Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

28
Fev14

631 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

Devia ter arranjado o cabelo e as unhas, coisas que faço sempre às sextas-feiras, mas não me apeteceu. Olha eu a ralar-me, é Carnaval, ninguém leva a mal, filha, mascarei-me de vendedora de churros, que queres? Por falar em churros, só eu sei o que me apetecem feiras e churros e farturas, sardinhas também iam, mas pronto com esta chuva não há nada. Mas apetecem-me mesmo é daquelas com velharias e traquitanas a cair da tripeça, bués de rústicas, mas com farturas, sem açúcar já se sabe, disso é que eu gosto, mas pronto, terei de esperar por melhores dias.

 

Tenham um bom Carnaval, meus amigos, que eu cá também vou fazer por isso, no meu caso já se sabe, uma coisa a atirar para o enjoado, sem máscaras, serpentinas e papelinhos. É a vida.

28
Fev14

630 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

Diz que nesta Primavera se vão usar as riscas, bom, eu cá acho que se usam em todas as Primaveras, mas está bem. E pronto, para alegrar estas minhas riscas, veio-me mais um colar via ebay.

 

[sim, tenho a mania das riscas, já o disse]

 

 

[e agora mantenho um namoro com a alfandega. pois, todo o resto alfandegadinho, que é para veres se gostas. e a culpa é minha, ou seja, nestas coisas já que não se pagam portes, o melhor é encomendar um artigo, e só um, por vendedor, porque uma mulher entusiasma-se ai que é tão baratinho, deixa cá abarbatar tudo e depois trama-se, as encomendas dão nas vistas das gentes da alfandega e lá andamos nós a provar que não é para comércio, não senhor, é mesmo para consumo próprio, ou não acham plausível que qualquer mulher seja capaz de comprar dez artigos para seu consumo? fracos. bom, da alfandega veio carta registada a pedir o número de contribuinte desta pessoa aqui. esta pessoa enviou. depois pediram-me cópia do cartão do cidadão. esta pessoa enviou a cópia. depois pediram comprovativo de pagamento. esta pessoa enviou. depois quiseram uma factura com discriminação dos artigos. esta pessoa enviou. e agora acho que já estão convencidos que aquilo é tudo para a minha pessoa fofa. espero]

27
Fev14

03 - A CHUVA DÁ CABO DA PSIQUE DAS PESSOAS


Mac

 

 

 

E no meu jardim nasceu o primeiro Crisântemo do ano, nada que se compare com a quantidade que já ali esteve, mas a prometer. Tanta chuva há-de servir para alguma coisa. As Chorinas estão a florir e lá para a primavera já devem estar como quero, a tapar o canteiro da entrada. Tanta chuva há-de servir para alguma coisa. E os Narcisos a darem o ar da sua graça. Tanta chuva há-de servir para alguma coisa. Gosto das minhas flores de Fevereiro. Mas já parava de chover, não?

27
Fev14

21 - COISAS QUE JÁ ESCREVI E NÃO ME ARREPENDO


Mac

Nunca tive paciência para os tarados do desenvolvimento das crianças. Não tenho saco para fazer comparações entre o filho desta e da outra e os meus. Só sempre me preocupei, nem isso, estive foi atenta, a que fizessem isto ou aquilo na idade própria, mas sem stresses. Se o filho da não sei quantas andou aos quatro meses, olha ainda bem, se o da outra se sentou aos dois, ainda melhor, se o outro já está na faculdade aos dez, ok tudo bem na mesma. Não lhes auguro sobredotadísses. Não lhes exijo que sejam as pernas, os braços e a cabeça do que não fui. Não quero. Não os quero com cargas que não são as deles. 

 

Quero que sejam felizes, realizados e que tenham saúde. Acima de tudo que sejam eles. Genuínos. Falta-me o saco para corridas de cavalos com crianças. Isso e ter pressa que cresçam. Não tenho. 

