Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

27
Mar14

04 - COISAS QUE EU ACHO QUE VALEM A PENA


Mac

Ao que parece, geralmente pagamos IMI a mais, como tal para sabermos qual o valor correcto de IMI que temos de pagar, basta fazermos a simulação aqui. A reclamação deve ser feita nas Finanças e é gratuita. No entanto primeiro pagamos o valor que o Estado nos apresenta, depois reclamamos e só depois nos é devolvido o valor cobrado indevidamente, portanto nada de novo, ou seja, primeiro pagamos e depois reclamamos, mas pronto, se no fim recebermos o que nos foi indevidamente cobrado, já é bombeiro. 

27
Mar14

03 - AS PESSOAS, O NIRVANA E EU


Mac

Andava para aqui necessitada de uma empresa que me fizesse um determinado trabalho, que será mais ou menos frequente, consoante a qualidade do serviço prestado pela empresa especializada na coisa.

 

Contactei cinco empresas. Todas vieram inspeccionar o espaço, calcular a coisa, tirar medidas, falar comigo, conhecer-me - que é sempre uma mais-valia já se sabe - perceber a onda da cliente - eu só por acaso - e tudo cheio de rodriguinhos, profissionalismo e ai não me toques não me bulas.

 

E veio a primeira empresa, tudo muito bem, muito coiso e sim somos capazes e até hoje, nunca mais disse nada. A segunda e sim, somos capazes e é sempre que quiser e estamos carecas de fazer isto e tudo, enviou o orçamento, mas esqueceu-se de alguns itens básicos, voltei a falar com eles, ficaram de completar o orçamento, mas passou um mês e nada. Portanto os tais habituadíssimos a isto tudo, não contemplaram umas coisinhas básicas. A terceira e sim, claro, mas enviou-me um orçamento que me pôs a chorar a rir, mas isto sou eu que sou de gargalhada fácil, já se sabe, pronto há outras formas de dizer que não são capazes, estes escolheram a via do vamos apresentar-lhe uma coisa tão estupidamente cara, que ela não nos vai pedir nada. A quarta empresa telefona-me diariamente a tirar dúvidas de tudo e de tudo e continua a elaborar um orçamento, que eu calculo que seja detalhadíssimo. A quinta empresa foi a única que me enviou uma coisa decente, bem elaborada e com valores que me parecem razoáveis. 

 

Mas eu quero mais opções, só para tirar umas teimas. Cá coisas minhas.

 

E pronto, ah e tal não há trabalho e o coiso, o coiso, o coiso. E quando há é o que se vê, não há unhas para o fazer. Começo a achar que sim, há trabalho, não há é empregos. Juro que às vezes não percebo este país.

 

 

[e já agora, quando não somos capazes de fazer uma determinada coisa, é mais honesto dizermos, não custa nada, não dói e salvaguardamos a nossa imagem, é que é preferível assumir do que fazer figura de nhurro. acho eu]

26
Mar14

645 - LAI LAI LAI [OU COISAS QUE EU ESCREVO PORQUE ME CONVENCI QUE SIM, QUE ASSIM FICAM RESOLVIDAS, MAS NÃO FICAM, É SÓ MANIA MINHA, AVISO JÁ]


Mac

As formigas muito pequeninas, minúsculas, mesmo muito anãzinhas, danadinhas, chatinhas, inhas, inhas, inhas, regressaram à minha cozinha (isto tem um link para o texto que explica o meu problema com as formigas, e que eu não estou para repetir, mas sei que vos interessa imenso).

 

E eu acho que é desta que vou comprar umas caixas que vendem na drogaria e que, ao que parece, resolve a cena, porque aquilo do fermento (isto tem um link para o texto que explica a técnica do fermento para afastar as formigas, mas que aviso já, não é boa, e que também não estou para repetir, mas sei que vos interessa imenso) mostrou-se-me muito trabalhoso.

 

Acho que só de escrever aqui o meu problema, fiquei logo bastante melhor dos meus nervos. Bem-hajam. Saravá, irmãos.

26
Mar14

11 - NÃO ME APETECE INVENTAR TÍTULOS


Mac

Estou para aqui a olhar para isto do Zoo de Copenhaga e só me ocorre que um dia pode ser que os filhos daquela gentalha também os achem muito fracos para continuar a cuidar deles e velhos para aturar e incapazes para acompanhar. 

 

 

[vá que estamos com sorte e desta vez não os vão dissecar em publico. tão bonzinhos que eles são]

 

[ah e tal uma coisa são pessoas, outra são animais. é que nem vamos por aí, está bem?]

