Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

26
Mar13

01 - DEPOIS DE SER MÃE, UMA MULHER NUNCA MAIS ESTÁ SÓ


Mac

e nunca mais vai à casa de banho sozinha.

 

 

[eu sei que passa. eu sei que eles crescem. eu sei que vou morrer de saudades. até disto. eu sei que qualquer dia estão com quinze anos e nem o meu beijo à porta da escola vão querer. mas é mesmo preciso seguirem-nos para toooodo o lado. toooodo? às vezes filho pequenino está entretido, dirijo-me à casa de banho e lá vem o patinho atrás de mim. mamamama, o bebé [o bebé: ele. sim trata-se na terceira pessoa]. às vezes filho grande está distraído, dirijo-me à casa de banho, vem logo o patinho maior ó mãe isto, ó mãe aquilo. espera, a mãe vai já. mas, ó mãe. espera, já vou. mas ó mãe, é mesmo importante. vá, diz. ó mãe o não sei quantos pode vir cá? isso pode esperar. ó mãe, mas... e pronto, os meus filhos têm uma relação ciumenta com a casa de banho. ela não é minha filha, filhos, sosseguem. qualquer dia nem o meu beijo à porta da escola querem. acho que é isto que é ser mãe. e mais umas coisas]

26
Mar13

51 - EU GOSTO É DA PRIMAVERA


Mac

 

 

 

Todas do meu jardim. Todas minhas. Bom, umas já murcharam e deram origem a outras. Outras ainda vingam. Faltam os Narcisos lindos. Outras hão-de nascer. A ideia era cria-las para depois ter as jarras sempre cheias de muitas flores de muitas cores. Gosto de arranjos multi coloridos com várias espécies. E de vez em quando vou buscar umas, mas tenho tanta pena de as cortar, coitadinhaaaaaas das floriiiiiiiiiiiinhas, que quase nunca servem o meu propósito decorativo. 

 

Primavera, gosto de ti. Muito.

26
Mar13

01 - DAS BOAS DESCOBERTAS NO FACEBOOK, OU O QUE É AGORA O MEU MERCADO FAVORITO


Mac

 

 

 

Sou dada à caixa, arrumação fácil e lógica, e acho muita piadinha a caixas temáticas para brinquedos. Não é que os legos fossem algum problema de arrumação, até estavam num cesto e era facílimo atira-los para ali após cada uso, mas já andava com estas caixas na mira vai para umas décadas (não eram décadas, mas está bem).

 

Comprei-as na Fab, mas também há na Amazon e na Store, que é o meu paraíso das soluções para arrumação.

25
Mar13

418 - LAI LAI LAI


Mac

Tenho manias na linguagem escrita e falada, muletas, ou o que se lhe queira chamar. Agora é o bom. Bom, isto, bom, aquilo. Bom, mulher, domina-te e vamos lá a cortar com isto.

25
Mar13

99 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

Filho pequenino é um bom nos supermercados da vida. Sento-o à primeira no carrinho de compras, vai calminho a ver as coisas e não guincha, nem tem manifestações de qualquer espécie, a não ser rir imenso para tudo quanto sejam bolas, outras crianças e velhos. O irmão era um diabinho. Não podia aproximar o carrinho de uma estante, que arrancava tudo o que as mãozinhas pequeninas apanhavam, gritava e ficava eléctrico com quase tudo e todos. Depois fartava-se de ali estar, coisa para dez minutos, e começava a torcer-se, enquanto ensaiava quedas livres. Quase nunca o levei. Filho pequenino é um diabinho para se sentar na cadeira de comer, põe-se-me em tábua e mãe dá aos braços para me enfiares aqui, enquanto eu te toureio. Filho grande era bom na cadeira de comer. Filho grande era um diabinho para se sentar na cadeira do carro, punha-se em tábua e mãe dá aos braços, usa estratégia para me enfiares aqui e ainda pôr os cintos. Aquilo estava pensado para eu me pôr dentro do carro, agarrar a criança com um braço, o suster sentado com o outro antebraço, enquanto o primeiro braço puxava os cintos, enfiava ali os braços da criança e ia fazendo jeito até os conseguir fechar, enquanto a criança já guinchava, aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, mas pronto, calava-se logo que o carro começava a andar. Filho pequenino é um bom na cadeira do carro. Filho pequenino é um diabinho no muda fraldas, não quer tirar a fralda suja, não quer que o limpe, nada, torce-se, chora, grita e eu canto, dou beijinhos, brinquedos que me atira para longe, mas lá se muda a fralda. O irmão era igualzinho. Não, o problema não sou eu, isto aparece-lhes aí aos catorze meses e passa quando decido tirar-lhes a fralda de vez. Olha, dão-me estratégia, muito jogo de cintura e força de braços, ora aqui, ora ali, mas fáceis em tudo, pois que não. Vá que não são difíceis em tudo. Bem bom. Só acho é que me dava bastante jeito, mais um par de braços. Ou dois.

