Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

30
Abr13

111 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

Sofás encostados às paredes. Filho pequenino já os subia, para já, continua a desce-los bem, mas resolveu que era uma grande boa ideia trepar-lhes para as costas, ora do topo das costas ao chão, já há uma certa altura que esta mãe considera perigosa para uma pessoinha com a provecta estatura de 84 cm.

 

Eu sei, ninguém me disse, mas eu sei, porque o irmão fez o mesmo, seguem-se escaladas às estantes com respectivas aterragens estrambólicas. Depois, depois faço-lhe o que fiz ao irmão, enfio-o num desporto qualquer que lhe gaste energias e principalmente o ensine a cair mais ou menos bem.

 

 

[a minha sala em termos estetico decorativos já viu dias melhores]

30
Abr13

55 - EU GOSTO É DA PRIMAVERA


Mac

 

 

 

Há sempre um dia de Primavera na minha vida em que rapo um frio dos diabos. Este ano a culpa é do 25 de Abril. Sim, esteve tão bom e eu tomada de entusiasmos, andei a tirar os edredões de Inverno das camas, fiz a trasfega dos roupeiros e lavei tudo quanto era de Inverno para armazenar e só voltar a pensar nisso lá para o tempo frio. E depois há aquela parte da minha psique que me diz não consegues andar com abafos e lãs em Abril, filha, nem meias. Tramei-me. Tramo-me todos os anos e não aprendo. Olha, agora é aguentar e misturar. 

29
Abr13

60 - DIZ QUE SIM


Mac

Ainda digo que vou às Maldivas, então não, coração. Enquanto os meus filhos forem pequeninos, ninguém me apanha em longos cursos. Não ao mesmo tempo que o pai. Bom, tenho uns medunfos fóbicos de aviões. Coisa para me amarrar à cadeira, evitar idas à casa de banho e rezar, sim eu rezo, em todas as descolagens, mas não se nota. Tooodas. Tem piada que nas aterragens não rezo, deve ser porque já vou enlouquecida. Também não se nota, acho eu. Antes de partir também revejo o seguro de vida. O meu marido bem me diz coisas assim ah aquilo é mais seguro do que uma viagem de carro ao Algarve, mas ele é suspeito, para ele aquele charuto acabazado (fui eu que inventei) é a mesma coisa do que a carreira do sudoeste, para mim é que não. Para mim um avião é uma coisa suspeitíssima. E faço filmes que me deixam em angústias loucas e ponho os pratos na balança, coisas assim, mas preciso mesmo de me banhar no Indico, o Atlântico não me serve? E os riscos? Ah os riscos são enoooormes, sempre a imaginar os meus filhos sem mim, meus ricos filhos que precisam tanto de mim e ainda lhes faleço porque sou uma estouvada pelo sol e praia, nãaa, daqui ninguém me arranca enquanto não garantir o futuro deles. Ou se arrancar será debaixo de drogas fortíssimas e com os filhos a tira colo. Ora mas ele há sítios a que não se vai de saco de fraldas a tira colo. Portanto, para já, batatas.

 

Por outro lado, viagens pequenas não me fazem confusão, como se isso fosse garantia de alguma coisa.

 

Depois que fui mãe, fiquei do mais provinciano tacanho possível, mas não se nota. Acho eu.

29
Abr13

41 - A DONA DE CASA FELIZ E PRAZENTEIRA QUE HÁ EM MIM


Mac

 

 

 

E claro que se limpou a piscina, que remédio. Foi esvaziada, esfregada com detergente não sei o quê, esponjas e escovas, enxaguada e novamente cheia de água boa, cloros e isso. Olha, foram-se os girinos, ó que pena. As galochas têm-me servido para muitas coisas, coisas que eu achava normais, como andar na terra a plantar, para a chuva e tal, mas nunca pensei que serviriam para entrar na piscina. Ainda bem, é que nem me passava pela cabeça andar ali descalça naquela água cheia de bicheza. Sim, as minhas galochas vivem, ele já foi neve, chuva, lama, terra, coiso de cavalo e agora piscina. Qualquer dia, Maldivas com elas.  É só bons investimentos, sim senhora. Agora só falta o Verão.

29
Abr13

09 - EU GOSTO É DO FIM-DE-SEMANA


Mac

 

 

 

E com vento, temperaturas assim-assim, mas muita vontade de rua, resolvemos fazer o roteiro das esplanadas. Há tantas, mas as que gosto mais são as das praias. Dão-me uma sensação de quase época balnear, pronto, se ainda não dá para banhos e estiradas ao sol, pelo menos dá para sentir o cheiro e o ar bom. E por aqui há tantas, que nunca conseguirei perceber os que trocam isto por Centros Comerciais banhados a ar condicionado, chusmas de gente e luzes eléctricas. Enfim, cada um sabe de si.

27
Abr13

439 - LAI LAI LAI


Mac

Para mim, pior do que chuva, só este vento desgovernado. Detesto. É coisa para me chocalhar o cérebro e deixar-me tonta das ideias. Isso e os cabelos colados à cara. Isso e as lutas com as saias a arregaçarem-se-me pelas ruas. Devia fazer como aquela senhora da realeza, era coser-lhes uns chumbos às bainhas, mas pronto, não tenho dinheiro para isso.

 

 

[sim, sim, e o coiso e o coiso, sabessssss lá tu o friiiiio que está na Sibéria ai e o coiso e o calorrrrrr que está no Burkina Faso, e eu por acaso estou lá? não, pois não, então quero cá bem saberrrrrr]

Pág. 1/9

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D