 

 

Mas, pronto, isto sou eu nesta minha mediocridade latente, num país com um sobredotado por família. Pelo menos.

 

 

[27.01.2012

(e há dias, horas do dia, segundos e bocados em que já só me resta suspirar de tédio, 

em que penso exactamente no que já escrevi, há um ano, dois anos,

e no que não escrevi e me anda na cabeça vai para décadas,

porque as pessoas não mudam, as coisas continuam

iguais e eu acho isto muito maçador.

tédio. muito tédio)]

27
Fev14

168 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

Não houve box, nem outros desenhos animados, mas houve legos, que entretêm muito mais o filho pequenino.

 

[sim, estamos na fase das torres. construímos torres e mais torres e mais torres. e enquanto o filho pequenino recriou NY, esta mãe conseguiu despachar uma parte dos muitos afazeres que por aqui andam]

27
Fev14

252 - A SÉRIO!!??


Mac

A box onde estavam gravadas uma panca de Ursinha Bonnie, Hopla, Olivia, Porquinha Pepa, Babar e isso, está em branco, ou seja, o meu recurso quando preciso de fazer alguma coisa, foi-se, ou seja, durante a noite a porcaria da box apagou tudo o que lá tinha. E hoje eu precisava que o filho pequenino ficasse sem me chamar durante meia hora seguida.

 

Obrigadinha ZON. Muito obrigadinha. Isto de estar a pagar um serviço e a coisa falhar por todos os lados é bastante simpática. 

 

 

[só me lembro disto que pus ontem na página do blog ali no facecoiso, a sério que sim]

 

26
Fev14

95 - DIZ QUE SIM


Mac

Fui ao dentista. No dentista eu sou uma pessoa triste, caguinchas e infantil. Entre outras coisas completamente inenarráveis, guincho por anestesia assim que vejo aquele micro espelho; quase aproveito para deitar umas lágrimas quando me ligam a cena da água, que invariavelmente me arruína a maquilhagem, e dou cabo das minhas mãos porque me convenci que se espetar as unhas na minha carne, distraio a dor que poderei sentir na boca (apesar de bastante anestesiada), porque li esta idiotice algures e sem ter a certeza que isto funciona, continuo a faze-lo. Enfim, eu no dentista sou mesmo um espectáculo de aberrações irracionais e primitivas. Nada a fazer.

 

 

[a reter: numa próxima consulta, usar maquilhagem à prova de água. assim podem atirar-me com água para cima à vontade. e eu até aproveito para chorar tudo quanto me apetecer, que ali é bastante] 

26
Fev14

01 - AS PESSOAS, O NIRVANA E EU [OU MAC MARIA A ESPALHAR AMOR DESDE MIL NOVECENTOS E CARQUEJA]


Mac

Entretanto no interessante mundo das loiças sanitárias, tampos, bases ou lá como se chama, pois que contactei o fornecedor, que veio cá buscar o tampo estragado e vai trazer um novo.

 

Também me disse que estes tampos não estão disponíveis nas grandes superfícies e isso, portanto em estragando, só com ele. E eu que sou dada a previsões catastróficas, cenas maradas e infelicidades no geral, perguntei-lhe assim olhe lá e se vocês vão à falência, como é que é, tenho que mudar as sanitas todas? Vai ele, que ficou horrorizado com a minha pessoa afável e desata-me a bater na madeira canhoto, canhoto, cego e o coiso e a seguir diz-me assim ai isso é impossível, que isto é marca bem firmada no mercado. Vou eu, que tenho uma propensão animadora inata e insisto olhe que não sei, está tudo a falir, fazemos assim, traga-me logo dois ou três tampos, que eu estou a achar isto tudo muito periclitante e estão muito bem firmados no mercado e isso, mas a verdade é que os tampos não prestam. Vai ele, ai não é preciso, garanto-lhe que haverá sempre tampos. 

 

E pronto, mais um amigo para a vida.

Pág. 1/7

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D