Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

30
Abr14

59 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

E fiz umas ardósias para recados, listas de faltas, identificar chaves e o coiso.

 

 

[isto também é uma tentativa de não repetir todos os dias, vai fazer a mochila, vai tomar banho, vai fazer os trabalhos de casa, amanhã há testes?, já lavou os dentes? o equipamento já está na mochila? pode ser que tendo espalhadas as ardósias com as tarefas a fazer, esta mãe seja menos papagaia]

30
Abr14

173 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

O filho pequenino dormiu até tarde, normalmente acordo-o às 8.30 ou 9, mas hoje achei por bem deixa-lo dormir até às 10.30 e eliminar a sesta a seguir ao almoço. Sabendo que o período da sesta do filho pequenino é meu intervalo adulto, conclui-se que eu nem de mim sou amiga, mas está bem. Ora tendo dormido treze horas, o filho ficou carregadíssimo de energias boas e vai de me fazer as escadas uma e duas e trinta vezes, e eu deixei, porque tenho cá a teoria, quer dizer, eu tinha a teoria de que há coisas que devemos deixar as crianças fazer, porque assim se cansam e param de teimar, portanto achei por bem que a criança me fizesse as escadas até se cansar, ora eu já confio nele para as subidas, mas ainda o acho muito pequeno para as descidas, maneiras que resolvi andar atrás dele, ai pessoas e vou eu no segundo filho para aprender que ele não se cansou, ainda está cheio de energia e eu estou para aqui estafada, mas com a aula de step toda feitinha, Mac Maria Filha, aproveita os trabalhos que a vida te propôs e prepara-te para a época dos biquínis, acho que sim, até me parece que as pernas estão mais rijinhas. Gosto disto. Também fiz uns agachamentos enquanto apanhei brinquedos do chão. Depois fechei as cancelas que estão no topo das escadas e reformulei as minhas teorias. 

 

A reter: manter as sestas enquanto houver vontade delas.

30
Abr14

09 - HERE COMES THE SUN, LAILAILAI


Mac

 

 

 

 

Abri as janelas, para deixar entrar o ar e cheirou-me a Primavera. Gosto do cheiro a flores mil e relva dos dias de temperaturas amenas e céu azul. Gosto do cheiro das primeiras chuvas de Outono, que me cheiram a campo. Gosto dos dias frios e secos, que cheiram a madeiras queimadas. Gosto do cheiro dos dias de calor e chuva, em que lhe sinto o mar. São todos diferentes, como a luz também o é. Gosto das manhãs de Primavera, dos fins de tarde de Inverno, das noites longas de Verão, das tardes chuvosas de domingo, das de sol de sábado. E nunca me cansarei de dizer que Lisboa tem a luz mais bonita de todo o mundo, todos os dias, a todas as horas, em todas as estações do ano. Hoje, não muito longe de Lisboa, a luz e o cheiro deste céu azul é de Primavera. 

 

Tenho memória olfactiva e associo pessoas, épocas e locais aos perfumes que usava em x época, ou dos outros. Fica-me o registo, tanto para óptimas memórias, como para outras que seria desejável, estivessem para o esquecido. E o mar cheira-me a melancia, ou a melancia a mar. O meu filho mais velho cheira-me sempre ao bebé que já foi. Aquele Chanel nº 5, à minha mãe. As lenhas queimadas dos dias a entardecer muito frios, ao Alentejo, no Verão os campos de trigo seco. A minha casa às madeiras dos móveis. Alguns temperos, à cozinha da minha avó minhota. A relva molhada à Primavera, mesmo que muitas vezes ainda não o seja.

 

Gosto tanto deste meu mundo de cheiros.

 

 

(escrito num outro ano, noutro dia, mas na Primavera, uma outra, claro está,

porque hoje abri outra vez as janelas, como o faço todos os dias,

mas há dias e dias e hoje voltou a cheirar-me a Primavera)

29
Abr14

02 - AS FLORINHAS, O NIRVANA E EU


Mac

 

 

 

 

Nos entretantos, as minhas Chorinas deram nesta profusão farfalhuda. Parece-me que as minhas flores são a Pamela Denise Anderson das flores. Tanta chuva há-de servir para alguma coisa, isso e a terra ter sido adubada. Os Jacintos também estão em beleza. Coisas mais boas de sua Mac.

