Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

26
Fev13

89 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

 

 

 

 

Ainda a propósito do post de ontem, sobre o bebé dormir demais, tenho ouvido muitas coisas. Deve ser porque tenho ar de padre. Ou de parva.

 

Ouvi que dou colo em excesso. Dou muito colo, é verdade, principalmente quando são recém-nascidos. Dou. Dou porque preciso, porque eles precisam, porque estivemos nove meses juntos e o meu cheiro e calor faz-lhes falta, porque preciso deles assim perto de mim, porque é assim que estou bem. Se é em excesso, só eu e os bebés é que sabemos, mas não nos temos queixado. E qual é a medida certa para colo? Olha, eu ao segundo filho não a sei, só sei que é bom e gostamos.

 

Ouvi que o meu leite não prestava, ora se o bebé tinha dias que mamava de duas em duas horas era porque tinha fome. Olha, pois tinha, só que nasceu com um percentil 5 no peso e tamanho, amamentado por mim, foi subindo de percentil em percentil, qual elefantinho de nenúfar em nenúfar e vai que até deixar de o amamentar já estava no percentil setenta e cinco em tamanho e peso. Queres ver que a pediatra não tinha razão? Olha, pois foi, se ele continuasse naquele percentil miserável, eu preocupava-me, mas como estava saudável e formoso, afinal o meu leite fazia qualquer coisa, mas pronto, se seguisse as doutas opiniões, lá está, deixava de o amamentar, porque as sabichonas achavam que se mamava de duas em duas horas era porque o leite não prestava.

  

Portanto os meus filhos comem demais, dormem demais e têm colo em excesso. Não sabia? E ainda têm muitos beijos, muitas histórias, muito parque, sujam-se muito e como se não bastasse, vão tardíssimo para o infantário. Mas vacino-os. E tomam banho todos os dias. E parecem-me felizes e saudáveis. E tenho esta tendência absurda para dar ouvidos aos desvalidos, mas não assimilar. Pronto, as pessoas precisam de fazer catarse, arejar os seus fantasmas, dar asas à sua imaginação e eu deixo. Nada a fazer. E só ligo ao que a pediatra diz. 

 

 

A sério que estou farta dos mitos sobre a maternidade e as crianças. Faz isto, comigo foi assim, faz aquilo, é assado, afinal é cozido, ai mas foi frito. Não há modelos perfeitos, nem conselhos, afinal cada mãe é um caso e cada filho também. A mania dos conselhos que habita em cada mulher, só leva ao desnorteio das mães de primeira água e em nada ajuda, nada, antes pelo contrário, é que isto não é matemática.

 

Por isso não posso nunca dizer para se fazer isto ou aquilo, afinal o meu modelo de mãe não é perfeito, é só o meu, o que sinto bom para os meus filhos, o que um dia decidi para mim e para eles, baseada em quase nada, mesmo, só na minha vontade. Mas tem corrido muito bem.

26
Fev13

399 - LAI LAI LAI


Mac

 

Os brinquedos constituem um problema de arrumação e limpeza. Tenho-os tido sempre em baldes e caixas, mas agora que andei a dar voltas ao que vai ficar ao alcance do filho pequenino, achei tudo um bocado para o sujo de pó. Quer dizer, os brinquedos mais brincados, não estão sujos de pó, mas de dedadas e coisas que se lhes agarram não sei como, mas estão cheios de pó os baldes onde eles estavam, acho que cada vez que são revolvidos, sai-lhes o pó, mas aloja-se no fundo do balde. E como sou um bocado para o comichosa com estas coisas, andei a lavar tudo e decidi que os vou alojar em estantes, mas as estantes também não os impedem de ter pó e eu já percebi que ninguém tem paciência de limpar o pó a não sei quantos brinquedos. Em armários com portas, ficam escondidos e eu cá gosto muito de ver os brinquedos, acho que dão decorações giras, além de que se é para pôr estantes com portas, o quarto de brinquedos e o quarto deles, ficam tristes. Vai daí, decidi que irão para estantes com portas de vidro, para ficarem visíveis aos olhos pequeninos, mas as portas de vidro constituem um problema de segurança, pelo menos até à altura do filho pequenino. Acho que opto por portas em madeira em baixo e portas de vidro a partir de meio para cima. É mais fácil para eles decidirem com o que querem brincar, além de pôr mais alto aquilo com que o pequenino ainda não pode brincar, os Playmobil, por exemplo. Gosto disto. E lá vou eu para o IKEA imaginar, decidir, comprar e depois modificar. Altero sempre os móveis, ou porque a cor da madeira não é exactamente o que quero, ou porque gosto deles forrados, ou porque os puxadores das portas não são o que me calha cá nos parâmetros estéticos, ou porque se tirar esta prateleira e fizer aquela, fica melhor, ou porque sim, mas pronto, evitam que me atire à marcenaria e são uma excelente base para quase tudo quanto decido que sim, é isto.

25
Fev13

88 - COISINHA MAI LINDA, RIQUEZAS DE SUA MÃE


Mac

 

Disseram-me que o meu bebé dorme demais, aliás isto já é comentário recorrente desde que ele nasceu. A sério? 

