Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

03
Jun14

02 - PÁTIOS, VARANDAS, JARDINS E HUMORES


Mac

 

 

 

 

Imagens via Pinterest e Desire to Inspire

 

 

 

E como a decoração do quarto dos miúdos já está a avançar e só lhe falta a prateleira na parede azul e pendurar meia dúzia de coisas, regresso ao mini projecto jardim/sofás/deck.

 

Os sofás do jardim são exactamente iguais aos da segunda foto, com as almofadas brancas e tudo, mas apetece-me enche-los de cor, não como estiveram até agora, mas como na última foto. Gosto mesmo muito daquele conjunto. Gosto do efeito das diferentes riscas e das cores. Parece-me que sim. E parece-me que aterrarei num qualquer armazém de tecidos, onde normalmente me ocorrem bastantes ideias para além daquelas que já levo comigo.

03
Jun14

63 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

  

 

 

 

Ora então aqui vai a tal cena da pintura, que poderá ficar baratíssima para quem não tem crianças pequenas, ou no dia em que decide pintar, tem quem lhes fique com elas apenas por amor, portanto isto poderá ficar basicamente pelo custo da tinta e materiais, mas para quem como esta mãe, teve de canalizar os serviços de sodona para me tomar conta da criança, enquanto eu delirava em cima de um escadote, não é bem assim, mas pronto, fica o prazer de andar para ali a dar ao rolo e a parte da psique da coisa, que sim, poupei imenso por não ter chamado um pintor profissional, e até acho que poupei, porque sodona não ganha o que um pintor ganha, acho eu. Olha e se ganhar fica-me o prazer da pintura, eu gosto de pintar paredes, e adoro ver os resultados, portanto só isso já me basta. Adiante, dizia eu que pode ficar baratíssima, porque só se compra a maior parte dos materiais a primeira vez (e que não implicam grandes custos), para as vezes seguintes, basta comprar as tintas e mais nada.

 

 

Material necessário:

. Rolo grande

. Rolo pequeno para finalizações, cantos, pormenores

. Pinceis para retoques

. Tinta (escolho sempre acrílica, que seca depressa e não tem cheiro desagradável)

. Fita de papel

. Jornais

. Toalhinhas de bebé para limpar eventuais pingos indesejáveis (foi a minha melhor descoberta nesta coisa das pinturas, o que também me leva a pensar cá noutras coisas)

 

 

Aos meus olhos a coisa tem que ser fácil e implicar pouco esforço, porque hoje posso querer aquela parede em azul, mas amanhã mudar de ideias, assim tudo quanto são interruptores, tomadas e coisas pregadas na parede, não desmonto, isolo com fita e já está.

 

Quanto à pintura, começo por limitar com fita de papel própria para pintura, a área que quero pintar, e proteger aquilo que não quero pintar, como ombreiras de portas, interruptores e rodapés. Também convém proteger o chão com jornais, plásticos, ou aquilo que se quiser. Eu uso jornais porque é o que está à mão e não estou para comprar mais coisas. Depois é desatar a pintar, sabendo que a primeira camada deverá ser na horizontal e a segunda na vertical. Há quem goste de dar três camadas, eu cá não estou para isso.

 

E pronto, paredes pintadas, que desta vez foi só uma.

 

 

[gosto imenso do efeito decorativo que se consegue, com apenas uma parede de um quarto, ou sala, pintada de uma cor diferente do resto, ou forrada com papel]

 

______________________________________________________

Já me esquecia, nunca esvazio uma divisão, também não estou para isso. Neste caso e como era só uma parede, empurrei as camas de maneira a ter espaço para o escadote. Se quero pintar uma divisão inteira, arrasto os móveis para o meio da divisão, mas só o necessário para ter espaço de manobra.

03
Jun14

09 - DEPOIS DE SER MÃE, UMA MULHER NUNCA MAIS ESTÁ SÓ


Mac

 

 

 

Estou numa de colares compridos, quer dizer, já estava, mas o filho pequenino puxava-os, então eu punha, mas depois tirava, é que nem sempre me apetecia andar para aí de gatas a catar mini contas e isso. Agora já está um crescido e esta mãe até já se aventura no mundo dos brincos, que quase não uso, mas está bem, no mundo dos colares, pulseiras e enfeites no geral.