25
Mar13

40 - A DONA DE CASA FELIZ E PRAZENTEIRA QUE HÁ EM MIM


Mac

Então e chega uma mulher a esta provecta idade e descobre a facilidade do legume congelado, a facilidade do legume vendido já cortado, a facilidade da sopa já preparada. Ah e não há nada como os legumes frescos, carregados de terra e gosma, que estás para ali horas a lavar, a cortar e a descascar. Fazem sopinhas tão boas! Pois, pois, mas eu cá descasco muita batata, muita courgette, muita abóbora, cenouras, cebolas, arretalho muita couve, brócolos, nabiças e quejandos, podendo ter cenouras já cortadas, abóbora preparadinha, cebolas congeladas que é só tirar do saco e não me fazem carpir, bróculos idem aspas, mas sem a parte do choro, e isso, pois que só lhes vejo vantagens. Bom, vou ter saudades das abóboras lindas ali a enfeitar a minha cozinha. Se calhar mantenho a abóbora em toda a sua essência bela. E as batatas. Vá as couves. Bom, ainda vou manter muita coisa, mas as cenouras e cebolas, pois que já preparadas, vão-me dar muito jeito.

 

E para quando batatas doces já descascadas e cortadas? Aquilo é bicho muito chato de descascar, mas pronto.

25
Mar13

68 - SOU MUITO FELIZ AQUI


Mac

Houve um tempo em que achava a minha família esquisita. Primos direitos com a idade dos meus pais. Tios já avós. Irmãos já pais e mães, quando ainda lhes nasciam irmãos. Irmãos que já nasciam tios de alguém. Para mim, nas famílias normais, não havia tantos irmãos que pudessem chegar a diferenças de uma geração. Nas famílias normais os irmãos distavam um ano, dois, vá, três anos, não dez, ou vinte anos. Nas famílias normais os primos direitos estavam na mesma geração etária e brincavam todos juntos. Os primos direitos não distavam ao ponto de poderem ser vistos como nossos tios. Nem as tias e sobrinhas andavam no colégio ao mesmo tempo.

 

E eu tenho muitos primos direitos com a idade dos meus pais a quem chamo tios. Brinquei com os meus primos segundos, filhos dos meus primos direitos, a quem chamo tios e que achava que sim, estes são os meus primos, e são, mas também brinquei com os meus primos direitos próximos da minha idade, filhos dos meus tios mais novos, mais novos que os filhos dos irmãos mais velhos. E também tenho sobrinhos pequeninos, sobrinhos já na faculdade e sobrinhos que depois da faculdade, já estão a trabalhar. 

 

E adoro esta família que não tem lugar para príncipes e princesas com palystations de última geração, as crianças não têm telemóvel, os mais novos herdam as roupas e os brinquedos dos mais velhos, e os Natais, Páscoas e aniversários são numerosos. Dá-se o que se pode e ninguém se sente obrigado a mais. É muito confortável. Crise? Também a há, mas como nunca se deu em excesso, nem aquilo que poderia aos três anos prometer o Porsche dos dezoito, agora não se sente por aí além.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D