentejano do alto alentejo, que viveu até aos cem anos, comia-a como se de queijo se tratasse. e a minha tia avó que viveu até aos noventa e cinco e a minha bisa, mãe de avó querida, mãe da mãe, que viveu até aos noventa e sete e linda como tudo e a minha tia Mariana, a segunda mais velha das tias e calo-me, porque se começo a explicar que mãe querida e irmãos mais novos, já nasceram tios, porque os irmãos mais velhos já eram pais, conclui-se que a minha família é um bocado para o bastante duradouro, e não era a isto que eu vinha, apenas à cena da dieta mediterrânica e seus belíssimos resultados para a saúde das pessoas]

02
Out14

35 - COISAS DE QUE GOSTO NOS HOMENS


Mac

 

 

 

E para quem diz que os homens não sabem fazer compras e que nós lhes pedimos alhos e eles nos trazem bugalhos, bagulhos ou lá o que é, pois não é verdade. O pai desta família sabe fazer compras e quando eu lhe peço umas coisas da GAP para os miúdos e ele traz t-shirts do Tintin, deixando assim as crianças bem mais felizes, sabe bem mais disto tudo do que esta mãe, que tem a mania ai não sei quê que falta comprar para o Inverno e os polares do coiso e o coiso e isso.

 

 

[e as bolachinhas que me enchem o coração (e a barriga, a estrutura e a figura), porque estou necessitada de latas (sim, vendem-se sem recheio, mas isso seria bastante triste da nossa parte) para a decoração da festa dos três anos da criança pequena. por acaso ando indecisa com o tema, mas parece-me que já não vamos para um tema tão infantil e nos inclinamos para uma figura já mais adulta, O Cavaleiro Mike, e a partir daí desenvolvo toda a decoração, que se quer gira como tudo. parece-me bem]

 

[juro que é verdade, devia abster-me de comprar para os filhos, a verdade é que tudo quanto eles gostam mais, foi o pai que comprou]

02
Out14

687 - LAI LAI LAI


Mac

Chego eu aqui para dizer coisas e dou com um renovadíssimo Sapo. Gosto imenso, está óptimo, com um ar fresco e bastante intuitivo, e tem tudo a ver com este Verão tardio. Agora vou explorar mais um bocadinho, sim?

 

[gosto principalmente de ter isto a ocupar o ecrã todo, assim com letras grandes, com os icones em grande e tudo em grande, é que aquela cena de ter que aumentar com a lupa, porque sou pitosga, era um bocadinho deprimente. e também estou a gostar que as funções de publicação tenham passado do fundo para a direita dos textos a publicar. parecendo que não dá muito mais jeito, a mim dá, e naqueles dias em que estou particularmente prolixa, não preciso de fazer scroll down, porque vejo tudo o que é preciso no ecrã. portanto há uma grande poupança de scroll downs]

Pág. 4/4

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D