02
Jun14

87 - JÁ FUI FELIZ AQUI


Mac

Gosto muito do jardim Zoológico, foi lá que passei parte da minha infância, porque morávamos perto, ali no prédio da Gelataria Pindô, onde antes existia um armazém de bananas, por sinal muito mal cheiroso, portanto quando ali instalaram a geladaria foi o tudo em bom. Era bem bom descer de casa e aterrar na geladaria, como era bem bom descer a avenida e aterrar no Zoo. Foi lá que tive aulas de patinagem com um professor que aos meus oitos anos achava que tinha noventa anos, porque nos ensinava a patinar, mas não calçava os patins. Foi lá que brinquei às casinhas nas mini casas que havia. Foi lá que andei nos escorregas, baloiços e tudo, até acho que era o jardim mais completo de todos. Também havia uma pista de carros com ruas e sinais de trânsito, e onde tínhamos uma espécie de aulas de condução para crianças. E o dia acabava com os lanches na esplanada do ringue de patinagem, onde acho que depois foi o Bingo. Às vezes íamos ver os animais e era bem giro. E aos sábados de manhã havia palhaços.

 

Depois cresci e só voltei ao Jardim Zoológico quando o filho grande tinha cerca de dois anos, fiz-me sócia e assim tínhamos entrada livre. Já não vi o ringue de patinagem, nem os carros e nessa zona instalaram o Animax, onde me fartei de fazer festas para o meu filho. Assistimos às obras de remodelação, que nos impediam de ver alguns animais, mas que era uma festa cada vez que abria um novo espaço. Foi assim com o vale dos leões, depois com a zona dos tigres, ou antes, já não sei. Mas aproveitámos um jardim cada vez melhor, com instalações espetaculares para os animais e imenso espaço para as crianças brincarem.

 

O Jardim Zoológico foi seguramente uma das coisas boas da infância do meu filho. E da minha. E será também do filho pequenino.

02
Jun14

07 - OS FILHOS, OS SAPATOS, O NIRVANA, OUTRAS COISAS MAIS E EU


Mac

 

 

 

 

Do fim-de-semana, despachei todo o calçado para o mais pequenino, entre ténis, velas, Havaianas e alpercatas (*). Ainda falta o do mais velho, mas encontro-me sujeita às esquisitices pré-adolescentes das escolhas, portanto não está fácil. Pintei uma parede e no Dia da Criança tentámos ir ao Jardim Zoológico que nos apresentou uma fila para as bilheteiras de mais de uma hora e desistimos, afinal há mais dias para ir ao Jardim Zoológico e eu não pago para andar encarneirada, esperar horas para olhar para um macaco e sofrer de fome em filas de restaurantes, depois uma ida à praia com vento e Cascais a abarrotar de gente e ruas cortadas ao trânsito. Só sucessos, portanto. 

 

[e esta mãe nunca teve um saco de praia tão pesado, coisa para me fazer pensar na vidinha e o que penso eu às vezes em modo instantâneo, sem pensar no futuro, prever coisas e isso? o que sucedeu foi o seguinte, sou adepta do trolley para areais, não é tão giro como uma enorme cesta familiar, mas as minhas costas agradecem que os cremes, toalhas, pás e ancinhos, bolachas, bolinhos e bolsas para tudo, para os cremes, batons, óculos e espelho, a outra para a s toalhinhas e chapéus e ainda a outra do telemóvel e chaves e isso, sejam carregadas em rodas e não por mim. vai daí que o trolley foi a melhor invenção para as famílias, eu acho, só que neste inverno achei por bem que a lenha fosse transportada da casa da lenha para a sala com o trolley. depois de não sei quantos transportes, o trolley faleceu. e pronto, agora tenho de arranjar outro, até lá, batatas ]

 

 

(*) não faz mal chamar alpercatas às Paez, pois não? Ah bom, é que é o que elas são.

Pág. 5/5

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D