Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

28
Jan14

602 - LAI LAI LAI


Mac

E agora vocês, que andam doidos para saber, perguntam-me ó Mac Maria e então e como vão os bolbos de tulipecuinofdenaite? E eu respondo, assim:

 

 

 

 

 

[acho que vão no bom caminho e se o filho pequenino não os arrancar mais nenhuma vez, sou capaz de vir a ter vinte túlipas negras]

28
Jan14

...


Mac

 

 

 

 

Nunca conseguirei dizer o que sinto quando olho para a mãe do Rui Pedro. Nunca terei palavras para aquela ausência que lhe está marcada nos olhos e na quase inexpressão. A espera cada vez maior. O vazio da ausência do filho. Não saber do filho. Marcou-me. Marcou-me para durante as cesarianas perguntar pela pulseira que iriam pôr aos meus filhos, como se isso me garantisse a impossibilidade de os levarem. Em ambas. A distância temporal não me amenizou os medos. Ficou-me sempre o medo. Ainda hoje o tenho sempre presente a cada saída. Chamem-me doida, mas eu morro de medo que me levem um filho. Eu morro de medo que nos amputem a alma. E olho para aquela mãe, a mãe do Rui Pedro. Uma mulher rasga a própria carne para pôr um filho no mundo. É assim o parto. Dores que não lembramos com ele nos braços. Dores que passamos para dar vida. Dores naturais pela vida. É assim. Cortam-nos o cordão de carne, o outro, o invisível, nunca, e carregamos os filhos ao colo pela vida. É tão natural. Não é natural que a vida nos leve um filho. Nenhuma mãe deveria ter partos ao contrário. Nenhuma mãe deveria voltar a rasgar a carne. Nenhuma mãe deveria ter os braços vazios. Não é natural.  

 

Dói-me o não saber dos olhos da mãe do Rui Pedro. Nunca conseguirei dizer o que sinto quando olho para a mãe do Rui Pedro. 

 

 

[hoje o Rui Pedro faz 27 anos]

 

28
Jan14

17 - EU É MAIS COZINHAS


Mac

 

 

 

 

 

 

 

Estou para aqui atacada dos nerfes, portanto vejo cozinhas, a ver se me acalmo. É melhor do que desatar a comer chocolates, ou falar sozinha. Telefonar a uma amiga para vazar as emoções também serviria, não fosse o tema recorrente: hoje sodona faltou. E pronto as respostas às minhas lamurias são sempre as mesmas, despede-a. Só que eu não quero despedi-la, ela já se fez à casa, aos filhos e a mim, não tenho que repetir muitas vezes as mesmas coisas e é óptima com as crianças e posso contar com ela extra horas de trabalho. Mas falta muito, lá está. Bom, cozinha pessimamente, mas como eu gosto de cozinhar, não há problema.

 

Bom, vou mas é ver a minha cozinha. 

 

 

[gosto tanto de ver a laranjeira anã naquela cozinha, acho que vou buscar a minha e pranto-a no meio da cozinha]

27
Jan14

159 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

Não sou avessa a mudanças, nada disso, mas tirarem-me a BoConcept assim sem dar por isso, custou-me. Até porque contava com eles nas minhas proximidades para renovarem as cadeiras de lá, que os meus filhos andam entretidos a arruinar. Culpa minha que as tenho forradas a branco (*), assim sem capas e tudo, vá, uns panos, mas pronto, continuo a achar que não vou modificar a decoração toda por causa das crianças. As crianças acham bem. Eu já não sei bem se acho bem, quer dizer, achava bem, quando as cadeiras eram brancas, agora penso que estou a mudar de paradigmas, mas está bem. Adiante.

 

Já não sei ao que vinha, não faz mal.

 

 

(*) agora estão assim num tom entre o bege e o cinzento, personalizadas com motivos rupestres de cores indefiníveis. e eu já me gastei a lava-las, mas dali não sai nada, até me parece que levaram um fixador qualquer.

27
Jan14

33 - SEGREDOS QUE PARTILHO POR NÃO SER UMA CABRA EGOÍSTA


Mac

 

 

 

 