26
Mar14

08 - HERE COMES THE SUN, LAILAILAI


Mac

 

 

 

Gosto do meu primeiro pequeno-almoço em família, em que conversamos, ou não, planeamos o dia, os dias e a vida, ou não. E gosto do meu segundo pequeno-almoço, em que planeio o meu dia sem eles, o que vou fazer e isso. Gosto ainda mais quando planeio a casa, alterações que lhe quero fazer, mudanças na disposição das mobílias e objectos, e coisas que ainda quero comprar. E com a chegada das revistas e catálogos cheios de ideias para exterior, ando cá a pensar numa pérgola e mais umas coisas para o jardim. Depois entusiasmo-me e desato a planear umas alterações nos quartos, como pintar a parede das cabeceiras de cores diferentes do resto do quarto, no nosso em cinzento claro, no deles em azul e com um enorme farol ali desenhado, depois pendurar as almofadas bóias na parede, pôr nas camas mais umas almofadas com motivos náuticos, que estão para chegar, instalar uma prateleira e os eternos tapetes de esmirna com uma estrela que não há meio de começar. E vou tirando ideias daqui e dali e dacolá, reúno recortes no caderno dos planos, pesquiso e procuro onde há isto e aquilo.

 

E depois penso se algum dia terei a casa dada como pronta. Acho que não.

26
Mar14

645 - LAI LAI LAI


Mac

  

  

  

 

 

 

 

azul . no chão . no tecto . nas loiças . nas roupas . no céu . no mar . e na vida . adoro-o . acho que se nota . azul . azul . azul . lá vem a mulher falar do azul . nhanhanha . pois é . mas é dele que mais gosto . nada a fazer . gosto de todos . azul claro . turquesa . azulão . azul escuro . e claro esse tom fino, de seu nome azul cueca . gosto de azul .

24
Mar14

644 - LAI LAI LAI


Mac

Ó coiso, então levaste-me a Primavera, mas deixaste-me as rinites? Foi bastante afável da tua parte, foi, foi.

 

[não faz mal, ainda me estou para aqui a rir de uma coisa. pronto, eu conto. hoje de manhã a propósito do boeing que desapareceu, dissertavam para ali na televisão sobre todos os aviões que desapareceram nos últimos sessenta anos sem deixar rasto, com mapa e tudo, horripilante, pah, horripilante, é que desapareceram e nunca se encontrou nada deles, naaaaaaaaaaaaada, e vai o meu marido, que sabe que eu sou uma cagunfas com os aviões e que se está mesmo a ver que da próxima ida, vamos ter cena boa, e só para quebrar o gelo e o meu ar de pré desmaio logo pela manhã, disse que faltava naquela lista o do lost, e pronto, eu cada vez que me lembro disso, gargalho sozinha, nada a fazer. há coisas piores. ainda quero ver se na próxima viagem que envolva charuto acabasado, portanto avião, também me rio assim]

24
Mar14

69 - DA BIPOLARIDADE DE CADA UM, SÓ CADA UM SABE


Mac

Há dias em que estou má e crítica, outros em que estou boa, um mel. Há dias em que tenho toda a paciência do mundo, mesmo com os que nasceram só para chatear, outros em que a insatisfação alheia perante a vida me irrita. Irrita muito. Há dias em que preciso de toda a maquilhagem de feia que sou, outros em que gosto de me ver desmaquilhada. Há dias em que invento cores para pôr nas unhas, outros em que desejava nunca as ter pintado. Há dias em que só me vejo com uns saltos altos, outros em que me magoam e saturam, ainda outros em que me bastam uns sapatos rasos e quero lá eu saber de sacrifícios em prol do ego. Há dias em que adoro o cabelo comprido pelas costas, outros em que o desejava cortar rente, só para não ter de cuidar dele. Há dias em que desejava ter nascido homem, e libertar-me do soutien que não me deixa respirar e me aperta e sufoca o coração. Há dias em que só me vejo de saias, outros em que me prendem na obrigação de cruzar as pernas quando me sento e ainda outros em que me sinto feminina de calças. Há dias em que demoro a escolher as meias, outros em que me incomodam. Há dias em que me podem pedir mais e mais, há outros em que não me podem pedir nada e mais depressa corro na São Silvestre do que me apanham a jeito. Há dias em que tenho tanta energia que nem eu sou capaz de saber tudo quanto fiz, há outros que até parada me canso. Há dias que penso no futuro, na pele, na saúde e como fruta e legumes, outros em que no presente sem querer futuro me afogo em Big Mac e chocolates. Há dias em que insulto a balança, que de certezinha foi inventada por um homem e amaldiçoo todos os homens do mundo, outros, a maior parte deles, em que lhes adoro o humor, principalmente o humor. Há dias em que não sei o que vestir porque gosto de tudo, outros em que  o armário está estupidamente vazio. Há dias em que quero perfumes e mais lingerie, outros que só quero pijamas e pantufas polares. Há dias em que adoro o que compro, outros em que não sei onde tinha a cabeça quando comprei aquela droga. Não sabia? É por isso que nós passamos a vida a trocar o que comprámos. Há dias em que pinto arco-íris num céu cinzento de tão escuro e baixo que é, outros em que o céu azul me fere os olhos, até com óculos de sol. Há dias em que odeio a chuva que me estragou o cabelo, outros em que gosto de a ver e quero lá eu saber do cabelo. Há dias assim e dias assado. Não há dois iguais no mesmo cenário, com a mesma roupa nesta mulher aqui. Tenho dias. Muitos dias. É uma animação. Malditas hormonas.

