Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

31
Mai13

119 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

 

Agora o brinquedo preferido de filho pequenino é um garrafão de Água do Luso. Filho pequenino transporta o seu garrafão para todo o lado, dá-lhe escorrega, senta-o numa cadeira e dá-lhe legos, outros bonecos e bolachas. Depois pega nele e vai outra vez para o escorrega. Também o empurra no tractor e baloiça na rena. Às vezes deita-o no chão e faz dele uma espécie de carro. Temos um garrafão de Água do Luso muito feliz. Logo vamos fazer puzzles de duas peças.

 

 

[e esta mãe regista todas as actividades do garrafão feliz, para a posteridade]

31
Mai13

43 - O MEU (LONGO) PÓS PARTO (*), CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

Pára já tudo. Eu tenho cintura. Ao fim de um ano e sete meses, vejo uma cintura. Pronto não é a minha cintura, mas essa acho que emigrou lá para a primeira gravidez, mas isso não interessa nada. Oh pah, eu tenho cintura. Uma cin-tu-ra. O caso deu-se quando hoje resolvi pôr um cinto que tinha usado a última vez no passado Verão, constatei que precisava de mais um furo. Furei-o com aquele dangógio para furar cintos. Depois resolvi experimentar mais uns cintos. Olha, tudo a precisar de furos. Eu tenho uma cintura, lailailai. Ah e tal isso não é bem cintura e tal. A maldade de algumas pessoas é constrangedora. Rufem os tambores, soltem as histéricas do Bieber e as dos Beatles também, guinchem os violinos, ataquem com os triângulos, sigam com os gongos, eu tenho cintura, lailailai (entoa-se em acordes La Donna è Mobile


(*) o pós parto é até quando uma mulher quiser, quando uma mulher quiser e sempre que uma mulher precisa. e às vezes, uma mulher precisa muito.

30
Mai13

59 - A MINHA BARRIGA, CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

Estou para aqui empedernida entre o jantar que não me apetece pensar, nem fazer, e uma consulta que preciso de fazer no site das finanças, mas os dedos encolhem-se. Ele há sempre uma coisa a pagar, um prazo a cumprir e eu abro a página, mas depois tenho de fazer o login, ora para o login preciso do meu número de contribuinte que não sei de cor e tenho de ir buscar o cartão, quer dizer, até sei, mas varre-se-me em páginas azul céu assim num degradée para o branco, também tem lá uma estrada, assim à esquerda, run, Mac run, e o cartão está tãaao longe. Se calhar vou saber destes meus problemas da psique ao Centro de Saúde, onde não tenho médico de família, mas pronto, vacinam-me os filhos e eu sou uma pessoa agradecida às coisas. Também tenho de entrar na loja virtual, ou lá o que é, da EDP para confirmar a brutalidade do acerto na conta certa, recebi há bocado o e-mail e sinto-me bastante qualquer coisa. Olha, a KitchenAid já era. Mas ainda chega para velas. Vou ter uma casa fina iluminada a velas. Teremos jantares à luz das velas. E namoramos. Se calhar é melhor reactivar a cláusula das cesarianas. Sou uma romântica.

30
Mai13

466 - LAI LAI LAI


Mac

Mais umas horas com o cérebro a ser causticado, chutado, torturado, melindrado, manietado, seviciado por informações que não lembram ao Menino Jesus. Piedade. Por que me acabaram com o feriado, seria um dia de paz, mas pronto, assim é o que se sabe. Olha, acho que vou instituir feriados privados, a casa é minha, não é? Então feriada-se quando eu quiser. Assim como assim, enquanto fala, não trabalha, com a vantagem de que não estando no local de trabalho, esta casa, portanto, esta aqui, tem paz. Já sei, vou dizer que preciso que me vá a farmácia comprar químicos para o meu problema. Ela vai querer saber o qual é o meu problema e eu digo que é uma doença horrível de família e que sem os comprimidos enfio algodões acéticos nas bocas das pessoas, em crises agudas, chego a enfiar-lhes algodão sem ser acético pelas bocas, pode até ser no nariz, é portanto uma doença rara, sei lá, chamo-lhe Maczette, é assim uma espécie de Tourette, mas em poucochinho. Sim, serve. Ah e também me pode trazer cinco a seis pacotes de algodão.

30
Mai13

465 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

  

Ah é verdade, a Pavlova. Ficou assim e está boa de comer que sei lá. Não tem o aspecto da Pavlova da Lorraine Pascale, mas em minha defesa tenho a dizer que chegar ao nível da Lorraine não é fácil, pelo menos para mim, que tenho um azaruxo, sim é azar, não é falta de jeito, a montar coisas culinárias, elas implodem-se-me, desmancham-se-me, falecem-me, ficam molengonas e escorregam-se-me dos pratos e isso. Portanto até acho que esta correu muito bem. O merengue ficou uma delícia, já o creme sabe bem, mas está para o desmaiado e as frutas estão óptimas. Acho que me iniciei na arte da Pavlova. Gosto da palavra Pavlova. E Anna também.

30
Mai13

05 - DEPOIS DE SER MÃE, UMA MULHER NUNCA MAIS ESTÁ SÓ


Mac

Pintei as unhas, depois achei por bem que iríamos sair. Fui vestir filho pequenino e estraguei três unhas. Estou a melhorar a média. Acabei de o vestir e fui tirar o verniz estragado. Não está mal, saio com sete unhas pintadas, ninguém repara, acho eu. Fui pô-lo na cadeira do carro e estraguei mais duas unhas. Estou mesmo boa nisto, só duas unhas estragadas a apertar os cintos de uma cadeira auto, é mesmo bom. Já não fui tirar o verniz estragado. Saímos. E estraguei mais duas unhas a pô-lo no carrinho de passeio, mas não estraguei nenhuma a conduzir, nem com ele ao colo. Portanto mantém-se uma boa média. Concluo que sou muito boa a fazer coisas com dois dedos de cada mão, agora é só treinar fazer isto tudo sem mãos. 

29
Mai13

11 - A BIMBY, O NIRVANA E EU


Mac

 

 

 

Pavlova boa, on the way. E como não tinha Marsala, substituí por Vinho do Porto, também não tinha frutos silvestres, maneiras que os descartei. Vamos a ver como fica. A cozinha cheira muito bem, só isso já valeu a pena.

 

 

[entretanto chumbei definitivamente a bimbe no que toca a bater claras em castelo, fazer merengue e chantilly. chumbada. ra, re, ri, ro, rrrrua. ah e tal a borboleta. olha, é uma treta, aquilo não bate em castelo coisa nenhuma. tenho sempre de deitar tudo fora e renovar a operação com a batedeira manual, sim, essa guardei, a boa da KitchenAid é que ofertei. parva. ah a bimbe é uma maravilha, podes despachar os electrodomésticos todos, que vais ver, uma maravilha. parva. vá, que não dei a televisão. agora quero outra KitchenAid, é o que eu quero. amo-a. ah e em vermelho. e pode ser em segunda mão, que não sou esquisita. de uma fascinada ca bimbe, pode ser que haja mais assim]

Pág. 1/9

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D