O meu cabelo de liso que é, também se embaraça muito, aliás tem uma capacidade de dar uns nós minúsculos muito irritantes, que habitualmente resolvo ao puxão. Vale-me que não sou arrepeladiça, se o fosse estava bem tramada. Só que diz que não é lá muito boa ideia dar uns esticões com o pente nos cabelos, diz que os parte e isso, mesmo para as amigas dos óleos, máscaras besuntosas e isso, como esta aqui. Vai daí, estava eu na farmácia e vi esta maravilha da tecnologia. Vai pergunta mais outra mais outra sobre esta e uma outra para nos pentearmos com os cabelos molhados, mas o senhor farmacêutico disse-me que aquilo é só marketing e não há diferença nenhuma entre a outra escova e esta, ou seja, ambas dão para cabelos secos ou molhados. E pronto, sorri-me para a vida e agora esta coisinha é a minha melhor amiga no momento, desembaraça-me os cabelos sem os puxar, nem arrancar, ficam brilhantes e com óptimo aspecto. De qualquer forma acho que vou lá buscar a outra para cabelos molhados, é que eu gosto de ter várias escovas, uma para andar na mala, outra que fica na casa de banho e outra que anda no saco de praia, e aquela para cabelos molhados tem imenso a ver com praia.

 

 

[eu sei que o saco de praia tem um uso aí de três meses por ano, mas não arranjei uma desculpa melhorzinha]

 

 

[há um fenómeno que me sucede, penso que seja uma coisa paranormal, eu vou à farmácia para comprar uma aspirina e venho de lá sempre com coisas que não tinha planeado, acho que é um fenómeno entre a minha psique e tudo quanto me apareça enfiado naqueles frascos tipo aquário que eles põem mesmo à nossa frente. o que eu gosto de um batom em promoção, ou uma pomada para as pestanas. também me sinto atraída pelos expositores enquanto espero pela minha vez. e pelos Roger & Gallet, Mustelas, sabonetes, talcos, cremes, corta-unhas e tudo. estou bastante convencida de que se trata de uma afectação da psique a que a medicina não liga nada, mais uma, mas também não faz mal]

27
Jan14

93 - DIZ QUE SIM


Mac

 

 

 

 

Há dias em que eu acho que é possível enfiar o Rossio na Rua da Betesga, sábado foi um deles. Tinha ida ao cirurgião vascular para as normais picadas, natação do filho grande, uma passagem prometida no McDonald's para um almoço que a mim me facilita muito a vida e a eles facilita a vida gulosa, ida ao supermercado, ECI e aproveitar qualquer coisa dos saldos e tratar de uma canadiana para o mais velho, uns champôs para mim - já disse que tenho a mania dos champôs, máscaras e óleos para o cabelo? Pois é verdade - e mais umas pendências.

 

Então fiz assim, fui pôr o filho grande à natação, enquanto ele nadava fui ao médico, acabei a sessão de picas, fui buscar o filho, passámos no Drive não sei quê do McDonald's, comprámos o que tínhamos a comprar, fui a casa, almocei, segui para o ECI, percorri três pisos, primeiro o infantil ai que não então se ele tem 1.70 m o tamanho para dezasseis anos já não lhe serve, segue para o andar dos jovens, ai isso é muito clássico, só se for na secção de homem, segue para a secção de homem, e nada, quer dizer havia, mas eram estupidamente caras para um miúdo que para o ano é capaz de me ter 1.80. Não faz mal, segue para o Shopping, faz supermercado, vai à Benetton, mas a secção infantil é até aos doze anos, portanto nada de canadiana, desiste, pelo menos para já, vai aos champôs e passa na Vodafone e vai mas é para casa.

 

 

E com vinte e quatro pensos género trambolho nas pernas. A passagem dos anos também tem vantagens, uma delas é borrifar de alto para os olhares dos outros e para os nossos vinte e quatro pensos nas pernas. É tão bom.

24
Jan14

83 - JÁ FUI FELIZ AQUI


Mac

 

 

 

Andei a fazer umas arrumações e fui dar com as fichas de jogo, que usei nos tempos da faculdade, penduradas de colares de pérolas de água e fios. Era um bocado beta. Xiiii, há quanto tempo. Bom, continuo beta. Não interessa.

 

 

[há coisas que transportamos pela vida, sem lhes ligar a mínima. mudanças de casa. filhos que nascem. amigos que chegam. outros que partem. tantas que transporto. e tantas que deitei fora e já me arrependi. e outras que conservei e nem sei para que as quero. e ainda outras sem significado aparente, até ao dia em que olho melhor e vou até a um tempo que afinal até deixou saudades. e eu não sabia] 

24
Jan14

154 - A DONA DE CASA PERFEITA


Mac

 

 

 

 

Eu sou amiga do soufflé, a família também, mas o soufflé não é meu amigo. Ele é alimento para crescer em toda a sua beleza e pujança no forno, ali lindo, enorme e tostado. Mas uma vez tirado do forno, ou o sirvo logo, ou começa-me a mirrar, a mirrar, a mirrar.

 

 

[foram as fotos possíveis, enquanto o fotografava, já ele mirrava]

 

[faço a receita do Pantagruel, bastante parecida com esta]

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D