29
Abr14

46 - A FECHIONE BONITA E HOSPITALEIRA QUE HABITA O MEU CRÂNIO, MY EYES, MY EYES, DÚVIDAS BIPOLARES, CAPRICHOS E ESSAS CENAS TODAS


Mac

E já agora, se eu mandasse, pulverizava da face da terra as crocs em toda a sua beleza, a botinha UGG, a legging, a unhaca dgi géu com pop art, art pop e desgostos diversos, e as low-hanging jeans. Pffffffffffffffffffffffffff, era um ver se te avias e fim a todos os horrores das modas que eu acho que podiam desaparecer sem deixar rasto, história e descendência. Pum.

 

 

[já sei, já sei, tudo coisas muito confortáveis, mas eu não disse que pulverizaria as pantufas, portanto, se eu mandasse, deixava ficar os chinelos para o conforto das pessoas. o téne também]

29
Abr14

28 - AI CORRORI, OS MEUS OLHOS, OS MEUS OLHOS!!! [EM ESTRANGEIRO, AI CORRORI, MAI AIES, MAI AIES] [EM MUITO ESTRANGEIRO, AI CORRORI, OS MEUZÓLHOS, OS MEUZÓLHOS]


Mac

 

 

 

 

 

Diz que se vão usar esta espécie de napperons atados aos pés. Também há a versão da coisa, mas com missangas, contas e isso, ou seja, assim um colar para os pés. Olha, eu já vi coisas mais indecentes, na boa, se querem andar nestas figuras, é para o lado que durmo melhor, mas também me posso rir, posso? Posso?

 

[pés anafados e tornozelos mais cheiinhos enfeitados com estas coisas ficam muito bem]

28
Abr14

58 - CROCHÉ, COLAGENS, TRICÔ, FILET, BRICOLAGE E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

E pronto, dou como terminadas mais uma série de sardinhas, depois de ter passado uma agradável hora do almoço a dar-lhes um efeito de desgaste das madeiras ao relento de anos de ares marítimos. Não estão desgastadas pelos ares marinhos, mas por mim, nem estiveram décadas ao vento, mas cinco minutos a levar umas chapadas, o que vai dar no mesmo. Acho que já tenho sardinhas que cheguem para a decoração. Agora vou-me a outras coisas.

28
Abr14

172 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

Quando a cama do filho pequenino tinha a cabeceira encostada à parede, o filho pequenino dormia com a cabeça para os pés. Fiz-lhe  a cama ao contrário e o filho pequenino passou a dormir com a cabeça para o lado da cabeceira, portanto para os pés da cama, que agora estavam voltados para a parede. Mudei a cama de sítio e encostei um dos lados à parede, fiz a cama pelo que me pareceu lógico e o filho pequenino dormiu novamente com a cabeça para o lado dos pés. Virei a cama, achando que assim finalmente o filho dormiria com a cabeça para a cabeceira, mas ele virou-se e voltou a dormir com a cabeça para o lado dos pés. Desisto.

 

Filho pequenino a destruir Feng Shui desde 2011. 

 

 

[o irmão fez exactamente o mesmo e só começou a dormir para a cabeceira da cama, quando o mudámos da cama de grades para a cama de adulto, ou seja, a primeira infância dos meus filhos é passada a dormir ao contrário, nada a fazer]

28
Abr14

36 - COISAS QUE ME PODEM ACONTECER


Mac

 

 

 

Do fim-de-semana. Uma ida ao Pavilhão de Portugal para ver os dinossauros, pela enésima vez, um almoço bom que sei lá ali ao pé do mar, umas pinturas e que giras estão mais umas sardinhas, provas de vestidos para os casamentos e para mais isto e aquilo que aí vem e eu a concluir que não tenho nada de jeito para vestir, um clássico já se sabe, mas uma grande verdade, terei de adquirir coisas para para os casamentos e baptizados que aí vêm, mas não vou de branco, esta mania dos vestidos brancos já me quinou, é que eu não estou interessada em ser confundida com a nubente e ainda menos com o baptizando, ai que coisa de mau tom, olha vai ali a noiva e vai que me atiram com arroz e isso e não sou eu a noiva, e vai que me atiram com água benta e não sou eu o baptizando, portanto vejo-me obrigada a procurar novos vestidos, o-bri-ga-da. No meio disto tudo sobram-me vestidos para as outras coisas que não são casamentos, nem baptizados, quer dizer, sobram se eu quiser que sobrem, vai-se a ver e não tenho nada o que vestir, vai que me continua este tempo estranho e eu só tenho trajes frescos. Ah e tal as coisas, jantares, efemérides e isso são lá para Junho, Julho e Setembro e isso. E eu sei lá se naqueles dias não se dará uma frente fria qualquer. Ah pois e depois quem congela sou eu, assim é fácil falar.

 

 Os fins-de-semana deviam ser sempre de três dias. Quatro ou cinco, já agora. E eu não tenho nada para vestir.

Pág. 1/4

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D