 

(10.12.2010)

24
Mar14

81 - A MINHA BARRIGA, CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

Tinha as unhas pintadas de azul escuro, mas depois vesti uma coisa não sei quê e fui a correr pinta-las de bordeaux, entretanto comprei este OPI de seu tom Mimosas For Mr and Mrs e resolvi que sim, que com toda a urgência teria de as pintar de Mimosas For Mr and Mrs. Sofro de uma afectação da psique que consiste em que sempre que compro um verniz, tenho logo de o experimentar. É uma coisa mais ou menos grave, depende se quem pensa nisto é um homem ou uma mulher. Penso que isto é  a evolução de um outro síndrome, também ele mais ou menos grave, que quando era uma infantil me afectava bastante a pequena psique e consistia em que sempre que tinha sapatos novos, tinha de dormir com eles pousados em cima da mesa de cabeceira, era isso ou uma tremenda birra porque queria dormir com eles calçados, mas eu era pessoa para coisa de três ou quatro anos e os meus adultos achavam por bem não me contrariar. Bom, aos cinco também fazia a cena. Aos seis também. Esqueçam, entretanto cresci imenso e agora a coisa dos sapatos novos curou-se-me, até porque acho que seria um bocado kinky da minha parte dormir com dois ou três pares de sapatos dispostos na mesa de cabeceira. Adiante. Lailailai e fui a correr pintar as nails de Mimosas For Mr and Mrs e acho-o lindo de coise, só não gostei muito que para ficar opacozinho como gosto, precise de três camadas, isto das três camadas é coisa para me fazer desgostar de um verniz, ou seja, aos meus olhos um verniz é bom que se farta quando só precisa de uma camada, é normal quando precisa de duas e a partir daí é a queda da coisa em termos de qualidade, mas pronto, como lhe estou a adorar a cor, para já, para já, perdoo-lhe.

 

[ah e tal então não tens mais o que fazer do que andar todo o fds a pintar as unhas? e eu respondo, não, não tenho, a minha vida é só isto]

21
Mar14

643 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Não haverá céu azul, mas haverá azul nas nails, lailailai. 

 

 

Bom Fim-de-Semana    美好的週末   Bon Week-End    خوب آخر هفته    Buen Fin de Semana  Buon Week-end   Καλό Σαββατοκύριακο   Buon Fine Settimana   Have a Nice Weekend  วันหยุดสุดสัปดาห์ที่ดี    Bon cap de setmana   Добрыя выходныя    Bo fin de semana   God helg   Хорошие выходные    კარგი Weekend   טוב סופ"ש  Weekend Bonus

 

 

[eu não acredito nisto, está a choverrrr. já acendi a lareira . e voltei a pôr os edredons de inverno nas camas. sim, sim, eu sou portuguesa, portanto queixo-me do tempo. no inverno queixo-me do frio e desejo o verão. no verão de papo cheio de praia e mar, pele bronzeada, noites na esplanada e isso, queixo-me do calor que não s'agueeeeenta. na primavera, já farta do inverno, assim que me apanho a jeito, queixo-me dos  pólenes que m'atacam o nariz, a psique e isso. no outono queixo-me de qualquer coisa que agora não me lembro, mas de certezinha que me queixo. e depois há algum problema? ah bom]

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D