 

O meu bebé com dezasseis meses dorme seguidas, salvo algumas excepções, onze horas durante a noite, das vinte às sete da manhã, e faz uma sesta do meio dia até às três da tarde. Olha, e é um bem disposto e não me faz birras daquelas de ligar à terra. Acho um espanto que me façam estes comentários, logo comigo que tenho filhos bem dispostos e que dormem bem, vá, de vez em quando acham boa ideia fazer umas raves nocturnas, mas a regra é um bom sono. Sempre acreditei que o sono se educa e tratei de o educar com resultados bastante positivos. E sim, respeito muito as sestas, geralmente são feitas em casa na cama dele, adio muitas coisas, não faço outras tantas e marco muitas em função das sestas, porque sim, porque se a sesta não é bem feita, tenho birras descomunais, porque o sono da noite fica alterado, por tudo e mais alguma coisa. Claro que às vezes lá atiro os horários rígidos para escanteio e resolvo sair e deixa-lo fazer a sesta no carrinho, ou no percurso de carro, mas lá está, nunca tenho um resto de dia fácil.

 

Mas pronto, eu até nem vou no segundo filho, nem nada, tenho estas teorias de educação do sono completamente tiradas do nada, porque me apetece. Nem estão cientificamente provados os beneficios do sono nos bebés, isto aqui é bom é opinar, mesmo tendo filhos eléctricos, os melhores exemplos, claro está, isso é que é bom, o que eu não dava por ter miúdos apardalados em estado psicotrópicohisterico (fui eu que inventei) de sono, que vida boa para eles. E para mim.

 

 

Olha e calhando, diz que é isto,

 

 

25
Fev13

230 - A SÉRIO!!??


Mac

 

Ontem estava a zapar e fui parar à Clínica Privada. Já gostei qualquer coisa, mas também estava a amamentar, portanto não estava em mim, e como bebé mais lindo era pessoinha para me exigir de duas em duas horas, eu entrei em modo ameba e para ali estava a dar de mamar e a ver séries. No meu estado ameba amamentadora, fazer uso das gravações da box, era uma coisa demasiado à frente, então via o que passava, muita Clínica Privada, Anatomia de Grey, Glee e depois os que gosto mesmo, Família Muito Moderna, Raising Hope e The Middle. Bom, dizia eu que ontem passei os olhos na Clínica Privada e pensei olha que saudades do ano passado, deixa cá ver um bocadinho e vai que a não sei quantas, a que se droga e é cirurgiã, teve um bebé que estava condenado. E mostraram o bebé com a cabeça deformada, já foi mau, mas como se não bastasse, vamos lá torturar os incautos e vai de mostrar o bebé no bloco operatório e a extracção dos órgãos para doação. Mostraram tudo. Eu sei que não era um bebé real, mas era como se fosse.

 

Juro que não percebo este tipo de violência psicológica gratuita. Qual era a mensagem mesmo? Não é que para tudo seja necessária a existência de uma mensagem, mas calhando, ao menos percebia a lógica. Acho muito a sério que deveria existir um controlo qualquer, ou um aviso (onde foi parar o uso da bolinha?) e assim já sabia ao que ia. Fico pior que estragada com este tipo de cenas. Vão mas é bardacoiso.

25
Fev13

397 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

 do fim-de-semana . está demasiado frio para o meu gosto . portanto nada de parque . muito por casa . gosto de estar em casa . e gosto tanto dos domingos depois de almoço . filho pequenino a fazer a sesta . filho maior nos trabalhos de casa . ou com os amigos . ou connosco . gosto da luz dos domingos a seguir ao almoço . de pôr as leituras em dia . eu ainda insisto no expresso . ai ai . deve ser porque tem um papel muito bom para atear lareiras . até parece acendalhas . ou ver qualquer coisa na televisão . e o gato ao pé de mim . o gato anda sempre atrás de mim . riquezas de sua mac . e gosto desta camisa . do conforto dos calções e sabrinas . e de usa-los com aquele blazer de veludo . lá fora . claro . para onde não tenho vontade de ir com este frio .

25
Fev13

396 - LAI LAI LAI


Mac

 

Ora vamos lá dar um giro na bloga e ficar a saber do que se gosta e detesta dos vestidos dos Óscares Oscar's Oscares Oscars, quem está gorda, anoréctica, feia, gira e isso, claro, segundo os parâmetros da bloga. 

22
Fev13

395 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

 

E pronto, latas com farinhas lácteas, cereais, rebuçados escondidos longe de bocas gulosas, bolachas, caldos, chás e isso, todas organizadas. Sim, tenho prateleiras desarrumadas, latas empilhadas e todo um mundo de coisas que preciso que estejam assim, isto é a vida real, tira para usar isto, põe, tira outra, volta a arrumar, claro que não há pachorra para ter tudo perfilado segundo objectivos estéticos, olha, vai-se pelo que me é prático. É assim.

22
Fev13

03 - PUBLICIDADE GRATUITA DO QUE GOSTO, PORQUE ME APETECE E PORQUE SIM


Mac

 

 

 

 

 

Já chegaram, já chegaram. E foi tão rápido. Encomendei-as ontem e há bocado, entraram-me portas dentro. Gosto tanto disto. E gosto tanto das latas. Agora vou enche-las de conteúdo, que foi para isso que as comprei.

 

 

[já sabem, mas eu volto a dizer, foi aqui na Papelaria Inédita, que no Facebook é aqui . o facecoiso está-me a sair melhor do que a encomenda, ou lá o que isso signifique]

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D